História O demônio platinado e a princesa das fadas (Mirza fanfic) - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Jura Neekis, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Kyouka, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Lyra, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Mest, Midnight, Millianna, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Mystogan, Natsu Dragneel, Orga Nanagear, Pantherlily, Personagens Originais, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Rufus Lore, Sayla, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Brigas, Chendy, Cheria X Wendy, Escolar, Freed X Laxus, Freexus, Gale, Gray X Lyon, Gruvia, Injformações Do Mangá, Jellal X Ultear, Jerza, Miraxus, Mirza, Morte, Mystogun X Jellal, Nalu, Romance, Ultear X Meredy
Visualizações 103
Palavras 3.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Mistério, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Dessa vez foi rápido pra compensar um pouco o meu atraso nos outros capítulos hahaha
Bem, espero q gostem e boa leitura ^^

Capítulo 23 - A verdadeira face de Rustyrose - Festa na piscina


Fanfic / Fanfiction O demônio platinado e a princesa das fadas (Mirza fanfic) - Capítulo 23 - A verdadeira face de Rustyrose - Festa na piscina

Mira pov on 

 

 – Se por acaso não cavares e lactopurga tomares, todas suas tripas expurgares como exorcismo alimentares, e nada além de água restares quando o tronco terminares – Natsu leu para todos que estavam na mesa

 – Onde... você, achou... isso..?? – Gray disse entre risos 

 – Sei lá, tava jogado no corredor – Natsu respondeu também rindo

 – Quem escreveria um negócio desses? – Perguntei sentada no sofá, estávamos na casa da Ultear, meio que teria uma festa na piscina, então eu e Natsu chegamos mais cedo 

 – Cara, essa pessoa tem demência, isso é bem deselegante – Lyon, que estava jogado no sofá disse – Quando é que a Ultear volta heim? 

 – Eu não sei, ela e a Erza já devem estar voltando, quem faz reunião do conselho estudantil de sábado? – respondi 

 – Olha essa olha essa – Natsu disse empolgado com o papel que havia achado no dormitório masculino – Pelo ronco do motor, esse boga quer amor, mas qual é esse amor que nas prega leva dor? Eu te quero, ô se quero, adentrar com muito esmero com a força do estopô – Disse e logo ele e Gray começaram a rir descontroladamente, esses dois são muito idiotas, pelamor... 

 – Qual o motivo de toda essa risada? Parece que estão se divertindo – Ultear disse entrando pela porta junto com a minha ruiva e Meredy 

 – Vocês Ainda estão com esse papel? Deviam ter deixado no achados e perdidos – Erza disse antes de se sentar no meu colo me dando um selinho 

 – Mas afinal, o que vocês fizeram na reunião? – Lyon perguntou 

 – Ah é, o mestre nos passou a lista das escolas que vão estar no festival e que vão participar do torneio – Ultear disse pegando a pasta e tirando de lá uma folha sulfite – Bom, vocês já sabem que Konoha vai participar, então vou falar as outras – ela disse balançando a folha para que ficasse reta – Anteiku e Aogiri vão participar como uma única escola, já que são uma pra meninas e outra pra meninos, a Seireitei vai entrar esse ano de novo, Aincrad, os caras da O.P., os alunos da U.A.... e por último é mais importante as 3 escolas Maria, Rose e Sina, onde vai acontecer o festival, como em todos os anos – Maria, Rose e Sina, lá só estudavam aqueles que tinham dinheiro ou que eram inteligentes o suficiente para garantir uma bolsa de pelo menos 70%

 – Foi a Aincrad que ganhou no ano passado não foi? – Natsu perguntou 

 – Não foi os caras da Seireitei – Gray respondeu – O time do Kirigaya foi eliminado na segunda fase, esqueceu? 

 – Verdade, junto com o time do Ichigo... – Gray pôs a mão na testa

 – Ô retardando, aquele era o Luffy, da O.P. 

