História O Conto Perdido - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia Romantica, Mundo Magico, Vida Escolar
Exibições 18
Palavras 1.620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


aqui esta um novo capitulo ^^ espero que voces gostem , espero que comentem e favoritem .

Capítulo 9 - A festa parte 1


----------Fernanda------------

 “era só que faltava único dia com o meu pai arruinado “

Quando cheguei em casa , bati com força a porta do carro , peguei a minha mala do carro e entrei em casa . quando bati na porta , minha mãe a abri e me olha com um sorriso debochado  , entro sem falar com ninguém , vou direto para o meu quarto que....ja estava ocupado . a porta não abria , bati na porta e ouço a voz de uma mulher dizendo quem e .

-abra a porta que esse quarto e meu ! – gritei irritada e a mesma abri a porta e eu vejo a minha prima Ana vitoria .

“nome mais brega , minha tia disse que deu o nome dela de vitoria , por que foi uma vitoria ela ter nascido . as vezes da vontade de dizer , claro que foi afinal , nunca soube que um esperma podia atravessar a camisinha “

-oi Fernanda ! – ela falou com um sorriso falso , eu a puxo para fora do meu quarto e tranco a porta . dava para ouvir ela do lado de fora me xingando e se reclamando com a minha mãe , não me importei . entrei no meu fackbook com a esperança de encontrar alguém para conversar , e por sorte gaby estava online .

Conversa no chat on :

-oi gaby

-meu deus que surpresa , sempre sou eu que começa a conversa .

-e que eu estou triste , meu pai arruinou o único dia que era só para nós dois .

-entendo . então você voltou para casa ?

-sim , e o pior a minha prima estava no meu quarto , mexendo nas minhas coisas !!

-o que e que tem ?

-são as MINHAS coisas , não as dela , odeio quando mexem nas minhas coisas .

-entendo . também não gosto quando o meu irmão tenta comer o meu caderno .

-ainda estamos falando do seu Irmão mais velho ?

-sim , so tenho um irmão .

-serio ? legal , eu tenho dois irmãos mais velhos . mylayne e Fernando . Fernando e o mais velho e mylayne e a do meio , mas não fazem a mesma coisa que seu irmão .

-não sabia que tinha irmãos...que inesperado . eles moram com você ?

-não , Fernando tem vinte e dois anos e mylayne tem dezenove anos .

-mas mylayne ainda pode morar com os pais . afinal só tem dezenove .

-mas , o pior e que ela não e filha da minha mãe , só do meu pai...

-serio?...então seu pai teve eles com outra mulher ?

-sim , mas isso não importa nos gostamos mesmo assim .

-você parece feliz falando deles . não te vejo assim no colégio .

-e com razão , no colégio tem aquele...bonequinho de plástico !

-verdade...ainda não esqueceu ele ? por que não o esquece de uma vez?

-não da ! e quase impossível !

-hmm...será que você esta apaixonada ?!

-deus me livre , so por causa disso eu vou sair...vai jogar macumba para outro .

Conversa no chat off:

Sai do computador quando ouvi a minha mãe me chamar . abri a porta e a vi com um vestido vermelho curto , salto alto e cabelos pranchados , a olhei dos pés a cabeça e ergui a sobrancelha .

-que vulgar – falei sem pensar duas vezes e a mesma fechou a cara .

-como se você soubesse algo sobre moda .

-mas acho que se esqueceu dos três anos de moda que meu pai pagou para mim quando eu estava na frança – falei sorrindo e a cara dela ficou mais ainda carrancuda .

-tanto faz , eu estou saindo com wendel e só volto na segunda , então você vai ficar em casa...

-já estou acostumada – falei fechando a porta ,mas fui impedida por uma mão .

-mas não pense que vai ficar sozinha , sua prima Ana vitoria vai ficar com você . espero que não briguem...tanto – ela saiu e eu fiquei poker face .

“como ela ousa me deixar com essa...essa vagabunda ?!!!”

Minha mãe saiu e eu rapidamente entrei no quarto e me tranquei la . não deu nem três minutos de paz e ouço alguém bater na porta , já sabendo quem era ignorei . mas não adiantou muito Ana vitoria continuou batendo , levantei irritada e abri a porta vendo a maldita com um chort que ia ate o seu útero e uma blusinha que deixava a metade dos seios para fora .

-o que e que você quer ? – perguntei nervosa .

-e que preciso que se vista o melhor possível amanha , para uma festa que eu vou fazer aqui . não quero ficar aqui sem fazer nada , só avisando  – ela falou e eu estava com uma vontade de pular no pescoço dela e enforca-la ate a morte e chuta-la para fora de casa .

