História O casamento do meu irmão - Capítulo 19


Escrita por: ~ e ~PipocaGay

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Akatsuki, Clarissa, Clary, Incesto, Irmão, One Direction, Zayn
Exibições 173
Palavras 3.673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha aí, capítulo novo em menos de um mês hahahah.
Espero que gostem, de verdade. O próximo capítulo já é o último. As pessoas que comentaram no capítulo anterior e nesse serão citadas no último capítulo. Faremos uma pequena homenagem :)

Boa leitura <3

Capítulo 19 - Chapter Seventeen


Fanfic / Fanfiction O casamento do meu irmão - Capítulo 19 - Chapter Seventeen

Já havia separado umas roupas e algumas coisas para higiene pessoal dentro da mini mala, já que não coube tudo na mochila, não me julgue. Nem sei quanto tempo vamos ficar lá, deve ser só um final de semana para ele ter me pedido para levar só uma mochila. Seria mentira se eu dissesse que não estou curiosa para saber onde vamos, mas se eu perguntar ele não vai dizer de nenhum jeito. Coloco uma calça e uma blusa qualquer, já que não iria com o vestido de casamento.

   - Estou pronta. -Digo enquanto descia as escadas avistando Zayn sentado no sofá olhando para o teto.

   - Achei que iria demorar mais. Aleluia hein! -Ele diz e eu lhe dou um sorriso amarelo como resposta e ele vem em minha direção - Eu ainda não acredito que vamos finalmente ficar juntos.

   - Muito menos eu. -Digo sorrindo e encarando aqueles olhos que me olhavam tão intensamente - Vamos ou você vai ficar ai parado me olhando igual bobo?

   - Não ligo de ficar aqui parado te olhando igual bobo. -Ele diz sorrindo, mas balança a cabeça e pega minha mini mala e a mochila dele - Prefere levar o Nescau ou deixar ele? 

   - O lugar onde vamos pode levar um gatinho? Ele não vai atrapalhar em nada não? -Pergunto com medo de algo dar errado porque levei meu nenenzinho.

   - Talvez, não sei. -Ele diz dando de ombro - Melhor deixar então. -Concordo sem dizer nada e saímos de casa com ele levando minha mini mala e sua mochila. 
   
   Confesso que parece que tem um milhão de elefantes no meu estomâgo, estou tão feliz que daqui a pouco estou saltitando por ai parecendo o Harry. Dou uma risada sozinha imaginando a felicidade de Harry e Liam depois de tudo ter dado mais certo do que esperávamos, devem estar se exibindo por ai que ajudaram em tudo ou fazendo mais bagunça ainda. Entro no carro me sentando no banco do passageiro, coloco o cinto e olho Zayn dar a partida no carro e irmos para sei lá onde. 

   - Preparada?

   - Se eu soubesse pelo menos para onde vamos né? -Digo o olhando com expectativas.

   - Não vamos longe, só um lugar para relaxarmos e  passar um tempo só nosso depois de tudo que aconteceu. -Ele diz, me olha e volta a olhar para a rua -  Vamos ficar uns três dias no hotel Casa del Mar, em Santa Mônica mesmo.

   - Falam que lá é maravilhoso -Digo sorrindo, já ansiosa para chegar lá e curtir aquele hotel excelente e a praia logo em frente.

   […]

   Logo chegamos e fico maravilhada de cara com aquela recepção esplêndida, o quarto já estava reservado então só pegamos o cartão da porta e subimos.
   
   Passamos o dia na praia pegando um sol, nadando, beijando, abraçando, aproveitando esse momento só nosso antes de encarar a realidade de quando voltarmos pra casa. Quando voltamos para o quarto, depois da piscina, Zayn já foi tirando camisa, bermuda e entrando no banheiro para tomar um banho e deixou a porta meio aberta, confesso que fiquei tentada de ir atrás e que provavelmente ele tinha pensado nisso também, mas me contive e me sentei na cama e peguei o celular.

