História O destino do deus da morte - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Tags Violencia
Visualizações 5
Palavras 692
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Fantasia, Luta, Mistério, Saga, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Essa é minha primeira fanfic já fiz várias histórias e logo decidir publicar algumas, mas sempre com os personagens de Saint seiya, sim amo o thanatos *-*

Capítulo 1 - O destino da morte


Fanfic / Fanfiction O destino do deus da morte - Capítulo 1 - O destino da morte

logo após terminar toda guerra santa,  e o mundo estava novamente em paz e harmonia , logo após isso finalmente os humanos estavam seguros, mas o deus da morte thanatos continuavam com suas ambições malignas, porém continuava em seu devido lugar longe dos humanos porém o mesmo não esperava ser finalmente castigado pelo puro destino de amar um humano , logo após isso o deus logo se encontrava em seu palácio junto com seu irmão que adorava jogar xadrez com o mesmo, logo após tudo isso o loiro logo para por um tempo e logo comenta*

- thanatos não acha que devia procurar ficar com algo que lhe agrade? Invés de ficar o tempo todo sozinho aqui neste lugar solitário? *o mesmo comentava as tais palavras sacarticamente olhando para o seu irmão *

*após o término das tais palavras logo o moreno retrucava *

- não entendo porque se importa tanto meu caro irmão, prefiro ficar aqui apenas observando e fazendo meu trabalho como um deus imortal * o mesmo comentava as tais palavras com raiva , como sempre o deus da morte sempre se irritando primeiro *

- você sempre se irritando atoa não é?  Apenas pense em minhas palavras thanatos,  apenas isso é nada mais.

- e eu tenho cara de quem se importa com o amor ou algo do tipo, humf fracamente isso é ridículo, não passa de um sentimento jogado no lixo pelos malditos humanos...

- Não posso passar por cima de sua opinião, então pense o que quiser thanatos, mas não se esqueça de minhas palavras.

- impossível esquecer essas palavras ridículas vindas de vocês hypnos, humf já acabou?

- Sim já acabei,vou me retirar e falar com meus filhos, e você?  Há lembrei, você não tem nenhum * o mesmo comentava as tais palavras para provocar o mesmo *

-grrrr melhor sumir daqui hypnos antes que eu mesmo lute com você seriamente ...

- Disso eu duvido bastante, logo voltarei, lobo solitário *após isso o mesmo sumia e deixava o moreno sozinho *

- idiota , porque sempre me provoca com esse assunto? Grrrr e porque eu me importo?! Sou um deus! Não preciso de sentimentos estúpidos! * o mesmo logo batia a mão na mesa logo a quebrando a fazendo em cinzas ,logo após isso o mesmo logo voltava para seus aposentos e se jogava na cama logo dormindo como de costume nos momentos sozinho *

*enquanto isso hypnos logo ia para o mundo humano até avistar uma bela moça de cabelos pretos e olhos extremamente azuis bastante claros *
- ora , ora, o que temos aqui...

*a garota de cabelos pretos e lindos olhos azuis logo continuava andando até chegar em seu destino mas logo após isso era barrada por ladrões e logo colocada contra a parede , hypnos apenas observava aquele momento calmamente até ouvir os gritos de mesma *

- por favor parem ! Me deixem em paz!

*logo após isso um dos ladrões logo se aproximava da mesma lhe dando um tapa e arranhando o rosto da mesma com a faça *

- cala a boca sua garota estúpida, você não tem pra onde correr!

*logo após isso hypnos logo aparece atrás do mesmo logo o atingindo com o sono eterno *

- na verdade ela tem pra onde correr sim*o mesmo falava as tais palavras firmemente e calmo como sempre, mas em seu olhar só podia ver o quanto o mesmo podia matar aqueles ladrões facilmente *

- quem é você!  Que ser morto também!?*falava o outro ladrão que logo apontava a faça para o mesmo sem demonstrar medo algum *

- não seja imprudente, você é apenas um humano *logo após isso o mesmo logo lançava esferas negras nos mesmo atingindo tudo que estava por perto e causando uma longa explosão que podia ser ouvido até do Olimpo,  até a garota cair no chão desacordada por conta da explosão e por ser frágil demais *

- hm você virá comigo, e jamais vai voltar novamente, sua vida irá mudar a partir de agora garota *o mesmo logo a pegava pelos braços e logo sumia como se nada tivesse acontecido naquele lugar *


" Continua no próximo episódio "


Notas Finais


Bem vou terminar de escrever a continuação, espero que tenham gostado, pois estou me esforçando ao máximo! Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...