História O diário de um garoto contra a homofobia. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Bangtan Boys, Bts, Comedia, Conscientização, Diário, Homofobia, Hoseok, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Romance, Seokjin, Taehyung, Yaoi, Yoongi, Yoonseok
Exibições 51
Palavras 223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais uma página!!!
Boa leitura!
EnJoy!

Capítulo 3 - Segunda, 01 de Agosto de 2016.


Fanfic / Fanfiction O diário de um garoto contra a homofobia. - Capítulo 3 - Segunda, 01 de Agosto de 2016.

 

Segunda, 01 de Agosto de 2016.

Roberval do céu, eu estou chocado com o impacto do um plano, é, atingiu ele sim, vou te contar como foi…

Cheguei no colégio todo coisa, ‘né, encontrei Taehyung como sempre, aquele coiso mais carente do universo, e aí fomos direto pra aula, aula chata de química. E eu sou tão afrontoso que troquei de lugar com a Seulgi, e fiquei do ladinho do Namjoon. Tinha que ter duas salas, uma ‘pra gente e outra ‘pro ego e arrogância do Namjoon, oh menino rude; fiquei a aula toda tentando puxar assunto e ele só ficava no: aham, uhum, okay, beleza…

As respostas do miserável não passavam de uma palavra.

Depois que a aula terminou, era hora do lanche, e eu fui sentar justo do lado dele, claro, e puxei assunto, nem falei nada demais, só um “oi” e ele já chegou dizendo, “não sou o que você ‘tá pensando não”

Que grosso! Eu só queria conversar, e ele não me deu oportunidade de falar mais nada, ele saiu do meu lado; quem em sã consciência dispensa um papo com um ser lindo, maravilhoso, brilhoso e gostoso como eu?

Será que ele ta sabendo de alguma coisa, Roberval?

Será que eu vou conseguir deshomofobicar o Namjoon?

Como eu queria que você falasse, Roberval, seria tudo muito mais fácil.


Notas Finais


Poxa roberval, fala ae pow...
Quem aí queria um roberval pra chamar de seu? hehehehe'
Espero que tenham gostado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...