História O começo até a eternidade - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Alexa, Ash Ketchum, Bianca, Bonnie, Braixen, Brock, Bulbassaur, Charizard, Clemont, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Fennekin, Gary Carvalho, Grace (mãe de Serena), Greninja, James, Jessie, Luxray, May, Meowth, Misty, Pikachu, Professor Carvalho, Professor Oak, Professor Sycamore, Serena, Shauna, Squirtle, Tierno, Tracey Sketchit, Trevor, Zoey
Tags Amourshipping, Pokémon, Romance, Satosere
Visualizações 126
Palavras 2.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi filhotes ♡ espero que tenham gostado de acordar e ver essa "surpresa" pra vocês. Pra ser sincera, eu sentia saudade de postar de madrugada kkkkkkkkk

Boa leitura, espero vocês nas notas finais! PFV LEIA É MUITO IMPORTANTE PRA MIM 🙏

Capítulo 39 - Vaniville


Fanfic / Fanfiction O começo até a eternidade - Capítulo 39 - Vaniville

- Finalmente em casa! - Serena disse se jogando no sofá.

- Sua casa é de mais Serena! - Bonnie disse admirando tudo, cada mínimo detalhe. Grace se aproximou da garotinha e se curvou para ficar mais próxima da sua altura.

- Você pode vir ficar aqui comigo sempre que quiser Bonnie! - Grace disse sorrindo para Bonnie e a mesma surpreendeu a todos abraçando-a em seguida.

- Obrigada mamãe! - E Grace não pode segurar uma lagrima que caiu de surpresa e felicidade. - Quer dizer... eu posso ti chamar assim? - Bonnie disse se desprendendo do abraço e Grace estava ainda sem acreditar.

- Mais é claro meu amor! - Grace disse abraçando a pequena de novo e seu olhar foi em direção a Serena, tinha medo de sua filha rejeitar todos os laços que estavam se formando pois ela e Meyer não rejeitavam a ideia de serem uma família algum dia. Mas todas as suas inseguranças foram embora quando viu Serena emocionada sorrindo.

- Eu nunca tive uma mamãe antes! - Bonnie disse pensando alto e apenas Grace ouviu seus susurros.

- Agora você tem! - Disse apenas para que a garotinha ouvisse.

- Muito bem gente! Não quero atrapalhar esse momento lindo. - Délia disse limpando suas lagrimas, pois estava muito feliz pela sua amiga porque assim como ela, o sonho de Grace era ter mais filhos e agora Grace tinha três. - Mas está quase na hora de jantar. Brock querido pode me ajudar?

- Mais é claro senhora Ketchum! - Brock disse sorrindo e

- Posso invadir sua cozinha minha querida? - Délia perguntou para sua amiga.

- Fica a vontade! - Disse sorrindo e Mr. Mime saiu da pokebola de Délia fazendo gestos falando que ele iria ajudar sua dona. E então Brock e Mr. Mime começaram uma discussão sobre quem ajudaria a mãe de Ash, todos riam na sala com a maturidade dos dois.

- Calma garotos eu vou precisar da ajuda dos dois! - Délia disse com uma cara de quem estava sem graça com tudo isso. E os três foram para cozinha.

- Serena porque não leva todos la pra cima para se acomodarem? - Sua mãe disse.

- Certo mãe! - A garota disse sorrindo. - Vamos pessoal! - Disse subindo as escadas enquanto eles a seguiam.

- Nossa sua casa é enorme amor! - Ash disse tendo a impressão que iria se perder a qualquer momento.

- Um pouco! - Serena riu sem graça. - Bom a gente tem um quarto de hóspedes no final do corredor com quatro camas. Amor você pode dormir comigo! - Serena disse se virando para Ash, não se importando com Bonnie e Dawn que já se entreolhavam com uma casa de cumprisses.

- Humm! Dormindo no mesmo quarto é! Sua mãe sabe disso Sere? - Dawn disse gargalhado.

- DAWN! - Ash disse repreendendo-a.

- Sim, foi nossas mães que nos forçaram a dormir juntos antes mesmo de namorar. - Serena disse com uma cara de "fazer o que?". - Elas basicamente empurraram nos dois um para o outro sem perguntarem se a gente se impotava.

- E você se importava? - Ash disse com uma sobrancelha arquiadas cruzando os braços como uma menina dramática.

- Mais é claro que não né Ash! - Serena disse com vontade de dar um tapa em sua cabeça e chingando o mesmo mentalmente de "mula".

- DR não né gente vocês são meu shipper favorite! - Disse Bonnie e Serena olhou para Ash e revirou os olhos de desgosto. A loira seguiu até o final do corredor abrindo a porta branca com molduras.

- Aqui é o quarto de vocês! - Serena disse entrando no mesmo onde tinha duas beliche em cada lado do quarto, e entre as duas camas tinha uma escrivaninha de baixo da janela, tambem havia uma cômoda para a visita guardar suas coisas e encima da cômoda havia um grande espelho. O quarto tinha as paredes amarelo claro, sendo que a da janela era um tom mostarda, os móveis eram brancos e o quarto tinha alguns detalhes em preto e azuis claro.

