História O Diário da Arlequina - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Originais
Personagens Bruce Wayne (Batman), Comissário James "Jim" Gordon, Coringa (Jack Napier), Edward Nashton/Nygma (O Charada), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Pamela Lillian Isley, Selina Kyle (Mulher-Gato)
Tags Arlequina, Batman, Charada, Coringa, Duas Caras, Hera Venenosa, Mulher Gato
Visualizações 503
Palavras 1.079
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii, era pra mim ter postado mais cedo, mas falto luz aqui na minha rua, dai n deu, mas agora to aqui e espero q gostem. Bjs.

Capítulo 20 - Volta pra casa.


Coringa:

-Mais cedo do que pensa...

Depois de ter dito isso e desligado o telefone, eu me levanto e vou procurar Arle, por um hacker que eu tinha colocado no celular dela sem ela saber, dai posso rastrear ela, encontra-la. E foi o que eu fiz...

E depois de alguns longos minutos, encontrei ela... Elas. E elas estavam em um lugar cheio de lixo toxico. Vejo bem o lugar onde elas estão e vou atrás das mesmas.

Diário:

Oi diário, hoje eu não tive nada pra fazer, além de ajudar a Hera à arrumar a estufa dela, depois de ter quebrado com o vento da chuva forte que teve esses dias. Enquanto eu ajudava Hera, Duda ficava enchendo o saco, dizendo que tava com fome.

-AAAAHHH!!! Mas eu to com fome...- Falo ela com aquela voz mimada irritante, que até certo ponto, só e fazia...- Hera, quando isso aqui vai acabar?

-Fica quieta garota, e varra direito essas folhas e vidros. Se não, só eu e a Arlequina vamos jantar, e você NÃO!!- Disse Hera sarcástica. E sim, estávamos arrumando a estufa a noite diário, Hera é muito má, até a Duda tava com um pouquinho de razão por ficar reclamando.

-Arlequina. Diz pra Hera me dexa come pelo menos as folhas...

-Haha. Duda, para, nem é pra tanto.

-Mas como não, nós estamos aqui varrendo folhas e vidros, podando planta, e arrumando a terra dos vasos à meia hora!!!..

-Que meia hora o que o sua dramática. Estamos aqui só à uns 30 minutos.- Disse Hera quase rindo.

-...

Eu não falava nada, só observava elas brigando. Foi assim desde quando chegamos, depois do pudim ter me expulsado de casa... Elas ficam brigando por qualquer coisa, e a Hera ta mais criançona do que eu ultimamente... Bem... No sentido de ficar brigando por qualquer coisa com uma criança que É uma criança mesmo, sim... Agora naqueles brinquedos do Shopping... HAHAHA. Eu e a Duda, parecemos duas retardadas, no meio das crianças de 5 à 10 anos, brincando nos brinquedos. Hahaha.

-E agora? Já deu?

-Argh... Já, já deu, sua fedelha, pode ir comer...

-AAAAEEEEE!!!! OBRIGADA HERA!!!- Depois de ter GRITADO isso, Duda pulou no colo da Hera e saiu correndo pra dentro de casa... E não demorou muito, praticamente na mesma hora, ela volta correndo me chamando dizendo:

-ARLEQUINA!!!! ARLEQUINA!!! ARLEQUINAAA!!! E Hera...

- O que houve?- Perguntamos eu e Hera preocupadas.

-O... O "pudinzinho" da Arlequina... *pausa pra respirar* Ta la dentro. Ele, o Rocco, e o Eixó...

-OQUE???- Perguntamos eu e Hera preocupadas de novo, só que dessa vez mais.

E então nós três fomos pra dentro de casa e...

Coringa:

Assim que elas entram dentro de casa, as mesmas arregalam os olhos, menos a pirralha da Eduarda. Ela me olhou com uma olhar, serio, mas normal. Até por que ela já tinha me visto antes, ela mal tinha aberto a porta, e me olhou e em menos de segundos, ela voa pra chamar a Arlequina e a urtiga. Mas voltando, depois de elas arregalarem os olhos (menos a Eduarda), a Urtiga Venenosa pergunta o que eu queria ali:

-Mas o que você quer aqui? Em seu dentuço?- Serio? Mas eu não sou dentuço... Vaca...- Saia daqui!! AGORA!!- Gritou Hera bem exaltada, hehe, chega à ser engraçado.

