História O Diário de uma Treinadora - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Antoine Griezmann, Cristiano Ronaldo, Fernando Torres, James Rodríguez
Exibições 74
Palavras 1.080
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Esporte, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Sonhos


----//----

Querido Diário,

-Awn, Griezmann, mais devagar, assim dói... AI... – Um gemido escapou de meus lábios, mas de nada adiantou, os beijos e mordidas fortes que recebi do francês somente aumentaram.

-Não tem como, você é muito gata... – Nossos corpos estavam suados e grudados um ao outro, tudo começou a doer e ficar mais profundo até que...

TRIIIMMM!!!

Pulo da cama com o susto, o despertador me deu um grande susto. Eram 5:30 da manhã com direito à tempestade. A chuva estava forte lá fora, conseguia ver da janela que havia pouco movimento nas ruas do apartamento e ainda parecia de noite, estava muito frio. E eu estava suando feito louca.

Foi um dos sonhos mais estranhos que tive, durou um tempo para processar tudo isso, eu sonhei que estava fazendo sexo com um de meus jogadores, e um de meus amigos. Eu estava ficando carente? Isso era assustador. Eu nem podia imaginar uma relação com Griezmann! Por que eu sonhei com essa loucura?

Fui ver meu planner, assim que olhei quais eram minhas tarefas de hoje, esbugalhei os olhos.

Meu jogo de estreia seria contra o Fc Bayern!!

Isso foi o bastante para tomar um banho gelado, mesmo em um clima frio. Acordar daquele sonho estranho de uma vez por todas era o que eu mais queria no momento. Lavei os cabelos e vesti o roupão.

Separei o que vestiria naquele dia, como era minha estreia, acho que deveria estar elegante, então selecionei um vestido médio na cor preta, salto alto preto, meia calça preta e um casaco elegante, eu não iria me vestir de terno como um homem!

Então, preparei um chá para me acalmar e fui lendo algumas notícias na internet. O que achavam de mim?

‘’Antonella Torres’’ – Digitei no Google.

Notícias em destaque:

‘’A primeira treinadora do futebol masculino: Conheça Antonella Torres’’;

‘’Atlético de Madrid terá treinadora até fim de ano’’;

‘’O que esperar de Antonella Torres?’’;

As três primeiras notícias já chamaram grande atenção, decidi clicar nas três de uma vez e ler uma por uma, cliquei na primeira aba.

‘’Conheça Antonella Torres:

O Atlético de Madrid, terá pela primeira vez em sua história, uma treinadora, é uma novidade no vasto mundo do futebol, mas quem é ela?

Antonella era interina de Diego Simeone, com quem manteve grande amizade, a gata tem 32 anos e é formada em Educação Física.

Ela é irmã mais velha do jogador Oliver Torres, que também defende os colchoneros. Tem 1,80 de altura e corpo de modelo, para alegria de muitos, é solteira.

E aí, está disposto a tentar ganhar o coração de Antonella? ‘’

-Como eles sabem essas coisas de mim? Os paparazzi são muito inteligentes! – Preparo as torradas e vou lendo os comentários.

E foi o bastante para eu desligar o computador de vez, ao ler algumas bizarrices.

‘’Que gata, essa é a namorada do Griezmann, eles namoram desde o Real Sociedad, homem de sorte’’.

‘’Mais um fracasso, vai destruir o Atlético, mulher e futebol não dá certo’’.

Grunhi com esse último, ao ler mais algumas coisas, desliguei o computador de vez e fui me vestir.

Como a chuva ainda não cessou, eu troquei as roupas formais por bota de salto, calça e blusas preta. Acho que combinava mais. Agora, já eram 7:45.

Ouvi uma buzina do lado de fora, pego minha bolsa e uma mala de mão e confirmo o que esperava: Meu irmão mais novo veio me buscar, como eu não dirigia, ele sempre me buscava em minha casa para a sede do clube.

Agora tenho que ir, o dever chama.

Até mais,

Antonella.

----//----

-Tá bonitona, em mana? Até passou maquiagem... – Oliver notou que eu estava mais arrumada que o comum, obviamente, eu iria aparecer muitas vezes na TV enquanto xingava meu time direto do gramado.

-Obrigada... – Suspiro e ouço risadinhas.

-O Tonho vai gostar, em? Tá tentando impressionar ele, é? – Eu tinha sempre de ouvir que Antoine era meu ‘’namoradinho’’ Oliver achava que eu gostava do craque do time por eu conversar mais do que o normal com um jogador.

-Se continuar me zoando, você vai pro banco... – Ameaço e suspiro, olhando pela janela as ruas encharcadas do lado de fora.

Oliver era muito mais evoluído que eu, dez anos mais novo e ganhava o dobro que eu, dirigia e tinha até namorada, e eu, solteira, sem carta, sem carro e sem os luxos que esses jogadores ganham.

Isso me dava uma pitada de inveja, era um pouco errado, mas acho que eu deveria servir de exemplo para o pirralho e não ao contrário, chegava a ser vergonhoso.

Chegamos à sede do clube, não haveria treinos antes da partida, iríamos para Munique em uma hora.

Eu andava pelos corredores acompanhada de Oliver, eu era até um pouco brava com os outros, mas sempre falava com todos pelo clube, não queria ser alguém arrogante, tinha de dar atenção aos jogadores, sem exceção, assim como os professores faziam.

Eu ainda pensava naquele bendito sonho...

-Bom dia, Koke...

-Bom dia, chefe! – Nos encontramos no estacionamento.

Assim que entramos, dou de cara com o homem de meus ‘’sonhos’’, literalmente...

-Que elegância, está toda bonita que eu me senti um mendigo agora... – Griezmann como sempre, um amor. Ele falava comigo com calma e respeito, mas não me tratava como uma ‘’chefe’’ e sim como uma amiga. Mas sempre educado.

-Hmm... –Meu irmão idiota saiu dali e nos deixou sozinhos. Não notei que estava bem no meio da entrada, então alguém abriu rapidamente a porta e com brutalidade. E o resultado foi... Brutal.

-Ai! – Escorreguei com a pocinha de água que fora formada pelos calçados molhados de quem entrava, o salto de minha bota acabou quebrando e eu caí para a frente.

-OPA! – Griezmann tentou me segurar, mas acabou escorregando e ambos caímos no chão.

Torci o tornozelo e quebrei meu salto. Além disso, o francês caiu em cima de mim. O que era vergonhoso para uma figura de respeito no clube como eu.

Quem foi o idiota que abriu a porta com tanta força assim? Olhei para trás e vi que se tratava de meu primo de segundo grau.

-Desculpa! Desculpa! – Griezmann saiu de cima de mim, mas metade dos funcionários que estavam por perto viram, já estava manchada com essa gafe.

-Prima! Desculpa! – Fernando Torres me ajudou a me levantar, juntamente com Griezmann, os funcionários nos encararam de modo estranho.

Continuei andando normalmente, mas esqueci que o salto havia quebrado, o que deu origem à mais um tombo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...