História O diário de uma suicida - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Raynani

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 12
Palavras 311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa não ter postado antes

Capítulo 2 - Vida bosta


Fanfic / Fanfiction O diário de uma suicida - Capítulo 2 - Vida bosta

�� Querido diario estava no meu quarto sozinha como sempre, a única coisa que o iluminava era a luz da lua, já batia 21:00 horas da noite, eu ia descer para comer mais lembrei que meu padrasto esta lá, então resolvi ficar aqui ,mas infelizmente minha barriga roncava de fome e eu so tinhas duas escolhas ficar com fome ou ser abusada e saciar minha fome ,dessas opções preferi ficar com fome, já que estou com muita vou ir dormir, quem sabe assim ela não passa, boa noite meu único amigo ��

*guarde meu diário numa gaveta mas antes o trancando, tranco a porta de meu quarto e pego meu pijama e uma toalha, vou ate meu banheiro tomando um banho rápido, me seco depois me visto, vou ate minha cama deitando nela, me tapo e fico pensando em minha mãe que ira voltar depois da manhã pois ela teve que viajar a trabalho e já fez um mês que ela foi e me deixou com meu padrasto, esse mês foi uma bosta pois meu padrasto abusa de mim quase todo dia e ainda por cima não tenho amigos, sou a estranha daquela escola, mas também não ligo ,amigos so iriam atrapalhar meus estudos, mas uma coisa que esta começando a virar uma diaria e meus cortes no braço e quase toda noite eu , deve ser apenas falta de meu pai que faleceu a um ano, ate agora não superei sua morte, desde quando perdi meu pai minha mãe fez minha vida um inferno, mas e melhor ela aqui me irritando que meu padrasto abusando de mim, enfim vou dormir amanhã tenho que arrumar a casa para minha mãe quando voltar de viagem não me bater, fecho os olhos e tento imaginar coisas boas ate que me lembrei do meu padrasto me estuprando e comecei a chorar*

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

~Que vida bosta~


Notas Finais


Desculpa os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...