História O Céu Pelos Olhos do Amor. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Angel Sanctuary, Supernatural
Tags Anjos, Céu
Visualizações 12
Palavras 914
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Ficção, Mistério, Misticismo, Poesias, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - O Céu.


 

Prosa Metafórica.

  Ah doce e instigante visão das almas celestiais, paraíso escondido nos corações ardentes ou na mente instigante de um profeta, local onde os sonhos mais felizes se realizam, felicidade desprovida de esconderijos vagam soltas através das luzes incandescentes. Oh! Grande tormenta de paz que acolhe cada forma! Amor indescritível vindo do âmago da existência! Evocar-se-ão em pedidos de clemência para demonstrar-lhe a cada alma pecadora em seu juízo final, que traga por fim o descanso daqueles que sofrem, com sua luz tão brilhante e acolhedora. Aproveitando-lhe de sua benevolência para ter-se o vislumbre do lar dos anjos, do lar dos seres Celestes!

 

  E no findar da vida de um profeta que a muito tempo viveu, o céu abriu-se a sua visão. Oh divina imagem! Seus 7 portais, cada qual tão gracioso quanto a flor mais bela! Feitos de uma luz intensa, mais brilhantes que o ouro e ao mesmo tempo mais delicados que uma porcelana! Grandes conchas feitas de uma única pérola, presas numa fechadura com a imagem de pequenos Tronos com suas trombetas de alegria guardam a passagem ao paraíso de Deus! Ao abrirem-se, é escutado  som da pureza, uma pequena lufada de ar a esvoaçar lhe seus cabelos também sai dos mesmos. E a luz intensa daquele divino local ofusca a visão.

 

  Adentra-se as portas do paraíso e as penas dos anjos lhe tomam em um abraço acolhedor, enquanto sua vista é agraciada com a doçura insolente, que enche-lhe de sentimentos bons. A sua frente um cristalino rio aparece, como se fossem cristais líquidos, ao seu fundo a cachoeira cai formando um arco íris de cores incontáveis, verdejantes árvores margeiam o rio e traz-se a visão da beleza, flores variáveis e inimagináveis demonstram-se em plenitude contemporânea! Ah! Beleza injúria e determinada! Traça-lhe os mais puros caminhos! Onde o chão de ouro leva aos grandes templos! Caminhar-se pelos caminhos, agraciado com aas luzes da vida, pelas luzes da graça.

 

 Ao longe escondido entre as inúmeras faíscas de vida, pouco afastado, Tsafon, O Monte da Consagração, em toda sua glória se encontrava. Após sair das ruas de ouro tão imponentes, acha-se uma escadaria longa de mármore, tão branco quanto as asas de um anjo! Ao subi-la, vê-se o Santuário do Alvorecer ocultado pelas nuvens gélidas como Cristais de Gelo, o aposento imponente erguido por largas colunas redondas. Ah! Luz azulada e forte coruscada em seu interior, emanações do próprio Deus! Local de descanso do Altíssimo e toda sua caridade, seu amor e sua humildade! Sentimentos vindos diretamente de sua existência. Dentro do templo, o livro da vida também descansava em seu pedestal detalhado com as runas angélicas!

 

  No quarto céu, isolado no coração do oceano celeste, sob as águas da benevolência! Uma montanha em forma de cogumelo se encontrava, em seu cume o Castelo da Luz em sua majestosidade poderia ser visto! O castelo da Luz, onde as atividades mais intensas estão presentes, a fortaleza divina. Oh! Maravilhosa edificação! Lapidado em pedra clara, outro e mármore, impossível a entrada se não por voo. Em seu pátio menor, os querubins fazem seus treinos para proteger o descanso das boas almas e dos próprios anjos! Ah! Soberba graciosidade! Tão imponente e ao mesmo tempo cheio de passividade.

 

  O Jardim do Éden, inexplicável paraíso terrestre! Fora retomado nos céus, com o rio da verdade e a árvore da vida em seu meio! De suas folhagens sai os remédios dos justos e ali não há doenças e nem nada disto. Local de pura cura! Os animais são dóceis e vivem na perfeita harmônia! O descanso dos justos e a amabilidade dos anjos, transcendem ali! Mas não apenas como meros elementos, mas sim verdadeiros seres de luz! Trazendo a satisfação daquele local.

 

  Ah! Céus de luz! A morada divina! Mostre-se em sua bela forma! Sete céus de caridade! O primeiro, aquele que é visto por todos! Onde os pássaros voam e a luz divina é escondida! O segundo, astros de beleza e conhecimento repousam! O Terceiro, tão formoso e piedoso, onde o maná é fabricado para os piedosos no porvir! Grande caridade imposta para os que usaram de piedade! O quarto, há beleza imensurável, a Jerusalém Celestial, cidade divina de luz, feita de cristais e ouro, onde o Templo onde Miguel ministra como sumo Sacerdote se encontra! Nos mostre seu julgamento. Oh Arcanjo da Justiça!

 

  Hostis Angélicas! Cantem em louvor a Deus no quinto céu! Mostrem seus cantigos de piedade, amor e paz! Oh! Temeroso céu de tormenta, local de calamidades, sexto céu! Tenha piedade deste povo desprovido de luz ao mandar suas incontáveis forças contra a terra, nos seus sótãos de orvalho nocivo, armazéns de tempestades e porões de fumaça! Portas de fogo separam essas câmaras celestiais e Metatron, anjo escriba as guarda! Oh Davi! Rei de grande sabedoria! Livrai-nos de suas calaminades e sua oração a Deus expurgou as pragas dos porões do Sexto Céu! Mesmo ali ainda tendo suas centelhas do sinistro.

  Há! Sétimo Céu! Onde o bom e o belo é apenas encontrado, o direito, a justiça e a misericórdia, os armazéns da vida, da paz e da benção! As almas dos piedosos, as almas e espíritos das gerações não nascidas, o orvalho com o qual deus reviverá os mortos no dia da ressureição! E sua humilde morada, com o Trono Divino, cercado por serafins, pelos ofanins, pelos santos e os anjos ministrantes! Traz a nós. Oh Senhor! Sua misericórdia e nos oriente enquanto estais sobre os céus divinos, até o juízo final! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...