História O Caso De Emi Loures - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 1.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá, estarei postando uma nova fanfic de mistério espero que gostem boa leitura.

Capítulo 1 - Os Caminhos De Emi.


Fanfic / Fanfiction O Caso De Emi Loures - Capítulo 1 - Os Caminhos De Emi.

   Uma garota de cabelos e olhos castanhos escuros, caminhava lentamente observando a sua volta, com certo receio desse lugar, começou a tremer.

- Será que é aqui onde meu irmão mora? - perguntou a si mesma - Tão frio - terminou se encolhendo

Caminhando mais para frente, sentiu algum estranho, olhou para seu lado e avistou uma grande e linda árvore de Sakura, mas ao observar na sombra do mesmo, reparou ciluetas de duas pessoas. Assustada voltou o olhar para à árvore e nada, atordoada olhou de volta à sombra e as ciluetas que havia lá sumiram.

- O-O que está acontecendo - exclamou a mesma.

- Emiiii - uma voz rouca e doce, surgiu.

A mesma olhou e viu que seu irmão estava correndo de alegria, num ato um abraço surge nos braços da garota que ficou sem jeito.

- Graças a Deus você está bem! - falou o mesmo apertando mais o abraço.

- S-sauski, C-calma - falou com as bochechas levemente corada*.

O mesmo se afastou, com um sorriso estampado em seu rosto - seja bem-vinda Emi - falou sem jeito. A garota com um olhar de encanto sob o loirinho de olhos azuis piscina - obrigada sauski - terminou dando um sorriso de canto. Ambos andaram até a porta de casa, ardentrando no mesmo.

~~~Quebra De Tempo On~~~

Hmm - murmurou, olhando sob a árvore. O que te passa? - perguntou se escolhendo atrás do pelúcia. Eeh!maninho parece que teremos uma novata - falou com a mão no queixo - pelo jeito ela tem um aroma muito bom!gostei -terminou sorrindo. Pela primeira vez, tenho que concordar com você - falou com os olhos brilhando.

~~~Quebra De Tempo Off~~~

P.O.V Emi Estava na sala de estar, tomando um chá de ervas e algumas torradas, peguei a xícara aproximando o mesmo sob minha boca, bebendo um pouco afasto o mesmo dando um leve suspiro... Até que ouço meu irmão se aproximando de mim.

- O que houve? - olhou preocupada.

- Preciso te contar algum - o mesmo olhou para mim sorrindo.

----->Minutos Depois<-----

- Escola??- olhou para ele assustada - Como assim?? mas hein? me explica isso disgrama! - falo apavorada, não quero ir a escola.

- Não é uma escola normal - falou sério encarando as torradas.

- eh? - paro com meus mimos,isso me assusta.

- E uma escola noturna,ou seja, deverá ter cuidado para onde você irá - falou com um ar de preocupado.

- avisando que você está na sala A-1...qualquer coisas estarei na sala C-2 - falou num tom calmo.

- tá bom, entendi - falo me desviando do olhar de meu irmão. Poixa escola.

=====/07:28 PM\=====

- Bom turma, hoje nós estaremos recebendo uma aluna nova. Então por favor façam silêncio por gentileza - falou Chizuru de cabelos ondulados pretos e seu olhar cinza vibrante,se sentou na cadeira para ouvir a apresentação. Adentrou do mesmo observando cada detalhe da sala, poucos alunos e pouca iluminação, nervosismo surgiu tomando conta da garota, percebendo que metade da sala à encarando com um certo olhar, até a mesma criou coragem para se apresentar.

- Me chamo Emi Loures, fui transferida da escola da França - calafrios surge - faz pouco tempo que estou aqui, na verdade me mudei ontem hehe - dá uma risada forçada, apertando cada vez mais sua bolsa. Chizuru se levanta se aproximando da Emi falando - Seja bem-vinda Emi, me chamo chizuru e sou de ciências, por gentileza sente-se atrás aquele aluno, obrigada, terminou aprontando para um aluno de cabelos azuis. Começou a ir em direção a Cardeira, sentiu um remorso quando o mesmo de cabelos azulados e olhos vermelhos à encarava,sentou-se no mesmo depositando seus matéria na mesa.

- Abram na página 201 de ciências,onde falaremos sobre o sangue e sua função - falou distribuindo os livros.

- Eeh..ate agora nada de especial nessa escola~ falo entre seus pensamentos avoados.

- É Emi neh? - uma voz grossa surgiu ao lado da mesma.

- É sim...- falou olhando assustada - por quê? - o pergunto, a garota já tinha se apresentado já faz 5 minutos e ele já não sabe.

