História O Diário de Catarina - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Aventura, Drama, Romance, Século 19
Exibições 8
Palavras 992
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - 5 dias


Fanfic / Fanfiction O Diário de Catarina - Capítulo 3 - 5 dias


Primeiro dia...
Minha malas estavam na carruagem e eu estava a me despedir de meus pais só os veria novamente no dia de meu casamento. Eu teria quatro dias de viajem antes de ser obrigada a conviver com um homem que eu nem sequer conheço.
Mãe: adeus minha criança sentirei saudades
Pai: Eu te amo minha filha
Abracei os dois e parti, Jó estava comigo e já era quase noite quando paramos e despemls da carruagem próxima a um rio, la montamos um acampamento, Joaquim era apaixonante ela gostava de livros assim como eu e é um romântico. 
A cair da noite o cocheiro e Jó caíram no sono e eu e Joaquim continuávamos a conversar
Joaquim: Esta feliz com o casamento?
Eu: Pra falar a verdade não
Joaquim: Mais ele é seu primo isso não melhora um pouco? 
Eu: Eu não o conheço pra mim ele é um estranho
Ele: Você sonhava em ficar com alguém que amasse não é?
Eu: Sim como nos livfos
Olhamos nos olhos e Joaquim me beijou, leve e delicado me fazendo sentir plena.
Eu: Isso é errado
Ele: Pensei que quisesse ficar com alguém amasse?
Eu: E eu quero mais acabamos de nos conhecer
Ele: Pelo menos você me conhece, já me tocou e me beijou
Sorri talvez ele estivesse certo, será que oque eu senti desde a manha de ontem é amor
Ele: então?
Eu: Tudo bem
Nos beijamos novamente seus olhos brilhavam com a luz da lua, Ouvimos e um barulho e paramos com vergonha
Ele: Vamos para o lago
Sentei-me numa pedra e Joaquim se sentou a minha frente nos beijamos mais ainda como se nossa vida dependesse disso, ele deitou sobre mim
Senti um frio na barriga oque estava prestes a acontecer. Beijos mais e mais calorosos.
Ele: Você é tão linda e cheirosa
Beijos no pescoço
Eu: Joaquim espera
Ele prontamente se levantou e meu ancarrou olhos nos olhos
Ele: Algum problema?
Eu: Talvez nos devêssemos parar por aqui
Ele: Tudo bem mas não se esqueça só temos mais três dias
Eu: Eu sei meu amor mais é preciso 
Ele: Vamos voltar paro acampamento 
Segundo dia... 
Saímos cedo do acampamento e por volta de meio dia chegamos a uma cidadezinha que ficava no triângulo. Comemos em uma taberna e depois do almoço eu e Joaquim saímos escondidos de Jó para passear pelo mercado. Ele era tão doce e romântico que me fazia ter vontade de que a viajem durasse para sempre. Eu sabia que logo chegaríamos ao Rio e meu conto de fadas acabaria. 
Ele: Tem um lugar que quero te mostrar
Eu: Mais Joaquim precisamos voltar, Jó deve estar a nossa procura
Ele: Vai ser rápido venha
Ele segurou em minhas mãos e atravessamos o mercado, descemos o porto e chegamos na praia de areia branca e pequenas conchas coloridas. Era lindo
Eu: Nossa que bonito
Ele: Aposto que a senhorita nunca tinha visto o mar tão de perto
Eu: Realmente não 
Ele: Gostaria de nadar?
Eu: Joaquim!
Ele: Catarina pare de se preocupar tanto

Disse ele tirando suas botas e sua calça ele já estava de roupa de baixo enquanto eu o olhava perplexa
Ele: Você não vem?
Será? Que eu devia? Ele abriu meu vestido eu estava só de camisola corremos pro mar. A água era azul e quente como o infinitos dos seus olhos. Nos beijamos pus a mão em seu pescoço. Joaquim me beijava como se sua vida dependesse disso. Eu o queria. Queria ser dele. Me entregar para ele.
Eu: Eu quero voce Joaquim 
Ele me pos no colo e me levou para a areia, a praia estava deserta so nos dois. Ele me beijava e acarisiava. Eu era dele naquele momento...
Jó: Onde voces dois estavam fiquei preocupada?
Ele: A Catarina estava andando sozinha perdida entao eu tentei ajuda-la e traze-la de volta 
Jó: Senhorita Catarina pra voce. E estes cabelos molhandos?
Eu: Estava muito calor Jó, eu me molhei um pouco
Ele: Vamos seguir viajem entao
Terceiro dia...
O dia de viajem foi cansativo e eu não tivemos muito tempo para paradas, o cocheiro tinha pressa pois haviam ameaça de chuva todo o tempo. Durante a noite fomos fui forçada a pe na carruagem com jó, meu amado ficou la fora na chuva coitado.
Quarto dia...
Estávamos muito próximos do destino final e confesso que isso me dava muita tristeza. Hoje também não faríamos paradas durante o dia e passaremos a noite um vilarejo próximo a cidade. Dia longo e quente de pós tempestade, consegui convencer Jó a deixar Joaquim viajar comigo na carruagem com a desculpa que o coitado passou a noite na chuva e estava febril.
Ele: Esta pronta?
Eu: Nao principalmente depois desses dias que passamos juntos
Ele: Sentirei sua falta
Eu: Entao deixeme ir com voce, vamos embora juntos 
Ele olhou fundo nos meus olhos parecia triste
Ele: Catarina eu te amo e quero estar com voce mais nao posso
Eu: Por que nao? Tens outra?
Ele: Voce é unica, mais seu noivo e seu pai tem grande influencia com a coroa eles iriam atras de nos e nos matariam, alem do mais nao temos pra onde ir
Eu: Como assim influencia?
Ele: Voce nao sabe?
Eu: Sei oque?
Ele: Seu casamento é um jogo de negocios nao so com seu pai e seu primo mais tambem envolve toda a coroa portuguesa
Eu: Minha nossa
Ele: Nao fique assim minha rainha eu te buscarei assim que possivel
Eu: Promete
Ele: Eu lhe prometo
Noa beijamos, tenho medo de que essa promessa nunca se cumpra. Mais manterei viva a esperança
Ja era tarde na taberna todos dormiam, sai para tomar um ar. Nao percebi nem quando e nem como mais quando me dei conta esta em sua cama nossos corpo nus colados mau conseguia respirar, uma estranha emergia percoria meu corpo eu necessitava dele. Tentava nao fazer barulho mais era impossivel ele era maravilhoso e me fazia sentir plena.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...