História O Desejo Que Peço - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Alexa, Ash Ketchum, Barry (Jun), Bianca, Dawn Hikari, Ethan, May, Serena
Tags Advanceshipping, Amourshipping, Aria, Ariaxash, Ash, Black, Dawn, Drama, Emerald, Lillie, Mayxash, Pearlshipping, Romance, Satosere, Serena, Sun
Exibições 241
Palavras 2.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Harem, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie, Duda na areá

Bom, primeramente, ontem não pude postar pois era meu niver e então sabe como é que é, então espero que entendam

^^ Agora, tenham uma boa leitura ^^

Capítulo 7 - Encontro p.1 - Cadê meu Milk Shake!?


<POV’s Ash On>

Depois de ir para direção e ter uma conversinha com a Cynthia fui até a sala do conselho, entrei la e vi Mallow de pernas pro ar e Lillie mexendo em seu tablet e fiquei com uma gota

- Esse é o conselho? – Perguntei e as duas me viram e tentaram disfarçar

- Esse documento aqui ta estranho.. – Disse Lillie disfarçando

- Hã? Encontrou? – Perguntou Mallow disfarçando também

- Ah oi Ash, ah quanto tempo esta ai? – Lillie perguntou e fiquei com uma gota

- Dês da hora que vocês começaram a disfarçar – Disse rindo e elas bufaram derrotadas

- O que você quer!? – Perguntou elas em tom bravo

- Quero falar com uma princesa – Disse convencido fazendo Lillie corar ‘’ O que diabos eu disse?’’

- O que você quer falar comigo? – Perguntou Mallow se aproximando de min com um sorriso convencido

- Não ta falando de tu – Disse com uma gota e ela caiu para trás derrotada

- Não tem nenhuma  aqui Ash – Disse Lillie com um sorriso

- Putz! – Levei minha mão em direção ao rosto – Erro meu – Me aproximei de Lillie e peguei sua mão – Não tem princesa aqui, tem uma deusa – Disse e beijei a mão de Lillie e a mesma corou violentamente ‘’ OQUE TA ACONTECENDO COMIGO?!’’

- Fofo..  – Disse Lillie e me deu um beijo na bochecha e Malow ferveu de raiva

- Não sabia que o Ash era seu namorado.. – Disse Mallow fazendo olharmos para ela

- Eo oque? – Perguntamos com um sorriso

- Ah deixa.. – Disse ela voltando a fazer oque ela estava fazendo ‘’Resumindo: Nada’’

- Eu vim aqui, saber se hoje vai dar? – Perguntei a Lillie e a mesma sorriu

- Sim, meus pais querem te conhecer – Disse a mesma com um sorriso gentil e fiquei pálido

- S-s-seus p-pais? – Perguntei suando frio

- Sim, eles querem saber se você é digno de sair comigo – Disse ela e fiquei com uma gota

- Eles sabem que não é bem um encontro né? – Perguntei

- Sim, mas eles insistiram, acham que você pode ser que nem o Gary – Disse ela e suspirei

- Tem razão, mas eu sou eu! – Disse convencido fazendo ela sorrir com uma gota na cabeça

- Convencido – A mesma virou o rosto

- Então até tarde! – Disse saindo da sala e a mesma assentiu

< - Quebra De Tempo – 19:00 - >

Já estava a frente da casa de Lillie, suando frio, antes de tocar a campainha me olhei, minha irmã tinha mandado eu vestir do jeito que garotas gostam, mas acho que essa coisa horrível que eu estou vestindo, é uma merda! Estava vestido com uma calça moletom cinza, e uma camiseta preta e por cima um moletom azul. Quando estava me arrumando, penteei meu cabelo mas minha irmã veio e bagunçou tudo, deixando espetado, ela disse que eu ficava ‘’Gatinho’’ bela irmã, que sente atração pelo próprio irmão, mas mesmo só confiei nela.. Toquei a campainha e do nada um cara alto com um sorriso e estava com uma jaleco, ele era moreno e.. é mesmo o pai da Lillie? Fiquei mais tranquilo por causa do sorriso dele

- Boa-Noite Sr. Kukui – Disse sem hesitar e ele sorriu

- Vem, entre – Disse ele dando espaço para min entrar.

