História O Conto Perdido - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia Romantica, Mundo Magico, Vida Escolar
Exibições 10
Palavras 1.599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


espero que gostem ^^ tenham uma boa leitura e nao se esqueçam , se nao tem comentario nao tem capitulo novo ^, ate a proxima ^^

Capítulo 12 - A procura de felipe parte 1


Fanfic / Fanfiction O Conto Perdido - Capítulo 12 - A procura de felipe parte 1

-----------------felipe---------------

Quando acordo , me levanto e dou de cara com a baba da minha Irma e me assusto .

“o que diabos eu fiz ontem ?!!”

- o que faz aqui ? – perguntei e a mesma sorriu .

 -estava dormindo , ate senti que voce estava saindo da cama . por que esta tao assustado ? – ela perguntou e eu estava quase passando mal .

“eu fiz “aquilo” com ela ?!!”

-não fizemos nada né ? – perguntei .

-claro que não fizemos nada , eu dormi na sua cama , por que eu estava com uma dor de cabeça horrível – ela falou se levantando da cama também e eu senti um alivio .

 -espera , por que na minha cama ? – perguntei , interessado .

-queria sentir seu cheiro...-ela falou e ficamos um minuto em silencio .

“essa e a garota e a quem eu confiei para cuidar da minha irmã mais nova ?”

-então.... vamos brincar ou voce vai se arrumar para ir ao colégio ? – ela perguntou e eu fiz questão de joga-la para fora do me quarto e fui para o banheiro .

“quero ir para o colégio mais cedo . tenho noventa por cento de certeza que aquela gata que eu peguei na festa de ontem e do meu colégio . a maioria das pessoas eram do colégio e se ela não for , ela deve ser amiga de alguém...vou chegar mais cedo para ver quem vai chegar com um chupão no pescoço “

Tomei um banho rápido e coloquei meu uniforme e sai correndo para ir ao colégio . por grassas de não sei quem eu não fui cercado por ninguém por isso cheguei rápido . fiquei encostado no portão vendo o pescoço de todos que passavam , eu observava de longe , por algum motivo eu tenho a visão perfeita , consigo ver qualquer coisa perfeitamente mesmo que esteja uns dez metros longe de mim .

Sempre estranhei esse fato , mas hoje em dia isso para me e bem útil , isso me ajuda a colar bastante nas provas  . fiquei vendo todos passarem por mim , mas não achei ninguém com um chupão no pescoço , o sinal tocou e entrei dentro do prédio e fui para a sala irritado .

“por que eu não pedi o nome dela ? agora vou demorar para achar essa mina antes de outro....”

----------------fernanda---------------

A porta do meu quarto foi aberta e vejo a minha prima entrar .

-por que colocou ela aqui ? – perguntei e a mesma me olhou .

-soube que ela era a sua amiga do colégio e achei que não ia dar problema esconde-la no seu quarto....o que e isso no seu pescoço ? – Ana perguntou e eu rapidamente coloquei a mão por cima da marca que o meu príncipe colocou em mim .

- não me diga que voce...tem um namorado !!! – Ana gritou e me abraçou .

-eu sabia ! eu sabia que voce não era sapatona ...afinal voce e muito bonita e vai conseguir um belo homem...- eu me afastei dela irritada .

-o que eu te fiz para achar que eu era uma sapatona ?! – falei e ela me olhou sorrindo .

-bem...e que voce nunca teve namorados e...e..-eu a joguei para fora do meu quarto e tranquei a porta . vi Tainá sentada na minha cama sentada , me aproximei e sentei ao seu lado .

-então , não tenho escolha a não ser deixar que voce durma comigo no quarto hoje . vou te emprestar uma camisola para voce dormir , o problema vai ser amanha , voce não trouxe seu uniforme...- falei enquanto Tainá mexia nas minhas coisas , peguei um pijama para ela e joguei em sua cara fazendo a mesma parar de bagunçar o meu quarto .

-ei !! precisava disso ?

-precisava sim , va tomar banho enquanto procuro um uniforme para voce . amanha eu vou ter que ir de calça e blusa para o colégio...

-por que não usa seu uniforme ? –ela perguntou e eu lembrei daquele dia .

“ainda não sei quem fez aquilo , mas algo me diz que foi aquele idiota , ele esta pegando no meu PE desde o primeiro dia de aula “

-nada..

-não minta aconteceu algo , voce não sabe mentir muito bem .

-bem....e que....eu molhei o meu uniforme .

-de novo voce não e boa em mentir , mas não quero te impressionar . vou tomar banho....e depois quero ler aquele livro com voce – ela falou e entrou dentro do banheiro e se trancou la , peguei outra camisola e esperei ela sair , não demorou muito e ela saiu já vestida com a camisola .