12 chamadas não atendidas
              27 mensagens não lidas

   Preferi deixar o celular de lado, depois quando estivéssemos voltando pra casa eu olhava tudo. Olho novamente para a porta do banheiro e não resisto a tentação, tiro o short e a blusa, fico só com o biquíni ainda molhado e entro no banheiro vendo Zayn de costas, se é lindo assim de costas imagina de frente.

   - Sabe, fiquei meio impaciente e resolvi tomar um banho também se você não se importa.  -Digo abrindo o box e entrando, tendo a visão completa de Zayn, realmente de frente é mais lindo ainda.

   - Já estava me perguntando onde você estava. -Ele diz sem me dar tempo para perguntar e me pressiona de costas contra a parede fria do banheiro, fico arrepiada e logo começamos a nós beijar.

  Sua mão tateou minhas costas enquanto me beijava e desamarrou o biquini na parte das costas e a do pescoço

   - Você poderia ter tirado tudo. -Diz empurrando a calcinha do biquini pra baixo.

   - E te polpar desse trabalho? -Digo e então o mesmo me vira de frente para a parede e pressiona seu corpo ao meu, sinto seu membro proximo da minha bunda.

   - Eu preciso de você. -Ele sussurra.

    Zayn segurou firme em minha cintura e começa a beijar meu pescoço e minhas costas. Ficamos de frente um pro outro e nos beijamos mais. Começo a beijar seu pescoço e mordiscar sua orelha esquerda. Ele me afasta um pouco, beija meus seios, suga de leve e puxo seus cabelos.

    - Você é perfeita. -Diz observando meu corpo. - Eu te amo muito, Clarissa. -Ele diz e observo seus olhos castanhos intensos. Eles estão cheios de amor, paixão e desejo.

     Zayn dá um impulso e entrelaço minhas pernas em sua cintura. Nos beijamos e ele me penetra lentamente. É torturante, mas gostoso. Ele aumenta o ritmo e nos beijamos mais e mais. É quase palpável o quanto esperamos por esse momento. O calor dos nossos corpos, a intensidade dos sentimentos... tudo foi bem melhor do que esperávamos.

    [...] 

    Já se passaram os três dias desde o acontecimento do casamento, eu e Zayn pareciamos estar em um verdadeiro paraíso só que uma hora ou outra teriamos que encarar a realidade e a hora é agora, já estamos de frente a porta de casa e são 19 da noite. Conversamos e já estamos preparados para o pior. 

Assim que abrimos a porta não vimos ninguém na sala, então subimos a escada e cada entrou no seu quarto para deixar coisas. Jogo a mini mala na cama e pego Nescau que tava na sua caminha no canto do quarto.

   - Eu tava com saudades fofucho. -Digo com voz de criança e escuto Zayn rindo da porta e então uma tosse falsa vindo do lado de for do quarto.

   - Podemos conversar? -Diz papai ao lado de Zayn que tinha arregalado os olhos, aponto para minha cama e então me sento com Zayn do meu lado e mamãe entra no quarto e se senta do meu outro lado e pega minha mão.

   - Olha, nós podemos nos explicar, não queremos brigar, mas… -Zayn começa a falar e mamãe o interrompe.

   - Não estamos aqui para brigar, muito pelo contrário. Estamos aqui para dizer que amamos vocês mais que tudo nesse mundo e vamos sempre estar do lado de vocês em qualquer decisão que vocês tomarem. O amor é algo maravilhoso, quem somos nós para impedir isso? Estava tão na cara, os olhares que vocês sempre trocavam, o apego que vocês tinham um com o outro, os acontecimentos com a Mayanna logo após eu e a Clary termos uma conversa sobre ela não desistir de quem ama. -Mamãe diz sorrindo e olha para papai que concorda sorrindo também. 

   - Se vocês estão felizes, nós também estamos. -Papai diz e nos abraça.

