História O Dominador - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 29
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - Vou matar você!


Fanfic / Fanfiction O Dominador - Capítulo 9 - Vou matar você!

Dean

Deixei Stephanie em sua casa, "agora vamos descobrir um pouco de sua vida Billy ". Esse garoto não faz idéia no que acaba de se meter.

Stephanie 

Dean mau saiu daqui e eu já quero que ele volte, ele me faz tão bem, sua presença me faz sentir importante, o jeito que ele me trata na frente das pessoas me faz sentir um mulherão. Ouço alguém bater na porta.

- Billy ? O que pensa que faz aqui ?

- Oi sentiu saudade ?

Você está louco?  Saia daqui agora..

O que Billy pensa que está fazendo ?

- Não,  não vou sair sei que sua mãe chega só lá pelas cinco, temos muito tempo.

- Tempo ? Para que ?

- Ah você sabe,  sempre gostei dessa doce b...

- Nem se atreva a falar, Sabe que estou namorando com Dean 

- Aquele ? Há me poupe ele é quase um coroa pra ser bem sincero.

- Ele é bem mais experiente que você,  sabe o que fazer com uma mulher.

Vejo Billy ficar vermelho vejo que está com raiva de minha resposta.

- Ah é  então venha aqui vou te mostrar o que é ser um homem de verdade. 

Billy me agarra, e eu reajo o empurrando.

- Billy me solte você está louco, completamente louco, Saia da minha casa agora!!!

- Não vou, não pelo menos antes de conseguir o que quero.

Ele estava decidido a transar comigo, mas não quero no meu corpo não há uma gota de desejo por Billy.

- Ah vai sim, vá embora antes que...

- Antes que o que ? Vai chamar seu namoradinho para me bater ? Acho que não vai dar tempo.

Dean

Parece que ja sei o suficiente de você Billy, mas não quero ir para minha casa quero ver Stephanie,  vou até a casa dela e farei uma surpresa.

- Billy me solte.

Ele me agarra, não consigo me soltar e ele esta arrancando minha roupa meu Deus o que farei...

- Não bebê agora você vai minha 

Não,  não não começo a chorar não me chame de bebê, um filme passa em minha cabeça  (venha bebê sente aqui comigo)...Eu já havia esquecido tudo porque ele me chamou assim, já não me lembrava daquele trauma, mas Billy o trouxe à tona me chamando de bebê ...

- Me solte, por favor me solte...

- Você não quer um homem pois agora vai ter

Billy baixa sua roupa tento me livrar de suas mãos de novo, mas ele me impede. 

- Não eu não quero, me solte! SOCOR...

Tento gritar mas Billy tapa minha boca e agora meu Deus por favor.

Dean

Chego em frente a casa de Stephanie,  desço do carro vou até a porta ouço barulhos estranhos. "-Me solte Billy eu não quero". Invado a casa sem ao menos pensar duas vezes. 

- Dean, por favor me ajude

Vejo Stephanie no chão com seus braços vermelhos e sua boca sangrando. Seu...

- Maldito maníaco,  vou matar você.

Dean agarra Billy pelo pescoço desfere tantos socos na cara dele que penso que vai mata-lo, Dean então o joga no chão e começa a chuta-lo.

- Acha que é homem moleque, levanta vai, levanta , quero quebrar tua cara filho da puta. Vou te matar desgraçado. 

- Dean não o mate, não faça isso pelo amor de Deus 

Olho para Stephanie vejo seu estado está encolhida perto do sofá com suas roupas rasgadas.

- Ele tocou em você?  Digo gritando

- Não você chegou a tempo

Dean chuta mais vezes o estômago de Billy, pega ele e o joga para fora.

- E se cuide por que eu ainda não acabei com você idiota,  filho da puta,  desgraçado...

Aquela raiva tomou conta de mim, a imagem de Billy em cima de Stephanie não sai de minha cabeça,  mas agora preciso cuidar dela...

- Anjo você está bem ? Depois da pergunta me senti um idiota "claro que ela não está bem imbecil"

- Me sinto melhor com você aqui.

Stephanie está tremendo suas lágrimas caem sem parar, isso me faz sentir raiva. "Porque a deixei sozinha ? Eu deveria estar cuidando dela, me odeio por não estar aqui com ela naquele momento"

- Porque ele me chamou de bebê,  não podia me chamar de bebê,  ninguém pode...

Stephanie fica paralisada por um momento,  olha Fixo para o nada, parece lembrar de um momento. Mas não me parece pensar no que aconteceu agora pouco.

- Porque ninguém pode te chamar de bebê...

- NÃO!!! Por favor Dean não me chame assim, nunca me chame assim.

Sua voz sai trêmula percebo que não quer falar no assunto,  não há pressiono apenas a abraço e ela coloca seu rosto em meu peito e sinto suas lágrimas caírem novamente. A cubro  com meu casaco e ficamos em silêncio por minutos...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...