História O Despertar (KakaSaku) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Kakashi Hatake, Sakura Haruno
Tags Kakasaku, Kakashi, Naruto, Romance, Sakura
Visualizações 247
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Fica


Fanfic / Fanfiction O Despertar (KakaSaku) - Capítulo 4 - Fica

Sakura praticamente engoliu todo seu jantar, alheia a qualquer coisa que não fosse Kakashi a esperando em seu quarto. Ele estava ali e se não fosse por sua mãe, de novo, ela não sabia o que poderia ter acontecido entre eles. Ela sabia o quanto desejava seu Sensei, mas ter uma resposta dele era algo novo. E aquilo era bom. Saber que Kakashi a queria da mesma forma que ela era algo reconfortante. Algo que nunca antes havia experimentado. Sasuke nunca havia demonstrado nenhum tipo de sentimento por ela, a não ser desprezo e no entanto, ali estava seu Sensei, correspondendo-a.

Empurrou o prato a sua frente, chamando atenção de seus pais enquanto levantava da mesa.

_Sakura você quase não tocou na comida – Mebuki observou.

A kunoichi balançou a cabeça. Não gostava de mentir, mas precisava. Não podia contar que toda aquela ansiedade se devia ao fato de que o Hokage estava em seu quarto.

_ O dia foi cansativo, mãe. Não estou com muita fome.

_Deixe a menina descansar, Mebuki. A vida no hospital não é fácil.

Sakura sorriu para seu pai, carinhosamente.

_ Se é assim, vai dormir um pouco.

A menina assentiu para sua mãe, sorrindo também. Correu para seu quarto, subindo os degraus de dois em dois e ao abrir a porta teve que abafar um gritinho, quando Kakashi a surpreendeu quase como se soubesse que estava chegando.

_ Você me assustou.

_Não sabia que era tão feio assim.

Kakashi sorriu por cima da máscara, seus contornos delineados pelo tecido. Sakura observou,  lembrando-se do sonho que tivera há poucos dias. Não. Ele não era feio. Não tinha como ser.

_Não posso saber, não é mesmo Sensei? Não me deixa ver seu rosto.

O prateado deu de ombros, puxando a menina pelo braço até a cama, sentando ao seu lado. Fixou seus olhos em um porta retrato em cima do criado mudo e pegou o objeto, sorrindo.

_ Você também a tem.

Sakura sabia do que ele estava falando. E sabia da importância que aquilo tinha para ambos. Viu quando ele fechou os olhos, se lembrando por um momento dos velhos tempos. Segurava a foto com o antigo time sete com firmeza, antes de abrir os olhos e encarar a rosada novamente.

_ Naruto também tem e acredito que Sasuke também a tenha, seja lá onde ele estiver – ela disse, pesarosa – Foi uma época importante na vida dele, apesar de tudo. Sinto saudades desse tempo.

Kakashi colocou a fotografia no lugar, se aproximando de Sakura tomando as mãos da menina nas suas.

_ Eu também. Mas de uma forma diferente.

_ Como assim?

Ele sorriu, balançando a cabeça. Parecia nervoso.

_ Veja bem, naquela época vocês eram muito crianças. Agora não, estão maduros. Sabem o que querem e lutam por isso. Além do mais, naquela época eu não podia fazer isso.

Sakura viu quando ele aproximou o rosto para beijá-la, ainda de máscara, e fechou os olhos aguardando o toque suave dos lábios dele nos seus. Fechou os olhos, os lábios entreabertos. E quando finalmente as bocas se encontraram, parecia tão natural como se aquela fosse a coisa mais certa do mundo. Estar com ele era certo. Pousou a mão na borda da máscara de Kakashi, enquanto as mãos do homem permaneciam firmes em sua cintura.

_ Eu posso? – Perguntou, ainda de olhos fechados.

Sentiu as mãos de Kakashi a apertarem mais contra seu corpo, sentindo seu calor reconfortante.

_ Abra os olhos, Sakura. Eu quero que me veja.

Ele estava sussurrando, mas Sakura ouviu o que ele disse e obedeceu. Os olhos verdes encontraram os negros e pouco a pouco o tecido escorregava pelo rosto de Kakashi, revelando seus traços finos. Seu rosto era delicado, o nariz reto e levemente arrebitado, a boca vermelha com lábios finos implorava para ser beijada. Possuía uma pinta no canto esquerdo da boca que lhe dava um charme especial.

A menina sentia seu coração preso em sua garganta, a medida que o resto do tecido fino era arrancado. Ele era realmente maravilhoso. Não como em seu sonho, mas definitivamente melhor. Kakashi tinha uma beleza que Sakura não conseguia descrever e saber que ele estava ali, tão entregue ao momento,  fez com que ela o puxasse para si e num impulso tomou seus lábios nos seus, dessa vez os sentindo em sua plenitude.

O beijo, de início sofrego, ficava mais ardente a medida que Kakashi intensificava os movimentos, a língua dele descobrindo cada centímetro da dela. Sakura agarrou os cabelos da nuca do prateado, puxando seu corpo até que ambos estivessem colados um no outro, separados por finas camadas de roupa.

Kakashi ainda a estava beijando enquanto Sakura tentava abrir o super de seu colete. Precisava daquele homem e não queria esperar nem mais um segundo.

_ Sakura, espere.

A menina abriu olhos confusa, observando o Hokage se afastar tanto quanto podia.

_ O que houve? Você não quer?

A ideia de estar sendo rejeitada por Kakashi assim como fora por Sasuke a estava sufocando e por mais que estivesse tentando conter, Sakura sentiu as lágrimas quentes começarem a molhar seu rosto.

Kakashi se aproximou da menina, acariciando seu rosto levemente.

_ Sakura por favor, não chore – disse baixinho enquanto a envolvia em um abraço – É claro que eu quero você. Muito. Mas não aqui e não agora. Você precisa de um tempo para pensar nisso. Se é realmente a mim que você quer para isso.  Depois que acontecer não tem volta. Além disso, não quero que se entregue a mim com seus pensamentos ainda voltados para o Sasuke. Quando eu a tiver, a quero por completo.

Sakura ouvia com atenção ainda abraçada ao homem. Sabia que ele estava certo e ela não devia apressar as coisas.

_ Não é no Sasuke que eu tenho pensado todas essas noites desde que te encontrei naquela praça. Mas eu entendo Sensei, vou respeitar o seu tempo.

Kakashi a beijou de leve nos lábios e sorriu. Lindo, Sakura concluiu ao observar os caninos proeminentes em sua boca.

_ Eu não quero apenas o seu corpo, Sakura. Lembre sempre disso.

Sakura assentiu, aconchegando-se no corpo de Kakashi, deitando em seu peito.

_ Fica comigo hoje? Por favor...

O prateado olhou dentro dos olhos de Sakura e assentiu. Era impossível negar alguma a ela e além disso, mesmo que quisesse não teria forças para se separar dela agora.

_ Ficarei até quando você quiser, minha menina.

Dito isso, Kakashi colocou seus lábios nos da menina, dessa vez em um beijo suave e apaixonado, acariciando os cabelos rosas de Sakura até que ela pegasse no sono.

_ Eu amo você.


Notas Finais


Eu sei que demorou um pouco e peço desculpas por isso. Minha vida estava muito corrida esses dias e eu realmente não tive tempo. Espero que gostem desse tanto quanto os outros, mesmo sendo curtinho. Obrigada pelos favoritos e comentários, vocês fazem com que eu tenha ainda mais vontade de escrever.
Até a próxima :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...