História De luz e de sombras


Escrita por: ~


Sinopse:
- Imagine-se no lugar dele. – pediu Luke – Imagine-se vivendo uma meia vida, vigiando a quem criou, assistindo-lhe as atrocidades e fazendo o possível para evitá-las. Imagine o que é passar mais de dez anos numa prisão da qual possui a chave de saída, sabendo que nunca poderá abrir a porta e ser livre. Imagine que construiu o próprio encarceramento para não apenas evitar ser um instrumento do Lado Sombrio, mas também para combatê-lo.

nota da autora:

Olá! Fico muito feliz em recebê-los na história que estou escrevendo.

Desde que vi O Despertar da Força, imaginei um relacionamento amoroso entre Ben/Kylo e Rey. Percebi a dualidade de Ben/Kylo e um universo ali a ser explorado, universo este que envolverá Rey. Contudo, desejava fazer algo diferente quanto a esse relacionamento e aqui está a história.

Confesso que, à medida que escrevia (ela ainda está em andamento), a construção da dualidade Ben Solo / Kylo Ren ganhou grandes proporções e me apaixonei por essa dicotomia. Esse argumento reluz na história, o que deu o viés diferente que buscava.

Então, este escrito tem como foco a história de Ben Solo, a formação de Kylo Ren, o relacionamento com Rey, tendo como fundo o plano obscuro de Snoke.

É uma história de teor sombrio e intimista, de trama psicológica, de tom maduro. Tem violência.

É uma história Star Wars em um universo para maiores de 18 anos.

Existirão dois fluxos temporais: o presente (após os eventos de O Despertar da Força) e o passado (série Prelúdio), o qual se dedicará aos acontecimentos ocorridos antes e após o nascimento de Rey, finalizando com seu abandono em Jakku

Luke, Ben, Kylo e Rey são as personagens principais.
(Sim, isso mesmo... Ben e Kylo como pessoas diferentes)
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 4.010
Favoritos 40
Comentários 119
Listas de Leitura 2
Palavras 147.046
Terminada Não
Categorias Star Wars
Personagens Han Solo, Kylo Ren, Leia Organa, Luke Skywalker, Obi-Wan Kenobi, Personagens Originais, Rey
Tags Ben, Darkside, Força, Hansolo, Jedi, Kyloren, Ladoluminoso, Ladosombrio, Leia, Lore Layl Ren, Luke, Novela, Rey, Romance, Sith, Skywalker, Snoke, Starwars, Tramapsicológica, Vader

Fanfic / Fanfiction De luz e de sombras
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Prólogo
2
340
840
 