   - Não queriamos uma conversa muito longa para evitar muitos constrangimentos já que isso é tudo novo para nós 4, só não sumam desse jeito novamente sem avisar, quase nos mataram do coração. -Mãe diz com a mão no peito

- Liam e Harry falaram que vocês devem ter ido comemorar, curtir um pouco um ao outra enquanto a poeira abaixava um pouco, mas não custava pelo menos uma mensagem né.

 - Obrigada por tudo mãe e pai e desculpe deixar vocês preocupados, não era nossa intenção. -Digo já emocionada, sou muito manteiga derretida, não tem condições. 

 - Vamos descer e pedir uma pizza, não fiz janta hoje. -Mamãe diz já puxando a mim e o Zayn para fora do quarto.

   - Opa que eu escolho o sabor. -Zayn diz descendo correndo e pegando o telefone.

   - Ah não, pizza de pepperroni não. -Digo já fechando a cara, não tem pizza pior - Pede de calabresa.

   - Isso não é problema, meninos. Só pedir metade de cada.

   - Claro, mas pede a gigante então. -Zayn diz enquanto me abraçava pela cintura, ainda meio inseguro por estarmos na frente dos nossos pais.

   Tudo ocorreu como se nada tivesse acontecido, tirando o fato de eu e Zayn estarmos juntos.
   

Deitamos para dormir e já era tarde, mamãe e papai contaram que depois que saímos do casamento teve uma confusão bem grande e que Liam e Harry não ajudaram em nada falando para todos os convidados que fugimos pra casar um com o outro, já era de se imaginar que os dois iriam colocar ainda mais lenha na fogueira. Eles disseram também que Mayanna meio que saiu as forças de lá pelos seus pais, mas não antes dos dois pedirem mil desculpas, super envergonhados, por tudo que a filha fez e depois disso todos foram embora aos poucos. Mas no dia seguinte receberam algumas ligações de pessoas perguntando o que realmente aconteceu e que como nem eles sabiam direito, não tinham muito o que falar. Também falaram que Niall ainda estava dormindo lá, por insistência deles já que ele não tinha onde ficar aqui em Los Angeles e não tinha necessidade de ficar em um hotel, ele ia ficar até poder alugar algum lugar. Acabou que eu e Zayn dormimos juntos no seu quarto, estávamos cansados da viagem e logo apagamos.

 […]

   - Bom dia, meu amor. -Diz Zayn beijando meu pescoço, tem nada melhor do que acordar assim.

   - Bom dia, Sushine. -Digo e rio da sua cara ao chamá-lo assim - Algum plano pra hoje?

   - Tenho que trabalhar. -Diz revirando os olhos.

   - Eu só começo daqui a dois dias, morra de inveja. -Digo o empurrando de leve - MEU DEUS, EU COMEÇO DAQUI DOIS DIAS.

   - Está um pouco nervosa?

   - Estou quase morrrendo, sou a presidente da RTM interprises de Los Angeles. Parece um sonho, isso tudo sabe. -Digo toda feliz e então Zayn me beija.

   - Vamos descer antes que fique tarde demais. -Ele diz e me puxa da cama, pego meu celular para ver se tem alguma coisa interessante e tem uma mensagem do Connor.

   Connor: Clary deusa maravilhosa, conhece alguém que precisa de emprego e pode começar amanhã mesmo? E depois quero saber de tudo que aconteceu depois do casamento, ou nem tudo né hahah.

   - ZAYN! -Grito para o mesmo que tinha ido ao banheiro.

   - Que foi? - Pergunta saindo do banheiro.

   - O Niall não estava precisando de um emprego? -Pergunto enquanto digitava.

   Clary: Trabalhar com o que necessariamente? Acho que conheço alguém. Vou contar tudinho, vai ter que aguentar os detalhes.

   - Sim, ele tava procurando um. Porquê?

   Connor: Minha secretaria se demitiu do nada sem falar nenhum motivo e preciso de um subistitudo urgente. Detalhes não, eca.

   - A secretária do Connor se demitiu e ele precisa de um urgente, se eu não engano pagam bem lá. - Digo e o mesmo revira os olhos quando falo de Connor mas faço de que nem vi.