- Com licença – Entrei e a casa era simplesmente linda – Uau, bela casa – Disse admirado.

- Hehe obrigado – Disse Kukui

Entrei e então Kukui me mandou me sentar e fiz oque ele pedia, ficamos conversando um tempo e ele era muito legal,, mas ai que eu vi Lillie descendo, ela estava linda! A mesma vestia um vestido branco puro e usava um chapéu branco também, seu cabelo loiro estava com alguns cachos a deixando mais admirável, mas foi ai que percebi ao seu lado, sua mãe, não vou nem descrever ela, vai parecer que estou mais interessado na mãe dela do que nela..

- Então esse é o garoto.. hm..   – A mãe de Lillie me analisou de cima para baixo e fiquei envergonhado assim como Lillie estava a me ver

- Bom, vamos começar com as perguntas – Disse Kukui e quase enfartei ‘’WHAT THE FUCK!?”

Lillie se sentou ao meu lado enquanto a mãe e o pai dela ficaram a nossa frente

- Eu começo – Disse a mãe de Lillie, mas a interrompi

- Com licença – Disse

- Sim?

- Apesar de eu não ter mãe e nem pai, eu fui educado a perguntar o nome da pessoa antes de uma conversa, qual seu nome moça-san? – Perguntei com um sorriso e eles se entreolharam surpreendidos

- ‘’Ele me chamou de moça..’’ Meu nome é Lusamine, e por que você não tem mãe e nem pai? – Perguntou ela me deixando um pouco triste

- MÃE! – Gritou Lillie fazendo a loira maior se tocar

- Ah perdão.. me desculpe.. – Disse Lusamine e dei um sorriso

- Tudo bem, afinal, lamentar não vai adiantar muito, ela deve estar num lugar melhor – Falei e eles sorriram.

- Por que, só ela? E seu pai? – Kukui perguntou

- Ele merece ir pro inferno.. afinal, foi ele que matou minha mãe – Respondi e eles arregalaram os olhos

- Perdão por ter perguntado – Disse Kukui sem jeito

- Tudo bem, algo mais? – Por outro lado, estava gostando deles me perguntar coisas, afinal, quase nunca converso com alguém.

- Agora sobre você, o que você quer fazer da vida? – Perguntou Lusamine ‘’ Que pergunta boba ‘’

- Quero terminar meus estudos, e me formar em administração de empresa – Respondi com um sorriso e eles se surpreenderam.

- Oh, agora, por que quer sair com minha filha? – Perguntou Kukui com um olhar sério e suei frio ‘’ Me pegou!’’

- Bom, eu quase nem falo com ninguém, sou isolado na escola, a filha de vocês foi umas das únicas pessoas a conversar e dar atenção pra min na escola, eu gosto muito dela, ela é simpática e divertida, queria ter mais uma vez a alegria de conversar e me entreter com ela de novo – Respondi calmamente me lembrando das vezes que conversávamos, e então ela corou.

- Entendi então você gosta da minha filha, por que ela é a única a te dar atenção? – Kukui perguntou e corei

- Não é bem isso, mas é como isso.. – Falei e eles ficaram confusos

- O que você acha da nossa filha? – Perguntou Lusamine ‘’ Que diabos de perguntas são essas?’’

- Bom, tirando que ela é linda, inteligente, legal, engraçada, tem um belo corpo, acho que poderia se chamar de perfeição – Disse e Lillie corou violentamente desviando olhar ‘’ POR QUE DIABOS EU TO SENDO ASSIM?!’’

- Hum.. agora, me conte sobre você, oque você faz, digo.. Sua rotina – Disse Lusamine

- Bom, eu praticamente só estudo, tento sempre tirar as melhores nota da escola, mas é impossível por causa de um professor que me marca, e quando chego em casa, me arrumo e começo a caminhar e correr por duas horas para manter uma boa forma, e volto pra casa e escrevo alguns versos, pois minha mãe adorava fazer isso e pronto, durmo e assim a mesma coisa todos dias – Falei os deixando surpresos

- Hum, legal, mas eae, você quer sair com nossa filha? – Perguntou Lusamine e dei um sorriso ‘’ Mas não era isso que eu vim fazer?’’

