História O desenrolar de uma historia - Capítulo 15


Escrita por: ~

Exibições 26
Palavras 2.597
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Luta, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


EU TÔ TRSITE PQ COM CERTEZA ESSE CAPÍTULO TÁ PEQUENO!!!



~Agora que eu postei eu vi que tá num tamanho variável~

Capítulo 15 - Só mais uma tarde comum


Autora ON

 

Uma tarde comum, esse foi o resumo do resto do dia que eles tiveram, {uma bosta} tudo o que o loiro gostaria de fazer já não daria mais tempo. Não tinham ideias, decidiram jogar um jogo, seria bom para Adrien esquecer que Josh já estava se mostrando como "ameaça".

    ⁃    Talvez nem tenha graça, mas..... a gente pode jogar verdade ou desafio? Faz tempo que eu não jogo isso

    ⁃    Nem tanto Nino, a gente jogou não faz nem duas semanas - Disse a morena - Por mim tudo bem, mas temos que ver se o Senhor e a Senhora tédio vão querer também!

    ⁃    Ei! Não me diga que sou a senhora tédio! Eu não fiz nada! - Respondeu a azulada

    ⁃    Exatamente, você não fez nada! 

    ⁃    Nesse caso, eu vou jogar. E você? 

    ⁃    O que tem eu? - Respondeu o Loiro olhando-a

    ⁃    Vai jogar ou não? 

    ⁃    Tá, eu vou  

Pegaram uma garrafa vazia d'Água e fizeram uma rodinha

    ⁃    E gente parece criancinhas brincando disso - Alya sorria olhando a garrafa em suas mãos - Mas se é pra parecer crianças, vamos logo!

Ela girou a garrafa, apontando para Adrien e nino

    ⁃    Vish, já sei que vou me ferrar aqui - Falou o moreno - Desafio! 

    ⁃    Vamos ver...... Beija um porco, por três segundos!

    ⁃    QUE? VOCÊ TÁ LOUCO? EU NÃO VOU BEIJAR UM PORCO!  

    ⁃    Vai ter sim, se não eu tenho direito de te fazer pagar um mico, e você não pode fugir dele!

    ⁃    E qual seria o mico? Tenho certeza que é melhor que um porco..... - Ele tremeu fingindo nojo -  Só de pensar,  já quero vomitar 

    ⁃    Você só pode saber o mico se não beijar o porco, se não perde a graça

    ⁃    Tá, tudo bem - Ele suspirou - Como o mico pode ser bem pior....... Vamos pro chiqueiro.

    ⁃    Alya você vai ser trocada por um porco! - Disse Marinette enquanto ria - Um porco! 

    ⁃    Eu sei! - A mesma ria também 

    ⁃    Ei, Alya, eu até vou.... Mas se você filmar eu não faço nada! 

    ⁃    Tá bom, eu filmo com os olhos então


Lá estão eles, no chiqueiro, uma multidão de porcos indo pra cima de Nino, ele tentava escolher o que estivesse mais limpo, então ele avistou um porco, grande, porém quase completamente limpo

    ⁃    Vem cá porquinho, vai ser rápido porquinho - Ele andava lentamente até o porco - Isso fica bem quieto.....

O porco parecia o obedecer, estava quieto e parado, apenas olhando Nino se aproximar, como se esperasse aquele momento

Ele se aproximou do porco, e o beijou, contou até três e se afastou tão rapidamente que quase ficou com tontura 

    ⁃    Nossa Nino pra que se afastar tão rápido? - Perguntou o outro garoto 

    ⁃    Eu pude sentir....

    ⁃    O que? 

    ⁃    A língua dele nos meus dentes 

    ⁃    Eca! - Disseram juntos, mas ao mesmo tempo riam

    ⁃    Vou escovar os dentes, depois continuamos o jogo....... 

Então ele escovou os dentes, realmente não era nada bom beijar um porco, eram seis horas, mas isso não importava, eles poderiam fazer o que quisessem, na hora que quisessem

    ⁃    Voltei! 

    ⁃    Já pensou na possibilidade da sua escova estar suja com a boca do porco agora?

    ⁃    Adrien vira essa boca pra lá! Eu to tentando esquecer isso.....

    ⁃    Mas não vai ser fácil


Eles sentaram novamente na roda, a garrafa girou para Nino e Marinette 

    ⁃    De novo eu?!

    ⁃    Sim, mas dessa vez você pergunta pra mim

    ⁃    Tá, você já sabe a pergunta, então é só responder

    ⁃    Desafio, mas pega leve ein! 

    ⁃    Ok..... Só me deixa pensar então - Ele pensava em algum desafio para a garota - Acho que eu tive uma ideia....