 – AAAAAH, VDD 

 – Bom, eles podem ter ganhado no ano passado, mas dessa vez é a gente que vai ganhar – Meredy disse sorrindo antes de ouvir a campainha – Já vou!! Ah, Lucy-san, vinda 

 – Oi Mery-chan – vi a loira a cumprimentando e logo as duas vieram até nós 

 – Bem – Ultera deixou sua pasta na mesa de centro da sala – vamos começar a arrumar essa bagaça, essa vai ser um puta festa em homenagem ao fim do primeiro semestre!!! – Ela sempre fazia uma festa assim, não mudou nada 

 – O que precisa comprar? Eu vou no mercado – a ruiva se levantou do meu colo 

 – Quer que eu vá com você? – perguntei segurando seu braço 

 – Não precisa – ela sorriu me passando confiança 

 – Além do mais, eu preciso de você aqui, Mira – Ultear disse jogando a chave de seu carro pra Erza – Você sabe dirigir né?

 – É claro que eu sei – A mesma mostrou a língua para Ultear e depois me deu um selinho – Daqui a pouco eu volto – pegou sua bolsa e saiu pela porta da frente e logo pude ouvir o motor do carro ligando e o barulho se afastando. 

 

Mira off Erza on

 

Pelamor, quanta coisa, quantas pessoas será que vão nessa festa? Bom, é uma casa enorme, com uma piscina enorme e uma área enorme envolta da piscina, cabe bastante gente. Já no estacionamento praticamente vazio, devido ao horário, eu chequei pela nona vez a lista que Ultear havia me mandado pelo celular. Olhei envolta enquanto abria o porta-malas do carro, só havia mais um carro no estacionamento, um Fox azul que eu tive a impressão de que me seguira até ali, dei de ombros e comecei a colocar as compras no carro. 

Ouvi passos rápidos como alguém correndo, talvez fosse do outro lado do estacionamento, devido ao fato de ser subterrâneo, qualquer barulhinho faria eco, continuei meu trabalho até ouvi novamente os passos, que estranho, eles pareciam cada vez mais próximos, o que já começava a me dar arrepios, me virei e vi que um homem alto com uma máscara caminhava em minha direção, comecei a soar frio... Um assaltante? Eu estava dirigindo um Porche, ele devia pensar que eu era rica, ou algo assim, pensei em me afastar mas achei que seria pior, se ele estivesse armado, eu poderia levar um tiro. 

 – Erza Scarlet... – o homem parou há meio metro de mim 

 – Q-quem é você? – minha voz saiu trêmula, afinal, quem quer que fosse, sabia quem eu era, o que me dava Ainda mais medo 

 – Você não precisa saber, eu vim te buscar – o homem avançou para cima de mim com um pano na mão. 

Segurei a mão em que estava o pano antes que o mesmo tocasse meu rosto, o que levou o homem mascarado a me empurrar me fazendo cair no chão, aquilo ardeu, o asfalto do estacionamento devia ter ralado minhas costas e provavelmente rasgado minha blusa. O homem continuou tentando levar o pano ao meu nariz mas eu me defendia como podia de sua tentativa de me apagar, pensei em gritar por ajuda, mas minha voz não saia, eu não resistiria muito mais, o homem era bem mais forte, ele ia me sequestrar?? Meus braços foram perdendo força, e o pano se aproximou cada vez mais até que o cheiro daquela toxina começou a invadir minhas narinas fazendo com que minha visão ficasse embaçada... eu ia desmaiar.. 

De repente o peso do homem desapareceu de cima do meu corpo e o pano deixou de ser pressionado contra meu rosto, fui recobrando a visão aos poucos e pude ver que o homem agora estava no chão e outro batia no mesmo. 

 – Erza!!! Você está bem?? – minha visão Ainda estava embaçada – Erza!! – o homem me balançava pelos ombros 

 – Sho? O que está fazendo aqui? – finalmente reconheci o loiro 

 – Bem, é difícil de explicar... olhe!!! – foi até o homem inconsciente no chão e tirou sua máscara, me aproximei levando um susto

 – Rusty??? - olhei para o garoto de cabelos platinados com o rosto todo machucado – Mas por que ele estava...? 

 – Erza, eu já disse, é difícil explicar, mas parece que você está em perigo

 – Como assim??? Por que estariam atrás de mim?? 

 – Se nem você sabe, como é que eu posso te responder??? – o loiro exclamou me ajudando a levantar e então me ajudando a guardar as coisas. – Esse cara... – ele disse depois de um tempo em silêncio enquanto eu dirigia de volta para a casa da Ultear – Eu o ouvi falando no telefone ontem depois que você e Mira foram embora, ele disse algo sobre alguém ficar impotente se tivessem você... eu não entendi, mas imaginei que tentariam um sequestro ou algo assim – Eu não estava entendendo mais nada 

 – Mas o que eu faço? Contrato seguranças??? 

