História O Diário de Maika - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Akita Neru, Gakupo Kamui, Gumi Megpoid, Haku Yowane, IA, Kaito, Kasane Teto, Len Kagamine, Luka Megurine, Meiko, Miku Hatsune, Rin Kagamine, SeeU
Tags Comedia, Hentai, Vocaloid, Yuri
Exibições 11
Palavras 2.438
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Ficção, Luta, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Outro capitulo merda
Obrigada de nada
E TEM MAIS DE 1.000 PALAVRAS, MOTHER FUCKERS
ME AMEM

Capítulo 15 - Quando é que a minha felicidade vai durar mais que meio dia?


Não sei se fico feliz, ou se fico triste.... Acho que devo ficar feliz...Bom, vamos a história de hoje...

A festa era num sábado, como eu não tinha nenhum compromisso, eu fui...

O local da festa era numa casa de festas, que era preta com detalhes rosa claro... A porta do hall de entrada era de vidro, aonde se via um corredor preto e longo... Eu olhei ao redor da rua, tinha apenas algumas outras boates, casas de festas, bares e coisas do gênero, fiquei pensando sobre o que poderia acontecer aquela noite, até que alguém tampa meu olhos, e diz:

-Adivinha quem é?

Era uma voz calma... Eu paralisei na hora...

-Y-Y-Y-Yohio...Loid? – MEU SANTO DEUS, Maika, pelo amor dos Deuses celestiais da Terra, para de gaguejar, desgraça... Eu me lembro de ter corado pra caralho naquela hora..

-Por que você sempre gagueja? Isso é constrangedor... Se alguém de fora vê isso, podem pensar que... Hum... Sabe? – Foi nessa hora que percebi que a minha mente é mais suja do que um bueiro...

-Ah.... Desculpe...E-Eu não tinha essa inten... HUUM – Ele me beijou; era um beijo forçado, eu tentei ‘’bloquear a passagem’’ para a lingua dele, mas foi em vão, segundos depois eu oercebi que nossas línguas estavam se entrelaçando –era como um sonho se tornando realidade...Ou melhor, ERA-... Eu tentei empurra-lo,mas ele era, definitivamente, mais forte do que eu... Eu desisti, e me soltei...
Quando acabou, ele disse:

-Eu sei que você gosta de mim... Você me disse isso... Mas, por favor, pare com isso... Pare de agir como se eu fosse um monstro...Como se eu fosse te bater por você falar uma frase completa sem gaguejar e mostrar que se sente insegura em falar normalmente na minha frente...O que eu fiz agora é uma prova de que eu sei que você gosta de mim... E que eu sinto a mesma coisa que você... POR você...

Eu...Eu me lembro de ter olhado ele espantada... Pela primeira vez... Eu amei alguém, e essa pessoa, além de compreender, TAMBÉM me amava.. Meu peito transbordava paciência, bravura,integridade,perseverança, compaixão,justiça, e acima de tudo... D E T E R M I N A Ç Ã O.... Eu não sei por que, era uma explosão de sentimentos ENORME... E aquilo me deixava muito feliz.

Eu o abracei com todas as minhas forças, até ver a Cyber Diva chegando... Quando ela chegou bem perto, ela retirou seus óculos escuros , revelando seus pequenos olhos amarelos, e disse...

-Pelo visto o Yohio tá desencalhando, huh?

Eu não me contive, e comecei a rir... Com toda a certeza,a Diva incrível....

Entramos finalmente,na festa, lá era um lugar escuro, com luzes colorida sem todos os lugares,dois bares podiam ser encontrados, e, pelo visto, vários vocaloids estavam lá, tais como: Ruby, Oliver,Aoki, Merli, Flower,Lola,Lily,Mayu,Galaco,Clara,Yuzuki, até mesmo a Megurine, Meiko e Haku estavam lá... Mas decidi deixa-las lá... *Elas estavam claramente bêbadas... E eu só queria deixar claro isso mesmo...*

Estava tocando Drop Pop Candy, do álbum duplo, No Title... Mas esse era do No Title - ... Eu sempre gostei dessa música... Bom, fui para o bar, peguei um copo de champanhe –Por que eu qius mesmo...E é uma bebida da qual não passo muito mal, considerando que até cerveja me deixa loucona apenas de dar dois goles – E fiquei lá; Até Diva chegar...

-Iai, tá gostando?

-Chegamos agora...

-Mesmo assim,tá gostando?

