História O Dia Da Formatura - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Arthur Weasley, Cho Chang, Dino Thomas, Duda Dursley, Fred Weasley, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Molly Weasley, Petunia Dursley, Ronald Weasley
Tags Gina Weasley, Harry Potter, Hinny, Romance
Exibições 86
Palavras 1.522
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Terceiro capítulo de ODDF! Quem tá animado, aí? Eu! haha
Aproveitem mais um capítulo de ODDF!
Desculpem-me os erros ortográficos.
Boa leitura 😊

Capítulo 3 - Capítulo 3


— Antes de me deixar no salão você pode me levar a algum lugar pra comer.

— E por que iriamos? — perguntou colocando o cinto de segurança.

— Porque eu estou com fome. — respondeu arisca.

Harry e Gina acabavam de sair da loja de vestidos, e a ruiva já tinha combinado com Harry que ele a levaria até o salão e de lá Rony a buscaria para levá-la pra casa. Porém já era a hora do almoço e ela estava com fome, mas o moreno não parecia estar muito afim de satisfazê-la.

— E dai? Você não pode esperar pra comer quando voltar do salão?

— Você não faz ideia de quanto tempo se demora para fazer um penteado? As unhas? Quanto tempo leva pra fazer uma maquiagem? — perguntou debochada.

— Não. — foi sincero.

— HORAS, HARRY POTTER! DEMORAM HORAS!

— Ôpa, ôpa, ôpa! Calminha aí, dona Ginevra! — a pronúncia de seu nome completo a fez revirar os olhos — Eu posso até te levar pra almoçar, mas pra isso você vai ter que se comportar. E antes eu vou buscar meu smoking.

— Se eu for esperar você buscar seu “smoking” — disse imitando-o — eu vou perder meu horário no salão.

— Como eu já havia dito: isso é problema seu! Eu vou buscar meu smoking, se estiver tão apressada assim pode ir a pé! — ele disse destravando a porta do carro outra vez e Gina revirou os olhos.

— Vamos logo buscar este smoking! — disse cruzando os braços.

Harry travou as portas novamente e deu a partida no carro. Desta vez Gina estava sentada ao seu lado, pois queria deixar seu vestido completamente seguro no banco de trás já que tinha se recusado a colocá-lo na porta malas do carro mesmo ele estando protegido por uma capa, ela continuava emburrada.

O garoto que não suportava dirigir sem música lembrou-se que agora era a vez de Gina comandar o rádio.

— O que quer ouvir? — perguntou a ela.

— O som do silêncio. — respondeu olhando para o lado de fora do carro.

— Tudo bem, eu vou colocar mais um de meus CD’s e você não vai poder reclamar dizendo que não te deixei escolher uma música.

— Mais que chatice! É a minha vez de decidir, não a sua!

— Então decida! — deu de ombros.

Gina começou a mexer nos CD’s de Harry, e bufou por não estar encontrando nada que a agradasse.

— Você só tem músicas chatas! — disse ainda procurando e Harry mais uma vez travou e destravou as portas para provocá-la — Você é insuportável, definitivamente insuportável. — ela disse quando colocava o CD que havia escolhido no rádio.

Assim que a música soou Harry pode reconhecer ser um de seus CD’s do Coldplay.

— Boa escolha. — disse para Gina.

— Agora me faça o favor de calar a boca. — respondeu ainda sem olhá-lo.

Harry resolveu não alfinetá-la por um tempo e seguiram o caminho em silêncio apenas escutando o CD que Gina tinha escolhido. Não demoraram muito a chegarem ao destino do moreno, e Gina ficou completamente confusa ao ver que não tinham parado em frente a uma loja e sim a uma casa com a pintura já desgastada. Assim que estacionou Harry desceu do carro e Gina o seguiu ainda confusa.

— Harry, o que estamos fazendo nessa casa? — disse olhando para o número quatro acima da porta indicando o número da casa.

— Já te disse, vim buscar meu smoking. — pouco tempo depois de bater na porta ela foi aberta por uma mulher de meia idade.

— Harry! — ela disse sorridente e abraçou o garoto, depois afastou-se e segurando seu rosto com as mãos lhe deu um beijo em cada bochecha — Como está lindo! Entre, entre! — ela disse dando passagem para o moreno entrar e Gina foi logo em seu encalço.

— Estava com saudades da senhora, tia Petúnia. — Harry disse.

— Eu também estava meu querido, você tem que vir me visitar mais vezes! Veio pegá-lo, não é? — o garoto assentiu — Vou já buscá-lo! Quem é esta bela moça com você? — perguntou enquanto ia buscar o smoking de Harry.

— Ah, está é uma... uma colega minha. — disse alto para que Petúnia pudesse ouvi-lo — Ela vai ser formar hoje também.

— Ah, que maravilha! — disse assim que voltou — Meus parabéns! — disse esticando a mão para cumprimentar Gina.

— Obrigada. — Gina retribuiu o aperto de mão um pouco desconfiada.

— Ainda não nos conhecemos, não é mesmo?

— Não.

— Eu sou Petúnia, tia desse bonitão aqui. — disse abraçando Harry.

— Tia! — Harry reclamou. — Ela era irmã da minha mãe, não é de frequentar muito a minha casa. Por isso não a conhece. — explicou.

