História O dia em que tudo mudou - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf, The Vampire Diaries
Personagens Allison Argent, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Kira Yukimura, Klaus Mikaelson, Lydia Martin, Malia Tate, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Scott McCall, Stefan Salvatore
Tags Delena, Klaroline, Scallison, Stydia, Teen Wolf, Tvd
Visualizações 137
Palavras 1.289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Festa
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo para vocês!
Espero que gostem!

Capítulo 2 - Deu merda


P.O.V. Elena Gilbert

Não podíamos beber nada, portanto estávamos sãos. Por isso nada do que aconteceu naquela noite poderia ser culpa da bebida. Nada. Também não pude deixar de notar que Damon estava muito sexy naquela fantasia de pirata.

Juntamos um grupo de pessoas - Eu, Lyd, Care, Alli, Stefan, Damon, Malia, Scott (melhor amigo de Stiles), Tyler, Bonnie, Klaus e Stiles - para jogar verdade ou consequência, sentamos em roda.

Giramos uma garrafa de água vazia, Malia para Lydia.

- Verdade ou consequência, amorzinho? - disse cínica.

- Verdade.

- Ainda é virgem? - Lyd corou com a pergunta, mas respondeu que sim, foi olhada por alguns garotos.

Seguimos com o jogo, Scott para Allison.

- Verdade ou consequência?

- Consequência.

- Tira uma peça de roupa - Scott sorriu malicioso.

- Ok - Alli como não é burra, tirou sua jaqueta e exibiu uma cara debochada, Scott revirou os olhos.

Tyler para Stefan.

- Verdade ou consequência, Tefinho? - o sangue subiu a cabeça de Stefan, odiava esse apelido.

- Verdade.

- Quem daqui você mata?

- Essa é fácil - sorriu - O Damon - jogou um olhar mortal para o irmão que o devolveu com um sorriso debochado e um dar de ombros, ficou um clima pesado mas logo giraram a garrafa de novo. Eu realmente estava curiosa para saber a razão do ódio de Stefan pelo irmão, perguntaria a ele mais tarde.

Caroline para Bonnie.

- Verdade ou consequência, vadia?

- Consequência.

- Beija a Malia, de língua - Care sorriu vitoriosa, claramente querendo constranger Malia e Bonnie, ela conseguiu.

Bonnie deu um beijo desajeitado em Malia, como se nunca tivesse beijado antes. Ambas estavam coradas e todos riram, Bonnie murmurou: Vai ter volta, mas a loira estava alheia a tudo.

A garrafa gira novamente, eu para Stiles, que logo escolheu consequência.

- Beija a Lydia - falei.

Lydia me olhou mortalmente e ficou vermelha no mesmo instante, Stiles estava de boa, apenas se levantou e tascou um beijão na Lydia que retribuiu de bom grado, logo eles estavam no maior beijo de língua que eu já vira.

Eles se sentaram e giraram a garrafa.

Matt para Damon, antes de fazer a pergunta Matt olhou para mim e eu senti que iria dar merda.

Matt é meu ex-namorado, mas ele não superou bem, e hoje em dia vive querendo ferrar minha relação com o Stefan.

- Consequência - ele disse, droga!

- Beija a Elena - Matt disse me fuzilando com o olhar.

Enterrei a cabeça nas mãos.

- Não vou beijar essa criatura!

- Ah, mas vai sim - Damon realmente não estava querendo me ajudar.

Sem eu conseguir protestar, Damon colou nossos lábios. Ele movia sua boca sobre a minha com desejo, tentei resistir, mas aquela sensação era maravilhosa. O deixei aprofundar o beijo, estávamos em uma bolha onde só nós estávamos presentes. Nossas línguas travavam uma batalha onde não havia vencedor, lembro de ter sentido ele apertar a minha bunda e enquanto eu puxava seus cabelos e soltava um gemido. Por que esse filho da puta beija tão bem?

Não faço ideia de quanto tempo ficamos nos beijando, mas quando nos separamos, fiquei extasiada e corei também quando vi que Matt nos encarava com um sorriso vitorioso, enquanto todos os outros estavam boquiabertos.

Me virei para Stefan e vi que ele saíra correndo da roda. O jogo havia acabado.

- Stefan espera! - gritei e ele se virou para mim.

- O que foi Elena? Você estava praticamente comendo o Damon lá na frente de todo mundo! - sua voz estava falhando.

- Foi só um jogo! - tive vontade de chorar.

- Não Lena! Você não viu o que todos nós vimos - dizendo isso, ele saiu.