-...

-Vou considerar seu silêncio como um sim...

-Ok...

-...

-...

-Você gosta do Yohio né?

-...

-...

-Sim...

-Huum...

-...

-...

-...*abre a boca para falar algo*....*não sai nada*....*abre a boa para falar algo x2*... Quer camisinha?

-.... Tá bom...*olha com cara de paisagem pra ela*...*processando...* *entendeu*...Pera...QUE?

-Você me parece o tipo de que tá querendo... Tipo...MUITO, dá pra ele...E acho que começar um relacionamento com um filho já de cara, não é bem um sonho de consumo....

-...

-Prefere anticoncepcional...?

-...

Ela abriu a bolsa, pegou algo que eu não vi bem o que era,puxou a parte de cima do meu vestido e colocou uma cartela de anticoncepcionais dentro do meu sutiã...

-Acho que é bom prevenir né? *percebi que ela falou a seguinte frase cochichando* Também não sou muito fã de camisinhas...

-Huum... Obrigada?

-De nada... Sei que sou um amorzinho... Se quiser me pagar um Halls depois.. Eu deixo tá? – Ela disse saindo do bar...
Eu continuei com meu champanhe...

‘’Será que isso vai ser necessário?’’

Me lembro de ter pensado antes... Deixei guardado do mesmo jeito...

Depois de tomar umas 5 taças de champanhe, fui para a pista de dança, estava tocando uma música, que eu acho que era da Kikuo....

Eu comecei a andar pra lá e pra cá procurando o Yohioloid... Eu não conseguia o encontrar *tudo bem que minha visão tava meio embaçada, mas okay*
Eu esbarrei em alguém que parecia ser ele, eu perguntei com uma voz embriagada:

-Quem *ick* ... Quem é você? *iiiiick*

-MAIKA!!!! Maika, o que você fez?

Eu fui carregada para algum lugar, me lembro da pessoa falando:

-Eu preciso da minha chave, por favor...

Subimos umas escadas, e depois me lembro de ter deitado numa cama.... Me lembro de que o local tinha vários tons de amarelos, e a cama era redonda, ou ao menos, parecia...

-Eu vou chamar Yohio... Não saia daí! –Percebi que era a Diva...

Depois que ela fechou a porta, comecei a procurar um banheiro, tinha um do lado da porta de entrada... Fui lá, tentei vomitar *não deu certo... NEM um pouco certo...* , lavei meu rosto, e tentei focar minha visão, funcionou, minha cabeça doeu na hora, mas funcionou...

Me olhei no espelho,e baguncei meu cabelo, deixei as famosas longas madeixas da frente para trás, passei água para ver se escondia o fato de eu estar toda descabelada...

Eu voltei para a cama... Decidi tirar minha roupa, eu estava suando muito, a roupa tava ficando grudenta...

Foi uma ideia horrível...Ou não...

Eu deitei na cama para descansar um pouco... Então ouço a porta sendo aberta...

-Maika, a Diva me disse que você estava aqui e...

Eu me sentei rapidamente, e vi que ele corou...

-H-H-Haa-Annn... E-eu v-volto outra ho-hora.. Fi-Fique a vontade, o-o-ok-k-kay?? – Ele gaguejava MUITO

E é claro, que euzinha aqui, ainda embriagada para caralho, pegou e falou:

-ESPERA!!!

Ele virou o corpo rapidamente...

-Fique aqui.. *iiiiick* por favor... *IIIIIICCCCKK*

Ele hesitou um pouco, mas ele foi em minha direção e sentou ao meu lado...

Eu confesso que eu fiquei vermelha e que cenas hentais começaram a invadir minha mente...
Como eu estava embriagada, não sabia direito o que estava fazendo, então fui ao banheiro e tranquei a porta... Peguei a cartela de anticoncepcionais e disse:

-Garantir, né?

Eu tomei um deles e deixei em cima da pia...Então voltei para a cama...

Eu me aproximei dele... Ele foi um pouco mais para lado...

- Tire sua camisa...

-Heeeein??

-Por favor...

-V-Você está bêbada... E-Eu não vou tirar minha camiseta...

Eu fui para trás dele e comecei a tirar os acessórios dele...

-M-Maika... Pare com isso! – Ele começou a tentar tirar minhas mãos do corpo dele...

Depois que eu terminei, fui para a gente dele e sentei no colo dele, com as pernas entrelaçadas atrás dele...E comecei a mexer minha cintura de um lado para o outro..

