História O Diário Secreto de Park Jimin -Jikook- (2. temporada) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope, Vkook
Visualizações 267
Palavras 1.602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiii, turu com vocês?
Eu não tô legal... É o ultimo capítulo (da 1.Temporada) .... Tô chorosa

BOA LEITURA!!!

Capítulo 13 - Lembranças!!


Fanfic / Fanfiction O Diário Secreto de Park Jimin -Jikook- (2. temporada) - Capítulo 13 - Lembranças!!

    Death (tempos atuais)

 

 

E aqui estamos nós... No final desta história. Caro leitor quero que saiba que eu adorei narrar essa história. Mas chega de agradecimentos... Vamos voltar para a história.

 

~5 anos depois~

 

-Jeon Daejung... O appa vai te pegar- disse Jungkook enquanto corria atrás do mais novo

-Appa você não têm chance- disse Daejung enquanto gargalhava

-Peguei- disse o Jeon mais velho

-Não vale appa- disse o menor enquanto fazia um bico extremamente adorável

-Não faça essa cara, que tal nos irmos comer?- disse enquanto se abaixava para ficar da altura do filho

-Sorvete?- disse enquanto abria os braços, para subir no colo do pai

-Sorvete- disse Jeon- Você tá ficando pesado né filho.

 

Você deve estar confuso né?! Se perguntando como caralhas Jeon conseguiu uma criança asiática no Brasil? Calma eu vou te contar.

 

Jeon voltou para a Coreia para adotar uma criança lá, lógico que Jeon já estava estável e podia dar do bom e do melhor para criança que adotasse. Jeon lembra muitooo bem no dia que foi ver as crianças no orfanato.

 

Flashback ~4 anos atrás~

Jeon estava em frente a casa enorme, que abrigava várias crianças. Jeon entrou, suspirou e foi em direção a sala da diretora, ele bateu

-Entre!- disse uma mulher com a voz abafada, Jeon adentrou- Senhor Jeon- disse a mulher se levantando, enquanto estendia a mão- Prazer sou Lisa- Jeon estendeu a mão e apertou a mão da mulher

-Lisa? Mas eu falei com a Jennie... Se eu não me engano- disse Jeon enquanto sentava no acento em frente a mesa da diretora

-O Senhor falou com a minha namorada- disse enquanto sorria- eu é ela somos donas desse orfanato

-Aaa agora entendi- disse enquanto se ajeitava na cadeira

-Então vamos ver as crianças?- disse a loira enquanto levantava - aaa quase me esqueci- disse enquanto batia na propia testa- você têm alguma preferência?- Jeon a olhou

-Apenas o sexo- disse enquanto levantava

-E qual séria? -falou a loira enquanto ia em direção a porta

-Masculino- disse Jeon enquanto seguia a mulher. Jeon foi levado para o pátio, lá havia várias crianças, todas eram lindas. Jeon estava olhando para os garotos, Jungkook rolou os olhos pelo o pátio, e viu um garoto sentado no banco olhando para o céu, o pequeno estava isolado das outras crianças... Mas por quê?

-Aquele!- disse Jeon enquanto apontava para o garoto- qual é o nome?

-Daejung, ele é o mais quieto, ele não fala muito com as outras crianças!- disse dando um suspiro- ele vive no seu próprio mundo- disse a loira por fim

-Quantos anos ele têm?

- 8 anos. Quer quê eu o chame?

-Pôde deixar eu vou lá falar com ele- Jungkook foi até o garoto e sentou ao seu lado do mesmo

-Gosta do céu?- disse Jeon enquanto cruzava os braços e olhava para cima

-Adoro!- Jungkook olhou para criança e viu que o mesmo usava um fone

-Você não é muito novo para ter celular?

-Sou, mas eu ganhei... Então eu não ia jogar fora

-Quê tipo de música você gosta?

-Sei lá, eu meio que curto tudo!

-uou... Sério ?!

-Sim... Eu acho que todas os estilos de músicas têm suas músicas boas e ruins!

-Você é bem esperto pra sua idade garoto

-Talvez

-Meu nome é Jungkook e o seu?- disse enquanto olhava para o garoto

-Daejung prazer Jungkook- disse se virando para o homem. Jeon olhou para o garoto e parecia que ele estava vendo Jimin quando pequeno

-Jungkook?!

-Sim?

- Por quê de todas essas crianças você me escolheu?- disse enquanto olhava para Jeon

-Digamos quê você me chamou atenção!- disse enquanto sorria

-Eu gostei de você! Você vai ser o meu Appa?- quando o pequeno falou "appa" seus olhos brilharam

-Se você quiser!- disse Jeon todo feliz

 

Flashback....

 

-Esse sorvete tá muito bom appa!- disse o menor enquanto se lambuzava com o sorvete

-Verdade!- disse enquanto pegava o guardanapo para limpar a boca do filho

-Nós vamos ver a vovó hoje?- disse enquanto pegava os papéis da mão do pai

-Vamos, o eu vou ter que sair....

-O senhor vai ir na casa dos mortos?- Jeon o olhou confuso-Cemitério appa!

-Como você sabe?

-A vovó contou, ela disse que você vai ver um grande amor, quê não está mais aqui com a gente

- É verdade!- disse Jeon enquanto limpava a boca com o papel

-Appa eu posso ir? Daí o senhor me conta desse grande amor- disse enquanto fazia uma carinha fofa

-Pôde sim, depois quê eu levar as flores para o túmulo eu vou levar você a um lugar muito especial!

-Sério?!

-Sério!- disse Jeon por fim.

