História O Crush - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, D.O, Kai, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun
Tags Amor, Chanlu, Crush, Jongin Uke, Kai Passiva, Kaisoo, Kyungsoo Seme, Layhun, Me Nota Senpai, Para Você Lay, Quase Crackfic, Romance, Sexing, Sookai, Talvez Um Revezamento
Exibições 1.424
Palavras 1.137
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu já disse que escrevo pelo meu humor, então me desculpem pela demora, amo vocês e boa leitura.

Capítulo 15 - Team revezamento


—  Sehun, me arranja o celular do Luhan.


—  Não seria o número? —  Ele perguntou quando saímos do banheiro.


—  É a mesma bosta, imbecil.


—  Celular é uma coisa e número é outro, ué.


—  é meu pau. —  bufei —  Preciso do número do Luhan para poder pedir para ele voltar.



—  Como é? —  Sehun riu ao meu lado. —  Você quer que ele volte? Vai pedir para ele voltar? Você é louco? Ou tem algum tipo de problema mental, sei lá?



—  Sehun!



—  Cara, Luhan não vai voltar agora, ele pediu uma semana dos professores, e se ele não voltou pelo NAMORADO, não vai voltar por você. —  Sehun avisou. —  Eu tenho o número dele, mas se você ligar pedindo para ele voltar, eu chuto suas bolas.



—  Sehun, você já quis pegar o Luhan?


—  Quem nessa vida não quis pegar o Luhan? Chanyeol tem uma puta sorte porque é feliz e ainda tem o Luhan, eu só sofro apaixonado pelo Yixing sabe? Dói.



—  Vem, vamos voltar para a sala e mais tarde eu coloco Marília Mendonça para você escutar enquanto sofre e te compro um Toddynho. —  suspirei. —  Só espero que não leiam o meu diário.



—  Confia muito nisso não.

—  Sempre me alegrando, você tem o dom, Sehun.


—  De nada.



-x-

KyungSoo x


—  O que houve? —  Yixing perguntou e Chanyeol fez um bico se jogando em cima de mim.

—  Chanyeol eu não sou apoio para ninguém. —  reclamei e ele riu. —  Para com isso cara, não sei como o Luhan te aguenta.



—  Meu Lulu não está aqui para se defender, então não diga o nome dele em vão. —  Chanyeol disse se afastando e eu ri. —  O que o Yixing tem?


—  Porque não pergunta para mim? —  Yixing perguntou confuso e Chanyeol se sentou.



—  KyungSoo responde direito.


—  Ele está assim porque é Bi,  mas não se assume para o outro lado gay, porque hétero ele assume até demais. —  Comentei sentando perto de Chanyeol e Yixing continuou em pé. —  Sehun gosta dele e ele gosta do Sehun, mas não se assume para ele mesmo e nem para os pais, sendo assim está que nem um idiota.



—  Obrigado KyungSoo, você me animou tanto amigo. —  Yixing disse e eu sorri.


—  Com medo dos seus pais? —  Chanyeol perguntou e ele assentiu. —  Meus pais foram contra quando eu disse estar namorando com um menino, mas com o tempo eles aceitaram até porque é o Luhan não é? Eles aceitaram quando conheceram o Luhan.



—  Seus outros namorados não conheceram seus pais? —  perguntei.



—  Você acha que eu sou louco? Eu ía esperar o momento certo, e Luhan foi o momento certo e o único. —  ele riu. —  Eles amam o Luhan.

—  Quem não ama o Luhan? —  perguntei. —  Olha Yixing, eu já disse para você falar pelo menos com o Sehun, seus pais você prepara o campo e depois joga.



—  Não é fácil para mim, para vocês é só falar. —  ele rebateu.



—  Não é fácil pra ninguém caralho, e nunca vai ser fácil você falar porque não é só para os seus pais como para o mundo também, você pode sofrer pelo seus pais e ser aceito pelos outros ou pode ser o contrário, mas você só vai saber quando se assumir e aceitar o que você é, o que você quer. —  Chanyeol disse e eu preferi ficar calado, Chanyeol é meio avoado ás vezes, mas sabe muito bem o que falar, Luhan fez um bom trabalho. —  Yixing tenha em mente que é você cara, não são os outros que decidem sua vida e com quem você se relaciona, é você.



Yixing ficou calado, e eu suspirei enquanto Chanyeol pegava seu celular.

É, cada um com seus problemas e decisões, e eu tenho que pensar na minha decisão, se é certa ou não.


-x-


—  JongIn! —  chamei pelo moreno e ele me olhou. —  Queria ter uma conversa com você.


—  Sobre?


—  Eu queria saber se você não quer sair comigo nesse fim de semana, para sei lá, conversamos. —  soltei e ele pareceu surpreso.


—  T-ta bom. —  ele sorriu. —  Você poderia levar o diário e sei lá, podemos pensar em algo mais sobre ele e o tal menino.


—  Sim, isso mesmo. —  murmurei. —  vou indo, a gente se fala depois sobre isso e tudo mais, te mando uma mensagem.


—  Tchau. —  ele praticamente saiu correndo e eu ri.

JongIn é adorável.



JongIn x


Puta que me pariu e eu não peço desculpas porque não a conheço, as vezes eu acho que preciso de uma daquelas bombinhas de ar, sabe? Só para me ajudar nesses momentos em que o ar parece não estar mais em mim.


—  Krystal! —  gritei na rua quando reconheci a loira. —  Puta que me pariu, me ajuda mulher.


—  O que foi? Te assaltaram? Crush pegou na sua bunda e te abusou contra a sua vontade? Ai meu deus, abusaram do Sehun? Abusaram da bunda dele? Sehun é mesmo passivo?  —  ela perguntou alarmada e eu fiz uma careta. —  JongIn, o que fizeram com o meu irmão?



—  Sei lá, não sei nem aonde ele está. —  ela suspirou. —  KyungSoo me chamou para sair.



—  eu achando que era importante. —  ela revirou os olhos. —  Em casa a gente se reúne e fala sobre isso, mas cadê o Sehun?



—  Não sei, Sehun sumiu quando eu saí da sala não o vi.



—  Estranho. —  ela me puxou. —  Quer conhecer minha namorada?


—  Você é o que na relação?


—  Amor, team revezamento, não dá só para dar quando você também pode comer, temos que aproveitar a vida.



—  Vou guardar isso na memória.



Sehun x


JongIn é um idiota que me deixa sozinho, aí eu tenho que ir embora sozinho, que emoção, que coisa linda, obrigado jesus.

Filho da puta, gay.


—  Oi. —  um menino ao meu lado disse e eu apenas o encarei e continuei andando.


—  Não falo com estranhos, mamãe me educou bem.


—  Ok então, não seja por isso. —  ele riu. —  Sou Zitao.


—  Parabéns.


—  Qual o seu nome? —  ah que se foda, tô sozinho mesmo.



—  Sehun.


—  Muito prazer Sehun.



—  Não sei se posso dizer o mesmo sobre o prazer. —  Ele riu. —  Estuda alí na escola? Nunca te vi.


—  Cheguei essa semana, sou do segundo ano. —  ele explicou e eu sorri, já que estamos aqui vamos conversar, dizem que novas amizades são boas para corações partidos.

Porra, eu estou muito gay! Isso tudo é convivência com o JongIn.


Notas Finais


eu tô com calor xhsjsjsj espera, Zitao? O.o


Twitter: xbearcute


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...