2.
Ben e Kylo
2
244
1.771
 
3.
Prelúdio - parte I
3
195
2.385
 
4.
Rachaduras nas sombras
3
190
2.031
 
5.
Rachaduras na luz
2
185
3.936
 
6.
Monstro
4
179
3.132
 
7.
O príncipe sombrio de um mundo perdido
5
198
3.411
 
8.
Prelúdio - parte II: Em família
4
166
4.280
 
9.
Castelos de areia de um reino perdido
4
177
3.964
 
10.
Prelúdio III : Inevitável
3
156
4.667
 
11.
Noite escura da alma
4
198
4.159
 
12.
Sob os desígnios da Força
5
149
4.178
 
13.
Prelúdio IV: Casa de Ren - Lore Layl
4
167
4.147
 
14.
Prelúdio V: Lore
4
103
8.039
 
15.
Prelúdio VI:Tão perto
4
101
4.340
 
16.
Prelúdio VII: Fim da inocência
4
82
7.230
 
17.
Prelúdio VIII: Luke e Lore - parte 1
4
61
3.661
 
18.
Prelúdio IX - Luke e Lore - parte 2
4
88
5.351
 
19.
Prelúdio X: Equilíbrio
4
92
2.385
 
20.
Prelúdio XI: À beira dos acontecimentos
5
103
5.528
 
21.
Prelúdio XII - Conspiração
3
77
5.474
 
22.
Prelúdio XIII - De frente com o destino
5
121
6.465
 
23.
Prelúdio XIV - Sacrifício
5
104
8.246
 
24.
Prelúdio XV - Juntos
4
122
4.652
 
25.
Prelúdio XVI - O menino das sombras
5
93
8.227
 
26.
Prelúdio XVII: Meia-luz
4
87
5.947
 
27.
Prelúdio XVIII : O último dia
4
65
7.979
 
28.
Prelúdio XIX: Uma vida para a eternidade
6
82
5.154
 
29.
Prelúdio XX: Jedi
4
38
9.361
 
30.
Prelúdio XXI: Surge Kylo Ren
5
47
6.106

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~zephirat
Capítulo 30 - Prelúdio XXI: Surge Kylo Ren
Usuário: ~zephirat
Usuário
Oi amiga Bianca!
Um capítulo lido quase como um poema. As pausas aconteceram para respeitar a pontuação e permitir-nos respirar, permitir-nos sobretudo... sentir.
Confesso que me emocionei. Muito... Mas já lá vamos.
Cena de abertura a contar-nos, como num prólogo, o que iríamos encontrar no fim, uma inauguração grandiosa, visceral, fortíssima do personagem mais amado/odiado desta nova trilogia Star Wars, tão bem representado, com tanto carismo e apelo, que é mesmo assim que o percebemos depois de travar conhecimento com ele: amando e/ou odiando. Kylo Ren.
Por momentos acreditei que era Ben, que não era o duplo. A criança estava tão segura na sua entrega ao caminho das sombras que estamos a ler e a movimentar a cabeça em negação porque vemos que ele caminha para a armadilha perfeita de Snoke. A transformar-se num instrumento do Mal pela ausência de amor.
A prova de Snoke, incutindo na mente de Ben todo o sofrimento universal, a morte e a ausência, o gelo do nada, foi divina. De uma perfeição inigualável.
O dicurso de Snoke está muito coerente, mostrando a face escura que ele conhece e tudo faz uma certa lógica, uma estranha lógica.
Snoke aceitou aquele aprendiz, aceitou aquele mundo cinza-escuro, aceitou aquele pedaço de gente para moldar a seu contento. Magnífica cena.
Destaco a frase "... como um príncipe exilado que retornava às suas terras.". Muito bonito!
Depois temos Ben com Luke, o menino assustado, o menino "verdadeiro" a irromper do mundo mental onde Snoke se fez prisioneiro por causa da sua ambição, orgulho e cegueira pelo poder. O medo de Ben de falhar na manutenção do duplo, no logro de Snoke deu-nos a dimensão real e pesada da responsabilidade dele no drama que acontecerá anos mais tarde. Fica a dúvida, e esta é sempre a minha dúvida, se o faz por convicção própria, se por convicção alheia. Se por remorso, se por vontade de triunfar. Vejo Ellin no centro das decisões, de Luke e de Ben, o ponto fulcral de tudo o que irá seguir-se. Para além de Snoke que quer dominar a galáxia, existe ela que irá servir de contrapeso a todos os exageros.
Precisamos absolutamente de ter uma Rey a enfrentar estes grandes dilemas e problemas. Agora que conhece todos os contornos da verdade, os desafios que lhe estão expostos, agora que sabe que ela tem o papel principal no reequilíbrio da galáxia - o que fará? Não quero que ela faça como Snoke previu, que também ela vai odiar Ben/Kylo. Quero que ela seja diferente e imprevisível, para que a amemos mais ainda do que a Kylo Ren tenebroso.
Por fim, a derradeira cena - magistral! Foi aqui que senti um nó na garganta, que fui incapaz de engolir.
Porque não houve preparação ou antecipação, não aconteceu a tal construção, degrau por degrau, dos anos que se seguiram depois do embrião de Kylo ren ter sido entregue a Snoke para cuidá-lo, nutri-lo e fazê-lo crescer (que irás revelar na sidestory, aplausos para a ideia).
Antes temos Ellin a balbuciar palavras infantes nos braços do pai, a seguir, corte abrupto, temos o seu abandono em Jakku, as suas perguntas, a sua resignação de cordeiro a dirigir-se para o altar que a irá sacrificar por longos anos de solidão e de espera.
Foi de cortar o coração. A decisão de Ben de se recolher, o que existe escrito nas entrelinhas, aperta-se-nos a alma e encolhemo-nos perante o sofrimento necessário para derrotar o Mal.
