História O Contrato- Segunda temporada - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Tags Jolari
Visualizações 162
Palavras 320
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii gente.
Mais um capítulo.
Boa leitura.

Capítulo 8 - A viagem



João Guilherme:

Três dias. É o tempo que falta para o aniversário de um ano das minhas filhas e por mais estranho que pareça ser Gilberto me ligou avisando da festa que ele e Larissa irão fazer. Fiquei surpreso e um pouco chateado. Surpreso por ser convidado e chateado por não ser Larissa a me convidar. Não sei se devo ir, mas mesmo assim já comprei a passagem. Gostaria de estar presente nesse momento tão importante na vida das minhas filhas e estou morrendo de saudades delas, mas acho que Larissa não gostaria que eu estivesss presente. Gilberto deixou bem claro na ligação que a sua filha não sabia do convite e que só estava ligando porque se fosse ele no meu lugar, gostaria de ser avisado. 

Falei com os meus pais, meus irmãos e até com a Maria e todos acham que eu devo ir. Talvez eu chegue lá e Larissa me mande embora, mas acho que vale a pena correr esse risco. Por isso, vou, vou nessa festa. Espero estar fazendo o que é certo. 

Arrumo as minhas coisas e durmo um pouco. Acordo às sete horas, pego as minhas coisas e vou direto para o aeroporto. Aguardo algumas horas e embarco no avião. Quase doze horas depois chego em Nova York.

Vou para o hotel, como alguma coisa e saio para dar uma volta, preciso comprar os presentes das minhas filhas. Ando por várias lojas, até encontrar o presente perfeito: dois vestidos iguais, rosa com renda. Depois de comprar, sigo de volta pro hotel, tomo um banho, como alguma, me visto e saio. Está na hora, sigo rumo ao endereço que Gilberto me deu.

Alguns minutos depois o motorista para em frente a um apartamento bem próximo a Times Square. Desço,  crio coragem e aperto o interfone. Alguém avisa que vai descer, então depois de breves segundos, a porta se abre e ela está ela, parada na minha frente, surpresa.



Notas Finais


Gostaram?
Comentem.
Nos vemos em breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...