História O destino não escreveu a nossa história... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mistério, Rap Monster, Romance, Suga
Exibições 132
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, sei q eu postei esse capítulo no mesmo dia q o primeiro,mas pra felicidade de vcs, se tiver alguém lendo isso, eu vou postar 3 ou 4 capítulos no mesmo dia,ou já vou fazer metade da história agora
Beijinho da oioioi, ❤
Oie, eu sei modifiquei o cap de novo, mais acho que ficou bem melhor assim. Bjs

Capítulo 2 - A verdade


Pai- Quer mesmo saber?

- Fala logo. Está começando a me deixar com medo. 

Pai- Você tem mais do que sangue comum. Tem mais do que sangue de um Saeng.

- O que você está tentando dizer com isso?

Eu realmente não estava entendendo nada.

Pai- Eu estou tentando dizer que você foi criada para ser algo que chamamos de “defensores”

- Defensores do que? Tem algum sentido nisso? Por que se tiver, é bom que alguém me fale, já que eu não estou entendendo absolutamente nada.

Pai- Ei! Calma aí Larissa, deixa eu explicar direito Tudo isso.Na verdade, as pessoas que são escolhidas para serem defensores tem que ter certas linhagens. As pessoas dessas linhagen são escolhidas pra proteger um "grupo" de pessoas,sejam elas amigas ou não, as pessoas que vão fazer coisas importantes que podem mudar a história digamos... que do mundo, se não forem feitas. Para que essas coisas acorram, elas precisam ficar vivas. Você sempre vai precisar ficar perto das pessoas por quem você for responsável, saber de absolutamente tudo, e ajuidar em tudo o que puder. Você não pode mudar o curso de vida dessa pessoa, mas tem que manter ela viva, defendê-la, lutar por cada uma das pessoas que você precisar proteger, cuidar da pessoa. Se preciso, você deve dar sua vida por essas pessoas. Eu sou sócio dessa empresa, que tem o nome de D.D.F. Defensores do Destino e do Futuro. Eu te adotei por isso. Você tem isso e muito mais que imagina em seu sangue. Muito mais capacidade do que pode achar que tem. Você é de uma das linhagens de defensores. Você tem a oportunidade de se tornar uma, basta querer.

Eu estava sem fala. Sem movimentos. Sem a capacidade de pensar em qualquer coisa. Eu podia ficar com raiva. Podia surtar. Podia chorar. Podia ficar assustada. Mas eu não fiz nada. Fiquei parada.

Por fim, eu perguntei:

- Como você sabe do meu passado? De tudo isso?

 

Pai- Bom, um de seus pais fazia parte dessa "empresa". Sua mãe, na verdade. E ela morreu salvando a vida de pessoas, não em um acidente de carro como sempre lhe foi dito. Eu era muito amigo de sua mãe, e de seu pai também. Indiretamente, mais era.  Eu pertenço a uma dessas linhagens. A linhagem Kim. Que na verdade, não possui só defensores como sangue especial.

Na hora que meus pais foram mencionados, meus olhos começaram a marejar, e em poucos segundos, lágrimas já estavam descendo de meus olhos. Eu estava, de certa forma, feliz por minha mãe, ter, de certa forma, feito algo importante, e dando a vida por isso. Eu ainda sentia que tinha Alguma coisa a mais nessa história... Mas deve ser só impressão minha.

Claro que eu queria aceitar, mas meu medo ainda era considerável. Eu queria seguir alguma coisa diferente em minha vida, e essa foi uma das melhores oportunidades que podia aparecer. Mas... Se você pensar bem... Eu não poderia ter uma família a parte. Uma família com alguém que não tivesse algum recurso de defesa. Complicaria minha chance de ter filhos... Era dar uma coisa importante para mim para receber uma coisa que podia nem dar certo.

Pai- Larissa... O que você quer? Ser ou não, uma defensora?

- Eu...


Notas Finais


Gente, se tiver alguém lendo isso daqui, comenta pra eu saber se está bom e me fala. Se vcs quiserem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...