- Ual que quarto lindo! - Bonnie disse encantada sentando na cama enquanto Dawn deixava sua mochila na cama de baixo da beliche.

- Fiquem à vontade meninas! Eu vou deixar minhas coisas no meu quarto. - Serena disse colocando a bolsa do Brock na cama de cima. - Vem Ash! - Serena disse um pouco ríspida, saindo do seu quarto logo em seguida. Pikachu, Violette e Dedenne ficaram no quarto brincando com Bonnie.

- Por que você está agindo diferente comigo? O que eu fiz de errado? - Ash perguntou assim que entrou no quarto de Serena logo depois dela.

- Nada eu só... - Serena disse passando as mãos fortemente em seu rosto o esfregando.

- Só... - Ash disse tentando faze-la falar.

- Só não estou em um bom dia! - Serena se sentou na sua cama irritada com a sua cabeça abaixada.

- Seja o que for você pode falar comigo amor! - Ash disse se sentando ao seu lado.

- São coisas de mulher Ash, você não entende! Eu vou tomar um banho. - Disse se levantando e indo até a outra porta que havia em seu quarto. Ash deixou suas coisas do lado da mesa de Serena e desceu as escadas se sentando na bancada que dividia a cozinha da copa, apoiou seu cotovelo na bancada e sua cabeça em suas mãos, fazendo uma cara de criança emburrada.

- O que foi Ash? - Brock perguntou.

- Sei lá cara! Serena tá estranha comigo. - Ash bufou.

- Já experimentou conversar sobre isso com ela filho?! - Délia disse.

- Já mãe! Ela disse que é "coisa de mulher" e que eu não vou entender. - Ash disse deitando a cabeça na bancada e Brock riu.

- Você ainda têm muito que aprender sobre as mulheres meu querido amigo! - Brock disse rindo enquanto descascava batatas.

- Délia você não explicou sobre isso para o seu filho? - Grace disse rindo enquanto vinha da sala para ajudar sua amiga com a massa.

- Eu achei que não teria que explicar! Ash já rodou quase o mundo todo, é quase um homem, achei que ele já sabia dessas coisas! - Délia disse perplexa.

- Me explicar o quê? - Ash endireitou a postura.

- Senhoras! Me permite explicar? - Brock perguntou.

- Você me faz um favor Brock! - Délia disse constrangida.

- As mulheres, apartir de um momento da sua vida na adolescência elas começam a sofrer mudanças no corpo assim como nós homens. - Brock parou por um momento para escolher as palavras certas. - E com essas mudanças elas "ganham" um ciclo, e todo mês durante alguns dias elas mudam seu comportamento por causa dessas mudanças! - Brock disse olhando para as duas com uma cara de "expliquei bem?".

- Isso se chama TPM querido! Vai se acostumando por que a Serena pode ser doce sempre, mas nessas épocas ela muda completamente. - Délia disse.

- TPM? - Ash perguntou e sua mãe acentiu. - Transtorno Problemático Mensal? - E na mesma hora todos engasgaram rindo da pergunta de Ash.

- Não filho! - Délia disse indo até o mesmo. - Vem eu irei ti explicar melhor! - Disse puxando seu filho até a sala e eles se sentaram no sofá. - Querido você sabe de onde vem os bebês, né?

- Sim mãe, apartir de uma relação íntima entre duas pessoas. - Ash disse envergonhado.

- ASH KETCHUM! VOCÊ JÁ... - Délia disse chocada, mas Ash não deixou sua mãe nem terminar de falar.

- NÃO MÃE PELO AMOR DE ARCEUS! - Disse mais vermelho que seu boné e Délia relaxou seu ombros.

- Oky! - Délia começou a contar para Ash sobre como o corpo feminino funcionava.





Serena saiu do seu banheiro de roupão secando seu cabelo com uma toalha.

- Serena! Eu entendo! - Ash disse levantando da cama da garota abraçando-a logo em seguida.

- O que você entende Ash? - Serena disse sem entender nada.

- Minha mãe me explicou sobre sua TPM, agora eu entendo. Por que não me contou antes? - Serena se soltou de Ash pasma.

- VOCÊ QUERIA QUE EU CONTASSE O QUE ASH? QUE EU SANGRO TODO MÊS?! - Serena disse super irritada pegando suas roupas e batendo a porta do banheiro assim que entrou.





- Não me admira que Ash não sabia sobre essas coisas! - Brock disse. - Ele sempre foi muito desligado com essas coisas, sempre concentrado na suas batalhas.

- Eu ainda não acredito que perdi essa cena! - Dawn disse rindo assim que Brock terminou de contar sobre o ocorrido.