   Clary: Vou olhar com ele aqui, é o Niall, lembra? O irmão da naja lá, mas que é um amor de pessoa.

   - Vamos descer então, Niall já deve estar lá embaixo. -  Digo puxando Zayn e saindo do quarto.

   Assim que chego lá embaixo Niall estava lá, como eu disse cheio de bolinho frito na boca. Assim que me vê acaba de mastigar com pressa e me dá aquela famoso abraço de urso e logo depois um no Zayn.

   - Ei vocês dois, como estão? Como foi o final de semana de vocês? Vocês sumiram - Ele diz todo afobado.

   - Estamos bem - Zayn diz rindo - Foi um final de semana muito bom viu, bem produtivo e desculpe não avisar vocês que iriamos ficar uns dias fora.

   - É né? -  Niall diz sorrindo de lado e dando uma cotovelada de leve no Zayn.

   - NIALL! - lembrei da mensagem do Conoor - Você estava procurando um emprego, não tava?

   - Estou ainda.

  - Seus problemas acabaram então, meu amigo e vice-presidente da minha empresa está precisando de um secretário urgente. - Digo sorrindo - Mas urgente mesmo, começar amanhã já.

   - Eu topo, tem como eu falar com ele antes? - Pergunta e então passo o número do Connor pra ele.

   Clary: Ele topou, vai te mandar mensagem para vocês resolverem direitinho as coisas.

   Fomos tomar o café e quando já tinhamos acabado (mamãe e papai não estavam em casa) escutamos a porta abrir e um povo falando. Era Liam, Harry e Andy.

   - Chegamos, onde estão os pombinhos? -Diz Harry e reviro os olhos.

   - Haroldo Eduardo, o que você fez com o seu cabelo? -Pergunto ao observá-lo de cabelo curto, como um homem normal. - Cadê aquele cabelo longo e sedoso? 

   - Cortei e doei para pessoas que precisam mais dele do que eu. -Eme diz e não consigo evitar o abraço.

   - Que atitude linda! -Digo. -Mas isso não muda o fato de que vocês aprontaram depois que eu saí do casamento. -digo com o objetivo de deixá-los assustados.

   - Cara, foi o melhor casamento da minha vida. -Diz Liam e Andy concorda com a cabeça.

   - Quando o Zayn me contou o que faria, eu não acreditei. Mal dormi de tanta ansiedade. -Diz Andy e senta no sofá.

   - Falando nisso, cadê o primo? -Liam pergunta.

   - A vida continua, ele tá se arrumando pra ir trabalhar.

   - E a senhorita, vai ficar vagabundando aí? -Harry pergunta.

   - Não querido, não sou como vocês. Aliás, o que vocês estão fazendo aqui? -Digo e olho para o relógio. Liam e Andy também olham e levantam assustados.

   - Meu Deus! -Falam juntos.

   - Tchau, a noite voltamos. -Liam diz e Andy pede que eu diga a Zayn que ele apareceu.

   - Só ficamos você e eu, cotonete. 

   - Nessas horas fico feliz em só trabalhar a noite. 

   - Vou na empresa hoje, quer me acompanhar? 

   - Claro, Clary. -Diz e começa a rir.

   - Qual a graça?

   - Claro, Clary. É engraçado . -Diz e ri histérico.

   - Retardado. Vou tomar banho. -Digo e subo a escada correndo.

   No topo da escada, encontro Zayn e ele me encosta na parede.

   - Já vou, linda. -Diz e nos beijamos intensamente.

   - Ok, Sunshine. Vou na empresa com o Harry. Ah, Liam e Andy estavam aí, mas saíram pra trabalhar e voltam mais tarde. 

   - Ótimo, preciso falar com eles. Até mais tarde. -Ele diz e nos beijamos mais uma vez até sermos interrompidos pela típica tosse falsa de papai.

   - Chega de namorar, meninos. Zayn, temos uma pilha de processos para avaliar. Vamos? -Papai diz com suavidade. 