-M-Maika... Pare com isso... por favor...

Fui fazendo com mais rapidez, até perceber que algo começara a se ‘’levantar’’ debaixo de mim...

-*IIIcck* Noossa... Tão rápido assim?

-M-Maika, por favor... Pare...

Comecei a tirar o resto das minhas roupas... Então comecei a tirar o resto das roupas dele...

-M-Maika... Pare... E-Eu não quero...

-Se não quer *iiiiick* por que não me empurra? Não me bate e fala: ‘’PARA COM ESSA PORRA, FILHA DA PUTA, NUM QUERO TE *iiiiiiiiiCKKK* DAAR’’, huh?

Ele ficou sem ação, e cedeu...

DIÁÁÁRIO-CHAAAAAAAAN!!! Essa parte a seguir é muito constrangedora de descrever, por favor, não note <3

 

                Depois que ambos estávamos sem roupas, eu o empurrei da ponta da cama para ele ficar deitado, então fiquei em cima dele, colocando seu membro ‘’dentro’’ de mim  (outro dia constrangedor, eita porra)

-Kyyaah...

-M-Maika... Eu disse que não seria uma ideia boa... Está doendo, não? Vamos parar...

-*IIIICCCCCCKKK* N-n-nNÃAO...E-Eu to bem... Só não estou acostumada...

Eu fui sentando, até colocar o membro dele totalmente ‘’dentro’’ de mim...Eu conseguia sentir algo lá dentro de mim...

-Ahhh... – Fui subindo e descendo... Comecei devagar

-Maika... Você está... – Percebi que eu estava sangrando –era minha primeira vez-....

-N-Não ligue para iss *IIIIIICK*o...

Comecei a ir mais rápido,rebolando minha cintura cada vez mais rápido, eu sentia detalhadamente a membro dele dentro de mim...

-A-A-Aaaah, hhhuh.. *iiicck*.... – Era tudo o que eu ‘’balbuciava’’

-M-Maika... P-Por que você está fazendo isso?

-P-Por que eu te amo... – Respondi, controlando um soluço

-Vo-Você querer transar comigo não prova que você me ama...Eu sei que é verdade.. Mas você fazer isso...

-Eu to fazendo isso por que é como um sonho...Não estou fazendo isso por que *iick* quero sentir como é ‘’algo’’ dentro de mim.. Mas sim por que quero que minha primeira vez, *ou não necessariamente a primeira* seja com alguém que eu me importo.. E que essa pessoa *iick* também se importe comigo... – GENTE, SOU A PROVA VIVA DE QUE BEBADO SABE FALAR COISA DECENTE MESMO QUANDO ESTÁ BEBADO... Amem-me

-M-Maika...

-... *olha pra ele* N-não fique olhando... É constrangedor... E.. Huuhm... –Eu senti que eu estava atingindo o orgasmo...

-E-e?

-Aaaaah, ham, huum –Revirei os olhos e comecei a gemer... Um ‘’liquido’’ transparente começou a escorrer... Eu tinha atingido meu objetivo...

-E eu quero mais – Respondi

Ele pareceu hesitar... Eu abri a boca para dizer ‘’Pelo visto, acho que não vou ter’’... Mas quando eu abri a boca, ele se sentou e me beijou.. Então falou no meu ouvido:

-Então você terá...

Eu fiquei no lugar dele,e então começamos...

-Yohio..

-Sim?

-Faça o que você quiser...

-Serei o mais gentil possível...

-Eu apenas quero lhe agradar...

-Você existir já me agrada muito...

Posso resumir a noite em:

-AAAaah, aaah, huuh, M-maais, mais r-RÁPIDO.. Nhaaag, aah, ssim *icck*

Beijos, ‘’liquidos’’ escorrendo e pah não sei que lá...
Sino muito não ter falado tudo... Mas, sabe... Eu estava bêbada... Não me lembro de muita coisa.. *E também é por que é meio constrangedor descrever o que aconteceu...*

Bom, eu acordei na mesma cama redonda e no mesmo quarto amarelado...Eu estava ao lado de Yohio, eu me senti um pouco..Suja...E talvez dolorida também...Então eu fui ao banheiro para tomar um banho...

Me lembrei que o Yohio disse:

-Então você terá...

Me lembrei que.. Quando eu fiquei com a Miku... Eu também disse isso...

