História ~O cotidiano de Kitty ~™Poemas - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Kitty Romance Novela
Visualizações 9
Palavras 250
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 44 - . A Menina e a Velha Árvore


6. A Menina e a Velha Árvore

- Então você já viu passarem muitos anos? – perguntou a Menina, com admiração.

- Alguns... – respondeu a Velha Árvore, afetiva – Mas estou longe de ser a árvore mais velha desse parque. Não muito longe daqui, existe um jequitibá de mais de 300 anos.

- E como é viver tanto tempo?

- Não há nisso nada de muito especial. Já vivi muitos invernos e vi mudar o ecossistema diversas vezes. Em algumas noites, sonho com tempos antigos, quando as florestas ocupavam todas as partes e a espécie humana não tinha essa fome tão voraz de agora.

- Puxa... Que incrível!

- É como eu disse, não existe mérito algum em viver mais ou menos anos. Se puder aprender alguma coisa, foi isso: eu, que sou uma árvore, tenho o exato mesmo tempo que você, Menina, o tempo de uma vida.

Um silêncio antigo assoprou pelo parque. A Menina não disse palavra. A Velha Árvore continuou.

- Uma caverna leva 200 mil anos só para nascer. As estrelas vivem bilhões de anos, antes de engolirem a si próprias numa gigantesca explosão de fogo. Algumas borboletas vivem uma semana. E todos vivem o mesmo, Menina, o tempo de uma vida. Nem mais, nem menos.

A Menina continuou quieta. Escutava a vida que acontecia. E abraçou o tronco da boa anciã, profundamente.

- Mas o que te entristece, Velha Árvore? – perguntou a Menina, quebrando o silêncio.

- Pensar nas vidas que são cortadas antes da hora, Menina. – respondeu, profundamente. – Pensar nas vidas que são cortadas antes da hora.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...