- E que sou meio esquecido - falou apoiando seu rosto sob sua mão encarando a mesma profundamente

- eehh, seja bem-vinda ao perigo - falou encarando o teto, deixando a mesma assustada com a situação.

- perigo? Como assim? - falou arregalando os olhos de espanto ao rapaz.

- hum,hum - murmurou - você descobrirá, a aula está começando, falou sorrindo encarando pela última vez voltando sua atenção a aula.

- bom hoje estudando mais um pouco do corpo humano - falou a professora lendo o livro, como se chama a pigmentação do sangue?

-  encarando os alunos querendo uma resposta.

- Hemoglobinas - pronunciou o azulado que se sentava na frente de emi.

- estranho, o ensino dessa escola e 12 vezes melhor que as normais~ argumentou sob seus pensamentos avoados.

hahaha que inocente ~ pronunciou sob o pensamentos de emi, o garoto de cabelos azuis.

Apavorada segurou se na cardeira tremula - co-como que ele soube no que estava pensando - sussurrou.

Passou 4 horas encerrando as aulas, sinal toca e anuncia o término da aula, Emi apavorada com o acontecimento durante a aula, com pensamentos avoados querendo saber o que estava acontecendo naquela sala. Cansada a mesma pegando os livros por de baixo da carteira os colocando em sua bolsa de pano, calafrios surgem ao redor da mesma. Sabendo que ainda havia dois alunos na sala, assustada se levantou para sair. A mesma sentiu algum atrás dela, calafrios a dominava naquele momento pavoroso e frio da sala até um certo ponto.

- Olha a novata toda toda, se tremendo de medo! Que fofo - uma voz irônica e fria surgiu atrás da mesma fazendo com que se virasse atordoada com o momento. Com o olhar assustada - o que querem? - perguntou tremula, coração a mil, suando frio.

- Ora calma, só viemos nos apresentar - falou num tom brincalhão - me chamo Hiroki e esse e Hiroshi - falou apontando pro menor de cabelos azuis.

- deixa-me passar... - falou ignorando

O mesmo deu gargalhadas - Ora Ora Ora, o que vamos fazer caro irmãozinho - perguntou com um olhar sádico sobre Emi. O menor de cabelos azulados com olhar meio psicopata cor sangue vivo a encarava - Tão gracioso e meiga - falou brincando - que me dá vontade de quebra-la no meio - terminou rindo. A mesma assustada, com os olhos a lacrimejar. Hiroshi se aproximou a segurando pelo queixo - calma não chore, não doera nada hahaha - terminou se aproximando do pescoço da jovem.

- solte-na agora - um grito de tom doce e alta ecoava a sala.

Ambos se viraram para ver quem era o dono da voz. Emi olhou para a direção da voz e avistou um garoto aparentemente alto, de cabelos longos acinzentados e olhos levemente arroxeados com uma marca de gota debaixo do olho esquerdo, vestimentas semelhantes com vitoriano.

- la vem - pronunciou Hiroshi

- vocês deveriam parar de pegar todas as novatas que aparecem nessa escola, seus pervertidos - falou com raiva da situação.

- E você deveria parar de se meter na vida dos outros, maldito - falou o esverdiado do hiroki, apontando o dedo sob o maior.

- só estou fazendo o que é certo! - falou com um olhar sério, o mesmo começou a tomar forma de um lobo orelhas com brinco simbólico, suas mãos brilhava. Corrente de energia envolviam hiroki o apertando cada vez mais o levantando ate o teto - fuja emi agora - pronunciou segurando o hiroki no ar., Emi assustada obedeceu o mesmo correndo para a porta.

- aahh, não tão fácil assim!! Kanameeeee - gritou o menor azulado correndo em sua direção.

O olhar de kaname muda de roxo para cinza saindo faísca do mesmo, concentrando suas energias para um só golpe.

P.O.V Emi Estava indo em direção a porta, sem querer avistei o Hiroshi imóvel nas mãos do Kaname tal lobo, sua boca escorrendo sangue, com um olhar morto, veias roxas apareciam sob seu pescoço, bochechas, e braços mudando de cor para pálido. O mesmo deixa ele cair no chão, ouvia gritos de seu irmão que o mesmo ainda levantado pela energia azul de Kaname. O mesmo deu meia volta, olhando diretamente para mim me encarando, levantando o braço em minha direção - vá para casa, e esqueça tudo o que aconteceu nessa sala - terminou com suas mãos brilhando energia amarela....


Notas Finais


gostaria que vocês pudessem avaliar e compartilhar esse capitulo com seus amigos.

Cap novo todo domingo a tarde.

Muito obrigada pela atenção e até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...