História O destino em minhas mãos - Interativa - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Undyne
Tags Kitsune, Morte, Romance, Undertale
Exibições 46
Palavras 1.670
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mds isso saiu mais cedo/tarde do que o previsto ewe

Capítulo 5 - Lenda


Fanfic / Fanfiction O destino em minhas mãos - Interativa - Capítulo 5 - Lenda

Com a chegada do belo garoto de cabelos brancos meio prateados as meninas que há muito tempo não o viam se alegraram bastante. Yona ,que é apaixonada por seu primo mais velho,teve uma crise de ciúmes pois ele estava dando mais atenção para Lia do que para ela ,e com muita fúria da menor, se trancou no quarto.

- Yuki -
Falou o Frans já soltando Lia e olhando para a azulada:
- O que aconteceu com a Yona? -
Yuki não sabia como responder pois ela também não estava entendendo nada então disse:
- Eu não sei...-
Frans se levanta e diz:
- Vou lá falar com ela -
Lia,que até agora estava em silêncio, se pronunciou:
- Eu vou falar com ela -
Ela se levanta e vai em direção ao quarto de Yona. Os dois apenas se olharam meio preocupados.

- Yona...? -
Fala Lia batendo na porta levemente:
- t-ta tudo bem? -
Não ouviu nada em resposta,apenas olhou surpresa a porta se abrir e entrou vendo Yona deitada na cama perguntando:
- O que você quer? -
Lia um pouco apreensiva responde:
- Eu vim ver como você estava -
A outra, sem olhar para a pequena que estava ali na porta em pé, da um risinho e fala debochadamente:
- Você não é minha mãe e nem nada para mim, apenas uma filha de uma empregadinha qualquer -
Lia sentiu um aperto em seu peito ao ouvir aquelas palavras mas ainda respondeu com um sorriso no rosto:
- Que bom que está tudo bem com você, me preocupei atoa -
Disse a menor saindo do quarto segurando as lágrimas e indo em direção a seu quarto.
- Tsk -
Fez Yona pegando seu celular.

Frans ainda na biblioteca com Yuki andava de um lado ao outro preocupado, até que Yuki fala:
- Calma Frans...-
Frans ainda andando de um lado a outro,olha para Yuki:
- Eu vou lá para ver como estão as coisas -
Fala indo até a porta,abrindo-a e vendo Lia correndo.
- Lia-chan...! -
Disse o rapaz surpreso ao ver a menor que nem ao menos parou para ver quem havia dito seu nome e tinha passado direto.
- Lia-chan! -
Disse o maior,já indo atrás de Lia.Yuki que até agora estava sentada no sofá da biblioteca se levantou e foi até o quarto onde estava Yona,que estava falando no celular, e logo entra.No mesmo instante Yona desliga o celular e se vira, dando de cara com Yuki que logo pergunta:
- Por que o sorriso no rosto? -
Yona responde:
- Por nada Irmãzinha -
Yuki faz um biquinho e resmunga,Yona apenas ri da expressão que a irmã faz.

Lia estava correndo até seu quarto e Frans estava logo atrás gritando seu nome e falando para a pequena esperar.Lia correu até a cozinha onde tinha uma porta com escadas,descendo-as, abrindo e fechando a porta com força.Frans que estava logo atrás da menor,sem perceber isso, deu de cara na porta colocando a mão sobre o nariz e resmungando um pouco.Logo abrindo a porta, sem ver as escadas que tinha,e escorregando escada a baixo até cair em um pequeno quarto, resmungou bastante até que se deu conta onde estava e se levantou o mais rápido possível,olhou em volta e viu Lia em um canto abraçando os joelhos chorando baixinho.
Deu um suspiro e um sorriso de canto,logo se aproximou da menor .

- Lia-chan...-
Falou se sentando ao lado da pequena
- Parece que a conversa não foi muito boa -
Vendo que a pequena não o responderia olhou em volta novamente:
- Hum...então é aqui que você dormi -
A menina ainda não respondendo, apenas assentiu com a cabeça. Enquanto o maior olhava o quarto viu algo debaixo do travesseiro,se levantou e pegou,e a surpresa foi um livro azul com as bordas douradas com o título "Dimensões".
- Que livro estranho -
Falou o maior se sentando ao lado da menor novamente:
- Esse livro é seu Lia-chan? -
A menor assentiu novamente com a cabeça.
- Não acha que um livro de ensino médio é meio avançado pra você? -
Ao ver que a  menor ainda não estava o respondendo, Frans deu um suspiro e um sorriso.
- Vou te contar uma história que ouvi a muito tempo ok? -
Deixando o livro de lado.
- Ok,por onde começo? -
Colocou a mão no queixo.
- Ah! Já sei...