 

 

Os garotos estavam na frente do túmulo de Jimin, Jeon se abaixou e colocou as flores em cima do túmulo

-Sinto tanta a sua falta!- disse Jeon enquanto passava a mão para retirar o pó que estava na foto de Jimin. O moreno sorriu quando veio a sua mente a última conversa que teve com Park -antes de tudo-

 

Flashback

 

-Kookie eu já disse; o TaeHyung não gosta de você, ele não te merece

-Pôde parar Jimin, eu já pedi pra você parar de implicar com o Tae

-Mas...

-Sem mas, agora vamos para sala

-Tá bom- disse o menor enquanto revirava os olhos, Jeon o abraçou de lado

-Não fique bravo comigo!- disse enquanto beijava a bochecha do menor

-Eu não tô bravo!

-A t a!- Jeon fez questão de soletrar, Jimin olhou- Nhaa, você sabe que eu TiAmo!

-Eu também TiAmo coelho!- disse Jimin enquanto dava uma gargalhada

Flashback....

 

 

-Vamos?!-falou Jungkook se levantando

- Vamos!- o menor deu a mão para Jeon que a segurou.

 

 

 

 

 

-Appa aqui é lindo!- disse Daejung enquanto sentava na toalha que seu pai havia estendido sobre a grama verde

-Se ageite que eu vou te contar a história daquele garoto que eu vou visitar no cemitério

-Ok- disse enquanto deitava e fechava os olhos

-Bom nome dele era Jimin... Park Jimin, eu e Jimin éramos melhores amigos, más com o tempo o meu sentimento virou muito mais que amor de amigo, e eu ao invés de falar dos meus sentimentos para Jimin... Eu fugi deles- suspirou- então eu comecei a namorar um garoto, então Jimin sofreu um acidente, mas ele queria aquele acidente....

-Por quê ele fez isso?

-Ele estava sofrendo muito e ele não tinha ninguém para ajudar.... Depois de um tempo eu descobri quê ele também me amava, então eu prometi pra mim mesmo que eu não iria ficar com ninguém... Por quê eu amo Jimin.

-Nossa Appa... Que história.. Coitado do Jimin!- o pequeno fez uma cara triste- mas por quê você me trouxe aqui appa?

-Eu e Jimin sempre víamos aqui quando crianças- Jeon olhou para o precipício

-Ata- após àquilo um silêncio foi instalado no local

-Daejung... Esses foi um dos motivos pelo o qual me chamou atenção em você!- disse Jeon olhando para o céu, o menor o olhou confuso- Jimin também era único, igual a você, ele adorava estrelas, ele tinha a mesma opinião sobre os estilos de músicas... Até o sorvete é o mesmo- disse Jeon

-Eu queria ter conhecido o Jimin!- então Jeon lembrou de algo

 

Flashback

Jeon estava encarando a caixa que havia pegado no quarto de Jimin, ele se levantou... Pegou a caixa, se sentou no chão e tirou uma madeíra solta

-Aqui você vai ficar seguro- disse colocando a caixa no buraco e logo o tampando.

Flashback....

 

-É isso- disse Jeon, o menor deu um pulo

-Quê susto appa!

-Vêm filho, eu quero dar uma coisa pra você!

 

 

 

 

 

Jeon e Daejung já estavam no antigo quarto de Jeon, Jungkook arredou a cama e tirou a madeíra solta e pegou a caixa. A caixa estava muito suja... Afinal fazia 5 anos que ela não era tirada dalí. Jungkook abriu a caixa e tirou os livros favoritos de Jimin, o Diário do alaranjado e a carta que ele havia deixado para Jeon

-O quê e isso appa?

-São os livros favoritos do Jimin, o diário dele e a carta quê ele deixou para mim como um "adeus"

-Ele tinha bom gosto para livros né?! Mano eu também adoro Stephen King- disse o menor enquanto pegava na mão o livro "Misery-Louca Obsessão".... Então Jungkook lembrou de algo ou melhor de uma conversa.

 

Flashback

-Jimin você não cansa de ler?

-Jungkook para de encher o saco! Eu gosto de ler fazer o quê?- disse o menor enquanto virava a página do seu livro favorito "It- A coisa"

-Jungkook?!

-Quê?

-Quando eu me casar... Ao invés das pessoas darem coisas pra minha casa... Eu quero que elas me deem livros, daí eu fasso uma lista dos livros quê eu tenho

-É sério isso?

-Sim

-Meu Deus- disse o mais velho enquanto batia com a mão na testa.

Flashback....

 

-Daejung você pôde pegar essas coisas e você pôde ler se quiser... Mas por favor cuidado ok?

-Sério? Obrigadoooo Appa- disse dando um abraço em seu Appa que já foi retribuído.

 

Definitivamente Daejung foi a melhor escolha!

 

 

 

(...)

Bom... Podemos dizer que Jungkook e seu filho foram muito felizes...

 

Mas, o futuro guarda para eles muitas surpresas... 

 

 

É preciso viver o presente.

Tudo o que é se foi além da lembrança, tudo o que é futuro permanece fora do nosso alcance até que se torne presente. Lembrando o passado e uma reflexão para o futuro são importantes, mas apenas na medida em que eles ajudam com um negócio chamado presente.

 

Acho que nada acontece por acaso, sabe? Que no fundo as coisas têm seu plano secreto, embora não entendemos 

 

 

 

 

           The End! (da 1. Temporada)


Notas Finais


Aaaa acaboooooo T-T, estou triste.... Mas calma pq eu vou postar mais uma coisa


Amoooo muitooo vocês Pandinhas <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...