História O Desaparecimento de Kato Yuri (Sekaiichi Hatsukoi) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Life Is Strange, Sekaiichi Hatsukoi
Personagens Masamune Takano, Personagens Originais, Ritsu Onodera
Tags Sekaiichi Hatsukoi, Shonen-ai, Suspense, Tragedia, Yaoi
Exibições 3
Palavras 556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Fudeu!


~~~ Onodera ~~~
Satoshi se aproximou do meu lado e perguntou:
- QUEM ERA?
- ERA TAKANO-SAN.
- O QUE ELE QUERIA?
- NADA, APENAS SABER AONDE EU ESTAVA.
- E VOCÊ CONTOU PRA ELE?
- SIM, NÉ?
- POR QUE ELE QUERIA SABER?
- PRA ME BUSCAR.
- VOCÊ JÁ VAI EMBORA? NÃO QUER FICAR MAIS?
- QUERO, MAS ELE NUNCA QUER SABER MINHA OPINIÃO E QUER SABER SÓ DA DELE. ELE É MUITO EGOÍSTA!
- ENTENDO, EU ERA ASSIM TAMBÉM COM YURI. BEM, QUE HORAS ELE VEM AQUI TE BUSCAR?
- 16:30.
- 16:30? DEIXE-ME VER QUE HORAS SÃO...
Então ele pegou seu celular e ficou de olhos arregalados.
- CARALHO! JÁ SÃO 16:00, É MELHOR VOCÊ APROVEITAR A FESTA QUE DAQUI A MEIA HORA ELE VAI ESTAR AQUI.
- EU SEI...
ENTÃO, BORA DANÇAR?
Eu arregalei meus olhos:
- QUE?!
- SABE, "DANÇAR"? É QUANDO VOCÊ FICA SE MOVIMENTANDO ESQUISITAMENTE EM UM RITMO SÓ.
- EU SEI P QUE É DANÇAR, IDIOTA! SÓ NÃO ACREDITEI NO QUE VOCÊ FALOU.
- EU SEI. ENTÃO, BORA?
- ACHO MELHOR NÃO... EU NÃO SEI DANÇAR DIREITO.
Ele se aproxima de mim.
- MANO, EU TENHO CARA DE ALGUÉM QUE SABE DANÇAR? NÃO, ENTÃO VAMOS DANÇAR!
- M-MAS...!
Antes que eu pudesse completar minha frase ele me puxa pelo braço no meio da multidão dançando feitos uns malucos e começa a dançar estranhamente também.
- VAMOS, GAROTO. NÃO SEJA TÍMIDO. AGITE ESSA BUNDA!
Então ele dá um tapa em minha bunda (de brincadeira) e, sem mais e sem menos, comecei a dançar esquisitamente também junto com ele.
- ISSO, CARA. BOTA PRA QUEBRAR!
Ele começou a dançar mais esquisitamente do que o normal e eu só fiquei rindo das palhaçadas que ele estava fazendo enquanto eu dançava feito um maluco também.
De repente ele sobe encima da mesa do bar e começou a dançar ainda me dizendo:
- QUE FOI? EU SUBIR NUMA MESA FAZ VOCÊ PARAR DE DANÇAR? VAMOS, CARA! DANCE!
Então eu continuei dançando rindo ao mesmo tempo.
Não sei porque, mas eu olho para trás e vejo Takano-san me procurando. Puta que pariu! Que horas são, hein?! Então eu peguei me celular e vi que já eram 16:32. Caralho! Como assim, véi?!
Enfim, continuando. Ele olhou de volta pra mim e percebeu que eu já havia vistado ele. Então ele se aproxima de mim e corre direto pro Satoshi dizendo:
- SATOSHI, O TAKANO-SAN CHEGOU E...
Então ele me interrompi:
- VOCÊ NÃO QUER IR EMBORA, NÉ?
- NÃO, MAS...
Ele me interrompe novamente.
- SIGA-ME.
- QUE?!
- EU DISSE "SIGA-ME".
- EU ESCUTEI O QUE VOCÊ DISSE, EU SÓ... AH, ESQUECE!
Então ele me levou até as portas do fundo da balada e saímos correndo gritando de tanto rir.
Logo percebi que a descida que a gente estava descendo era uma floresta na direção em que a gente estava indo, mas eu nem liguei pra isso.
Enquanto nós estávamos correndo eu sem querer tropeço e cai e fiquei rolando fazendo com que Satoshi caísse também até o final da descida.
Quando chegamos no final ficamos morrendo de dar risadas, mas para nossa infelicidade, quando eu abro meus olhos que estavam escorrendo lágrimas de tanto rir vejo Takano-san parado ajoelhado do meu lado com um olhar furioso olhando diretamente para nós.
Iiiiii... fudeu!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...