História O doce som do piano - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Drama, Jeon Jungkook, Jimin, Jungkook, Park Jimin, Piano, Suga, Taehyung, Taekook, Yoongi
Exibições 33
Palavras 982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaaa pessoinhas.
Bem eu não tenho muito o que dizer aqui, só que eu espero que vocês gostem e que ouvem essa a musica; Florian Bur - My World. Na parte em que o Yoongi começa ouvir a gravação okay? Mas só ouvem se quiser.
Bem nos vemos lá embaixo.

Capítulo 1 - 01


22:46...

 

Olhei novamente para a mensagem que eu havia acabado de lhe enviar.

 

Quantas mensagens eu enviei? 15, 20, 30, 40 ou mais...?

 

Suspiro.

 

Ela não viu nenhuma das milhares mensagens que eu lhe enviei. Por quê? Por que ela não me responde?

 

Desligo meu celular e fecho meus olhos tentando me concentrar em outra coisa que não seja ela, porém falho totalmente em meu objetivo, a única coisa que vem na minha cabeça nesse momento é ela. O som da chuva aumenta a cada minuto. Esta noite, está tão fria, tão escura, tão silenciosa... Nunca me incomodei com noites chuvosas e silenciosas, na verdade eu gosto delas, são relaxantes e boas pra pensar, mas porque agora estou sentindo um grande desconforto? Por que tem que ser tão fria? Por que tem quer tão silenciosa? Por que tão escura? Por que tão vazia?

- Aish. – falo alto, jogando meu corpo no sofá. Fecho meus olhos novamente e tento relaxar com o som da chuva. Novamente ela invade meus pensamentos e eles são tomados por todos os momentos que passamos perto um do outro nesses últimos meses, dessa vez não tentei afastá-los, apenas deixei que minha mente lembra-se de cada momento. Um sorriso involuntário se formou nos meus lábios. Sinto meu coração acelerar e ele se aquecer ao me lembrar dela.

 

Como ela consegue fazer isso comigo?!

Como cheguei ao ponto, de só de me lembrar dela eu já ficar assim?!

 

Sento-me no sofá e então olho por cima dele, e encaro o piano que não está tão distante de mim. Levanto-me e pego meu celular que deixei em cima da mesinha de centro. Vou até o piano e me sento no banco, vou nas gravações de áudio que tenho em meu celular e deixo na qual eu queria, coloco o mesmo em cima do instrumento e, levantei a tampa do piano e encarei as teclas do mesmo. Respirei fundo e, cliquei no play da gravação e fechei os olhos para ouvir o som.

 

- Yoongi. – Sorri. Ah como é bom ouvir sua voz.

- Yoongi não grave você sabe que não gosto.

- Mas eu quero!

- Mas eu não quero!

- Eu gosto de ouvir você tocar.

- Você pode me ouvir tocar, não precisa gravar.

- Mas não estou 24 horas por dia com você. Como vou ouvir você tocar antes de dormir se você não vai está comigo? Ou quando eu acordar, você vai está comigo quando eu acordar?

- …

-  Está bem, eu toco.

 

 

Levo as minhas mãos até as teclas - ainda com os olhos fechados. - e começou a tocar conforme ela toca. O som, o som que eu tanto amo. Aquele silêncio foi preenchido, o vazio que eu estava sentindo foi ocupado, a escuridão que eu via agora não existe e o frio não se fazia mais presente, porém o incômodo que sinto, não se foi.

 

[...]

00:05...

 

Respirei fundo. Ela certamente está me deixando louco. Preocupado. Doente. Sim estou doente e é por causa dela, e minha única cura é exatamente o que está me deixando desse jeito. Olho atentamente as gotas da chuva deslizando pela janela. A chuva havia aumentado. Agora estava ouvindo outra gravação dela tocando. Ela toca de uma forma tão linda, como se expressa-se em cada nota os seus sentimentos, e eu posso senti-los através dessas notas. Minha atenção vai para a tela de bloqueio do meu celular - mais especificamente pra foto que está nele.-, o seu sorriso é tão lindo, pra mim está em primeiro lugar das sete maravilhas do mundo. Prometi pra mim mesmo que faria ela sorrir todos os dias e que eu seria o motivo deles, mas será que eu vou conseguir comprimir essa minha promessa? Porque sinto que ela está neste momento tão distante, mas ao mesmo tão perto de mim?

- Aish, sinceramente qual é o problema que você tem Yoongi? - falo comigo mesmo.

 

FlashBack

 

Eu estava deitado de lado no lindo jardim de azaléias brancas, já ela estava deitada de costas encarando o grande céu azul. Ela parecia tão tranquila. Um vento fraco passou por nós, fazendo as flores se mexerem e os seus cabelos também, me dando uma linda visão dela. Como alguém pode conseguir ser tão linda, tão… Perfeita?!

- Yoongi pare de me encarar.

- Como que você pode saber que eu estou te encarando? - digo parando de encará-la e olho para o céu.

- Eu simplesmente sei.

Um silêncio predomina entre nós, porém não é um silêncio ruim, ele é bom, é reconfortante. Fecho meus olhos para sentir o vento contra a minha pele, até que ela me chama e eu respondo com “hm”.

- Você já pensou em desistir? Em simplesmente jogar tudo isso pro alto e desistir?

- Sim.

- Você ainda pensa nisso?

- Não.

- Por que?

- Por que eu tenho um motivo para não desistir.

- E qual seria esse seu motivo?

- Você. - falo sem hesitar e a vejo dá um pequeno sorriso. Novamente aquele silêncio reconfortante se instala entre nós.

 

FlashBack off

 

Eu sei que as coisas podem parecer difíceis agora, mas tudo vai melhorar um dia, talvez esse dia demore, mas ele vai chegar, você só tem que esperar, porque tudo vai passar, apenas espere e aguente o máximo que você pode, não desista, não agora.

Sinto uma sensação estranha no peito, é como se algo ruim estivesse acontecendo, levo minha mão até o local que fica meu coração e o sinto doer.

 

O que está acontecendo? Por que estou sentindo isso agora?

 

Aperto com a minha mão direita o meu celular e com a outra a minha blusa, sentindo meu peito doer mais e mais. Depois de mais alguns segundos sinto meu celular vibrar contra a minha mão. Vejo quem está me ligando e é ela.

- Yoongi?

Meu coração falha por alguns segundos…

 


Notas Finais


Eai gostaram? Espero que não tenha decepcionado nenhum (a) de vocês.
Vou explicar só uma coisinha qui;
Esse capitulo na verdade é uma parte do ultimo capitulo.

Era só isso, nos vemos no próximo capitulo, se tiver duvida em algo é só me pergunta nos comentários irei responder todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...