- Claro, se for possível, afinal, eu os respeito caso não quererem deixar – Falei ainda mantendo o sorriso.

- Pode ficar despreocupado, vocês já podem ir – Disse Kukui e assentimos com um sorriso e nos levantarmos

- Com licença – Disse e peguei na mão de Lillie fazendo a mesma corar

- Cof cof – Kukui fingiu uma tosse e soltamos a mão ‘’Ele tem ciúmes da própria filha?!’’

Saímos da casa rindo um pouco e nos olhamos corados

- Err.. vamos.. – Disse e peguei sua mão de novo

- Ash, me desculpa pelos meus pais – Disse Lillie e dei um sorrisinho

- Não se preocupe princesa. – Falei e a mesma corou

Então fomos andando enquanto olharmos a cidade bem iluminada e as pessoas passando, alguns garotos lançaram um olhar invejoso em minha direção e dei um sorriso convencido, assim como meninas passaram com olhares invejosos em nossa direção, oque não passou despercebido.

- Chegamos – Disse Lillie após parar na frente da sorveteria mais famosa da cidade

- Adeus economias.. – Sussurrei derrotado enquanto entravamos na sorveteria ainda de mãos dadas

- Bem-vindos! – Disse a atendente com um enorme sorriso

- Boa noite – Dissemos também com um sorriso e nos sentamos um de frente para o outro numa mesa

- Então qual você vai querer? – Perguntei

- Esquece um pouquinho o sorvete... quero conversar com você – Disse Lillie com um sorriso e ri

- Conversar, nem sei mais o que é isso, poderia me ensinar? – Brinquei

- Olha, primeiro você tem que ir com carinho e depois aproximar e aproximando.. – Disse Lillie com um sorriso malicioso ‘’Bipolar..’’

- Hahaha, mas sério, oque você quer conversar? – Perguntei após rir

- Ash, pode ser parte intrometida minha, mas me explica aquele negocio de seu pai.. err.. – Lillie não conseguia dizer

- Ter matado minha mãe? – Disse com tranquilidade

- Como consegue dizer sobre o falecimento da sua mãe com tanta tranquilidade, sem chorar, sem ficar abatido? – A loira se surpreendeu

- Pelo simples fato de eu já ter gastado todas minhas lagrimas nisso – Disse e a mesma se surpreendeu

- Nossa.. – Foi a única coisa que Lillie disse e então me aproximei da mesma e sentei ao seu lado – Pensando bem, Ash, outro dia você me fala.. – Disse ela com um sorriso e suspirei de alivio

- Bom, vai querer qual sorvete? – Perguntei já olhando o cardápio

- Flocos – Disse ela

Então chamei a atendente e a mesma veio até nós

- Um sorvete de flocos e um Milk Shake de açaí – Disse enquanto ela ia anotando

- Qual o tamanho, senhor? – Perguntou a atendente

- Grande – Disse surpreendo a loira

- Daqui a pouco seus pedidos estarão aqui – Assentimos e ela saiu

- Err.. Ash.. – Lillie corou – Você ficou muito bonito assim – Disse ela desviando o olhar e me olhei corado ‘’ Não é que minha irmã tava certa?’’

- Você também.. – Disse – Na verdade, você fica de linda de qualquer jeito, até.. – Abri um sorriso malicioso e recebi um tapa com ela muito corada

- Você nunca me viu.. pe..l.. ! – Não conseguia completar devido ao estado de vergonha

- To brincando! To brincando! – Disse Enquanto ela me batia corada e acabamos rindo

Ela então pegou seu celular e colocou na câmera frontal e me chamou para tirar uma foto

- Faz alguma coisa pra foto – Disse ela

- Ta bem – Beijei sua bochecha e fiquei assim até a mesma tirar a foto, mas ela estava paralisada muito corada e surpresa, a mesma usou sua cara de surpresa e tirou a foto.