-me espere , para a gente tomar café e irmos ler o livro . vê se não sai – falei entrando no banheiro e recebendo um ok , enchi a banheira com água e entrei já pelada . tomei um banho relaxante , mas não muito longo , sai da banheira e coloquei a minha camisola . sai do banheiro e vi Tainá sentada olhando para o meu porta retrato .

-quem e essa bebe aqui  ? – ela falou me mostrando a foto .

-sou eu quando era pequena....-falei e ela olhou bem a foto .

-que estranho , seus olhos...eles estão com um brilho dourado – ela falou e eu estava prestes a chama-la de loca , quando me lembro de quando eu era pequena e me olhava no espelho .

Lembrança on :

-fernanda venha que eu vou arrumar seu cabelo – minha tia me chamou com uma escova nas mãos .

 -não precisa , hoje eu vou arrumar meu cabelo sozinha – falei , corri para o banheiro da minha mãe e peguei seu pente e comecei a pentear os fios pretos ate que vejo meus olhos brilharem , chego mais perto do espelho e vejo uma imagem .

Era um local com gramas verdes , céu azul , varias flores em varias cores . não demorou muito e a imagem sumiu , eu saiu correndo ate a minha tia e peço para ela pentear meu cabelo .

Lembrança off:

-fernanda......FERNANDA !! – Tainá gritou e eu a olhei e a mesma estava com as bochechas cheias de ar fazendo um bico .

-o que foi ?

-nada...vamos tomar café ,estou com dor de cabeça e enjoo – falei e nos duas saímos do meu quarto e pude ver o estrago da festa , tudo estava destruído , meu sofá estava todo manchado , tinha copos quebrados por todo lado e a TV estava caída no chão .

“vai dar merda amanha quando ao minha mãe chegar...”

Fui junto com Tainá ate a cozinha ou melhor o que sobrou da cozinha , fiz toradas com suco e dei para ela .

-meu deus o que eu vou fazer ?!! meus tios vão me matar quando souberem disso !! – Ana gritava junto com as suas amigas , ela andava de um lado para o outro sem parar . apenas as ignorei e continuei comendo , quando nos duas terminamos voltamos para o meu quarto e nos deitamos na cama , eu fiquei do lado direito e ela do esquerdo .

-então agora o livro !! – ela falou sorrindo .

-ok...venceu . mas já comecei a ler a próxima historia . abri o livro e comecei a ler .

Leitura on :

Depois do rei não ter aceitado passar a noite ao lado de moradores de rua , a mulher e filha saíram junto do rei para achar um novo local . andaram a noite toda , mas não acharam nenhum lugar , passaram-se anos . eles viviam apenas de esmolas , no começo ate conseguiram vender as próprias roupas do corpo e conseguiram uns trocados , mas o dinheiro acabou rápido de mais .e no momento errado a rainha acabou adoecendo , eles não tinham dinheiro para nada , nem para comer . então em uma noite a rainha não acordou , o rei e a princesa enterraram a rainha em uma floresta e decoraram o local com flores diversas . depois que eles enterraram o corpo da rainha , eles continuaram andando a procura de algum local para morar , no caminho eles faziam trabalhos para fazendeiros e continuavam a sua caminhada , ate que conseguem chegar em um reino prospero . tinha de tudo , principalmente trabalhos .

Ele chegou com a sua filha em uma padaria e la encontraram emprego . a dona era uma senhora adorável , que ajudava a todos e com o passar do tempo o antigo rei acabara se apaixonando e se casando com a mesma . depois de anos , eles dois morrem de uma doença sem cura e a filha do rei cuida da padaria , ela estava bem . ate um dia , ela encontra um homem que precisava de ajuda nas ruas , ela o ajudou e com o tempo as coisas vão ficando serias e eles se casam .

Eles dois tem uma filha , e nesse mesmo ano o rei conduziu mal o reino , fazendo o reino ficar sem alimentos essenciais para os humanos . a menina cresceu e seus pais morreram de falta de alimentação , com a raiva tomada ela junta com os aldeões para se rebelar contra o rei e no final...ela morre .

Leitura off:

Olhei para Tainá e vi que a mesma já dormia . coloquei o livro no criado mudo e cobri nos duas , dei as costas para a mesma e tento adormecer .

 

 


Notas Finais


ate aproxima , espero que tenham gostado . quero comentarios , e como sempre as perguntas .

como e que felipe vai procurar pela "anjinha " dele ?

primeira sugestao : ele suborna fernanda para procurar pela sua anjinha . (autora : eu nao vou dizer como ele vai suborna-la , se esta curioso vai ter que escolher este ^^)

segunda suguestao : felipe ve uma garota parecida , com a sua anjinha e vai atras .

terceira suguestao : ele vai ate a casa de fernanda para perguntar pela anjinha com a prima de fernanda .

espero que respondam rapido ^^ ate a proxima .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...