 – Bom, enquanto você está na Fairy tail, eles não podem fazer nada, mas agora que as férias começaram, você se torna um alvo muito mais fácil pra quem quer que esteja atrás de você, eu sugiro que você saia de Magnólia durante todo o período de ferias, se quiser um tempo em paz sem correr o risco de ser sequestrada ou atacada. – ele disse e fizemos do resto do caminho, um silêncio absoluto 

Chegamos a casa da Ultear e Sho me deu seu casaco para cobrir o estrago que o asfalto havia feito na minha camisa. 

 – Até que enfim heim, pensei que você ia morar no supermercado – Lucy disse assim que eu entrei na cozinha com algumas sacolas – Ah, oi Sho!! Não sabia que vinha 

 – Eu encontrei ele no caminho – Respondi colocando as sacolas na bancada – Onde a Mira tá? 

 – Ela tá lá fora – Ela respondeu e pude ver pela janela enorme de vidro as duas na área da piscina montando um palco com duas enormes caixas de som – Quer beber alguma coisa Sho? 

 – Claro obrigada... – Deixei os dois conversando na cozinha e fui até o deque, precisava falar com Mira sobre isso, mas mais tarde 

 – Voltei – a abracei por trás lhe dando um susto 

 – E precisava me assustar? – Ela perguntou se virando e me beijando 

 – Não, mas eu quis te assustar – sorrio mordendo seu lábio inferior 

 – Carrram! – Ultear pigarreou alto chamando nossa atenção – Façam isso no quarto – coramos – Mas não agora, depois que a festa acabar – Idiota... 

Demoramos 3 horas para deixar toda a casa arrumada para a festa, Ultear está mesmo empolgada com isso, chega a ser assustador, acabamos tudo pelo menos 1 hora antes da festa começar, então agora nós estávamos todos na piscina (Juvia, Meredy, Gray, Natsu, Sho, Erza, Mira, Ultear, Lucy e Lyon). 

 – Aaah, que tédio – Natsu disse para Gray, os dois boiando na piscina 

 – Né – Gray respondeu 

 – Eu devia ter marcado a festa pra uma hora mais cedo – Ultear disse balançando os pés na beira da piscina 

 – Não devia não, vai que não dá tempo de deixar tudo pronto, é sempre bom ter mais tempo – Respondi sentada do seu lado, Meredy logo chegou e se sentou do outro lado de Ultear a abraçando, então saí dali pra deixar o casal namorando em paz e fui pegar uma bebida 

 – Onde a Mira foi? – abri a geladeira vendo um prato de bolo de morango "meu Deus, esse bolo deve estar delicioso, será que foi a Mira que fez? Será que eu posso pegar?? Mas e se for de outra pessoa??" Meus pensamentos foram interrompidos quando senti dois braços agarrados na minha cintura 

 – A isca para ruivas gostosas deu certo – Mira disse rouca para logo depois beijar meu pescoço enquanto passava as mãos pela minha cintura e abdômen 

 – Nós precisamos conversar – Disse e ela me olhou confusa – Mas depois, não é nada muito importante 

 – Por que não está na piscina? 

 – Sei lá não quis entrar... – a olhei vendo um sorriso repleto de maldade estampado em sua face – Mira.. Não se atreva...! – a mesma me pegou no colo estilo noiva e começou a caminhar na direção da piscina – M-Mirajane!!! Não ouse... – Não consegui terminar minha frase, ela já tinha se jogado na água comigo em seus braços – Baka! – Joguei água na mesma que não parava de rir. 

Logo todos começaram a chegar, Ultear conhecia bastante gente de outras escolas, o que tornava tudo muito mais divertido, apesar de a Mira ter dito que os alunos das 3 escolas eram tudo um bando mimadinho, eu me dei bem com um tal de Levi Ackerman da Rose, ele era do Clube de kendô assim como eu, é meio quieto, mas depois de um tempo conversando, da pra ver que ele é um cara legal. 

 – Então você tinha aula de kendô em Alvarez? 

 – É, eu sempre me interessei muito por histórias e lutas de espadachins – Respondi – E você? Bem, eu sou do conselho, sei que você é um dos melhores do clube de kendô das 3 escolas 

 – Bem, eu e minha prima fomos obrigados a aprender a lutar com espadas, é uma herança de família 

 – E você gosta? Digo, de lutar com espadas? 