(N/A: Se você não ler as notas finais eu....... eu choro ;^;) 

    ⁃    O que vai ser então? - Perguntou o loiro 

    ⁃    Já volto, é rápido! - Ele se levantou e foi até a cozinha 

    ⁃    Vish! Já to até vendo........  - A azulada sussurrou para si mesma, alguns segundos depois, ele voltou segurando alguma coisas em uma das mãos 

    ⁃    Marinette.... Você vai ter que morder isso aqui - Ele disse mostrando um dente de alho - E deixar na boca por pelo menos 3  segundos 

    ⁃    Nino, isso é horrível! Mas eu não posso discutir né...... 

    ⁃    Não mesmo Mari - A morena interrompeu - E além do mais...... eu quero ver isso!

    ⁃    Vocês tinham mesmo que estar juntos! Quero só ver se fossem vocês que iriam ter que morder isso - Ela cutucou  o alho com o dedo fazendo uma cara de nojo

Então ela retirou a casca do alho rapidamente, a jogando para o lado


    ⁃    Ei Marinette respeito pelo alho! Ele também tem sentimentos! - O loiro pegou os pedaços de casca que ela havia jogado sorrindo

    ⁃    Que foi? Tá com inveja dele? - Como uma bomba, a azulada corou no mesmo momento em que terminou de falar 

    ⁃    Talvez - Ele disse com um sorriso..... malicioso 

(N/A: Melhor eu ir dormir pq se eu continuar escrevendo hoje vai dar merda)


(N/A: Pronto, hoje já é outro dia, vamos ver o que meu cérebro preparou pro capítulo)

Alya ia dizer alguma coisa, mas Nino a impediu, dizendo outra coisa

    ⁃    Marinette acaba logo com isso

    ⁃    Tá bommm - Ela reclamou e mordeu o bendito alho

Quem sabe até parecera exagero, porém para algumas pessoas pode ser horrível o sabor de um alho cru, e pelo visto Marinette não estava gostando da situação 

(N/A: Eu não consigo achar adjetivos pra palavra alho ;-;)

    ⁃    Urgh - Ela tirou o "alimento" da boca, levantou e o jogou em um lixo próximo - Pronto, o sofrimento acabou

    ⁃     Eu tava pensando… 

    ⁃    No que Alya? - A azulada perguntou curiosa,  na maioria das vezes os pensamentos de Alya eram interessantes, pelo menos para ela 

    ⁃    Que toda vez que não temos nada pra fazer a gente joga isso, como se fosse uma desculpa pra fazer alguma coisa 

