História O Céu e o Inferno de Yuki - Interativa - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Céu, Inferno, Interativa, Originais, Terra
Exibições 22
Palavras 986
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Survival, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Satã e Deus: dois líderes meio... retardados


Flashback da Satã:

Naquele tempo, ela ainda se chamava Lúcifer, e ainda era uma anjo, a confidente de Deus. Mas... Ela sentia algo por Jason, como ela o chamou carinhosamente. Claro, isso era proibido. Mas de quê adianta a vida sem se arriscar?

Ela o beijou na frente de todos os outros anjos... e foi jogada nas profundezas por isso. A primeira anjo caído. Então criou os demônios e se tornou a Satã. Mudou seu nome para Victorie.

Com o tempo não chorava mais. Não sentia mais a dor que sentia. Se tornou amarga e vingativa. Queria tomar o lugar dele e jogar Deus para o fundo do abismo, e mostrar como é se sentir feito um lixo. E então, aquela humaninha ridiculamente boazinha chegou, a Felicity. Tão parecida com a ela de antigamente... mas não agiu. Covarde. Pelo menos VICTORIE tinha sido corajosa! E agora a anjo sabia como ela se sentia! HA!

Flashback da Satã Acabou:

Inferno:

Viu então uma de suas melhores amigas EVER: Madeline, a demônio mais zoeira até hoje.

-Yo, Made, tá de boas?-Victorie falou, animada.

-Meh, nada pra fazer, Vic.-Ela estava MUITO entediada.

-Viu a alma pura que acharam? Parece muito boa. Blergh.-A Satã fingiu vomitar.

-Posso ir lá ceifar ela, chefia, se tu quiser. Pelo menos ia ter algo pra fazer.-Madeline deu de ombros.

-Pode ser, pode ser. E aproveita e dá uma surra naqueles neutros. Eles tão com ela.

-De boas.-Ela então se dissolveu em chamas, sem deixar vestígio, info direto para a Terra.

"Essa minha miga é louca" Pensou, sorrindo. Então, voltou a planejar sua doce vingança.

Céu:

Porque ele tinha agido daquele jeito com Lúcifer mesmo? Ele lembrava vagamente. Alguma coisa a ver com uma aposta com Ivlis, Reficul e Kcalb? Sim, era isso. Mas o que essa aposta tinha? Ele não lembrava. Mas ele ganhou.

Claro, de tempos em tempos tentava falar com Lúcifer... quer dizer, Victorie. Mas ela sempre jogava seus demônios irritantes pra cima dele, ele os nocauteava, ela o nocauteava e jogava para os anjos cuidarem. Acabou que as brigas se intensificaram, e se tornou na atual guerra. Ele só queria que tudo voltasse ao normal, achou. Mas na verdade queria era gritar na cara de Victorie e fazê-la parar de criancice logo. Queria jogar ela de um pula-pula com patos mancos amarelos de pintas verdes chupando picolés de manga sambando na cara das inimigas.

-Ah...Senhor?-Ele ouviu alguém o chamar na porta. Ele rodou sua cadeira rotativa e olhou Kira.

Kira, de longe, era o mais devoto dos anjos que ele já conheceu... depois da Velha Lúcifer, é claro, mas agora não mais. Jason até chegou a cogitar o tornar um Arcanjo, o que é uma honra e tanto para um anjo da guarda como ele.

-Kira, já disse, pode me chamar de Jason, beleza?-Ele estava meio indiferente quanto o que acontecia. Ele só veio entregar os relatórios sobre a humanidade: os tais mussoumanos atacando, um tal de Trump eleito nos EUA, coisas chatas.

-É urgente. Tem uma alma pura correndo perigo, S... Jason.-Kira parecia agitado.

-Ah, já entendi. Tem a minha permissão pra intervir.-O rosto do loiro se iluminou.

-Obrigado! Eu já volto!-Ele abriu suas asas e saiu pela janela.