-"Há muito tempo atrás,monstros e humanos viviam em harmônia,mas um certo dia os humanos declararam guerra contra os monstros..."-

- Eu já ouvi essa história -
Diz a pequena olhando com seus belos olhos dourados para Frans
- Mas essa é uma história um pouco diferente -
Diz o rapaz com um sorriso no rosto olhando para a menor que parecia meio confusa.
- continuando ... -

-"Com a guerra declarada, os humanos foram preparar seus ataques contra os monstros que também estavam planejando seu contra ataque.
Como os monstros tinham suas magias.eles contataram as kitsunes ..."-

- O que são Kitsunes? -
Perguntou Lia olhando para Frans curiosa
- São seres mágicos com caudas e orelhas de raposa,mas com o físico e aparência de humanos -
Respondeu Frans para a pequena,que parecia estar imaginando como seriam esses seres.
- Wow eu quero ver um! -
Disse a pequena com olhos brilhando.
- Haha,um dia quem sabe -
Disse o maior dando uma risada. -
Posso continuar? -
Perguntou Frans à pequena,que confirmou com a cabeça.

-"Os monstros pediram ajuda as kitsunes,vendo os monstros desesperados pedindo ajuda elas atenderam o pedido dos monstros, que logo já estavam pensando em como atacariam os humanos, que também tinham uma arma secreta. Com a guerra se aproximando, os humanos queriam saber o que os monstros estavam planejando então mandaram um espião para descobrir o plano dos monstros e usar contra eles mesmos.
Então uma noite, uma das kitsunes foi até um lago em meio a floresta para se banhar,enquanto o espião dos humanos estava indo até o reino do monstros,  ele viu uma bela dama em um lago, os dois se apaixonaram a primeira vista..."-

- Como assim se apaixonaram a primeira vista? -
Perguntou Lia curiosa
- O que? Você não sabe o que é amor a primeira vista? -
Perguntou o maior meio surpreso e a menor negou com a cabeça, o rapaz apenas deu um sorriso
- Amor a primeira vista é como um tiro,mas um tiro bom que você sente
- A pequena o olhou confusa e Frans apenas riu da expressão de Lia
- Você só ira entender quando se apaixonar Lia-chan -
Ainda confusa responde
- Ta né -
Frans riu mais uma vez da menor e continuou.

-"Como os dois haviam se apaixonado tiveram um romance proibido, pois ela era do lado dos monstros e ele dos humanos.
Faltavam três dias para o começo da guerra,o humano espião e a kitsune fugiram juntos para construir uma vida longe de tudo aquilo e para criar seu bebê.
Os monstros descobriram a traição daquela kitsune e então os monstros e kitsunes tiveram um conflito interno cortando a aliança que tinham formado até então.As  kitsunes abandonaram os monstros.
Chegado o dia da guerra, os monstros sem as kitsune estavam fracos e eles sabiam disso.
Houveram muitas perdas de ambos os lados, mas quem saiu vitorioso  foram os humanos e com seus ataques mágicos prenderam os monstros no subsolo com uma barreira mágica.
Muitos contam essa história dizendo que é real, outros dizem que é apenas uma lenda,quem sabe se é verdadeira ou não são aqueles que se atrevem a descer no reino dos monstros a quais estão presos até hoje." -

- Wow essa é a história mas incrível que já ouvi -
Disse Lia com os olhos brilhando.
- E onde os monstros estão presos? -
Perguntou Lia curiosa para Frans
- Alguns dizem que os monstros existem e estão presos abaixo do Monte Ebott -
Diz Frans dando de ombros
- Um dia eu vou querer ir lá -
Lia estava empolgada com a história e sem perceber os dois olham para o relógio que marcava 19:30.
- Que?! Já é tudo isso?! -
Frans se levanta rapidamente
- O que foi Frans? -
Pergunta Lia
- Eu tenho um encontro! -
Disse Frans subindo as escadas correndo, Lia olhou ele subir as escadas e apenas riu.

Yona que estava trancada no quarto,saiu para ir abrir a porta de entrada.
- Oi Fra- -
Frans sai apressado pela porta sem nem ao menos perceber que Yona havia falado com ele e ela apenas o olhou ir embora correndo.

- Yona? -
Diz uma menina de belos cabelos loiros,olhos azuis e usando uma jaqueta vermelha,e mais uma de cabelos pretos.Yona rapidamente olhou para elas.
- Sim? -
Respondeu Yona voltando ao mundo real
- Ta tudo bem? -
Yona apenas assentiu com a cabeça e logo às convidou para entrar e as meninas entraram.As três foram em direção ao quarto onde encontraram Yuki comendo um bolinho de chocolate, sem nenhuma surpresa pois ela era uma comilona mesmo.

- Oi meninas -
Falou Yuki de boca cheia, as meninas riram dela e ela fez biquinho como sempre.
- Então Yona -
Falou a menina de cabelos loiros se virando para ela.
- O que você quer fazer? -
As quatros se sentam na cama e Yona fala tudo o que se passou desde a chegada de Frans até agora, mas distorcendo a historia.
- Yona -
Chamou Yuki.
- O que foi? - respondeu Yona.
- Você gosta do Frans? -
Yona cora com a pergunta - I-isso não te interessa! -
As três riram dela pois estava na cara que sim.
- O que você quer que a gente faça? -
Perguntou a menina de cabelos escuros. - Quero que tirem uma pedra do meu caminho -
Olhou para as três e falou o que queria fazer.Yuki sabia o que significa tudo aquilo mas não protestou nem nada,apenas concordou.


Notas Finais


O que acharam? '-'


(Preciso de café, café, café, café, café....)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...