    ⁃    É....

~~~~~~~ \  \ ~~~~~~~

Em outro lugar da fazenda, não muito longe, havia uma árvore oca, nela havia um pequeno buraco que permitia que animais entrassem, como se fosse um dos originais abrigos para esquilos nos desenhos infantis, mas lá  dentro não estavam esquilos…

    ⁃    Plagg, eu já perguntei umas três vezes, mas você tem certeza que nenhum esquilo vai aparecer aqui?

    ⁃    Sim Tikki, se isso aqui fosse a toca de um esquilo ele já estaria aqui

    ⁃    Ufa..... Eu realmente não gostaria de encontrar um esquilo raivoso aqui, é uma árvore tão linda 

    ⁃    Sim, pena que já estamos quase saindo daqui 

    ⁃    Sim…

    ⁃    Mudando de assunto, quantos biscoitos ainda restaram pra você? 

    ⁃    Ah, não tenho certeza, uns quarenta, eu não como muito e a Marinette colocou vários - Ela disse olhando para a "malinha" que Marinette  havia separado para ela - E pra você, quantas caixinhas de queijo ainda tem ?

    ⁃    Umas dez

    ⁃    E vai ser suficiente até a viagem acabar? 

    ⁃    Sim, o Adrien mandou comer pouco, e ele tem mais com ele pra caso acabar 

    ⁃    Porque ele não te deixou com tudo?

    ⁃    Pra não acabar 

    ⁃    Tá explicado 

    ⁃    Já arrumou tudo? Acho  que já está na hora de sairmos

    ⁃    Sim, é só levar de volta 

    ⁃    Então vamos 

Eles pegaram suas "malinhas"  e saíram da árvore, ela era uma da fazenda, nela haviam vários galhos cheios de folhas, em alguns tinham ninhos de pássaros e vários insetos, conforme eles passavam perto das outras árvores dava para perceber o quão grande era o local, após um tempo, com algumas paradas para olhar a paisagem, eles chegaram até a casa e entraram no quarto de seus donos, que no caso estavam lá, ou seja, o jogo já tinha acabado e eles já estavam se preparando para dormir

    ⁃    Tikki? Plagg? Vão ficar aqui agora? - Perguntou a garota assim que os viu

    ⁃    Sim! - A kwami respondeu 

    ⁃    Hum, então Plagg, já comeu todos os queijos?

    ⁃    Quem dera Adrien, eu estou…"economizando"

    ⁃    Nunca imaginei você dizendo isso… 

    ⁃    Não é só o que você imagina que pode acontecer, garoto

Logo após isso Marinette colocou as coisas dos kwamis no armário, e os mesmos decidiram ficar com suas coisas lá

Marinette e Adrien já estavam deitados para dormir, e alguns minutos haviam passado…

O loiro esperou com que a garota dormisse, ou ele achava que ela estava dormindo, mas mesmo assim ele se levantou

    ⁃    Plagg- ele sussurrou

    ⁃    Hum

    ⁃    Transformar - O kwami foi "puxado" para dentro do anel dando origem ao Chat Noir, que saiu pela janela e se sentou no telhado 

Ele observava as estrelas pensativo, e no quarto, a garota também pensava

" Porque ele se transformou? Porque saiu daqui...?"

A curiosidade tomou conta dela, que também se transformou e foi ao telhado a procura do garoto 

    ⁃    Chat?

    ⁃    L-LadyBug? O que você tá fazendo aqui?

    ⁃    A questão é, o que VOCÊ tá fazendo aqui!

    ⁃    Eu só estou pensando, e é sempre bom olhar as estrelas, então eu estou aqui

    ⁃    E o que seria o motivo desses pensamentos…?

    ⁃    Um garoto idiota

    ⁃    Ele fez alguma coisa ruim?

    ⁃    Não, imagina, só estou apaixonado - Ele disse SARCASTICAMENTE, fazendo  a garota rir 

    ⁃    O que você está pensando em fazer com esse garoto? 

    ⁃    Acho que vou pregar uma peça.......

    ⁃    Não faça nenhuma idiotice

    ⁃    Só se você me ajudar 

    ⁃    Tá bom - Ela disse meio entediada

    ⁃    Vamos My Lady, animo, me segue

Ele fez ela ir até a cidade o seguindo 

    ⁃    Porque estamos aqui? 

    ⁃    Eu tive a ideia perfeita, só em ajuda a achar uma loja ainda aberta - Ele olhava para todos os lados - Tinha certeza que alguma dessas ficava aberta o dia todo........ Ali! Vem! 


Ela não discutiu, apenas foi com ele até a loja

    ⁃    O que a gente vai fazer aqui..... Numa farmácia?

    ⁃    Me ajuda a achar tinta rosa

    ⁃    Não vai ter aqui 

    ⁃    Pra cabelo......

    ⁃    Não me diz que você vai.....

    ⁃    Shiiu - No mesmo momento uma atendente apareceu 

    ⁃    Com licença, precisam de ajuda..... - Ela quase travou as falas quando percebeu que estava falando com LadyBug e Chat Noir - O-o que vocês estão fazendo aqui?!?

    ⁃    É simples, tem tinta de cabelo rosa ou de uma cor estranha aqui? 

    ⁃    Bom, não temos rosa, nem uma "cor estranha" mas tem roxo claro, serve? 

    ⁃    Serve....

A mulher deu a tinta a eles

    ⁃    Vai pagar como?

    ⁃    Você pode fazer um favor?

    ⁃    Depende, "Senhor Chat Noir" 

    ⁃    Conhece o Josh?

    ⁃    Nessa cidade pequena só tem um Josh, então sim conheço, ele faz compras aqui

    ⁃    Deixa isso na conta dele

    ⁃    Sem problemas - Ela anotou alguma coisa no computador- Podem ir, obrigado!

    ⁃    De nada

