História O crush do ônibus "anjinho" (gay) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Drama, Garotos, Gay, Hot, Sexo
Exibições 105
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - O encontro


O sol logo se pôs,  o escuro da noite chegou rápido e tomou conta das ruas . Eu estava muito ansioso e receio com o que iria rolar essa noite. Me arrumo lentamente procurando minhas melhores roupas, queria está bem apresentável para o Lucas. Tomo meu banho e logo começo a me vestir, ponho meu perfume ajeito o cabelo, e já estou pronto.

-mãe tô saindo .

-vai para onde filho? 

-sair com um amigo, eu volto logo.

-posso saber quem é esse amigo?

-ahh mae, vc nao conhece . Qualquer coisa você me liga .

-sim, claro , Obviu que eu irei te ligar, olha a hora viu querido .

-certo mae, Tchau .

Minha mãe era super de boa, nao ligava muito. Como ela se casou cedo com meu pai e não teve uma adolescência divertida ela nao queria que eu tomasse o mesmo rumo que  ela. E também meus pais Sempre confiaram em mim, nunca fui de aprontar .

Fui andando até o ponto onde foi marcado. Cheguei  e tava um pouco esquisito, nao tinha ninguém lá, confesso que fiquei com medo . Passaram-se alguns segundos, minutos e nada do Lucas chegar,  já estava desistindo e voltando para casa ate que de repente ...

-buuuuuh

-Puta que pariu , que susto Lucas.

- Rsrs , te assustei ?

-naoo você quase me matou !!!

-nossaa que exagero rsrs

-caraa, você me matou de susto.  Pensei que nao viria.

-ahhh você acha que eu iria perder a oportunidade de te ver? Claro que nao.

- haha, você demorou. ..

- eu sair um pouco tarde do trabalho hoje. Tentei te ligar mas meu celular descarregou .

-hum, se foi por isso está descupado rsrs.

-haha lindo .

-para onde iremos?- perguntei super curioso. 

-ah garoto, é segredo . Entra no carro.

Fiquei surpreso dele está de carro, ele sempre vai de ônibus para o trabalho.

-É seu o carro?

-sim .

-E porque você vai de ônibus para o trabalho? 

- nao gosto muito de ir para o trabalho de carro, vou de bike ou busao , carro nunca vou .

-que besteira,  se eu tivesse um eu iria usar para ir em qualquer lugar. 

-mas se eu fosse de carro para o trabalho nao teria te conhecido,  pense por um lado bom .

Nós rimos e entramos no carro. No começo ficou um silêncio profundo,  até que ele fez a pergunta:

-você tem quantos anos? 

-17 , e vc ?

-23. Já estou veinho rsrs

- que nada, você está ótimo.  - eu olho para ele e dou um sorriso safado e ele retribui o sorriso. 

Ainda estávamos sem muito assunto. Ate que ele pegou na minha coxa e perguntou se eu ja tinha ficado com homens.  Eu disse que sim todo sem graça ,até que ele foi se aproximando perto da minha boca e estava preste a mim beijar, quando ele estava um 1 cm de distância dos meus lábios meu celular toca , era minha mae , ele se afastou . Obrigadooo mae , valeu mesmooo.

-filho?

-oi mae.

-ja chegou no seu destino? 

-nao mae , depois eu te ligo Tchau oor .

Minha mae tinha acabado ,destruido, despedaçado o clima que estávamos. Por fim ele fala ..

-chegamos! !  

Ele parou em frente a um motel. Eu olhei para ele e fiquei super assustado,  pensava que eu e ele iria so conversar e tal. Nossa primeira noite vai ser sexo, eu nao queria, nao estava preparado.  Meu desejo era fugir,  arrependi amargamente de ter ido e aceitar um convite de um estranho.

-você precisa ver sua cara rsrsrss. To brincando garoto, tenho um lugar melhor para nós. 

-afff você me assustou. 

Fiquei mais aliviado, pois quando ele parou aquele carro meu desejo era só correr da quele local. 
Conversa vai, conversa vem e nada de chegar. A nossa conversa estava fluindo e ja estávamos em uma certa intimidade. Eu ate passei a mao no pau dele em uma das brincadeiras e sentir que era enorme ja previa sofrimento. 

-agora sim chegamos.- ele falou com enorme sorriso no rosto. 

Estavamos em um lugar super aconchegante,  um restaurante de frente ao mar, muito romântico. Entramos e por dentro era mais lindo ainda .  Sentamos e fizemos o pedido. Conversamos muito , ele era muito educado e se importava muito comigo,  sempre perguntando se eu estava gostando ou se quria ir para outro lugar. Ela era super engraçado e falava de tudo,  contou sobre a vida pessoal e que ja tinha sido traído duas vezes . Eu fiquei muito surpreso pois como alguém poderia traí um cara tao lindo como ele. Era encantador ver e ouvir ele falar,  viajava em cada palavra , cada batida dos seus lábios eu acompanhava,  via tudo em câmera lenta, so queria admirar aquele grande homem . Tinha um intelecto invejável,  sabia conversar . Eu nao acreditava que estava ali com ele,  o que ele viu em mim. So fazia essa pergunta em minha cabeça.

Terminamos e fomos para fora. Ainda no restaurante tinha um espaço no primeiro andar livre que dava para avistar o mar e sentir a brisa,  subimos . E la ficamos calados olhando para o céu,  o mar, tudo que estava no alcance de nossas vista .

- É lindo né? 

-sim muito lindo, por isso te trouxe, aqui é  um lugar muito especial para mim e quis compartilhar isso com você .

Eu estava um pouco com frio e estava trêmulo.  Ele percebeu, tirou o seu casaco e colocou em mim. Veio por trás e lentamente foi se aproximando do meu pescoço e me beijou, eu virei e retribui o beijo em sua boca , ficamos se beijando por um tempo,  ate que paramos e ficamos agarradinho olhando o mar e recebendo a quela brisa maravilhosa . Confesso que aquela noite foi uma das melhores , nunca alguém tinha me tratado tao bem como o Lucas .  Ele me agarrava forte,  aqueles braços fortes,  so me dava mais tesão , nao queria sair de lá . Estava muito romântico.

- garoto acho que já está na hora de irmos. 

-poxa.. verdade. 

-outro dia te trago aqui. Você gostou? 

-sim, eu amei essa noite

- que bom garoto, agora vamos que ja está tarde. 

Sair daquele lugar maravilhado com o que aconteceu , meus olhos brilhavam quando olhava para ele . Ele me levou ate a porta de casa , se despedimos com um selinho , estava com receio que alguém visse então fui breve na despedida . Quando cheguei em casa estava minha mae na porta me esperando , ja via que ela nao gostou nada de estar chegando aquele horário .

-caramba faço de tudo para você não me ver como a mãe chata, mas você nao colabora!!

-ahh mae to cansado, amanhã você faz o que você quiser comigo.

-Você sabe que horas são? Ja são 2h da madrugada. Acha isso cedo?

-mae amanhã se falamos okay?tchau

Minha mae estava furiosa, mas tinha certeza que no outro dia ela iria se acalmar e esquecer de tudo .  Deitei na minha cama e o cheiro do Lucas estava em mim ,nao parava de pensar nele . Minha noite foi perfeita.



Notas Finais


Comentem♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...