História O destino predestinado - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Alluka Zoldyck, Chrollo Lucilfer, Feitan, Gon Freecss, Hisoka, Illumi Zoldyck, Kalluto Zoldyck, Killua Zoldyck, Kurapika, Leorio Paradinight
Tags Gon, Hunterxhunter, Hxh, Killua, Killua Zoldyck, Killugon, Kurapika, Leopika, Romance
Visualizações 54
Palavras 1.396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


C: Achei que você já estava com a fanfic adiantada. Por que você não posta tudo de uma vez?
A: Para ter mais suspense e ninguém leria se eu postasse tudo de uma vez então paciência, como o nosso amigo capitão América diria.
C: Quem mais ficou até o fim dos créditos de “homem aranha” e se decepcionou com as cenas pós-créditos?
A: Eu achei hilário... As pessoas que estavam comigo no cinema saíram com raiva de eu tê-las obrigado a ficar até o final e eu só ria da raiva delas... E do troll do capitão américa.

Capítulo 19 - A viagem pt1: Paintball!


Fanfic / Fanfiction O destino predestinado - Capítulo 19 - A viagem pt1: Paintball!

*Gon on*

       Estávamos todos no barco viajando pelo mar para chegar à Ilha Kimi. Um grande silencio dominava entre nós. Depois que eu e o Killua fomos para o armário algo aconteceu que acabou por deixar nosso grupo meio contrariado um com o outro. Eu não queria que o que tivesse acontecido arruinasse a nossa viagem então planejo levar todo mundo para se divertir quando chegássemos à ilha.

      Demorou algumas horas, mas chegamos e fomos logo ao hotel fazer o check-in. Eu e Killua estávamos finalmente sozinhos.

Gon: O que você acha que aconteceu?

Killua: Não sei, mas até a Alluka e o Zushi estão brigados. Se a viagem não estivesse já paga acho que nenhum deles viria hoje. Vamos ficar um bom tempo por aqui...

Gon: Temos que pensar em algo para reuni-los. Algo que exija trabalho em equipe...

*Kurapika on*

Kurapika: Paintball?

        Gon convenceu a todos para sair para uma atividade que ele só falaria quando chegássemos lá.

Gon: Sim. É preciso de dez pessoas para montar um time e acontece que nós somos dez, então...

         Ele com seus bondosos olhos conseguiu convencer a todos a jogar e lá estávamos todos vestidos de uniforme e com armas de tinta vermelha na mão, preparados para enfrentar os times azul e amarelo. O sinal declarando o inicio do jogo havia tocado. E cada um de nosso time foi para lugares separados, ninguém estava com clima para trabalhar em conjunto.

      Andava pela floresta olhando para os lados quando escuto um barulho e já me preparo para atirar, quando alguém aparece de uma vez.

Kurapika: Leorio!

        Sem tempo para responder somos encurralados pelo time azul, cinco pessoas haviam formado um circulo a nossa volta. Por reflexo eu e Leorio colamos as costas numa na do outro e atiramos em todos antes que eles atirassem primeiro.

Kurapika: Até que você não é tão ruim.

Leorio: Você também não... Desculpa por ter gritado para você ontem... Sabe é que eu me preocupo com você, nós somos amigos desde o fundamentalzinho e eu não quero que você não corra nenhum perigo por conta de uma garota ou por qualquer outro motivo.

Kurapika: Leorio.

          Viro-me para frente dele.

Kurapika: Relaxa, eu não farei nada precipitado e mesmo se eu estiver em perigo eu sei que terei meus amigos para ficarem ao meu lado.

Leorio: ok

Kurapika: Agora vamos chutar a bunda do time amarelo e do azul!

Leorio: Estou bem atrás de você!

*Palm on*

            Eu estou sozinha desde que atiraram na Retz, estou escondida em um arbusto com medo de levar um tiro, mesmo que de tinta. Sinto uma mão em meu ombro e me arrepio de medo.

XXX: Palm!

Palm: G-Gon-kun!

Gon: O que você está fazendo escondida?

Palm: Eu estou com medo de levar tiro...

            Ele levantou o dedo mindinho e o uniu ao meu fazendo meu coração bater mais rápido.

Gon: Eu prometo que não deixarei que te atirem.

Gon cantando: Se eu quebrar minha promessa então eu terei que engolir mil agulhas! Pinky Sworn!

Gon: E nós selamos com um beijo!

            Ele faz nossos dedões se encostarem por um misero segundo e depois segura meu braço me fazendo levantar.

Gon: Vamos!

Palm: E o Killua?

Gon: Ele diz trabalhar melhor sozinho. E eu prefiro trabalhar em equipe...

       Duas pessoas do time azul aparecem e Gon atira em uma, vejo que a outra mira em Gon e antes que ele apertasse o gatilho eu o acertei antes.

Gon: Viu? Você é boa.

*Alluka on*

       Eles atiraram no Ikalgo e na Melody, mas eu consegui fugir antes que me atingissem. Eu estou sozinha pela floresta temendo um tiro. Bato em alguém e começo a atirar para todos os lados ate que essa pessoa bota as mãos em meus ombros.