 – Bom, não tenho nenhum problema com isso, mas a Mikasa nunca quis aprender, ela sempre achou o combate corpo a corpo melhor, agora Ainda mais, por que ela começou a andar com a Annie... – Senti na voz dele, que ele não gostava dessa tal de Annie, mas não queria me meter

 – Hey, Levi-senpai!! – Um garoto moreno o chamou pondo a mão em seu ombro – Finalmente eu te achei... Ah, olá, meu nome é Eren, muito prazer – Ele estendeu a mão e eu a apertei – Posso roubar ele um pouco?? – Assenti 

 – Eren, é falta de respeito interromper a conversa alheia – Levi o repreendeu 

 – Éé... desculpa!!! Errr... Erza-san, certo? 

 – É, tudo bem – Sorri meio sem graça, Levi pegava pesado com ele, mas ele não parecia se importar

 – Vem, os outros querem jogar vôlei, você tá no meu time – Eren começou a puxa-lo 

 – Mas eu nem ia jogar... – responde Levi enquanto é puxado até sumirem de vista, Eren parecia gostar muito dele, será que eles tinham alguma coisa? 

 – VOCÊ QUER ARRUMAR PROBLEMAS NÉ, LOIRA OXIGENADA – ouvi um grito que não demorei a reconhecer que era de Mira "mas o que é que tá acontecendo agora..." 

 – SÓ VEM, DEMÔNIO BRANCO – corri para ver o que estava acontecendo no deque da piscina, cheguei a tempo de ver Mira socando o rosto de uma garota loira. 

 

Erza off Mira on 

 

Que saco... não acho a Erza em lugar nenhum... Continuei andando, já havia dado à volta na casa, e nada da ruiva, encostei na bancada, cansada em pedi um copo com refri, quando uma garota de cabelos azuis esverdeados encostou ao meu lado

 – Pela sua cara, parece que também não curte lugares com muita gente – ela bebericou seu copo de refrigerante 

 – É, digamos que eu não chamaria esse lugar de ideal pra mim – respondi olhando para a piscina cheia de pessoas 

 – Prazer, sou Asada Shino, mas pode me chamar de Sinon – Ela estendeu a mão 

 – Mirajane Strauss, pode me chamar de Mira – Apertei sua mão – É de que escola? 

 – Aincrad, e você? 

 – Fairy tail – Respondi – entrou esse ano? Nunca te vi antes  

 – Na verdade eu entrei no começo do segundo semestre do ano passado, então não pude participar do festival, sou do clube de tiro ao alvo

 – Eu sou do de luta 

 – De luta é...? É provável que você lute contra a Liz... 

 – Sinon, você viu a Asuna?? – um garoto moreno interrompeu nossa conversa 

 – Não, eu não vi, mas eu vi você beijando a Zekken – respondeu cruzando os braços – Ela viu? 

 – Se ela não tivesse visto, acha que eu estaria procurando ela que nem um retardado? Me ajuda a procurar – O garoto a puxa dali 

 – Educação é bom, viu moço? – Sussurro e volto a andar com o copo na mão até esbarrar em alguém 

 – Ah, desculpa, não foi a minha intenção sujar essa sua camiseta brega – olhei para minha blusa suja, aquela voz cheia de ironia só podia pertencer a uma pessoa 

 – Annie... 

 – Quanto tempo, Strauss, preparada pra perder nesse torneio? – Ela ia ver só, ninguém provoca Mirajane Strauss e sai ilesa 

 – Perder? – ri com escárnio – Desculpa queridinha, mas dessa vez, é você quem vai ralar a carinha linda 

 – Porque não resolvemos isso agora, bebê? Vai cair morta igual sua fa... – Não deixei que ela terminasse sua frase e lhe meti um soco no meio do nariz

 – VOCÊ QUER ARRUMAR PROBLEMAS NÉ, LOIRA OXIGENADA – a mesma deu alguns passos pra trás com o nariz sangrando e um sorriso de psicopata no rosto 

 – SÓ VEM DEMÔNIO BRANCO – "com um prazer" não demorei a correr em sua direção desferindo um soco no lado de seu rosto. 

Fazia tempo que eu não lutava assim, com alguém tão forte quanto eu, só espero que a Erza não fique puta com isso, foi ela que começou (Autora: "foi ela que começou, tia!!" *imitando voz de criança chata* (#vlwcriança)/ Mira: BAKA!!!). 