"Esse garoto tem potencial... só precisa de mais treinamento" Pensou, e voltou á ler livros. O que ele estava lendo era bem interessante, na verdade. "Harry Potter e a Pedra Filosofal". Lúcifer tinha sugerido no Natal passado, quando eles deram uma rápida trégua, e deu de presente para ele. Finalmente ele teve certeza de que não era amaldiçoado e começou a ler.

Terra:

-...QUE BOSTA É ESSA SEU BANDO DE COISAS LOUCAS ALEATÓRIAS!?!?-Yuki gritou, olhando eles ali.

-Ei, se acalma moça, a gente não veio te machucar não.-Um pouco mais atrás, um loiro de olhos azuis e alguns band-aids no rosto falou.-Na verdade, a gente veio aqui te escoltar pra longe. Você pode ser de GRANDE ajuda.

-VAMOS LOGO ANTES QUE OS MORALISTAS CERTINHOS CHEGUEM.-Uma moça de cabelos pretos e pele bronzeada, coberta de jóias, gritou, chamando a atenção da maioria.

-Drami, PARA DE GRITAR.-Um outro garoto ali gritou para ela.

-Ai, Yurei, EU GRITO O QUANTO EU QUISER.-A tal Drami falou.

-Gente, chega né? Tá, oi, eu sou o Leandro, esse moleque bisonho é o Yurei, e essa moça entupida de jóias é a Drami.

-Eu me chamou Yuki.-Yuki sorriu, meio tímida na presença de pessoas novas.-E me escoltar? Moralistas certinhos?

-Os Anjos, aqueles chatinhos.-Drami falou, com certo desgosto na voz.-Ah, aliás, eu sou uma demônio.

-E eu sou um incubus.-Falou Yurei.

-Eu sou só humano mesmo.-Leandro deu de ombros.

-Eu sou apenas humana.-Yuki não ficou surpresa. Na verdade, ela aceitou muito mais rápido que o normal. Já suspeitava dessas coisas.

E então... a janela se quebra em um milhão de estilhaços, e um ser entra, uma demônio.

-E aí, galera. Bem, eu vou matar essa humana aí...-A demônio apontou para Yuki.-...E dar uma surra em vocês, ok?

E então... a outra janela quebra em um milhão de estilhaços.

-MINHAS JANELAS, SEUS DESGRAÇADOS, EU TINHA CONCERTADO ONTEM!-Yuki gritou, furiosa.-VOCÊS VÃO PAGAR!!!

-SE FODERAM, VÃO TER QUE PAGAR PRA ELA HAHAHAHAH!-Dramin gritava e girava, rindo deles.

-Ah... tu deve ser a Madeline. Tem uma má reputação no Céu.-O anjo falou.

-E você, vadia, deve ser o Kira. Boa reputação demais.-A demônio sorriu.-Olha, nada pessoal coisinha humana pura, mas tédio é tédio.-Ela tentou fazer algo, mas parece que não deu certo.-Ué... era pra mim sugar a sua alma...

-...-Kira tentou ler os sentimentos de Yuki. Conseguiu, ela estava confusa. Com medo. Mas em seguida foi bloqueado.-Você, Yuki, né?

-Sim...-Yuki olhou ele, os olhos verdes inocentes o fitando.

-Você tá bloqueando os nossos poderes...-Falou, surpreso. Só tinha visto isso na Primeira Guerra Mundial...

-Eu tô?-Ela ficou muito mais confusa.

-ARGH, AGORA EU NÃO POSSO MAIS VOLTAR PRO INFERNO.-Madeline pareceu estar com raiva.

Então eles sentiram seus poderes desbloquearem. Yuki não tinha nem se movido. Nem sabia o que estava fazendo. Então Madeline se dissolveu em chamas e desapareceu.

-Ufa... ela deve estar indo avisar a Satã. Bem, eu vim te proteger, Yuki.-Kira sorriu para ela.-Belo bloqueio, aliás.

-Ah... valeu, eu acho...?-Yuki ainda não entendia o que estava acontecendo, então não perguntou, só aceitou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...