História O Diário de uma Adolecente - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Grant Gustin, Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Barbara Palvin
Exibições 13
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Não pode ser


  Pov - Barbara

   Acordei com alguém me sacudindo resmungo, mais ela ou ele seja lá u que for  continua, eu abro os olhos mas fecho rapidamente veio uma luz junto com uma dor de cabeça enorme.

   - quem beber igual uma garrafa sem fundo agora estar aí de ressaca, - disse ela é percebi que era a vic - anda levanta vamos ter que arrumar a bagunça dessa casa antes da tia chegar vai tomar um banho primeiro, vou lá falar com o Jesse agora.

   - Bom dia pra você também, que horas aquela festa foi acabar?, AÍ MINHA CABEÇA,- gritei mais doeu mais - aí de novo.

   -para de gritar então, isso faz doer mais, i foi acabou 04:34  da manhã foi bombástica adorei, - ela ia sair do quarto mais para e me olha - você fica engraçada quando bebe parece uma retardada.

  - vic sai da qui agora é me deixa me arrumar primeiro. - disse coçando os olhos e com a mãe na cabeça.

  - tá bom tô saindo - disse ela fazendo aviãozinho com as mãos e saindo do quarto dei um sorriso mais ele logo se desfaz.

   Desci da cama calcei minha pantufa e fui para o closet pegar uma roupa leve. Escolhi um vestido preto com umas caveirinhas branca. Pego minha havaiana e vou para o banheiro ligo a banheira e logo depois de enchida entro na mesma.

   Demoro uns 20 minutos lá dentro , saio visto visto minha roupa e logo após desço para a cozinha tomo uma pílula contra enxaqueca, logo vejo vic e Jesse descendo.

    - olha a princesa já está pronta para fazer a tarefa da Cinderela. - disse minha maravilhosa amiga com um sorriso no rosto.

   - vic você está me escondendo alguma coisa pode falar agora.-disse colocando café na xícara e pegando um bolo que havia ali.

  - depois te falo - ela disse sentando do meu lado - mais iae meus gêmeos vamos arrumar bagunça?.

   - nos não somos gêmeos -eu e Jesse falamos juntos

 
  - nossa me come logo.

- não você é muito azeda vic - falo e ela vem em cima de mim.e eu começo a rir - tá para, vamos fazer assim eu fico aqui embaixo e vocês arrumar lá em cima e depois quando vocês terminarem vocês deci e me ajuda aqui embaixo ok?- falo e quando vejo que eles vão protestar - tá tudo ótimo então vamos começar amores.

  Já estávamos terminando de arrumar tudo lá em cima já estava tudo arrumado só faltou a sala que era aonde estamos arrumando neste momento.

    - que casa grande em parece até um palácio de Baken rin da Inglaterra pelo amor de Deus.

- vic desculpa mais você hoje estar muito mandona e sem contar estar reclamando demais - jesse falou com ela e ela para é o olha.

  - como é senhor jesse? - ixi vai dar treta - não era pra mim nem estar aqui ajudando vocês  e sem contar que nos ninguém aqui pediu sua opinião então fica na sua viu grandão.

- se acha que estar fazendo com que? A madame estar na minha casa então eu posso sim falar o que eu acho e o que está me irritando. - nessas horas eu queria rir mais rir muito mesmo.

- quer sabe eu vou e pra minha casa, amiga obrigada por ter me emprestado a roupa depois te empresto tá ?- ela disse saindo da sala e subindo para pegar sua bolsa e não demora e ela deci.

- vic fica amiga- falo e logo olho pro meu irmão pra ele fazer alguma coisa e ele logo vai até a mesma.

- vic para de show vai nos somos amigos também já faz tempo e eu só estou cansado ainda é fiquei com raiva.

- e o beijo que você é deu ontem não significou nada? - ela fala olhando dentro dos olhos del....Pera BEIJO?

-BEIJO - perguntamos juntos e eu termino de falar- jesse seu Otávio você beijou minha mulher seu desgraçado - corro atrás dele.

- nem eu lembro disso vic desculpa mais se eu soubesse eu não teria te beijado.

- tá tudo bem amiga eu já estou indo qualquer coisa me liga.- ela tava triste e saiu eu logo fui atrás dela.

- pera vic , vic porra , vic vadia filha da mãe espera - falo pulando em cima dela - Porra velho tira esse fone e me...vic meu amor não chora vem k - Abraço ela - eu sempre te disse que o Jesse não serve pra você ele é um puto pena ser meu irmão vem vamos sentar pra conversar -sentamos na calçada.

Estávamos conversando e ela já estava melhor até ela me contar uma coisa muito ruim pro meu namoro.

  - VICTÓRIA PARA DE MENTIR AGORA - me levanto bufando há estava nervosa ou melhor quase  chorando.

- e amiga parece que eu não fui a única que Beijou a pessoa errada e pior vocês quase tranzou se não fosse eu.

- puta merda, VELHO eu não acredito nisso o Andy vai ficar uma fera comigo.

- isso se ele souber.

- claro que vai por mim eu não vou esconder nada dele.

- então tá pera " Amor eu quase tranzei com o Justin e  sou te falando"? E isso Barbara? . Ou só se for assim “ amor eu estava bêbada e quase tranzei com o Justin” para acorda pra vida vocês também não precisa contar tudo pra ele.

Eu traiu ele é não preciso contar- essa guria tá louca - tá esquece isso só espero que o Justin não se lembre porque senão ele vai ficar fazendo aquelas porra de chantagem.

pov - Justin

Acordei com uma puta dor de cabeça viro pro lado e não acredito no que vejo olho para debaixo do cobertor e me deparo nu.

Mais que porra e essa? - falo sacudindo ela.

Não se lembra da nossa noite amor? - eu nego- você me achou maravilhosa gemendo seu nome enquanto me penetrava

-selena ...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...