História O Casarão - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 862
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Sonâmbulo


Fanfic / Fanfiction O Casarão - Capítulo 6 - Sonâmbulo

Uma semana depois.

Até agora, estava tudo calmo no casarão, nada aconteceu, estamos seguindo a vida normal, como sempre. 

- Está mais calma ? Viu, nada aconteceu. Você é bem paranóica, Isa. Haha! - Estava eu, sozinha no jardim e Jason se aproxima. 

- Vai brincando, com isso Jason. Vocês não sabem onde estão se metendo. - Cruzo os braços. 

- Ta bom, esquece esse tabuleiro. Aceita ? - Ele me oferece uma xícara de chocolate quente. E pelo jeito, estava uma delícia. 

- Claro, obrigada. - Devolvo um pequeno sorriso de lado e Jason continua ao meu lado. 

Enquanto isso..

- Onde está minha blusa, será que Isa está com ela? - Gaby entra em meu quarto e revira minhas coisas procurando sua blusa.

- O que é isso ? - Ela se agacha e vê o tabuleiro embaixo da minha cama. 

- Ora, ora, o que temos aqui. Vou levar isso la pra baixo, mas sem a Isa ver, claro. - Gaby sai aos pinotes do quarto e desce com o tabuleiro. 

- Ei, você está sentindo esse cheiro ? - Estava um cheiro horrível vindo da piscina. 

- O que você acha que seria ? Vamos lá conferir. - Jason sabia de alguma coisa e resolvi segui-lo. 

- Aqui está. - Zack estava fumando seu baseado deitado sobre a beira da piscina. 

- Levanta daí mané, eu não acredito que você voltou a fumar isso. - Digo, jogando água nele. 

- Na verdade eu nunca deixei. Só passei alguns dias sem usar. Mas relaxa, não vou fumar dentro de casa. - Zack continua a fumar, sem dar nenhuma importância para a gente ali. 

- Vem Isa, deixa ele em paz. Vamos ver o que os outros estão fazendo. - Jason segura em meu ombro e andamos até a cozinha. 

- Que tal prepararmos o almoço? - Pergunto a Jason, entregando um avental a ele. 

- Claro, seria uma honra. 

Preparamos todo o almoço. A gente mandou bem, não foi tão ruim com a ajuda dele.  

- Sirvam-se. Eu mesmo que fiz. - Eu digo, puxando uma cadeira para sentar. 

- Com a minha ajuda, claro. - Jason sorri de lado e se junta a todos.

Eu não tinha tanta técnica assim, na cozinha. Mas eu dou o meu melhor, aprendi algumas coisas com minha mãe, eu adorava ajuda-la na cozinha. Bons tempos, aqueles.

- Está ficando tarde, acho que irei dormir. - Levanto do sofá me espreguiçando e caminhando até as escadas. 

- Eu também Isa, me espera! - Sara me acompanha. 

Todos dormindo, estava um silêncio em todo o casarão, já eram meia noite e as corujas começaram a cantar,  muita das vezes elas entravam.

-Casarão 1:30 am-

Eram quase 2, quando Luis levanta de sua cama, mas não estava totalmente acordado, estava de olhos fechados, provavelmente ainda dormindo. Mas ele ficou parado por minutos, até que começa a caminhar em direção a porta. Ele caminha entre os corredores e vai até a cozinha.

 - Que barulho é esse ? - Estava incomodando e então decido descer para verificar, encontro Sara e Jason no corredor, provavelmente acordaram com o barulho também. 

- Está vindo da cozinha, vamos lá. - Jason vai na frente. 

- Ei, é o Luis! - Luis estava batendo forte com sua cabeça no armário e estava com uma faca em uma de suas mãos. Jason acende a luz e corre para tentar acorda-lo.

- Espera, eu vou pegar um pouco de água, vai que ele acorde. - Eu fui até a torneira da pia da cozinha e peguei um pouco de água para jogar sobre o rosto de Luis. 

- Luis, acorda! Ele não está bem. - Digo.

- Desde quando Luis é sonâmbulo? - Sara pergunta, tirando a faca de sua mão e pondo sobre o balcão. 

- Acorda, cara! - Ele então acorda, e se desespera naquele instante. 

- Calma, estamos aqui. Você estava sonâmbulo. Ta tudo bem. - Jason o acalma.

- Nossa, eu estava fora de si, isso nunca me aconteceu. Não tenho sonambulismo, nunca tive. Isso é estranho. Eu estava com essa faca ? - Ele aponta para a faca que estava na mesa. 

- Sim, e estava batendo sua cabeça no armário. Está sangrando, um pouco. - Jason foi tentar fazer algo para que não ficasse sangrando o corte na testa de Luis. 

- Vem, vamos sentar ali. - Eu levo ele para o sofá, para que ele tente se acalmar um pouco e le dou um copo de água. 

- Aqui, deixa eu pôr esse curativo. Isso está feio, ein. - Jason põe o pequeno curativo. 

- Nossa, isso está doendo muito. - Diz Luis, pegando no ferimento.

Eu estava apavorada com aquilo, foi muito perturbador presenciar aquela cena do Luis batendo sua cabeça no armário. Foi bem bizarro. 

- Vem, você irá dormir no meu quarto. Deve ter algumas cobertas e um colchão sobrando por lá. - Jason leva Luis para seu quarto e Sara também vai junto. 

Eu fico por alguns minutos sozinha naquela sala enorme, tentando entender o que aconteceu. Mas compreendo que pode ter sido sonambulismo mesmo e que Luis não sabia que tinha. Depois de minutos, decido apagar as luzes e subir. 

..


Notas Finais


Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...