-NÃO. Hera. Me deixa falar com ele...

-Arlequina não...

-Hera... Eles vão se resolve, você deixando ou não. Deixa, eles são sempre assim.- Disse Duda olhando diretamente pra mim, e logo dando uma piscadela. Depois conto por que.

Hera e a menina saíram dali deixando apenas eu e a minha doce Arlequina.

-Por que veio aqui?

-Eu... Eu vim te buscar...

-Me buscar? Mas não foi você que tinha me expulsado de casa?

-Sim, e agora quero que você volte.

-Nã...

-Não nada, vamos e não reclame.- Falo e pego o pulso dela.

-NÃO. Eu não vou ir embora com voc...

Antes dela terminar de falar, eu a beijo, um beijo quente, e cheio de saudade, tanto dela quanto minha. Admito, foi... Bom sentir o gosto da boca dela de novo... Sentir a língua dela enrolada com  a minha... E durante o beijo, nós dois abrimos nossos olhos e ficamos por alguns segundos nos olhando enquanto nos beijávamos. Paramos o beijo, por falta de ar, se não fosse o ar, eu ficaria ali, beijando ela, simplesmente isso... NÃO!! PARE DE PENSAR IDIOTICES SEU MALUCO... Pronto, voltando.

-Pra mim voltar, prometa que não vai me bater...

-Prometo. Vamos?- Disse calmo levando-a pra fora.

-M-mas e a Duda?

-Deixa ela pra la. Vamos.

-Então não vou...

-ÃÃÃIII... Ta, ta, chama ela.

-Vou arrumar as minhas coisas antes, posso?

-Pode...- Falei já sem paciência.

E ela foi, chamar a pirralha, e arrumar as coisas dela. Logo veio as duas. Fomos pra casa, e...

Diário:

Quando chegamos, o esconderijo não estava tão horrível como o pudim havia dito pelo telefone... Tava até limpo, e Bud e Lou, estavam dormindo. Duda foi pro quarto dela, arrumar as coisas, e do nada ela deu um berro:

-MEUS DEUSES DO OLÍMPO... MAS O QUE É ISSO???

-Um guarda-roupas, não ta vendo?- pergunto pudim, irônico.

-Ele é lindo, e combino com a cama, já que ambos são brancos. Foi você que comprou, pra mim?

-Foi...

-Obrigada.- Disse Duda, bem contente, mas não pulo no S. Coringa.

Então ajudei Duda a tomar banho, na verdade cuidei ela tomando banho, por que se não ela demora TANTO, que parece que até morreu de baixo do chuveiro. Dai depois coloquei ela pra dormir, dei boa noite, e fui eu tomar banho. Enquanto eu estava me enxaguando, sinto mãos passeando pelo meu corpo. Me viro e era ele, me olhando com um olhar de puro desejo... Até que ele me beija, e me põe contra a parede, me arrepio e tremo por causa da parede gelada. Enquanto nos beijávamos, ele mete, de vagar. Ele para o beijo e começa a beijar o meu pescoço, e fala no meu ouvido.

-Não vai se acostumando...- E voltou a me beijar.

Sem demorar muito, ele desliga o chuveiro, ainda dentro de mim, e me leva pro quarto, me joga na cama, e... Tivemos uma noite mais que perfeita, e muito mais que maravilhosa.

E agora to aqui no meu quarto, deitada na cama do lado dele, ele ainda ta dormindo, e eu to aqui te contando o que aconteceu ontem. (E eu ainda to nua... Hehe) Bem, até querido diário. Por hoje é só.


Notas Finais


Oiii, espero q tenham gostado, bjs comentem, e n comentem só "CONTINUA" se n, eu n posto rápido. Kkk. Bjs, tchau, e até amanha, talvez... (Depende dos comentários).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...