 – MIRA!!! – Estava prestes a socar o rostinho lindo da loira de novo quando ouvi a voz dela 

 – Sim, minha ruivinha? – Me fingi de inocente 

 – Baka! – ela me deu um tapa na cabeça "aiii!!! :(" – O que pensa que está fazendo??? 

 – Eeeh..? Arrumou uma namoradinha pra mandar em você, Strauss? – Provocou Annie 

 – CALA A BOCA, QUER LEVAR OUTRA SURRA???? – gritei 

 – SÓ TENTA!!! 

 – CHEGA!! – uma garota morena correu até Annie – Você se machucou? Não devia ficar arrumando brigas em lugares assim, espere até o torneio pra acabar com ela, baka... vamos embora, eu limpo deus machucados quando chegarmos a Sina – Saiu puxando a loira 

 – E você vem comigo – Erza disse irritada enquanto me puxava pela orelha até dentro da casa

 – Isso dói Erzaaaa... – Reclamei enquanto subia as escadas atrás dela com a mão na orelha 

 – Era pra doer!! 

 – O que é isso? TPM? – Brinquei no momento errado 

 – Não, isso se chama, MSI 

 – MSI? 

 – Mira Sendo Idiota – disse cruzando os braços encostada na parede do quarto de hóspedes 

 – Own, que tal um beijinho pra acalmar toda essa raiva – Me aproximei colocando uma mão de cada lado de sua cabeça na parede depois deixando meu rosto há centímetros do seu, porém quando fui beija-la, ela colocou dois dedos na frente dos meus lábios 

 – Não, por causa da sua atitude lá embaixo, você vai ficar sem beijo – sorriu e escapou por baixo dos meus braços 

 – Que cruel!!! – ela continuou sorrindo e andando até a porta do quarto, isso não vai ficar assim ruivinha, pode ter certeza!! – Erzaaa – Cantarolei 

 – O que é? Eu já disse que... M-mira!! – A abracei por trás passando as mãos por suas cochas e subindo por seu abdômen 

 – O que foi? – lhe lancei um sorriso inocente enquanto subia Ainda mais minhas mãos chegando próxima aos seus seios 

 – E-eu disse não – Pude sentir seu coração batendo rápido sob minha mão e seus pelos se arrepiarem a cada movimento de meus dedos sobre sua pele 

 – Você disse que eu não ia ganhar beijo, mas não falou nada sobre isso – encaixei minha cabeça na curva do seu pescoço 

 – Você joga sujo sabia??? – a mesma chutou a porta do quarto a fazendo fechar 

 – Isso foi um sim? – a mesma me empurrou até a cama fazendo com que eu me deitasse e subiu encima de mim 

 – Isso responde a sua pergunta? 

 

Mira off 

 

 – Você nos decepcionou – o homem musculoso de cabelos grisalhos disse olhando para o garoto de óculos escuros que se mantinha ajoelhado olhando para o chão 

 – Eu sinto muito Brain, não fazia ideia de que alguém ia aparecer 

 – É uma pena eu ter que fazer isso – Apontou seu revólver para a cabeça dele – Você era um dos melhores espiões que tínhamos – puxou o gatilho e logo após o estrondo, Rustyrose caiu morto no chão 

 – O que vamos fazer agora? Perdemos uma puta oportunidade por causa desse idiota 

 – Paciência, Cobra, outras oportunidades Ainda melhores virão – diss para o homem ruivo encostado na parede 

 – Graças a esse cara, a garota não vai mais andar sozinha, vai ser mais difícil pega-lá – disse Racer 

 – Como se os coleguinhas dela fossem um problema pra nós – Midnight respondeu com um sorriso nos lábios pintados de preto. Os 3 riram 

 – Vamos esperar, talvez baixem a guarda, e quando baixarem... Ah, eu mal posso esperar pra ter diante dos meus olhos, o corpo morto de Eileen Belserion

 

Continua...

 


Notas Finais


Esse foi o capítulo, eu tô mto empolgada com a fic, então não acho que o próximo vá demorar muito
Espero que tenham gostado e até a próxima
Caso queiram saber, eu coloquei alguns personagens de SKN e SAO no meio, mas não é nada muito relevante, a história é somente de Fairy tail


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...