História O dia em que eu me encontrei, e te perdi. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Se Eu Ficar
Visualizações 19
Palavras 389
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa história esta na minha mente já faz um tempo, então resolvi conta-lá pra vocês, espero que gostem!

Capítulo 1 - Como te conheci


Fanfic / Fanfiction O dia em que eu me encontrei, e te perdi. - Capítulo 1 - Como te conheci

Essa história vai começar no ano de 2014. Eu tinha 15 anos de idade nessa época, eu era feliz, ou pelo menos dizia ser. Estava estudando no primeiro ano do ensino médio, tinha vários amigos e sorria na maior parte do tempo, porém eu também tinha vários problemas, quais guardava apenas dentro de mim e não dividia-os com ninguém. Meu nome? Hanna.

O meu primeiro dia de aula no ensino médio foi incrível. Conheci novas pessoas, novas regras, novas matérias e um novo lugar. Tudo me impressionava, mas algo me chamou mais a atenção, algo não, alguém. Era um garoto alto, cabelo escuro, olhos castanhos e um sorriso lindo. Ele já estava no terceiro ano, cheio de amigos, mas não muito popular. Era conhecido pela sua inteligência e não chamava muita a atenção quando passava no corredor, era tímido e podia facilmente passar despercebido no meio das pessoas. Mas a minha atenção ele conseguiu chamar. Observei ele por muito tempo, todos os dias no intervalo, na fila do lanche, na cantina, andando pela escola e até quando passava pela sala dele dava um jeito de espionar. Não tinha coragem de chegar conversar com ele, sou envergonhada pra isso, e não tinha outro jeito a não ser, chama-lo para conversar. Afinal, ele nem me conhecia como iria me chamar pra conversar? Estava determinada a chama-lo quando, meu mundo ficou cinza e eu perdi a vontade de fazer qualquer coisa. Eu nem lembro o por que de isso ter acontecido. Eu não chorava, guardava toda a dor dentro de mim. Muito coisa mudou. O que continuou o mesmo foi a minha atração por você.

Certo dia, -quando você estrou no ônibus que pegavamos todo dia a caminho do colégio- encontrei o seu olhar no meio do ônibus lotado e ele estava triste, desanimado. Eu queria ajudar, mas era tímida demais pra falar algo pessoalmente. Cheguei em casa, e passei o dia pensando em algo para lhe enviar. Enviei um "oi" meio tímido e depois de um tempo recebi outro "oi" tímido. Fiquei feliz. Conversamos por um tempo. No outro dia também, e no outro. Quando percebimos já éramos quase melhores amigos, nos conhecíamos muito bem. E é aí que a história começa de verdade. Ele não sabia da dor que eu guardava dentro de mim, eu estava sempre sorrindo mesmo. Aí, ele descobriu.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...