E Kylo! O ato de decepar a cabeça do cavaleiro desrespeitoso foi um excelente gesto para recuperar o que já tínhamos antes lido sobre ele (nesta história) e que se coaduna perfeitamente com a sua personalidade - Kylo Ren é perigoso, impulsivo, mau e extraordinário. Para a maldade não existem tons cinzentos. Para a maldade existe a ação crua e irreversível.
Desta vez saciei-me fartamente no pote. Que leitura maravilhosa!
Beijo grande!
Postado por ~zephirat
Capítulo 24 - Prelúdio XV - Juntos
Usuário: ~zephirat
Usuário
Oi Bianca!
Este capítulo não pode, nem deve, nem sequer ousaria a heresia, condensar-se numa só palavra.
Se maravilha nos assalta o espírito logo que acabamos de o ler, emotivo e comovente também se aplica a esta viagem pela palavra escrita que foi de uma candura inigualável.
A escolher uma única palavra e se a tal obrigado fosse, escolheria, de certeza, amor.
Pois existe aqui amor, em vários conceitos. Amor pela vida - quando Luke passeia pela Paideia deserta, lamentando o deserto que se transformou um lugar que antes estava cheio de gente. Amor pela família - quando Luke se recorda das lágrimas de Ben, dos dias de vigília à cabeceira do sobrinho ferido, doente e exausto. Amor próprio - aquele gostar que é necessário para estarmos de bem com o mundo e não orgulho cego, o amor que devemos a nós próprios quando Luke exercita-se com o sabre mas já sem a ligação úncia com a Força. Amor transcendente - quando Luke se define enamorado da mulher mais bela e especial que entrara na sua vida. Amor físico - quando estamos perante o ato carnal de Luke e Lore a fazer amor. Amor filial - descrito na expressão de assombro e esperança quando Lore se apercebe que será mãe da filha de Luke.
O capítulo decorre muito naturalmente, flui tão livremente como a Força perpassa por aqueles que lhe são sensíveis. Temos Luke sozinho e decidido a afastar, para sempre, essa solidão. E está nas condições ideais para avançar para essa etapa nova da sua vida, diferente das aventuras que aconteceram durante a guerra civil que acabou com o derrube do Império Galáctico.
O teu Luke deste capítulo é um homem, por inteiro, perfeitamente consciente do seu papel no Universo, conheceu mistérios e sacrifícios, continua abnegado, responsável, poderoso, aceita a vdia como ela se lhe apresenta, com todas as virtudes e defeitos.
Lore é a companheira destinada ao teu Luke. Um amparo, uma mulher forte.
Que grande casal que eles aqui formam!
Pena que as Parcas já urdiram a tapeçaria maldita, pois nós conhecemos a história da Rey, ou pelo menos parte dela, da órfã de Jakku que Snoke pretende para si, com quem Kylo ren sonha, que Ben Solo protege e Luke Skywalker treina.
Capítulo maravilhoso! Perfeito.
Parabéns, senhora escritora.
Beijo grande!
Postado por ~ReySkywalkerFN2
Capítulo 22 - Prelúdio XIII - De frente com o destino
Usuário: ~ReySkywalkerFN2
Usuário
Nossa eu descobri essa fic antes de ontem e é a melhor que eu já vi sinceramente! Parabéns! De todas as fics que eu já li essa é a que foi melhor construída, e você conseguiu uma proeza maravilhosa para me fazer amar o Ben, ele sem dúvida é o meu personagem favorito. Eu sempre amei e odiei o Kylo Ren do Episódio VII, porque eu não tenho ideia do porque um filho do Han e Leia e sobrinho do Luke iria trair todo mundo e ir para o lado sombrio. Mas você me fez olhar o outro lado da moeda, já que a Leia e o Han meio que ''abandonaram'' ele, e eu acabei ficando com pena do pequeno Ben que tem uma personalidade muito forte e doce ao mesmo tempo . O mais legal ainda é que a sua história tem elementos que poderiam muito bem ser da história original de SW. Você por acaso leu Bloodline (o novo livro d SW)?
Espero somente que tudo acabe bem na sua história, e estou muito ansiosa pela continuação <3
Parabéns pelo ótimo trabalho! Você podia ser a roteirista do próximo filme kkk
Postado por ~Dobereiner
Capítulo 15 - Prelúdio VI:Tão perto
Usuário: ~Dobereiner
Usuário
Oi Bianca!
Bom, primeiramente, a música tema de Lore e Luke é linda! E combina com todo o contexto que nos foi mostrado até agora. A luta interna de Lore com as vozes a atormentam, a rispidez e a verdade sem véu que habitam em suas palavras. Sua beleza, sua força... sua bondade.
Este é o eleito! Meu capítulo preferido até o momento. Parabéns pelos diálogos inteligentes, da fidelidade aos personagens e seus respectivos papeis dentro desta história.
Aqui nos é mostrado muito sobre Lore e o que fora sua terrível vida, mas esperarei pelo próximo.

Ficou maravilhoso!

Beijos, amiga.
Postado por ~Anonima11
Capítulo 14 - Prelúdio V: Lore
Usuário: ~Anonima11
Usuário
Sensacional!!
Realmente, como você escreve bem !!
Mais de 8 mil palavras e eu ainda fiquei com gostinho de quero mais. A trajetória de Lore não me parece tão suave quanto eu pensava, até mesmo com os pais a vida dela não era tão legal assim...
Estou muito ansiosa pra continuação, esperar até Janeiro foi um desafio muito bem recompensado. Parabéns pelo seu trabalho excelente!!
:D