História O Destino do Príncipe - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kisame Hoshigaki, Konan, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Maito Gai, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Shizune, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yahiko, Yamato, Zabuza Momochi
Tags Aventura, Drama, Luta, Medieval, Narusasu, Naruto, Sasunaru, Sounen-ai, Yaoi
Exibições 158
Palavras 735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá! Está é minha primeira fanfic sobre Naruto espero que gostem.
Esse primeiro cap é bem curto, porém pretendo fazer maiores ^~^.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Fim


Passou a mão no rosto inconscientemente para limpar o suor que escorria. Um cheiro acre entrou pelas suas vias respiratórias e então gritos invadiram seu sono, acordando-o. Sentou-se assustado na espaçosa cama de penas coberta com várias mantas e lençóis de tecido nobre. Suas roupas finas de dormir estavam ensopadas com suor e seus cabelos grudavam na testa, nas têmporas e no pescoço. Estava muito quente.

           Fumaça entrava por baixo e pelas fissuras nas laterais da porta de carvalho de seu quarto.  E só uma coisa passou por sua cabeça: Fogo.

            Saltou da cama desesperado e caminhou até o grande baú onde suas roupas estavam guardadas. Não podia sair vestido daquela forma, mesmo sendo uma emergência. Iria vestir roupas simples, assim não demoraria para se arrumar. Tirou a roupa de dormir e vestiu um calção de tecido grosso; cobriu o peitoral com uma túnica negra de mangas compridas e folgadas, justas nos pulsos; na cintura prendeu um cinturão com largura um pouco maior que a de sua mão e nós pés descalços colocou botas igualmente de couro negro com adereços de ferro e prata.

            Estava com medo de sair e ser dominado pelo fogo, não fazia ideia de como estariam os corredores. Por que ninguém foi avisá-lo? Ele era o príncipe herdeiro!

            Suspirou colocando os cabelos suados para trás e pegou a espada que estava embainhada ao lado da porta, colocando-a atravessada nas costas, afivelou o cinto da bainha de forma firme acima do peito esquerdo. Pegou a adaga de atirar que estava debaixo de seu travesseiro de penas e colocou na bainha escondida na bota direita.

            O quarto ficava cada vez mais quente.

            Tenho que sair daqui antes que morra de calor.

            Colocou as mãos na maçaneta, que estavam bastante quentes, e abriu a porta bruscamente. Uma lufada de calor e fumaça entrou pelo quarto deixando-o tonto. O corredor ardia em chamas. Havia guardas mortos pelo fogo no chão, as peles negras e as roupas queimadas onde o fogo tocará.

            Correu.

            A falta de umidade no ar fazia com que sua garganta secasse e começasse a arranhar. Seu nariz ardia com a fumaça e sua boca seca estava com um terrível gosto de cinzas e fumaça.

            Correu pelas escadarias desviando das chamas e esquivando dos pedaços de madeira que caiam do teto, das tapeçarias e quadros, que antes tinham belas pinturas, mas agora queimavam perigosamente.

            Estava muito quente e sua cabeça começava a rodar lentamente. Ele tinha que chegar ao quarto dos pais!

            Alguns guardas passaram por ele correndo, um deles foi atingido pelas chamas e caiu agonizando no chão. “Corra, príncipe! Fuja!”, um deles falou.

            Mas Naruto precisava saber se os pais estavam bem, então correu, porém pelo lado oposto.

            Chegou aos aposentos do rei, haviam guardas desmaiados na entrada e a porta pegava fogo, Naruto saltou sobre os guardas e deu um chute lateral na porta, forte o bastante para que abrisse. E então seu queixo caiu e seus olhos não acreditaram no que estava à frente.

            O rei Minato estava com uma espada atravessada no peito e a rainha Kushina possuía a garganta brutalmente cortada. Havia sangue nos lençóis, no chão e respingos na parede. Mas não havia sinais de luta. Ambos estavam no chão, lado à lado.

            O que aconteceu?!

            Naruto começou a hiperventilar, o ar que antes era difícil de respirar parou totalmente de encher seus pulmões. Apoiou-se na parede respirando pesado e sentiu lágrimas caindo de seus olhos.

            Não soube como conseguiu se recuperar, mas em minutos se viu correndo pelos corredores densos com a fumaça, procurando a saída. Não havia mais ar, nem umidade, suas lágrimas havia secado e evaporado, seus olhos estavam turvos e a vista estava escurecendo.

            Passou por uma porta já escancarada e depois outra e outra até que uma brisa passou pelo seu rosto e ele soube quase inconsciente que estava do lado de fora. Então tropeçou nos próprios pés que não o aguentavam mais em pé e caiu no chão, sentiu sua cabeça acertando o chão com força e logo depois sentiu que estava rolando e rolando cada vez mais rápido para baixo. Sentiu seus braços sendo arranhados e seu rosto batendo de encontro a coisas duras.

            Assim que parou de girar soltou um arquejo e sentiu tudo doer. Algo úmido escorria por sua testa além de suor. Abriu os olhos e viu estrelas brilhando no céu e logo tudo ficou preto.

 

           

 


Notas Finais


Iai? O que acharam? Espero ter agradado. :P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...