   - Sim, senhor! -Zayn diz e faz continência.

   (...)

    Chegou o tão esperado dia, após o banho passo hidratante e visto a roupa que comprei dois dias antes. Uma calça jeans, blusa social branca e um blazer preto, acompanhados de um salto preto e uma bolsa amarela. Deixo o cabelo solto e passo uma maquiagem leve.

    - Você está mais linda. Como isso é possível? -Zayn diz e me olha com cara de bobo.

    - Besta. -Digo com um sorriso tão largo que pensei não ser possível. Zayn me abraça por trás.

    - Sei que está nervosa, mas vai dar tudo certo e você vai ser a melhor presidente que aquela empresa terá. Saiba que eu sempre estarei aqui pra te apoiar. -Ele diz e fico de frente para ele.

    - Você existe? -Digo rindo. - Você é quase perfeito, homem.

    - Ah, eu sei que sou maravilhoso.

   - Baixa essa bola, querido. -Digo e lhe dou um selinho.

    Descemos e todos estão na sala.

    - Minha filhinha é presidente de uma grande empresa. -Mamãe diz emocionada e vem me abraçar.

    - Mãe, assim eu vou chorar.

    - Deixa que nós choramos por você, senão vai borrar a maquiagem. -Diz Vó Pilar. Olho mais a frente e vejo Niall de terno.

    -Neil, você tá lindo hein?!

    - Obrigada, Clary. -Ele diz e as bochechas ficaram vermelhas. 
     
    Após todas as felicitações para Niall e eu, saímos rumo a empresa. Connor achou melhor que Niall começasse no mesmo dia que eu. Chegando ao imponente prédio, respiramos fundo e entramos. 

    - Bom dia, senhora presidente. -Diz a recepcionista. Isso é coisa do Connor, com certeza. - Aqui está seu cartão. -Ela me entrega um cartão com minha foto, nome e cargo. O mesmo com Niall.

     O elevador nos levou até a parte mais movimentada da empresa, ao sair do elevador Connor já nos esperava.

    - Bem-vinda, Cat. Opa, bem-vinda senhora presidente. -Diz segurando o riso.

    - Para, Connor. -Digo rindo.

    Dou bom dia para todos, Niall segue Connor e avisto Lucy numa mesa na frente da minha sala.

    - Lucy! -Digo feliz por vê-la de novo.

    - Olá, senhorita Malik. -Ela diz correspondendo ao meu abraço.

    - Para com isso, pode me chamar de Clarissa ou Clary. Você é minha amiga, não é? -Ela confirma.

    - Temos uma agenda cheia hoje. -Ela diz.

    - Então, entre na minha sala e vamos começar.

     Depois de uma reunião com publicitários sobre a divulgação da empresa, volto para minha sala e analiso alguns projetos. Coloco uma música baixa e começo a ler com calma. No entanto, minha paz é interrompida por uma voz estridente e um furacão abrindo minha porta. Olho lentamente e vejo Mayanna com Lucy atrás.

    - Clary, desculpa. Ela disse que iria ver o irmão, mas passou direto pra sua sala. Não consegui impedir. 

    - Nossa, Clarissa. Como você pode permitir que a criadagem tenha essa intimidade? -Mayanna diz olhando Lucy com desprezo.

    - Tudo bem, Lucy. Pode sair. -Digo e ela fecha a porta.

    - Errou de sala, Mayanna? O Niall fica aqui do lado.

    - Não o vi. Ai pensei, vou visitar minha cunhadinha no seu primeiro dia.

    - Perdeu seu tempo, você não é bem-vinda aqui. -Digo tentando manter a calma.

    - Você é desprezível, Clarissa. Roubou meu noivo no altar e fugiu com ele. -Começou a gritar. Com certeza para que as pessoas, que ficam nas mesas um pouco depois da minha sala, pudessem escutar.

     - Vai embora. -Digo entre dentes.

