História O destino em minhas mãos - Interativa - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Undyne
Tags Kitsune, Morte, Romance, Undertale
Exibições 41
Palavras 1.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sim gente,isso mesmo u.u


Achei fofo a imagem então resolvi colocar :3

Capítulo 4 - Prólogo 2 - Meu aniversário


Fanfic / Fanfiction O destino em minhas mãos - Interativa - Capítulo 4 - Prólogo 2 - Meu aniversário

     Lia acordou mais cedo que todos na casa, levantou da cama em um pulo e foi direto ao calendário que tinha pregado na parede de seu pequeno quarto.
Ela olhou animada e viu que tinha uma data em especial circulada em vermelho: era sexta-feira dia 17.um dia normal para o pessoal da casa mas não para ela pois esse era o dia mais especial de todos.

Como sempre,estava na cozinha fazendo o café com um largo sorriso em seu rosto até que ouviu um sino tocar e olhou para a parede, lá tinha um quadro com vários sinos e cada um dele estava rotulado com o nome de cada cômodo da casa.O que estava tocando estava escrito "escritório",sem pensar,Lia largou o que estava fazendo e foi correndo direto ao escritório,chegando lá bateu levemente na porta.

- Entre - Ouviu a voz de sua tia do outro lado, não pensou duas vezes abriu a porta e entrou no escritório dando de cara com sua tia olhando pela janela - Lia hoje é sexta-feira certo? - A maior olhou para a menor pelo canto do olho que apenas confirmou com cabeça fazendo um sinal de "sim", voltou a olhar para a janela e falou como um sussurro - Dia 17...- Lia ouviu e quando olhou bem para o rosto da maior viu que ela estava com uma expressão de preocupada no rosto - Lia, hoje eu tenho algum compromisso? - A menor não sabia o que responder pois não era ela sua secretária, a maior apenas deu um suspiro e logo deu um sorriso de canto - Claro que não sabe...- A maior deu um outro suspiro,só que mais longo.

- ...uh...sabe tia...- A menor,um pouco ansiosa, disse chamando a atenção da maior que logo se virou para ela.No momento em que a menor faria a menção de falar,o celular toca e sua tia fez sinal com mão para ela esperar e atende o celular.
Enquanto estava no celular a menor ficava mais nervosa pois não sabia como dizer que hoje era seu aniversário,depois de alguns segundos no celular, sua tia fala já pegando alguns papéis que tinha na mesa: - Lia eu vou ter que viajar agora - depois de ter pegados os papéis,pega sua bolsa e vai até a porta do escritório - Fale para as meninas que não vou poder ficar para o café e que é pra ela se comportarem enquanto Frans estiver aqui ok? Até mais Lia - Disse já fechando a porta e indo embora,Lia foi até a janela e viu sua tia apressada entrando no carro.

Lia apenas pegou a chave do escritório,trancou a porta e voltou a seu serviço.As irmãs desceram para tomar seu café e uma delas perguntou para a outra que estava sentada a sua frente
- Onde esta a mamãe? - a menina de belos cabelos azuis balançou a cabeça em forma de negativos e respondendo: "Não sei onde ela poderia estar".
A menor que estava ali então se pronunciou
- Ela viajou e não sei quando ela voltará
As duas olharam para a menor que estava com um pequeno sorriso no rosto
- Quem te perguntou? -
A menina de cabelos compridos falou:
- E por que esse sorriso? -
A menor corou levemente e disse:
- É q-que hoje é--
Antes que pudesse terminar sua frase,a campainha toca chamando a atenção das três e logo em seguida, Lia corre para abrir a portão.

Lia,surpresa, abriu um largo sorriso e falou quase gritando:
- Frans! - com olhos brilhando
- Yoo Lia-chan! - Ele abre um sorriso para ela, ela o abraça,eles se separam e dão uma pequena risada,e logo se dirigem a cozinha onde encontram as gêmeas com uma cara de desânimo,mas quando elas olham para ver quem era elas abrem um sorriso e correm para abraçar Frans,que as recebem com os braços abertos.

As irmãs,com muita animação por receber o querido primo que há muito tempo não as via, saíram puxando ele pela manga da camisa até a biblioteca pois elas sabiam que ele era apaixonado pela leitura.
Então chegando lá as gêmeas se sentaram no sofá e Frans na poltrona que havia bem no meio da imensa biblioteca,seguido por Lia que logo trouxe uma bandeja com xícaras de chá.

- Obrigado Lia-chan -
O maior disse sorrindo e passando a mão levemente pela cabeça da menor que logo corou levemente.Yona vendo a cena ficava se roendo de raiva por dentro até que a Yuki fala:
- Então Frans onde você estava? - Chamando a atenção do maior
- Ah sim estava viajando pela Bela cidade de Londres -
As três o olharam surpresas e maravilhadas e Yona continuou:
- E então como é viver lá? -
O rapaz da uma risada
- É ótimo, é uma cidade realmente histórica qualquer dia desses levo vocês até lá -
Yona e Yuki se olharam sorrindo até que Lia falou:
- Que legal! Pena que não vou poder ir...-
O rapaz olha para Lia ele coloca sua mão levemente na cabeça da menor chamando a atenção dela.

-Não se preocupa Lia-chan Eu te levo também -

Ele diz sorrindo fazendo a pequena corar,as gêmeas ao ouvirem aquilo,por já não gostarem de Lia, passaram a odiá-la muito mais.
Os quatros passaram a manhã conversando até que o jovem fala:
- Ah! Quase me esqueço! Lia-chan -
Olhando para a menina e chamando a atenção da mesma
- Hoje é seu aniversário certo? -
Lia confirma com a cabeça  e as gêmeas olham entre si confusas como se estivessem se perguntando: "você sabia disso?",enquanto o maior tirava do bolso uma caixa não tão grande mas também não tão pequena com um laço azul, entregando a pequena com um sorriso.
- Aqui -
A menor pega a caixa fitando o belo laço.
- Azul é sua cor favorita certo? - Disse o maior com um sorriso no rosto.
- Vamos Lia abra logo - Sem cortar a conversa Lia abre,e que surpresa, era uma tiara com orelhas de gato.
- Seu animal favorito é gato certo? - Disse o maior.

Lia não sabia o que responder pois além de se lembrar do seu animal favorito,Frans lembrou do seu aniversário que nem mesmo sua tia lembrou.Olhando para aquela tiara lágrimas começaram a escorrer por seu rosto pálido e delicado, o maior se assustou
" _O que aconteceu?_"
pensou dando um suspiro.
A menor que ainda soltava lágrimas olhando para aquele presente sentiu braços a envolvendo em um caloroso abraço e no seu ouvido escutou um:
" _Feliz aniversário Lia-chan_ "
do rapaz que a abraçava.

Já Yona estava queimando de ódio vendo aquela cena ,a mesma se levantou do sofá e se retirou Yuki,sem entender, falou:
- Yona onde você vai? -
Os dois que estavam se abraçando ouviram apenas uma porta batendo, assim se separando e olharam para Yuki,que também não estava entendendo nada.

Com Yona:

" Isso não vai ficar assim! Não vai!"
Pensava a menina de longos cabelos castanhos que caminhava em direção a seu quarto queimando de muita ira que sentia da pequena Lia, a qual nem mesmo a considerava algo ,considerava apenas como um pedaço de lixo, uma filha de empregada.
" Lia Blook você vai se arrepender de ter nascido! "
Disse determinada a fazer algum tipo de maldade a menor.


Notas Finais


Genteeeeeee *----*

Espero que tenho gostado ^^

bjs purpurina ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...