História O Conto Perdido - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia Romantica, Mundo Magico, Vida Escolar
Exibições 5
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


espero que gostem ^^ e quero comentarios . ate a proxima ^^

Capítulo 11 - A festa parte 2


----------------Felipe-----------------

Já era nove horas da noite , a baba da minha Irma já tinha chegado e a mesma estava brincando com seus brinquedos na sala . tomei um banho quente , coloquei uma calça preta e uma blusa azul escura e por fim coloquei um perfume amadeirado e sai de casa e entrei no carro de Mendes , ele começou a dirigir e eu coloquei um rock bem alto .

Quando chegamos ele estacionou o carro na calçada , saímos e logo já estávamos rodeados de meninas . mais nenhuma me chamava a atenção , entrei dentro da casa e eu já percebia que aquela era a casa da idiota da Fernanda .

“foi ela que deu essa festa  ? não...duvido , Mendes me disse que foi uma das amigas dele “

Mendes logo começou a agarrar a primeira garota que encontrou e eu o deixei para trás , não estava afim de qualquer garota e sim uma que fosse que nem a lua...que so queira passar a noite e cair fora .

“como se existisse uma mulher assim , nem ligo mais....”

Me sentei perto da “pista de dança “ que era so uma parte da sala que estava um aglomerado de pessoas se agarrando enquanto se mexiam de um lado para o outro . vi uma garota que estava dançando sendo rodeada de garotos , mas ela não dava bola para nenhum .

“parece comigo , por que não tentar ? “

Me aproximei e instantaneamente todos que estavam perto se afastaram , já sabiam quem eu era e que não teriam uma menor chance contra mim . comecei a dançar com a garota enquanto conversávamos , depois de um tempo ela estava se esfregando em meu corpo e meu Felipe Junior estava saltando para fora , sem aguentar a agarrei pelo braço e a levei ao um cômodo da casa que estava menos cheio .

Imprensei ela com as costas na parede e roubei seus lábios , pedi passagem com a língua e ela cedeu . comecei a explorar cada canto de sua boca e eu senti o gosto de álcool da bebida que ela tinha tomado .

“ela ate que beija bem , nem sei o nome dessa garota e ela já me deixou de pau duro ?!!!”

A falta de ar , fez eu me separar daqueles lábios que se encaixaram certamente com os meus . ela respirava calmamente , quando eu fui selar nossos lábios novamente , varias pessoas começaram a correr na nossa direção .

“a policia chegou....tinha que ser agora ?”

As pessoas passavam com pressa pela gente e eu aproveitei para marcar o pescoço da menina para reconhecer ela depois . dei o ultimo selinho e sai , Mendes já estava no carro , quando entrei ele deu a partida e saímos rindo que nem idiotas . fomos para o meu bar preferido , la ninguém se importa com a sua idade e te vendem tudo que quiser .

“na verdade na parte da idade nem preciso me importar . afinal tenho dezoito anos “

Começamos a beber freneticamente e começamos a contar com quem nos pegamos na festa mais rápida de todos os tempos . depois começamos a competição de “ quem bebe mais tekilla “ e obviamente eu venci , Mendes não aguenta nem mesmo uma caipirinha imagine uma tekilla ?

Ele me levou de volta para casa , quando chegamos me despedi dele e o mesmo saiu co mo carro , entrei em casa tropeçando nos meus próprios pés e vi que as luzes estavam apagadas , deduzi que as duas estavam dormindo , subi para o meu quarto e me joguei na cama sem tomar banho mesmo ,

Comecei a tatear a minha cama e senti um outro corpo ali , não me importei e dormi abraçado . estava com tanto sano que eu dormiria ate com o satanás , não demorou muito e cai no sono .

------------------fernanda---------------

-Fernanda ! – ouvi alguém mim chamar e me virei para ver quem era , e dei de cara com Gabriela e Tainá .

-o que fazem aqui ? – perguntei e as duas sorriram quando perceberam que era eu .

-o que voce faz aqui ? e ainda vestida assim , para me voce não usava esse tipo de coisa – Tainá falou rindo e eu fechei a cara ainda mais .

-aqui e a minha casa ,o que voces fazem aqui ?

-fomos convidadas para a festa !! – gaby falou e eu ri da daninha maluca que ela fez. 

-ta bom , vou procurar a minha prima – falei e deixei elas para trás . procurei Ana vitoria , mas não a achei . perguntei para a sua amiga e ela disse que ela estava ocupada com o namorado dela , não a procurei mais e fui atrás da gaby e Tainá , não queria ficar sozinha . quando as achei elas estavam bebendo refrigerante .

- onde voces acharam ? – perguntei, pelo que me lembro não compramos nenhum refrigerante , por que Ana me disse que ninguém iria tomar .

-já sabíamos que não teria aqui , então trochemos .sou muito nova para beber e prometi para minha mãe que não chegaria grávida hoje – gaby falou e eu a olhei espantada . elas me deram uma lata e eu comecei a beber com elas , eu falei o que tinha acontecido com o meu pai , elas me ouviram mesmo com o som alto .

Quando a minha lata estava vazia peguei outra sem ver o que era , quando percebi EU ESTAVA BEBENDO SERVEJA !!! tudo estava rodando , não sei por que meu corpo estava esquentando , eu e as meninas fomos para a pista de dança e começamos a danças , depois de um tempo vários garotos começaram a nos rodear , eu não estava conseguindo nem mais ver as meninas , mas não liguei continuei dançando e do nada chegou um menino , não cosegui ver o rosto dele já que o local estava escuro e o jogo de luzes não deixavam eu enxergar quase nada direito .

Quando percebi o menino começou a me puxar para um local com poucas pessoas , eu mal pude vê-lo direito e o mesmo começou a me beijar e eu não posso dizer que não gostei , ficamos nos beijando por um tempo ate que varias pessoas começaram a correr indo para a saída dos fundos .

Ele chega perto do meu pescoço e eu sinto uma dor aguda e depois ele saiu , não entendi nada . ela foi embora e eu vou para o meu quarto e me tranco la , eu repirava pela boca com um pouco de dificuldade .

-Fernanda ? – ouvi a voz de Tainá e me viro .

- o que esta fazendo no meu quarto ? – perguntei .

-esse e seu quarto ?! – ela perguntou surpresa .

-sim , claro de quem mais seria ? de qualquer forma o que faz aqui ?

-a pessoa que organizou a festa me jogou aqui dentro – ela falou e logo deduzi que era a minha prima . a porta do meu quarto e aberta e eu vejo....


Notas Finais


ate a proxima , espero que tenham gostado e ate a proxima . e como sempre quer oa ajuda de voces , para escolher o que vai acontecer no proximo capitulo .

primeira opção : fernanda vai para o colegio com um cachecol para ninguem ver o chupão que felipe deu nela .

segunda opção : fernanda esta tao chapada que nao consegui acordar no dia seguinte no horario certo .

terceira opção : fernanda vai para o colegio , mas felipe nao vai . por causa de seu pai que quer ver a sua irma .

quero respostas ^^ ate a proxima .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...