     - O que foi, não aguenta ouvir a verdade? Eu sempre fui melhor que você, mais bonita, mais gostosa e outras coisas. Eu vou conseguir o Zayn de volta, sei que vou. -Grita e começa a quebrar algumas coisas da estante que eu tive tanto trabalho de organizar.

     - Sua vadia, o Zayn ficou com quem? Comigo. O que você tem hoje? Nada. Você só queria dar um golpe, você é uma pessoa tão ruim que o Zayn NUNCA conseguiu te amar. Agora ele está comigo, não importa o quanto você tenha me humilhado, o quanto você tenha feito da minha vida um inferno. Eu venci. Sem pisar em ninguém, diferente de você.

     - Sua vagabunda! -Ela diz e avança na minha direção. Seguro ela pelo ombro e ela puxa o meu cabelo, a jogo no chão e lhe dou um tapa. Ela grita.

     - Para de gritar, você veio provocar agora aguenta. -Digo e dou mais um tapa. Ela puxa mais o meu cabelo e arranha meu braço na tentativa de sair debaixo de mim.

    Niall, Lucy, Connor e uns seguranças entram na minha sala. Tudo que eu menos queria era esse show. Saio de cima da Mayanna e ela tenta me dar um tapa, mas Niall a segura.

    - Você me paga, Clarissa! -Ela diz.

    - Vai cuidar da sua vida e me deixa em paz. -Digo e arrumo meu cabelo.

    - Olhem bem para essa mulher e avisem a recepcionista. Ela está proibida de entrar aqui. -Connor diz com severidade e os seguranças retiram Mayanna que grita e esperneia como uma criança.

    Sento cansada e respiro fundo.

    - Calma, Clarissa. Acabou. Você vai ser feliz, isso foi só um imprevisto. Uma pedrinha. -Connor diz ajoelhado perto da minha cadeira.

    - Sim. Chega, essa bruxa não vai atrapalhar minha felicidade. -Digo e coloco um sorriso no rosto.

    Niall entra nervoso e mais vermelho que o normal.

    - Clary, desculpa pela Mayanna. Eu não sei em qual parte do caminho ela se tornou essa pessoa. Desculpa mesmo.

    - Calma, nada disso é culpa sua. Você é um cara maravilhoso e não merece uma irmã como aquela. Vem cá. -Digo e o abraço para que ele perceba que está tudo bem. 

    - Agora chega dessa melosidade, vamos trabalhar.

   (...)

    Depois de um dia cansativo, Niall e eu saímos por volta de oito da noite. Entramos no carro e coloco uma música do The Fray 

   - Tudo que eu preciso é chegar em casa e dormir. -Digo.

   - Vai ter que esperar um pouco. -Niall diz baixinho.

   - Como assim? -Pergunto e ele ignora começando a cantarolar a música. Dou de ombros e seguimos o caminho cantando.

   - I found god on the corner of first and amistad Where the west was all but won All alone smoking his last cigarette I said where you been, He said ask anything Where were you...

    Chegamos em casa e estava tudo escuro.

    - Clary, vou ali na sorveteria tá? 

    - Isso tá estranho. 

    - Entra lá que eu já volto. -Ele diz e sai correndo na direção da sorveteria. 

     Abro a porta de casa, ainda estranhando tudo isso, e vejo velas espalhadas pelo chão. Mais a frente várias pétalas de rosa, vou seguindo e elas levam até a sala de jantar. Zayn está de terno, o topete incrivelmente alinhado e um sorriso sapeca.

    - Gostou? -Ele pergunta.

    - Tá lindo. -Digo e umas lágrimas escapam. Sou uma manteiga derretida, não tem jeito.

    - Clarissa, eu te amo muito. Amo cada parte do seu ser, quero muita felicidade pra gente e... tô nervoso.

    - Eu também amo você, Sunshine. Meu coração tá quase explodindo. -Digo e Zayn se ajoelha. Ai meu santo do chocolatinho.

    - Clarissa Allein Malik, você aceita se casar comigo?


Notas Finais


Desculpem os erros. Amamos vocês.

XxX Anna e Kel


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...