(N/A: A LadyBug não disse simplesmente nada na loja depois que a mulher apareceu, só ficou vendo o que ele ia fazer 

Eles então voltaram a fazenda rapidamente 

    ⁃    Chat o que você vai fazer com  isso?

    ⁃    Você vai ver....... Mas você consegue ver se isso vai fazer efeito rápido, por favor?

    ⁃    Tá...... - Ela pegou a caixa de tinta das mãos dele e analisou o rótulo 

    ⁃    Sim, é de efeito rápido, porque? 

    ⁃    Assim tem mais chances de dar certo - Ele sorriu - Agora a gente vai procurar umas coisinhas...... 


Novamente, ele a levou a um lugar, dessa vez era um banheiro 

    ⁃    Temos que procurar um shampoo diferente, o Josh não gosta de usar coisas simples........ 

    ⁃    Esse aqui? - A "joaninha" disse apontando para um frasco de shampoo preto, com alguns desenhos, e muitas coisas escritas

    ⁃    Com certeza esse, agora é só por a tinta aí dentro 

    ⁃    Você vai por toda a tinta?

    ⁃    Eu achei que você não ia gostar da ideia.....

    ⁃    Achou errado, eu estou afim de rir um pouco hoje....

    ⁃    Mas só vamos ver no que deu amanhã, ele toma banho quando acorda também, então no café da manhã já vamos ver nossa obra de arte

    ⁃    Se fosse com você nem íamos precisar esperar, já que você é o senhor supremo dos banhos

    ⁃    Nem vou falar nada…

Eles despejaram metade do conteúdo da caixinha de tinta dentro do frasco, deram um jeito de "eliminar" a caixa da tinta, para não deixar provas, e voltaram ao quarto 

Assim que desfizeram a transformação, os kwamis caíram sobre suas mãos, exaustos, já estava ficando tarde, pelo menos para eles 

    ⁃    Adrien, coloca eles aí no armário, a gente tem que dormir, se virem a gente acordado, mesmo que não tenha problema, depois podem achar que fomos nós que colocamos tinta no shampoo do Josh 

    ⁃    Mas fomos nós! 

    ⁃    Ninguém precisa saber disso, gatinho - Ela o deu um beijo curto, e se deitou na cama - Boa noite!

    ⁃    Boa noite, Princesa!

 


Se alguém estivesse acordado poderia dizer que a noite demorou para acabar, mas para quem estava dormindo, as longas horas foram como cinco minutos, ou até menos, não muito cedo, alguns raios de sol entraram pela janela do quarto, acordando, de algum jeito, os dois ao mesmo tempo

    ⁃    Bom dia - A garota bocejou se levantando

    ⁃    Pra você também - Ele também se levantou

Assim que ela já tinha escovado os dentes, arrumado os cabelos e se trocado, ela foi até a cozinha para o café da manhã, depois de um tempo, Adrien também desceu até lá, também para o café da manhã, e se sentou ao lado dela 

    ⁃    A qualquer momento vamos ver nossa obra de arte - Ele sussurrou para ela - Eu passei em frente ao quarto dele e não tinha ninguém, com certeza ele já está no banho- A garota riu ao imaginar Josh de cabelos roxos 

Como se fosse combinado, Alya e Nino entraram na cozinha ao mesmo tempo 

    ⁃    Bom dia gente - Disse o moreno

    ⁃    Bom dia - O resto, até Alya que também havia acabado de chegar, respondeu 

    ⁃    Dormiram bem? - Dessa vez quem perguntou foi Adrien

    ⁃    Sim - O casal respondeu quase ao mesmo tempo 

    ⁃    Eu também dormi bem! - Outra pessoa havia entrado na "conversa", Josh

Ele havia acabado de entrar na cozinha, já respondendo às perguntas que não eram destinadas a ele, fazendo assim todos o olharem, mas tiveram uma surpresa ao ver seus cabelos... Algumas partes preto, outras roxas, e em algumas era uma mistura das duas cores de fato estranha. Todos eles deixaram pequenas risadas escapar 


    ⁃    Tão rindo do que? - Ele pareceu pensativo - Ah! Esqueci de pentear o cabelo, já volto gente

Ele saiu, quando ouviram a porta do quarto dele se fechando (N/A: mesmo de longe dava pra ouvir) foi como se seus cérebros contassem até 3 


1


2


3


    ⁃    MAS O QUEEEEEEEEEEEEEEE


Eles riram muito, principalmente Marinette e Adrien 


    ⁃    Meu deus, alguém sabe porque ele tá assim? - A morena perguntou entre risos 

    ⁃    Não - Eles responderam juntos


Mas isso não queria dizer que era verdade…

 

 

 

CONTINUA…

(N/A: Olha não me matem se ficou pequeno, por favor! Só que se ficar pequeno, eu dou uma editada e escrevo mais, então fiquem atentos.......)

(N/A: tá com certeza eu vou editar....)

 

(N/A: Agora que eu postei eu percebi que o tamanho tá variável, da pra viver assim) 

 


Notas Finais


Olaaaaaaaa

Fiquem espertos, eu, uma hora ou outra vou editar esse capítulo e talvez adicionar alguma coisa, então prestem atenção no aviso abaixo, assim vão saber se eu editei

Editado :
Não Editado : ✔️

~ESSA SOU EU DO FUTURO:

GENTE, eu achava que ia ficar pequeno, só que o tamanho tá bom, então eu não vou editar :v

Só se alguma coisa bem ruim acontecer...... mas não aconteceu nada


NÃO VOU EDITAR: ✔️✔️✔️✔️✔️✔️✔️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...