Não liguei para o que ela tinha falado e fechei a porta , tomei um banho por que eu não queria ir tão rápido para essa “festa “ que ela esta organizando .

“parece que vai ser no domingo , amanha...afff”

-------------Felipe----------------

-o que faz aqui ?! – falei e ele sorriu .

-quanto tempo ! – ele falou e eu o abracei .

-por que não disse que viria ?! – perguntei feliz e chamei a minha Irma , quando ela apareceu a mesma se jogou em cima dele .

-faz algum tempo ! quando você voltou da Espanha Pablo ? – perguntei levando ele e a minha Irma que estava se prendendo em sua cintura ate o sofá .

-voltei hoje de manha , mas tive que passar em alguns lugares . desculpe se eu vim tarde , cadê a sua mãe ? – ele perguntou e eu senti um frio na barriga .

“ele vai se irritar e chamar o meu tio se descobrir “

-ela foi comprar algumas coisas no super mercado – menti e o mesmo pareceu acreditar .

-serio ? então quer dizer que ela saiu daquela depressão ?- ele perguntou um pouco desconfiado . ele pegou a minha Irma no colo e a sentou no sofá ao seu lado .

-de qualquer forma , meu pai comprou um apartamento para agente ficar aqui ! – ele falou e eu sorri .

-serio ?!! então não vai voltar para a Espanha ? – perguntei e o mesmo confirmou . ficamos conversando por pouco tempo ate o meu tio chegar para leva-lo , quando ele foi embora levei minha Irma e dei um banho e a coloquei para dormir . fui para o meu quarto e nem precisei de muita coisa , apenas me joguei na cama e logo adormeci .

-------------Fernanda--------------

Eu acordo com barulhos pela cassa , eu me levanto da cama e abro a porta e vejo a minha prima andando com varias meninas atrás dela . elas arrumavam a casa de um jeito totalmente estranho , tipo colocando uma cachoeira que jorra vodka em cima da mesa de centro ou colocando um jogo de luz na sala que estava toda escura .

-ótimo , ficou perfeito . agora e so esperar ate as dez da noite e aqui vai estar cheio de pessoas ate  teto –elas riam que nem hiena , eu apareci atrás delas e as fiquei encarando .

-Fernanda , então . achou uma roupa para usar hoje a noite ? – Ana vitoria perguntou eu disse que iria pegar qualquer coisa . para que meu deus , ela me agarrou e mim arrastou ate o quarto junto com as suas amigas , elas assaltaram o meu closet ate achar um chort preto e uma blusa vermelha curta que ia ate de baixo dos meus seios .

-vista – ela falou autoritária , eu fui ate o banheiro e coloquei a roupa . quando me olhei no meu espelho de corpo inteiro , eu correi me mil corres de vermelho antes de sair e todas aplaudirem .

-mas e esse cabelo ? – Ana perguntou e uma de suas amigas me puxou para a minha penteadeira , não sei se tem mais cabelos no pente ou na minha cabeça . mas no final ela fez uma trança de lado , a outra fez a minha maquiagem e realmente eu não sabia quem eu era .

-pronta , fique assim ate as dez da noite – Ana falou e eu arregalei os olhos .

-espera , eu não posso ficar assim ate as dez ! – falei e elas confirmaram , mas disseram que as nove iriam fazer tudo de novo ,suspirei pesadamente e concordei . tomei um banho e coloquei um vestido florido curto e quando eu digo curto , quer dizer que vai ate em cima do joelho . tomei meu café da manha com as três e depois as ajudei a arrumar a casa , depois de muita arrumação a minha casa , que ante parecia um castelo do conde Drácula , agora parecia uma casa de show , a casa inteira estava escura e as únicas coisas que davam luz eram os jogos de luzes que brilhavam em cada cômodo .

Descansamos e depois nos arrumamos , eu devo admitir . nunca me diverti tanto em minha vida , apesar delas serem locas , ficamos bebendo , ou melhor elas beberam , eu so bebia refrigerante . do nada varias pessoas começaram a entrar em casa , e depois ficou tudo lotado , voce nem podia levantar o PE , se não alguém ia para debaixo de você . mas foi divertido , fiquei sentada e...sentada....ate ouvi a voz de duas pessoas conhecidas .

-Fernanda !!

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


espero que tenham gostado , ate a proxma . espero que voces comentem e favoritem ^^ ate a proxima .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...