Imagens dos momentos que eu e a Miku ficamos juntas passaram pela minha cabeça...

Até eu me lembrar de Gumi...

Eu terminei meu banho rapidamente, coloquei minha roupa de volta e fui embora...

Ao cegar em casa, me deparo com Gumi sentada na escada, com olheiras, olhos arregalados e inchados...

-GUMI!!

-P-Por que você demorou tanto?

-Gumi, o que houve?

-....

Eu levantei a cabeça dela, tentei reparar em cada detalhe... Quando eu percebi que seu pescoço estava vermelho, seus pulsos estavam em hematomas...

-Gumi...

-....

-Foi a Miku?

-.......Todos estão fora... Ela está no seu quarto...

-Sinto muito.. –Ah, Deus, quando eu vou poder ter um pouco de paz... Eu pensei que chegaria em casa feliz, por ter ficado com o Yohio... Mas a minha felicidade sempre dura pouco...

Fui a cozinha, peguei a faca mais afiada... E fui ao quarto...

-Maika...

-Sim?

-Tome cuidado com ela... Ela parece ser louca por você...

-Ela que deveria tomar cuidado...

-.... Boa sorte...

Fui subindo as escada devagar, quanto mais perto eu ficava do quarto, mais frio na barriga me dava, mas tentei ignorar isso..

Segurei firme a faca, e abri a porta com rapidez...

Estava escuro, mas consegui ver a Miku com uns ursos de pelúcia que ficavam na cama, algumas coisas minhas...

-Miku...

-QUERIDA!! Você demorou taanto... Eles estavam preocupados... Pensei até mesmo que você estaria me traindo com alguma puta... Ou um rapaz... Mas sei que você nunca faria isso... Você sabe as consequências...

Ela estava LOUCA... Quando ela se aproximou de mim, percebi que suas pupilas estavam pequenas, seus olhos estavam com olheiras e extremamente abertos...

- O que você quer com a Gumi? – Disse, escondendo a faca debaixo do vestido

-Haam, aquela vadia? Ela parece gostar tanto de você... Mas cá entre nós? Duvido ela ser melhor que eu na cama... E eu sei que isso é importante para uma relação com você... Então decidi que elimina-la seria uma boa... Mas ela disse que você ficaria muito irritada... Duvidei, mas, bom, não quis pagar pra ver meu amor irritado comigo, huh?

Eu fiquei olhando ela com pavor... Eu acendi a luz... E vi o que ela tinha feito...
É só eu ficar longe por uma noite que isso tudo acontece...

Os ursinho e bichinhos estavam decapitados, e alguns sem braços, o quarto inteiro havia fotos minha e da Gumi, as minhas com corações em volta –Aparentemente feitos de sangue- e as da Gumi, com facas aprofundadas, me perguntei como ela fez isso na parede...

Parece um cenário clichê de Yanderes, mas ver isso na vida real...Era assustador..

-V-você...

-Eu pensei que uma decoração no meu estilo seria bom... Eu errei? –Ela fez uma voz de desapontada no final

Eu a abracei e então a beijei... Tirei minha faca debaixo do vestido e finquei nas costas dela, até eu perceber que estava bem profundo então eu tirei...Senti um gosto de sangue na minha boca, então Miku se afastou e começou a tossir..

-P-Por que...

-Você sempre mereceu isso..

-Eu pensei que você me... *huhg* amava...

-Você achou... Só por que transamos não significa que eu te ame... Pelo menos,não é assim a teoria da prostitutas...

-...

-...

-O produtores vão sentir minha falta...

-Se você morrer, vão fazer outra de você, é assim nosso mundo, esqueceu?

As pupilas dela diminuíram... Ela caiu no chão, tossindo e vomitando sangue...

-O-O que você vai fazer agora?

Eu pisei com força no estomago dela... Ela começou a vomitar sangue..

-Será que faço isso até você vomitar suas tripas?

-Huuhg

Apertei um poço mais, de repente senti um vazio no estomago dela...

-Melhor deixar quieto...

Eu fechei a porta e a deixei sozinha lá...

Quando eu voltei, eu disse a Gumi...

-Faça o que quiser com aquele corpo morto...

Ela me olhou espantada...

-Se ela morrer, vão criar uma nova, então fica a seu critério....

Ela disse que ia tomar um banho, então eu fiquei na sala...

Mandei uma mensagem para Diva as 2:00 am... Ela ainda não respondeu...

Quando eu vou ficar em paz?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...