História O Destino - (Chanbaek) (VkookTaekook) (ABO) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Got7, Red Velvet
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, G-Dragon, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Kai, Lay, Lisa, Lu Han, Mark, Rap Monster, Rosé, Sehun, Seulgi, Seungri, Suga, Suho, T.O.P, V, Wendy, Xiumin, Yeri
Tags Abo, Alfa, Baekhyun, Beta, Blackpink, Bts, Chanbaek, Chanyeol, Exo, Got7, Hunhan, Jennie, Jisoo, Jungkook, Lisa, Ômega, Red Velvet, Rose, Taekook, Vkook, Yoonmin
Visualizações 223
Palavras 1.587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Festa, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Finalmente!!! Estou aqui com um capítulo.pequeno mas é um capítulo!

Ah e no capítulo anterior quando tava sendo contada a história da festa do Baek era o momento em que o Baekhyun tava contando pros meninos o que ocorreu

É isso Espero que gostem.

Capítulo 10 - Capítulo 10


Pov Tia dos pão de queijo ( Off: Ou seja eu a autora ) 

- E-e.. D-depois - Seus pequenos olhos já estavam marejados. Lembrar desta história fazia seu peito doer de angustia , raiva e tristeza. Baekhyun nunca perdoará seu pai.

-Nao precisa falar mais nada - Chanyeol diz limpando a lágrima que havia caído de seus olhos - Mas agora.. Vamos até a sua casa, o Tae pode estar em apuros.

- sim, vamos. - Dito isso Chanyeol da partida e segue o caminho até a antiga morada de Baekhyun. Não era um local sofisticado, mas também não era das piores condições. Era a Classe média de Seoul.Havia roubos?Havia, mas não em excesso. 

O Park para o carro alguns metros antes da casa e os três descem do carro.

- Precisamos pensar em como vamos entrar lá! - Diz o pequeno Byun com um semblante pensativo. 

- já sei! Eu entro pelos fundos, o Chanyeol distrai os seguranças da frente ( Off: Havia 2 seguranças na entrada principal é 1 nos fundos ) e você entra assim que conseguir. E nos encontramos na sala da casa.- Dita Jungkook sério 

- Ok - Os mais novos concordam e se posicionam. Jungkook vai para os fundos e Chanyeol segue até os seguranças.

Pov Chanyeol

Caminho até a porta do local e tento me aproximar. Mas sou barrado por um segurança que aparentava ser mais velho do que eu, e parecia ser também um Alfa.

- Hey , aonde pensa que vai garoto? Isso não é creche para você vir -Diz com a cara sem expressão.

- Vim a mandado do senhor Byun - Digo e abro um sorriso de lado.

- S/N Pergunte ao senhor Byun se ele espera alguém por gentileza - Diz e o menor se retira fazendo a atenção do homem se virar para mim.- E você espere aqui.- Apenas assento e espero um pouco. vejo-o se distrair com o celular e então chuto suas partes o fazendo gemer de dor. Fecho o punho e soco sua cara. Uma, duas , três , seis vezes. largo-o e o mesmo cai desacordado no chão. 

olho de relance para Baekhyun que ja caminhava ate o meu encontro.

- Bom trabalho dumbo - diz mostrando o seu eyesmile.

- Obrigado anão. 

Pov Jungkook On

Caminho ate uma árvore que ali tinha e olho para o guarda que ali tava. Ele tremia e parecia não saber o que fazia direito. Ok, se ele não souber mesmo eu realmente dei sorte. Saio dos meus pensamentos e caminho até o guarda.

- Ola , senhor - Digo o encarando.

- O-oque v-voce quer ? - 

- Desejo falar o senhor byun ,  meu pai precisa dos serviços dele. - Digo com um certo nojo do que disse.  Mesmo sento atuação.

- EE-esta bem - diz e me da espaço para que eu entre. Caralho foi mesmo fácil. Entro e caminho ate o que diria ser a sala. Estava tudo bagunçado. Coisas quebradas e garrafas de cerveja em todo o canto. Olho para o porta de entrada e vejo que a mesma ia se abrir. Me escondo debaixo da mesa que ali tinha e vejo um homem( que julgaria ser um Alfa ) passar.

continuo debaixo da mesa pois ele poderia voltar. Espero que eles nao demorem. Começo a pensar tudo que eu fiz desde que os omegas chegaram.

Ajudei o Baekhyun quando ele apanhou do alfa doido.

Nao deixei o Tae ser estuprado 

corri como nunca para comprar supressores para ele. 

Nao deixei meu lobo tomar conta de mim e nao fiz sexo com ele.

estou me arriscando para salva-lo.

Okay... O QUE ESTA ACONTECENDO COMIGO ?! Eu nunca fiz isso com ninguém. So fiz com a... Nao! Nao lembre-se dela! Ela nao te merece. 

Saio dos meus devaneios quando ouço a porta ser aberta e vejo passar por ela meu irmão e seu omega. Saio debaixo da mesa e vou ate o encontro deles.

- Tenhem Uma​ ideia de onde o Tae possa estar? - Pergunto quebrando o silêncio que ali estava.

- Eu acho que ele esta no porão- Ele diz e começa a andar ate a escada. - Me sigam ! - E assim o Fazemos, andamos um pouco e quando Baekhyun esta prestes a abrir a porta ouvimos uma voz.

