História O Coração de Cristal(2 Temporada) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Arthur Aguiar, Caverna do Dragão, Charlie Puth, Cinderela, Demi Lovato, God of War, Haja Coração, Jogos Vorazes (The Hunger Games), Justin Bieber, Kéfera Buchmann, Mitologia Grega, O Aprendiz de Feiticeiro, Once Upon a Time, Originais, Piratas do Caribe, Salve Jorge, Selena Gomez, Winx Club
Personagens Ariana Grande, Arthur Aguiar, Capitão Jack Sparrow, Charlie Puth, Darcy, Demi Lovato, Icy, Justin Bieber, Katniss Everdeen, Kratos, Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Selena Gomez, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Stormy
Tags Amor, Colegial, Guerra, Magia, Mistério, Romance
Exibições 12
Palavras 1.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo pronto pra vocês, nele a ariadne começa uma nova aventura em sua vida... Será que ela se sairá bem?

Capítulo 8 - A Floresta Sem Fim.


Fanfic / Fanfiction O Coração de Cristal(2 Temporada) - Capítulo 8 - A Floresta Sem Fim.

Se estivesse sozinha, Ariadne estaria morrendo de medo andando por aquele lugar que mesmo estando de dia as árvores enormes impediam que a luz do dia entrasse no meio da floresta, e tal ambiente era frio, sinistro com uma estranha névoa que “passeava” entre os arbustos e árvores.

– Que lugar esquisito – comentou Geraldine enquanto caminhavam. – Afinal de contas, para onde estamos indo? Precisamos de um ponto objetivo e nós não sabemos onde sua irmã está.

– Em uma conversa particular, a rainha disse que como irmã dela nossas mentes estão conectadas – falou Ariadne. – E com os “poderes” que vocês dizem que eu tenho, ela falou que seria mais fácil saber onde ela está pois posso usá-los para sentir a presença dela.

– Então sinta vamos logo – falou Geraldine nervosa. – Quanto mais cedo encontrarmos ela e seus pais, mais cedo sairemos daqui.

– Não é tão fácil assim – disse Ariadne. – Aqui minhas sensações apontam para diversos lugares, diversas direções, não só a da Ariana.

– Porque aqui é um lugar de trevas – comentou Jack. – E você tem as trevas em seu corpo.

– Então o que faremos agora? – perguntou Katniss quando os quatro pararam em uma encruzilhada na qual tinha caminhos de terra para a esquerda e direita, e para frente e para trás(no qual foi o caminho que eles vieram.) – Qual caminho devemos seguir?

– Parem de pressioná-la – falou Jack defendendo Ariadne que estava confusa no meio da encruzilhada. –

– Bom, eu acho que deveríamos seguir para a direita. – opinou Geraldine. –

– Já eu acho que devemos ir para a esquerda. – se opôs Katniss. –

Enquanto elas discutiam, Ariadne tentava pensar e só se confundia mais ainda, mas por um curto momento sua visão meio que escureceu e ela viu rapidamente uma garota deitada dormindo no colo de um homem, estava usando um vestido vermelho comprido e com cauda, Ariadne não pôde ver seu rosto, mais tinha certeza que era Ariana. Seguido disso, viu o mesmo homem que apareceu em seu sonho na sala de aula, ele estava com a mesma roupa do sonho que ela teve e estava sentado tendo alucinações e estava brincando com as barras de ferro da cela em que estava preso. Tais visões fizeram com que Ariadne ficasse tonta e quase caísse se não fosse por Jack que a amparou.

– Você está bem? – questionou ele segurando-a. –

– Sim, obrigada. – respondeu ela soltando-se. –

– O que aconteceu Ariadne? – perguntou Geraldine. –

– Nada, estou bem. – respondeu ela e apontou para o caminho a sua frente. – Devemos seguir por aqui.

– Como pode ter tanta certeza? – questionou Katniss. – Se a poucos minutos estava confusa.

– Não tenho. – respondeu e continuou apontando para o caminho a sua frente. – Mas sinto que devemos ir por ali.

– Bom, se a nossa guia está dizendo – falou Geraldine e perguntou: – Quem somos nós para discordar? Ninguém, então vamos.

