História O começo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 10
Palavras 1.838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pessoal , capítulo novinho saindo do forno :3 espero que gostem

Capítulo 5 - A outra família


- Maya ? - Alex se afasta e olha dentro dos meus olhos
Naquele momento eu me perguntei onde eu estava com a cabeça , se meu pai visse aquilo eu provavelmente causaria uma confusão imensa e isso prejudicaria ao Alex e meu pai
- Alex .. - Eu tento dizer alguma coisa mas , por algum motivo , eu não conseguia me separar dele - Me desculpe eu … - Eu acabei agindo por impulso , empurrei ele e sai correndo na direção do meu quarto
- Maya , espere ! - Eu conseguia ouvir sua voz pedindo para que eu esperasse , mas eu não podia voltar
Ao chegar no meu quarto eu me jogo na minha cama , e finalmente volto a afundar em meus Kiko pensamentos
- " O que eu estou fazendo ? Estou louca ? Só pode ser isso ! " - Estava perdida , não conseguia colocar minha cabeça no lugar - " O que está acontecendo comigo ? Eu não posso gostar de ninguém além do meu futuro … " - Esposo ? Marido ? Noivo ? Do que eu poderia chamar alguém que eu mal conheço ? Nem sei seu nome , não sei no que é bom e nem sei como é seu rosto ... Vale a pena fazer isso só por causa de uma promessa idiota ?
O castelo estava em completo silêncio e com esse silêncio eu acabo dormindo novamente e acordando com uma serva abrindo as cortinas do quarto
- Senhora , já é hora de acordar … - Ela parecia um tanto nervosa , devia ser uma das novas servas - Sua Majestade Antony e o príncipe Alexandro já estão a mesa tomando seu café da manhã - Ao escutar o nome do Alex meu coração acelerou de uma forma inexplicável , será que … não , não é possível .
Eu me arrumo o mais rápido possível e desço as escadas até chegar na sala
- Maya … - Meu pai parecia furioso , acredito que foi por conta do meu atraso - Sente-se agora !
- Bom dia Maya ! - Alex solta o clássico sorriso sádico dele , com coisa que algo divertido estivesse pra acontecer
- Bom dia Alex ! - Eu respondo eu um tom complemente normal enquanto tentava esquecer tudo o que havia acontecido
A mesa estava em completo silêncio até que meu pai o quebra :
- Então Alex , quem era a moça que levou ontem aos seus aposentos ?
Quando ele disse aquilo eu me engasguei com meu suco de uva e derrubei o copo , então quando levantei a cabeça meu pai estava me olhando com um olhar mortal e Alex me encarava com o maior prazer estampado em sua face
- Uma menina qualquer rei Antony , sua beleza era admirável mas não tem nenhum talento … Precisa de ajuda com algo Maya ? - Alex responde enquanto olhava para mim
- Muito obrigado Alexandro , eu consigo limpar sozinha ! - Acho que nunca senti tanta raiva de uma pessoa como sinto dele
- Bem , enquanto Maya limpa a sujeira que ela aprontou , que tal me dizer o topo de aparência que lhe agrada Alex ? - Meu pai continuava nessa de arranjar alguém para ele , o que eu acho difícil já que além de ser muito exigente ele é muito rude
- Gosto bastante do tipo da Maya … - eu acabou derrubando os cacos de vidro que eu já tinha juntado e corto a minha mão - Oh céus , deixe que eu faço isso Maya !
Ele se levanta mas ligo é interrompido por meu pai
- Fique sentando Alex , deixe que ela limpe sua própria bagunça
Alex me olha por alguns segundos e se senta
- Bom dia ! - Eu olho para a direção de onde vinha aquela voz delicada como a brisa , é minha irmã por parte de madrasta , seu nome é Julietta …
- Bom dia Julietta , esse aqui é Alexandro , o príncipe do primeiro continente - Meu pai apresenta Julietta como se ela fosse a herdeira do trono , que no caso sou eu já que sua mãe era uma estrangeira sem sangue real ...
Seus cabelos são da cor do ouro e seus olhos são verdes como a floresta , seu sorriso é tão branco que chega a brilhar , isso sem falar de sua postura , auto-controle , dons musicais , entre outros … ela é literalmente a garota perfeita
- Bom dia príncipe Alexandro , é um prazer conhece-lo - Ela abre um sorriso completamente natural enquanto olha para Alex , não sei por que mas aquilo me deixou muito irritada
- Bom dia - Alex responde frio , sem dar importância para a existência dela - Bem , como eu dizia rei Antony …
Novamente ele é interrompido
- Príncipe Alexandro , é um prazer conhece-lo - Uma voz irritante , acompanhada com seu longo cabelo preto e seus olhos cinzas , sem falar de sua frieza … essa é " minha " madrasta , a pessoa que arruinou minha família - Oh Maya ... Outro copo querida ? Você é muito desastrada , nem parece uma princesa sabia ? Julietta é muito mais qualificada para isso do que você .. não acha bom começar a melhorar ? - Aquele tom de voz irritante , acompanhado com todas aquelas palavras exibidas me causavam nojo