XXXXX: Alluka, calma, sou eu.

Alluka: Zushi?

Zushi: Você não atirou em mim, relaxa.

Alluka: Zushi, eu sinto muito...

Zushi: Cuidado!

         Ele me empurra e quando vejo nos dois estávamos no chão e uma mancha azul estava em seu peito. Gon, Palm, Kurapika, Leorio e maninho aparecem do nada e atiram nos três que estavam por perto.

Kurapika: Tudo bem com vocês?

Alluka: Tudo... Zushi você levou um tiro por mim...

Zushi: Foi só tinta... Desculpe por ontem eu realmente...

         Antes de ele terminar eu o abraço. Ele se cala e também me abraça, desfaço o abraço olhando em seus olhos.

Alluka: Eu te vingarei fazendo nosso time ganhar.

Zushi: Eu sei que você vai.

          Todo o nosso time que podia jogar estava reunido, mesmo o time amarelo não tendo perdido nenhum membro não seria pareô para nós seis. Fomos para a zona de combate para a batalha final.

         Um amarelo foi para o chão e depois outro e mais outro. Perdemos o Leorio. Mais três amarelos. Kurapika foi ao chão. Maninho e Gon, juntos, acabam com três o que significa que falta somente um. Éramos quatro contra um. Eu fui floresta adentro a procura do sobrevivente ate que ouvi tiros. Killua e Gon estão fora. Vou em direção ao barulho e lá o vejo e rapidamente saco minha arma enquanto ele se concentra em Palm e eu o atiro determinando o fim do jogo.

      Fomos comemorar em um restaurante perto do hotel, depois estávamos muito cansados para fazer algo e nos despedimos cada um para seu quarto, estava quase dormindo quando a escuridão me chega.

*Nanika on*

      Uma viagem com amigos? Eu não poderia fazer alguma missão já que essa ilha é muito longe de onde vem as missões não daria tempo o suficiente para finaliza-la antes de Alluka acordar... Eu vou ter que me distrair por aqui mesmo. Pego o roupão e o coloco. Saio do quarto sem fazer um barulho para não acordar ninguém e vou dar uma volta. Vejo que tem alguém nadando na piscina ao longe.

        Devagar vou aproximando-me e eu o vejo. Um garoto mais ou menos da minha idade, loiro e com um corpo lindo. Sinto meu coração acelerar ao vê-lo. Ele precisa ser meu a qualquer custo. Se alguém interferir entre nós dois deverá morrer. Ele é meu senpai. Fecho os olhos e durmo.

*Alluka on*

          O que eu estou fazendo aqui? Aquele é o Kurapika? Vou a sua direção, ele está sentado em uma cadeira olhando para o mar.

Alluka: Não consegue dormir?

Kurapika: Alluka? Eu não te vi aqui. Só me deu vontade de nadar. Sem sono também?

Alluka: Acho que sim...

Kurapika: Estou com muitos pensamentos me atormentando.

Alluka: Sobre Neon?

Kurapika: Sim...

Alluka: Você está apaixonado por ela?

Kurapika: Talvez, mas não importa já que ela tem namorado...

Alluka: Tem certeza que ela não sente nada por você? Por que quanto eu os vi no palco não pude deixar de sentir que ela tem uma atração por você...

Kurapika: Eu não tenho certeza... Ela vive me abraçando e nós quase beijamos varias vezes e... Eu acho que talvez já tivéssemos. Sabe, teve uma vez que eu beijei uma garota no ginásio, mas estava escuro e ate hoje eu não sei quem ela é. Eu pensei que ela pudesse ser Neon...

         Acho que não há nada que eu possa fazer mais. Coloquei a mão em seu ombro fazendo-o me encarar.

Alluka: Kurapika acredite em mim quando eu lhe digo que não foi ela que te beijou naquele dia.

Kurapika: Você sabe quem foi?

Alluka: Sei, mas ela me fez prometer não contar para ninguém. Não se preocupe ela já seguiu em frente e sabe que você não está interessado por ela...

Kurapika: ah... Diz para ela que ela ate que beija bem...

        Eu quase desmaio quando ele diz isso, mas eu me seguro.

Alluka: Se você realmente ama Neon você tem que lutar por ela, eu sei que ela sente o mesmo por você, é só mostrar para ela. Mas não faça nada tão precipitado porque ela tem namorado, talvez seja melhor esperar eles terminarem ou algo assim...

Kurapika: Obrigada, Alluka. É estranho receber concelhos amorosos de uma menina mais nova...

Alluka: Hey, eu sou só um ano mais nova e sou muito madura para a minha idade.

Kurapika: É claro que é.

       Conversamos por mais um tempo ate que ficou tarde demais e fomos para o nosso quarto. O Kurapika é realmente um cara legal e está apaixonado por Neon, isso eu não posso mudar. E quando eu menos esperar eu acho outro cara legal para me apaixonar.


Notas Finais


C: Agora que o Kurapika e a Alluka se unem? Agora que ela não está mais a fim dele, mas sim a Nanika?
A: Eu estou sentindo uma Yandere no ar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...