História O Carro do Ano


Escrita por: ~


Sinopse:
Nada do que Sebastian fazia era comum. Sendo nos cortes do cabelo, ou nas surpresas que preparava para seus amigos, ele sempre tinha que inovar. E dessa vez não seria diferente.
Quando ele resolveu gastar o seu salário comprando o carro do ano, Sebastian mal poderia imaginar todos os transtornos que o automóvel lhe traria.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Chris Evans, Sebastian Stan
Personagens Chris Evans, Personagens Originais, Sebastian Stan
Tags Amigos, Fusca Azul, Turma Do Fusca
Exibições 49
Comentários 4
Palavras 1.381
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction O Carro do Ano
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
4
49
1.381

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~referencia
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~referencia
Usuário
Hello *pausa para olhar seu nome no perfil* Nikki!

Owwnt você tem o mesmo nome do meu gato <3

O nome dele costumava a ser Nicolina (Nikki era só para os íntimos) porque todo mundo acreditava que ele era uma fêmea. Um belo dia descobrimos algo entre as pernas dele que não parecia coisa de meninas e boom! Eis a surpresa. Minha mãe meio que exigiu um nome mais “hetero” para ele, mas eu não queria passar por um processo de troca de nome e tal.

No fim das contas, o nome dele virou Niklaus (mas ainda sim Nikki pros íntimos), e com todo esse lance de macho e fêmea que o pobre coitado passou, ele virou gay.

Por que eu te contei isso? Tenho a mínima ideia, então simplesmente ignoraremos.



Okay, por onde eu começo?




Ontem — foi mesmo ontem? — em “O jantar” eu acabei fazendo um certo comentário, exaltando toda a fantastissiade do seu trabalho com edições. GIRL, você super domina isso e eu poderia encara-las por tanto tempo quanto eu encararia os nudes do Ian Somerhalder.


Um aspecto que eu gostaria de ressaltar em relação a essa one é sua ótima formatação de texto. É um detalhe bastante simples, que pode ser feito em menos de dois minutos, mas que, infelizmente muitas autoras acabam por deixar de lado. Uma boa formatação além de facilitar — e muito — a leitura de textos, dá um aspecto mais bonito e profissional para a história.

Outro fator que merece um foco é a forma graciosa que você escreve. Seus diálogos são tão leves e naturais que nos dá a impressão de estar presente em meio a cena. E a harmonia entre as palavras é tão grande que me surpreende — e um pouquinho decepciona também — não haver mais fanfics em seu perfil.

O contexto da história é hilário. Ele se encaixa tão perfeitamente com o postado anteriormente que parece que fazem parte de uma mesma história — e se esse era o objetivo, parabéns, vocês tiveram êxito.

E por mais que eu esteja amando as histórias da #TurmaDoFusca há algo que está me preocupando. Eu me apaixonei tanto pelo Billy que agora a ideia de roubar o fusca rosa do meu vizinho — aham, ele é um homem — me parece certa, além de não conseguir tirar a canção do fusca preto de minha cabeça.

Talvez vocês devessem colocar nas sinopses um aviso de “CUIDADO: Fanfiction Viciante”.

Acho que já falei de mais por hoje.
Espero que em breve mais uma continuação saia do forno. Acompanharei com toda a certeza.

Um grande abraço,
Louise ♥