- Você tinha que ver... "Transtorno Problemático Mensal?" - Brock disse tentando imitar Ash e Dawn quase caiu do banco da bancada de tanto rir.

- Do que vocês estão rindo? - Bonnie perguntou.

- VOCÊ QUERIA QUE EU CONTASSE O QUE ASH? QUE EU SANGRO TODO MÊS?! -Dawn e Brock se entreolharam colocando uma mão na boca para segurar o riso quase morrendo sem ar.

- Melhor você nem saber Bonnie! Vai por mim. - Grace disse. - Que tal me ajudar a por a mesa? Ja está quase tudo pronto!

- Ta bem mamãe! - Grace sorriu docemente para a garotinha, ela sentia falta de quando Serena à chamava de mamãe.

Após Bonnie e Grace terem colocado a mesa todos jantavam em silêncio. Dawn e Brock não podia se entreolhar que sentiam vontade de rir alto. Serena estava emburrada com tudo, mal tocou em sua comida, Ash estava robotizado com medo de apanhar a qualquer momento.

- Com licença! - Serena disse se levantando da mesa.

- Mas você não comeu quase nada minha filha! - Grace disse preocupada.

- Não tenho apetite! Vamos Violette! - Sua Pokémon pulou em seu ombro e Serena saiu pela porta da frente para ver seus outros Pokémon no Jardim, e Pikachu acompanhou elas.





- Podemos conversar? - Ash pergunta se aproximando cautelosamente.

- Claro! - Serena da de ombros e seu namorado senta do seu lado, encostando suas costas na árvore assim como ela. Logo estende uma barra de chocolate para a loira que sorri. - Minha mãe também me falou disso! - Disse dando o sorriso que Serena tanto amava.

- Obrigada! - Serena abriu em silêncio o a embalagem dando uma fileira para Ash antes de comer o seu, e Ash agradeceu apenas com um aceno de cabeça. Ficaram em silêncio por um tempo observado Violette se entrosar com Rhyhorn. Violette era uma Pokémon super carinhosa, mas tinha seu lado genioso; por isso as vezes não se dava bem com muita gente ou com outros Pokémon, mas com Rhyhorn parecia que já eram amigos desde sempre.

- Será que algum dia ela iria gostar de mim? - Ash pergunta cortando o silêncio.

- Me desculpa! - Serena disse um pouco baixo.

- O quê? - Ash perguntou sem entender.

- Me perdoa. Eu fui muito estúpida com você hoje! - Disse abaixando a cabeça.

- Está tudo bem amor, eu entendo que deve ser complicado pra você. - Ash sorriu e Serena retribuiu o sorriso. - Para nossa primeira TPM até que eu me sai bem, né?! - Ash disse rindo.

- Nossa? - Serena arquiou uma sobrancelha.

- Você acha que só você passa por isso? Eu estou sendo afetado também!!! - Ash disse fazendo cara de coitado ofendido e Serena não aguentou segurar a gargalhada. - Posso fazer uma pergunta?

- Acho que ti devo isso! - Serena disse sem graça.

- Por quê só agora seu humor mudou? Quando viajavamos juntos você nunca ficou assim!

- É porque esse "ciclo" começou a poucos meses. - Serena disse baixinho com vergonha, mas Ash entendeu e a abraçou.

- Amor? - Serena olhou para ele. - Você não pretende voltar para o Try Pokaron? Já que estamos em Kalos... pensei que poderia se inscrever. - Ash disse mudando de assunto vendo que Serena estava desconfortável. - Eu amava ver você se apresentando, pena que não consegui ti acompanhar no Contest!


Notas Finais


Hoje eu estava inspirada, eu não queria parar de escrever kkkkkkkk mais eu tenho que guardar um pouco pros próximos capítulos né kkkkkkkkk

Gente ontem eu entrei aqui no Spirit para responder vocês e vi que "bastantes" pessoas tinham dado favorito na fanfic e quando eu fui ver eu levei um susto shushushushu estamos chegando a 150 favoritos. AI MEU GLOB!!! Eu queria muito agradecer vocês pessoalmente, eu estou tão feliz ♡ muito obrigada por tudo gente. Eu nunca pensei que chegaria nem a 5 favoritos e olha só falta menos de 5 pra 150 😲.

À você que comenta muito obrigada! Cada letra, cada palavra que você deixa aqui pra mim muda totalmente meu mundo. O apoio que você me dá as vezes nem sabendo, é o que me incentiva a escrever não mais por mim e sim por vocês, por todos nós! Espero que você fique aqui comigo até o final dessa história ♡
À você leitor fantasma também deixo aqui meus agradecimentos ♡ você também faz parte da minha vida, mesmo eu não ti conhecendo eu ja ti considero pakas ♡ você também é importante pra mim. Obrigada!



Ain vou chorar 🙈
Não vou enrolar mais, muito obrigada a todos ♡

P.S.: Comentem sua parte favorita do capítulo pq pra mim foi "Transtorno Problemático Mensal" kkkkkkkkkkkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...