- Pronto Ash - Disse ela corada

Macio.. doce.. fofo.. nuão quero mais largar daqui, mas então, me toquei e me separei da mesma bastante corado

- Perdão, acabei delirando – Falei desviando o olhar

Logo então a mesma já estava editando a foto, como sou curioso claro que fui ver oque ela tinha colocado, a mesma só tinha colocado um emoji surpreso e então postou no seu facebook, MERDA! Todos os alunos tem o face dela! Fudeu! Peguei meu celular que diferente do dela era um Moto G e ela um Iphone 7 ‘’Rica de dar inveja..’’ e acessei seu perfil para ver e foi ai que vi os comentários

‘’ Uou, tem como dividir esse não? ‘’ Corei na certa ao ver o comentário da garota e Lillie percebeu

Então fui ler outro

‘’ Ganhou na loteria e nem me fala, é? ‘’ Só tinha garota nos comentário, corei novamente e Lillie percebeu novamente.

- Por que está corando?  - Perguntou ela em tom ciumento

- Nada.. – Disse virando o rosto

- Me dê isso! – Disse ela apontando para meu celular

- Não! – Exclamei puxando meu celular

- Não foi um pedido, foi uma ordem! – Disse ela e sorri

- E você manda em min? Hein? Que eu saiba só a mãe e o pai pode mandar no filho, - Disse virando o rosto

- Não, me dê isso agora, eu quero ver o que é? Não aceito você ficar vendo outras garotos enquanto sai comigo – Disse Lillie e fiquei com uma gota

- Primeiro, quem disse que tou vendo outras garotas, e segundo, ciúmes? – Perguntei e ela corou

- C-claro que não ‘’Droga.. gaguejei’’  - Disse ela e sorri

- Eu sou tava lendo os comentários, sabe? – Falei calmamente

- E você estava corando pelos elogios e as interessadas em você? – Perguntou ela e assenti com o rosto virado e ela suspirou

- Lillie, posso lhe dizer uma coisa? – Perguntei encarrando seus olhos

- Sim..

- Olha, eu simplesmente estou tão feliz por isso, é como se felicidade estivesse transbordando em meu corpo, sabe, eu estou pagando pelos meus pecados nesses momentos difíceis da minha vida, perdi tantos amigos, tantas pessoas, mas então, uma garota simplesmente que eu nem conheço direito, chega e destrói essa tristeza de min, me tira das grandes, eu estou querendo vomitar arco-iris, sério, mesmo que seja por poucos momentos, estou tão feliz em estar ao seu lado – Falei com um sorriso gentil e a mesma corou violentamente

- Ash, podemos fazer esses poucos momentos virarem muitos – Lillie disse se aproximando do meu rosto e antes de poder dizer algo, tive meus lábios tomados pelos da loira e paralisei, mas aos poucos fui retrubuindo o beijo maravilhoso que estava acontecendo, sentia sua língua se tocando com a minha, era simplesmente.. incrível! Se felicidade já transbordava só de eu estar conversando com uma pessoa, agora, beijando.. meu deus, coloquei seu cabelo pra trás ainda no beijo e não se atrevi a abrir o olho para ver como ela estava, apenas aproveitava aquele beijo ao máximo até o maldito ar faltar e nos separamos, quando nos separamos uma linha de saliva se formou entre a sua língua e a minha fazendo aquilo ficar mais excitante, viramos os rosto completamente corados enquanto todos olhavarmos para nós com um sorriso e alguns rindo pela nossa vergonha

- CADÊ O MEU  MILK SHAKE QUE NÃO CHEGA?! – Gritei bravo tentando esconder a vergonha que estava sentindo

A atendente então ria e falava com suas amigas sobre que não queria atrapalhar nosso ‘’momento’’ e então ela veio até nós com o sorvete e o Milk Shake

 

 

Continua...


Notas Finais


Olosko, o que quer dizer com isso Lillie?

Agora cade meu milk shake?


Bom, espero que tenham gostado dos novos personagem, digo, pai de Lillie e a mãe


TCHAU!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...