História O Começo De Um Novo Mistério - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Dipcifica, Mabill, Personagens Originais, Reverse Falls
Exibições 78
Palavras 1.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie gente!!! Bom tá aqui o cap novo que prometi ele ficou muito grande então divide ele em algumas partes, aqui vamos ver o passado da pacífica e esse cap é meio que um especial..... Outra coisa. Obrigada pelo 50 favoritos mano eu amo vocês!!

Capítulo 26 - Somos a Família Perfeita Part 1


Fanfic / Fanfiction O Começo De Um Novo Mistério - Capítulo 26 - Somos a Família Perfeita Part 1

*fashback*

Pacifica pov on.

    hoje foi muito cansativo na escola.
     Já estou perto de chegar em casa, afinal eu ando quase 5 km para ir a escola e voltar para casa todos os dias.
      
       Lá está minha casa, na qual eu moro com o meu irmão mais novo Valentim, minha mãe Charlotte e o meu pai preston.
      minha casa é um pouco diferente das outras,  sua pintura é vamos dizer acabada,  a porta aparenta ter sido comida por cupins e ela possui somente um andar.
       
       Quando entro nela vejo a minha mãe limpando alguns móveis como de costume e meu irmão brincando com a comida dele

Pací- Oi!  Mãe cheguei! - falo jogando a minha mochila no chão e indo abraçar meu irmão.

Charlotte- pacifica você pode dar a comida do Valentim pois eu vou trocar de roupa. - fala ela guardado alguns brinquedos

Pací- claro!  Vem Valentim!-pego ele e coloco sentado na mesa. - Olha o aviaozinho!

Valentim- pá pá!

Pací- isso pá pá agora come! - coloco uma colher de sopa na sua boca.

      Ouço um barulho na porta.
e a minha mãe aparece com um vestido bastante bonito

Charlotte- pacifica leve o seu irmão pro quarto de vocês e fiquem lá.

Pací- mais mãe o Valentim não terminou de comer ainda.

Charlotte- não importa vão para o quarto agora!

Pací- tá bom - pego Valentim no colo, levo para o nosso quarto quando chego lá coloco o mesmo no berço

Pací- então o que vamos fazer agora!?

Valentim - brinquedos!

Pací- não a mamãe acabou de arrumar os brinquedos e eu não faço a mínima idéia de onde ela colocou.

Valentim- hum.... Que tal a gente brincar de astronautas?

Pací -ok!

Minutos depois

Pací - vem Valentin!  - falo pegando uma blusa no guarda-roupa.

Valentim- por que? 

Pací- colocar o pijama para dormir! - pego ele tiro sua camiseta e sua calça deixado ele somente de frauda.

Valentim - eu não tô com sono! - Fala ele na última palavra bocejando.

Pací- não jura!  - Rimos, visto o pijama dele e ele se deita no berço

Valentim - eu já disse que eu não tô com sono - e adormece.

     Eu rio com a situação do dele,  o cubro com um lençol e fico observando ele por um tempo.

     Confesso que ele estava muito fofo! , estava com o nariz para fora do lençol, tava para ver estava com um dedo na boca e com um dos braços entre as pernas

Pací - está bem onde será que está minha mochila?  - Pergunto para mim mesma

   hum....quarto não.... Jardim nem fui para lá hoje......já sei!  Está na sala!

    amarro os meus cabelos loiros mal cuidados que eu não ligo muito e vou em direção a sala.

     Chego lá eu encontro uma cena na desagradável meu pai estava com uma garrafa de cerveja na mão,  gritando com a minha mãe enquanto a mesma ficava ajoelhada e chorando ao mesmo tempo

      Tava para ouvir ele dizendo pra ela coisa do tipo " você acha mesmo que eu ligo para esse vestido " ou " você é uma completa idiota! "

      Sem pensar duas Vezes vou lá e fico joelhada na frente da minha mãe.

Preston- o que você está fazendo aqui? isso não é da sua conta! 

     eu rapidamente pego o meu livro que estava na mesa e saio correndo pela porta dos fundos.

Preston- pacifica sua inútil volte já aqui! 

Pací- não!!  Sai de perto de mim!

     eu tento correr, mas não consigo ele é mais rápido que eu, acaba me pegando nos braços e levando para dentro de casa.

Pací - me solta!  Mãe!!  Mãe me ajuda!- falo me debatendo numa tentativa falha de sair dali

Charlotte- solta ela para com isso! -Ela fala tentando impedi-lo e ele acaba empurrando ela

Valentim- o que tá acontecendo?  - fala ele aparecendo na sala com um coberto na mão e um de seus dedos na boca.

Pací- Valentim volta pro quarto agora!  - Grito ainda me debatendo

Valentim- ah?
   
Pací- sem mais perguntas!  Vai pro quarto e se tranca lá!

      Após eu dizer isso o mesmo vai para o quarto na qual tava pra ouvir a porta se fechando com força e sendo trancada

Preston- agora você vai aprender se comportar!

       Ele acaba dando um soco na minha cara e confesso que doeu bastante o bastante para a minha mãe ficar desesperada.

     Ela impedi que ele me der mais socos mas não o suficiente ele deu um chute nas minhas costas
   
     Com dor eu me levanto e saio correndo para o quarto.....

   E é assim quase todos os dias!
Agora eu estou na minha sala aula.

Professora- bom crianças já terminaram os seus desenhos!?

   alguns responderam que sim e outros ficaram pintando rapidamente a folha antes que professora chegasse aos lugares onde estavam sentados ( Mary: eu na vida antes de entregar os deveres :v) eu apenas fiquei sentada olhando para janela pensando na vida até que eu sou tirada dos meus pensamentos com um aviso do diretor.

Diretor- alunos bom dia para todos! creio dizer que hoje vamos ter o dia da foto, então quero pedir que todos os alunos se retirem das suas salas e irem calmamente para o pátio.

       Dito isso a maioria dos alunos saiem correndo da sala como se estivesse acontecendo um incêndio.

     Eu fico parada nem saio da cadeira fico lá olhando atentamente para janela

   Até que três garotos me tiram  atenção.

Fred: ei sua idiota você não vai tirar foto não?  Aé lembrei você então feia que quebraria a câmera!

     Eles riram eu apenas continuei escondendo o meu rosto com o capuz

     Não sei se infelizmente ou felizmente eles saíram e eu fiquei lá

    Comecei a chorar.

Derrepente a professora aparece avisando que eu deveria ir lá tirar a foto contra a minha vontade

Eu fui para o pátio acompanhada dela quando cheguei eu vi uma cena que para muitos seriam motivo de chacota mais para mim fui muito linda

   Duas crianças que aparentavam ser gêmeos abraçados tirando uma foto com a cabeça raspada,  eu não os conheço pois são de uma sala diferente da minha,  mas realmente eu admiro eles por agirem sem se importar com os outros.

Quando chegou a minha vez eu fiquei de cabeça baixa e nem olhava para câmera

Fotógrafo- garota olhe para a câmera e tire o capuz

Pací- não, eu não quero

Professora- pacifica tire o capuz olhe para a câmera!

Pací- não!  Eu já disse que eu não quero! 

Professora- menina teimosa!- Ela veio até mim tirou o capuz - agora olhe para a câmera!

     eu olhei para câmera e uma lágrima saiu dos meus olhos....

Fotógrafo- diga x!

Pací- x..- sussurro...

Continua......

( Mary: gente uma coisa o fashback não acabou ainda...)


Notas Finais


Até o próximo cap bjs!
E obrigado pelo 50 favoritos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...