-Ora , ora! Temos convidados - Nos viramos e dou de cara com um homem alto de cabelos grisalhos, um  pouco gordo e de nariz pequeno ( Off: To sem muita criatividade :c ) , pelo seu cheiro deve ser um alfa.

- aonde esta o Tae ? - Ouço Baek falar e depois seu pai rir - O que foi ? Por algum acaso falo alguma piada? - Disse se exaltando. 

Em um piscar de olhos vejo baekhyun sendo preensado na parede por seu pai.

- Nao fale alto comigo seu vagabundo - Quando ele termina a frase vejo Chanyeol dar-lhe um soco e puxar Baek para si.

- NÃO FALE ASSIM DELE! - Aish , o Chanyeol já se apaixonou.

- Hum.. Defendendo ele.. quando ele te pagou Ein Baekhyun ? - Vi que Chanyeol ia pular na cara do pai dos meninos e tratei de segura-lo.

- Vou considerar o fato de você ser um garoto e não irei te matar agora - Diz sacando uma arma. Aí meu cu , vou morrer agora. - Quero 1 milhão pelo Taehyung.- Diz abrindo um sorriso ladino. Okay , 1 MILHÃO? TAQUEOPARIU.

- mas você o vendou ele para o meu pai! - digo e o vejo sorrir mais ainda. 

- Bom, o preço não foi bem visto. Aquele deveria ter sido vendido por mais. já vou aquelas coxas ? - Sinto meu sangue ferver , e a vontade de mata-lo sobe ainda mais. Mas mesmo assim me contro-lo - E você também Baekhyun, Sinto saudade daquele dia , ah , o melhor aniversário de eu já fui - diz e sorri malicioso. Já disse que ele é um otário?

- VOCE É UM VERME! - Baekhyun diz e seus olhos começam a marejar porem nenhuma lagrima cai

- Bom, ja disse o que tinha que dizer , ja podem sair. E se não sairem o vosso amigo ira sofrer.- Diz e se retira.

OK, agora preciso pensar em como resgatar o Tae. Pensa...

 Pensa...

Pensa...

JA SEI PORRA!

O appa do sehun!

- vamos , já tenho uma ideia - Digo e saio correndo para fora daquela casa. Assim que me afasto e vejo que os dois estão ao meu lado pego o celular e disco o número da porta.

Ligação ON.

- A-alo ? - Ouço alguém atender e vejo que não era o sehun.. mas sim o.. Lu Han ?!

- Lu Han ? O que faz com o telefone do Sehun? - Pergunto curioso me desfiando do foco por alguns momentos.

- Longa historia... Mas conta o que quer?

-[...] - conto  toda a história ao Lu Han e peço para ele chamar o sehun. Depois de ouvir alguns resmungos ouço a voz do Sehun 

- Que foi ? - Ai , que querido nem falou mais sei do que um deserto.

- [...] - Conto a história resumidamente e peço para ele falar com o pai já que o mesmo é delegado é poderia nos ajudar.

- Claro que falo! daqui a pouco estou aí! Tchau - Ouço e me despeço desligando a chamada em seguida.

Realmente precisamos da ajuda do pai de Oh Sehun.

Pov Lu Han On.

Assim que vejo a chamada ser finalizada vejo sehun se levantar rápido e pegar suas roupas no chão se trocando.

- O que aconteceu?

- Vou pedir pro meu pai ajudar eles já que ele é delegado - Diz e me surpreendo , não sabia que o pai dele era delegado. 

- OK, vou me arrumar também. - Digo e me levanto indo até o armário.

- Mas você ainda tá no cio! - Oownt o Mozão se preocupa comigo.

- fique tranquilo tenho remédios que iram ajudar nesse problema - Digo e dou lhe um selinho indo até o banheiro me trocando rápido.

Espero que o Tae fique bem.

Pov TaeTae On.

Acordo e vejo que estou em um porão. Pera, eu já vi esse local.. É o porão da minha casa! Olho a volta e tento me levantar mas vejo que estou preso em correntes.

A porta é aberta e vejo meu pai aparecer naquele porão.

- Que bom que acordou, eu trouxe comida - Disse e jogou o prato perto de mim. Aish , agora que eu me lembrei.. o cio, a briga com o Baek, o sequestro.. - Ah, fique tranquilo dei-te um supressor , mas no próximo ataque iremos passar juntos - Diz sorrindo e vindo até a minha direção reiterando as correntes mas colocando nos meus pés e em seguida  sai do quarto. Mano, quanto tempo eu ja estou aqui? ( off: nessa sua visão umas 2 horas mais ou menos)

Depois da minha refeição fico brincando com os meus dedos até ouvir vozes familiares. Meu Deus os meninos vieram me salvar! Abro um sorriso e espero a sala ser aberta e entrar por ali um deles. Mas minhas esperanças vão abaixo quando vejo meu pai entrar por aquela porta

- Ja cansei de esperar, vou te fuder agora! - Fuder? isso não é quando as pessoas se amam e fazem isso ? Porque ele quer fazer isso comigo?

Aaaah , Baek me ajuda logo!

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Nada a declarar.
Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...