A cada passo que dava, o coração de Ariadne batia mais rápido, assim como o seu nervosismo aumentava. Sentia que o caminho pelo qual eles seguiam era o correto, mas era o mais perigoso.

Assim como sentia que sua irmã estava perto, sentia também que algo ruim iria acontecer.

– Esperem! – pediu ela parando de andar. –

– O que foi? Você viu ela? – perguntou Geraldine. –

– Não, mas vocês não acham que está tudo muito calmo? – respondeu ela perguntando. –

– Realmente está. – concordou Katniss. –

– E isso não é algo normal. – concluiu Geraldine. –

– Melhor continuarmos andando… – disse Jack. – Basta apenas ficarmos juntos e tomarmos cuidado.

– Ele tem razão, vamos. – falou Ariadne. –

– Mais já? Está tão cedo. – falou a voz de Salazar atrás deles e ao virar-se, Ariadne observou que ele não estava com sua gêmea, mas estava acompanhado de quatro seres esquisitos, tinham pele escamosa como de um sapo, o rosto meio inchado e dentes enormes, com presas que pareciam ser de leão. Usavam apenas uma toga velha, tinham os pés virados para trás e em suas mãos haviam lanças bem pontiagudas.

– O que você fez com minha irmã seu miserável? – perguntou Ariadne tomando a frente do grupo. –

– Eu? Nada, não sei onde ela está – respondeu Salazar sorrindo. – Os poderes dela a protegeram e a mandaram para outro local da floresta no momento do teletransporte, mas como sei que ela não vai sobreviver, logo o corpo dela aparece jogado por aí.

– CALA BOCA! – gritou Ariadne furiosa. – O que você quer aqui?

– Vim buscar algo que me pertence. – respondeu ele sorrindo. –

– Isso nunca será seu. – respondeu ela segurando o colar. –

– Será mesmo? – perguntou ele e olhou para os monstros a seu lado e mexeu a cabeça. –

Os escamosos começaram a se aproximar com suas lanças preparadas para furar qualquer um a sua frente. Ariadne viu Katniss preparar seu arco, Jack sua espada...

– Espera! – falou Geraldine se colocando entre os monstros, pedindo para que eles parassem, e seus amigos. –

Os homens-sapo pararam de se aproximar e ficaram meio confusos quando a fada pediu para que eles parassem.

– Geraldine, o que está fazendo? – perguntou Ariadne observando-a. –

– Eu gostaria de fazer uma colocação. – anunciou ela. –

– Pois bem então, faça. – falou Ariadne. –

– Está bem, é bom vocês se segurarem. – respondeu ela. –

– Vamos logo sua idiota, FALE. – gritou Salazar. –

Ariadne nunca viu tamanha demonstração de poder, mesmo para uma fada sem asas. Não havia entendido o porque da fada ter pedido para ela segurar em algo, pelo não até aquele momento. Geraldine havia sacado sua varinha e apontando-a para frente começou a girá-la no sentido horário, rapidamente o vento que estava correndo ficou mais forte do que o normal, tão forte que Ariadne precisou segurar-se para não ser levada pela ventania, pois um minifuracão havia sido criado da varinha da fada sem asas, furacão esse que levou para longe dali os homens-sapo e também o seu mestre, Salazar, que gritou de ódio jurando que iria se vingar da fada madrinha. Após o vento cessar, todos comemoraram e deram um forte abraço em Geraldine, menos Katniss que lhe deu apenas um aperto de mão.

– Obrigada. – agradeceu Ariadne sorrindo. –

– Que é isso – respondeu ela sorrindo. – Não me faz do que minha obrigação.

– Pelo menos uma coisa é certa – observou Katniss. – Sua irmã não está nas mãos desse homem, o que será mais fácil encontrá-la pois não teremos ele para nos impedir.

– Você está certa. – concordou Ariadne e olhou para o céu. – Melhor irmos andando e achar um bom lugar para acampar, pois a noite já está chegando.


Notas Finais


Será que ela vai aguentar os perigos desse lugar? Não deixe de conferir...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...