P.O.V. Lydia Martin

Meu Deus! Eu realmente queria matar Elena! Antes que eu pudesse pensar em qualquer outra coisa, senti os lábios de Stiles sobre os meus pela primeira vez.

Eles se moviam agilmente sobre minha boca e eu não tinha intenção de parar. Melhor do que imaginei a minha vida toda! Nossas línguas dançavam sincronizadamente e eu tomei coragem e o puxei para mais perto de mim, só se pode beijar Stiles Stilinski uma vez na vida, então aproveitei o máximo possível.

Odiei quando nos separamos, mas foi preciso.

Mas o que ocorreu no momento seguinte, foi O acontecimento da noite. Nem mesmo parecia um jogo, Elena e Damon exalavam química, nitrogênio e a explosão toda. Eu não estava contando, mas tive certeza que se beijaram por mais de cinco minutos. Olhei para Stefan e vi que ele se levantou, eu também faria o mesmo depois de ver minha própria irmã beijar desse jeito meu namorado.

Vi que Elena saiu correndo atrás dele, e eu fui atrás dela. A encontrei chorando no corredor deserto da escola e a abracei.

- Oh, meu amor! Não chora - falei tentando consolá-la.

- Lyds, o que realmente pareceu o meu beijo com o Damon? - disse limpando as lágrimas - A verdade, por favor.

- Bom, realmente pareceu que vocês tinham uma puta intimidade e que iriam trepar ali mesmo - não consegui conter uma risadinha - Sério Lena, melhor que hot de série, vocês se beijaram por mais de cinco minutos!

- Ai meu cu! Eu assinei o término do meu namoro - ela disse triste e começou a chorar mais.

- Não mesmo, se ele terminar com você por causa de um jogo idiota, eu...

- Não vai fazer nada porque tem Damon que queira! - Care louquinha me interrompeu - Miga o que foi aquilo... - agora ela mesma se interrompeu ao ver o estado da Lena chorando em meus braços. Fuzilei Caroline com o olhar - Ai, Santo Cristo das Brusinhas! Me desculpa Lenita.

- Você tem que deixar o Stefan esfriar a cabeça. Ele não está pensando direito agora, ele sabe que Matt fez aquilo para irritar vocês, vocês devem mostrar que ele não conseguiu! - falei.

- É que eu também não ajudei nada! Se eu não tivesse beijado aquele ridículo daquele jeito - disse reflexiva - Mas você tem razão Lyds, o tempo é o tempo, só com ele as coisas se resolvem. Obrigada meninas, não sei o que seria sem vocês - Elena abraçou eu e Caroline. Nos levantamos e começamos a caminhar em direção aos dormitórios.

- Lena, tem uma pergunta que está me matando - Care falou derrepente.

- Fala loira!

- Ele beija bem? - apenas bati com a mão na cara.

- Pelo que Lyd disse, ficamos nos beijando por mais de cinco minutos, acho que isso responde sua pergunta - Lena sorriu.

Care então, começou a dar pulinhos até chegar ao dormitório.

- Hey Alli! - chamei quando a vimos no refeitório.

- Oi meninas!

- Como foi a primeira noite na toca das cobras? - Care perguntou quando já estávamos sentadas com ela.

- Parecem duas matracas, não paravam de falar um minuto - ela riu - Tive que tampar meus ouvidos com algodão.

Rimos também.

- Mas sobre o que elas falavam? - eu quis saber.

- Elas ficaram putas com a Care por causa da brincadeira que ela fez ontem.

- Obrigada! Eu sei que sou incrível! - Care se levantou para fazer reverências, explodimos em gargalhadas e o refeitório inteiro olhou para nós.

- Também, ficaram falando sobre uma tal de Kira.

- Bleh - eu, Care e Lena fizemos.

- O que tem ela?

- A pior vadia, faz Bonnie e Malia parecerem mosquitinhos perto de uma cobra venenosa, a líder da porra toda, dizem que ela não faz parte das líderes de torcida porque fez algo tão horrível que foi expulsa - Care respondeu.

- Que medo! - Alli se arrepiou - Bom, elas ficaram reclamando que não ficaram no mesmo quarto que Kira, que volta depois de amanhã, pois ainda está viajando.

- Achei que ela tinha morrido e ninguém sabia - comentei, e elas riram.

- Viu gente? A minha ideia de ter uma espiã não é tão ruim - Care falou.

Lena estava calada o tempo todo, as aulas passaram e Stefan não fora falar com ela.


Notas Finais


Comentem o que acharam!
Quem ainda não conhece minha outra fic, dá uma olhadinha lá!
https://spiritfanfics.com/historia/1512--delena-9138324
Beijinhos de Nutella ❤️💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...