Então vejo um movimento rápido , Alex estava junto a mim , pegando os cacos de vidro do chão enquanto olhava em meus olhos
Assim que terminamos ele se levantou e perguntou
- Posso saber qual é o seu nome ? - Ele olhava fixamente para minha madrasta
- Victoria , ou melhor , rainha Victoria de Louise .. - Ela dizia com todo o orgulho seu nome completo
- Pois bem rainha Victoria de Louise , se eu Alexandro Argento Huri ficar sabendo que disse algo desse estilo para a Maya Ilunmin Cordes eu imediatamente pedirei aos guardas que a prendam ! - Eu nunca havia escutado uma voz forte como aquela , era como aquele lado gentil que ele tinha me mostrado na cidade tivesse desaparecido por completo deixando um futuro rei sério e que causava medo até no homem mais corajoso do mundo - Entendeu ?! - Ele firma ainda mais a voz , causando arrepios de medo em mim
- S-sim ! - Por outro lado achei super engraçado ver a Victória tremendo de medo do príncipe da arrogância
Todos estão sentados na mesa e novamente meu pai quebra aquele silêncio mortal :
- Alex , peço que vá com a Julietta ao baile que acontecerá em dois meses , creio que vão se dar muito bem já que ela é uma moça muito educada ..
- Não , muito obrigada - Ele olha fixamente nos olhos de meu pai , tenho a leve impressão de que alguma confusão enorme está surgindo
- Sinto muito Alex , não é uma ordem minha e sim de seus pais - Meu pai continua calmo e olhando para ele
- Vai ser um prazer ir com você ao baile Alexandro ! - Julietta sorri
- O que meus pais tem a ver com isso rei Antony ? Vou acompanhado com quem eu quiser , e eu não tenho interesse algum na Julietta ... - Alex se levantou da mesa e saiu em direção ao jardim
- Alex ! - Meu pai o gritou mas ele nem olhou para trás
- O que você fez Maya ? - Julietta finalmente tira a sua máscara de " menina boazinha " - Não acredito que estragou minha chance de casar com o Alex e me tornar a rainha do mundo ! - Sim , agora que me lembrei , Alex é responsável por tudo o que acontece nos seis continentes , logo é considerado o futuro rei do mundo …
- O que você está dizendo Julietta ? Eu nem falei nada ! Se tem alguém que … - Uma sensação de dor toma conta do meu rosto , Victória me deu um tapa que chegou a ecoar pelo castelo e meu pai não fazia nada para me defender
- Se você se intrometer em algo Maya , você sofrerá consequências , entendeu ? - Disse Victória com um sorriso em seu rosto - É melhor ficar bem quieta , certo ?
Eu estava tremendo , me perguntando por que meu pai nunca me defendia contra elas , por que ele sempre abaixava a cabeça , por que ? Por que ?!
Meus olhos se encheram com lágrimas e eu saí correndo em direção a cidade enquanto chorava .
Sem que eu percebesse uma multidão se formou na minha volta é todos falavam meu nome , era como se eu fosse importante , mas não me passava conforto algum , o que poderia me ajudar num momento como esse ?
- Princesa ! Venha ! - Uma carroça para bem atrás de mim e me puxa para dentro - Fala sério , você continua sendo descuidada ! - Um sorriso gentil , olhos pretos como a noite e cabelos da mesma cor
- T-Tatiana .. - Meus olhos estavam vermelhos e inchados de tanto chorar
- Oh querida … Não está bem , não é ? Que tal irmos nos divertir um pouco ? - Tatiana pra mim é como minha irmã mais velha , ela sempre me aconselha da melhor forma e me socorre nos piores momentos - Quer ir a vila hoje ? - Ela é sempre carinhos e atenciosa com todos a sua volta , é simplesmente encantadora …
- Hã ? - Fique tão afundada em meus pensamentos que nem entendi o que ela havia dito
- Quer ir a vila hoje ? Eles estão sentindo a sua falta … A vovó está sentindo ainda mais , sua saúde tem ficado bem fraca , ela disse que quer muito ver você - Tatiana sorri novamente
- Sim , você trouxe a máscara ? - Eu respondo
- É lógico ! - Ela ri e retira de sua bolsa uma mascara de raposa - Essa é nova e está no tamanhos certo , prometo que não vai cair durante a dança !
Eu visto a máscara e imediatamente uma alegria enorme chega em meu coração , finalmente ia ver as pessoas que conhecem o meu verdadeiro eu !
- Agora só falta a roupa né ? - Eu infelizmente não posso aparecer lá como princesa ...
- Ah sim ( risos ) aqui está ! - Ela tira de uma sacola uma capa preta para usar por cima e um vestido tecido especialmente para mim pela vovó , ele é preto e vai até meus pés , super confortável para a dança pois sua saia é em tiras , hoje o dia será divertido ...

CONTINUA ....


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...