História O comduit - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão, Infamous
Visualizações 12
Palavras 534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Condutor


a vida é cruel apartir do momento que eu descobri que era um condutor minha vida mudou meus pais me abandonaram meus irmãos me abandoram eu quero dizer eu perdi tudo minha namorada meus irmãos meus pais amigos todos quase fui pego pela dup uma vez eu cansei de ser fraco hoje eu controlo vidro cabos metal e energia elétrica eu sou forte mas nunca machuquei um humano normal eu já tentei ir até outros condutores mas todos me negavam então eu criei minha identidade o fúria da noite eu só atacava favelas de traficantes o meu pior erro foi ter dito a minha irma astrid e Meu irmão melequento eu  irei matar meus pais e irmãos custe oque custar -assim que a memória de soluço passa pra delsin ele acorda vendo soluço olhando pro céu com a dominância de cabos antes de ele do nada coemçar a correr e lógico os três os eguiram pra o ver em um beco com duas pessoas uma loira e um com cabelo preto a loira era uma condutora de papel mas mortal e o outro era condutor de água que ele deixava como gelo afiado e quando a menina iria matar uma garota que tinha cabelos azuis soluço prendeu os dois com cabos resistentes e os três foram ajudar 

- ora ora pra quem será que está no território do fúria da noite ??  -diz ele de forma sádica -  e além do mais astrid e Melequento como está o papão e a mamãe ?? A mamãe ficou triste por eu partir certo porque vocês três me obrigaram e agora eu irei matá-los - diz soluço e logo a eletricidade roxa surgiu em suas mãos antes de ser parado por fetch que o segurou

- ei soluço vingança não vai aliviar nada eu digo por esperiencia própria -diz fetch o soltando mas ele não soltou os cabos 

- tão fraco é controlado por uma mulher -zomba seu irmão e soluço vira pra ele com raiva e logo mudou pro neon que ele absorveu o seu neon era vermelho e roxo 

- VOCÊ ACHA QUE É ENGRAÇADO MELEQUENTO EU VIVER NAS RUAS E TER QUE APREENDER A VIVER NA SUJEIRA TODOS OS DIAS POR 7 ANOS MELEQUENTO VOCÊ E ELA SEMPRE TIVERAM CONFORTO E EU LARGADO PRA DUP PEGAR E MATAR EU DIGO ACHE UM JEITO DE SAIR POIS SE NÃO PRA CASA VOCÊ NÃO VOLTA NEM UM DE VOCÊS -diz ele raivoso não percebendo que a D.U.P chegou e junto a ele Augustine que observava com interresse-VOCE ARRUIMARAM MINHA VIDA PERDI AMIGOS MINHA MÃE E O MEU PAI MINHA NAMORADA E ACHAM QUE ISSO AINDA NÃO É NADA NÃO ESTÃO ENGANADOS EU OS MATAREI AQUI E AGORA -diz ele disparando um fósforo de neon em melequento em um em astrid estourando suas cabeças e logo augustine fala 

- meu caro eu vejo algo em você me diga oque quer e eu o farei -diz augustine caminhando mas parou quando um vulto roxo apareceu atras da mesma antes de uma descarga de 5 milhões de volts a acertar e ela sair voando 

-EU NÃO FAÇO ACORDO COM VACAS -diz ele saindo e os outros três atras 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...