— Não frequento muito porque prefiro que vocês venham a minha casa! Vocês todos me devem uma visita! Aliás, sua prima ainda precisa me ensinar a fazer aquelas tortas maravilhosas! — Petúnia disse.

— Prometo cobrá-la disso! — Harry respondeu — Hermione adora cozinhar pra vocês.

— Eu ouvi falar na Hermione? — um garoto gorducho e muito maior que Harry disse entrando na sala.

— Ouviu. — Harry disse carrancudo.

— Como vai, primão? — disse cumprimentando Harry.

— Vou muito bem, está é a... — ele disse assim que o garoto beijava as costas das mãos de Gina que sorriu ainda desconfiada — Gina. Você vai na minha formatura, Duda? — Harry perguntou ao primo.

— É claro que vou! É a formatura da Hermione também.

— Cara, quantas vezes vou ter que te dizer pra deixar minha prima em paz? Ela tem namorado.

— Pode parar de dizer se quiser...

— Então você não é primo da Mione também? — Gina perguntou.

— Não. Você a conhece? — Duda perguntou.

— Conheço. Nós somos melhores amigas. — disse cruzando os braços.

— Que ótimo! Assim pode me ajudar a conquistá-la.

— Não, não posso. Ela tem namorado.

— E o que isso tem de mais?

— O namorado dela é meu irmão.

— Droga! — disse indo jogar-se no sofá.

— Dudoca um dia irá largar essa paixonite por ela, Harry. — disse Petúnia — Mas não vou negar que adoraria ter a minha querida Mione como nora.

— Você já me tem como sobrinho, tê-la como nora seria ter coisas boas demais! — Harry disse rindo.

— Isto é verdade! — concordou.

— Tia, eu vou me apressando. Tenho que levar esta mocinha aqui pro salão. — disse referindo-se a Gina.

— Ok, querido. Assim que Valter chegar nós iremos para sua formatura, prestigiar a você, Mione e a Gina. É assim que se chama, não é?

— É. — Gina respondeu.

— Então até mais. — ela abraçou Gina.

— Até. — disse assim que se separou da tia de Harry.

— E você meu menino, vista-se com cuidado ok? — ela abraçou Harry e antes mesmo dela fechar os olhos Gina pode ver que eles estavam lacrimejando — Estou tão orgulhosa de você.

— Obrigado. — Harry respondeu abraçando a tia também.

A mulher separou-se do garoto e tirou uma correntinha que usava, era feita com um cordão simples e como pingente havia uma delicada pedrinha. Ela pegou a mão do sobrinho e depositou-a lá, fechou a mão dele e a segurou entre as suas e quando ela recomeçou a falar sua voz estava embargada.

— Era de sua mãe. Quando nosso pai ainda era vivo ele não tinha dinheiro o suficiente para comprar presentes de natal para nós, então ele nos deu coisas e disse que eram amuletos da sorte, o meu amuleto era um chaveiro e o de sua mãe era esta pedrinha. Por eu ser mais velha eu fui esperta e peguei o chaveiro porque quis, assim podia ter algo de útil e deixei a pedra pra ela, afinal o que eu faria com um pedra? Mas sua mãe foi sempre tão doce e ficou muito feliz com o amuleto dela.

Gina estava um tanto desconfortável com a situação, acreditava ser um momento intimo de família e pensou em interrompê-los, mas ao ver os olhos de Harry já brilhando desistiu de atrapalhar aquele momento.

— Ela fez este colarzinho com o amuleto, e disse que ele traria proteção pra ela porque ficava perto de seu coração que era o lugar em que moravam todas as pessoas que ela amava, inclusive pessoas que já eram anjinhos na concepção dela. Era a nossa avó que já tinha falecido em que ela era muito apegada. E quando sua mãe faleceu naquele trágico acidente... — ela parou por um momento, fungou e respirou fundo para prosseguir — Quando ela faleceu, eu queria ter um pedaço dela comigo. E eu peguei o amuleto pra mim, foi a única vez que a vi sem usá-lo desde que o ganhou.

— Também nunca vi a senhora sem ele. — Harry disse baixinho, estava quase chorando também.

— Sempre o usei para ter a proteção dela também. — disse e sorriu — Mas sinto que ele pertence a você agora, Harry. Sei que ela sempre o protegeu, mas agora será uma forma de mantê-la sempre em seu coração. — ela levou a mão de Harry que segurava o colar até o coração do garoto.

— Ela sempre esteve aqui. — Harry disse olhando para o amuleto.

— E agora o protegerá ainda mais, assim como seu outro anjo...

— Meu pai.

— Exatamente.

— Obrigado, tia! — ele disse a abraçando.

— Seus pais estariam muito orgulhosos de você, meu querido.

— Eu sei disso...

— Bom, agora vá logo antes que se atrase. — disse enxugando as próprias lágrimas.

— Ok, vamos então Gina. — ele secou rapidamente uma lágrima que caiu de seus olhos.

— Vamos. — Gina disse — Foi um prazer conhecê-los!

— O prazer é todo nosso!


Notas Finais


Tia Petúnia e Dudoca bonzinhos, pode? hahaha Pode sim!!!!
Só eu que tenho muita dó do Harry por ele ter perdido os pais dele? :(
Espero que tenham gostado.
Nos vemos nos comentários!
Beijinhooooos ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...