História O Eclipse! - Camren - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Amor, Camren, Drama, Homossexualidade, Monarquia
Exibições 116
Palavras 1.802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom, eu realmente não ia mais postar essa fic, comecei a escrever outra fic Camren (vou deixar o link pra quem quiser ler lá nas notas finais) e acabei me empolgando muito e a excitação com "O Eclipse" diminuiu um pouco, confesso, mas por motivos maiores (fui ameaçada e chantageada), acabei postando o décimo capítulo hoje. Espero que gostem. Boa leituraaaa
Até as notas finais
Bjo bjo

Capítulo 10 - "Acho que o quarto estava bastante quente, Dinah."



CAPÍTULO 10
-Eu sei bem o que falar... Estamos ferradas- Falei rindo enquanto Lauren acompanhava minha risada.  
-Por que? 
-Porque a plebeia acabou de beijar a princesa.
-Você se importa com esse tipo de subdivisão, Camz? 
-Confesso que me importo um pouco. 
-Por que? 
-É desconfortante. De qualquer forma, não precisamos falar sobre isso. 
Ouvimos baterem na porta e olhei para Lauren extremamente nervosa
-Quem pode ser?- Perguntei o mais baixo que consegui. 
-Não faço ideia, mas não podem saber que eu estou aqui ou vamos envolver em confusão.- Falou e ouvimos baterem na porta outra vez  
-Droga, vai pra debaixo da cama.
-Eu embaixo de uma cama? Você tá louca, Camila? Não me cabe aí
-Agora, Lauren-Falei séria. Lauren fez uma cara de raiva e logo foi pra debaixo da cama, ainda resmungando.
-Quem é?- Perguntei fingindo voz de sono e então fui até a porta abrindo-a e dando de cara com Dinah- Aconteceu alguma coisa?
-Eu não estou conseguindo dormir, Mila. Será que posso ficar aqui? 
-Você sabe que isso é contra as regras, Dinah. Se nos pegarmos aqui, estamos bastante ferradas.  
-Então me deixe entrar, eles não costumam entrar em quartos para revistar, mas se passarem por aqui e vê que estamos nos corredores uma hora dessa, aí sim estaremos ferradas.- O quê eu ia fazer? Será que Dinah falaria para alguém que Lauren estava aqui no meu quarto quase meia noite? Poorra. 
-Entra, rápido.- Falei saindo da entrada e quando Dinah entrou, fechei a porta do quarto com a chave.  
-Obrigado, Mila. Eu detesto dormi sozinha, acho angustiante. 
-Mas me diz, foi algum pesadelo? 
-Foi sim, mas prefiro não falar sobre só quero conversar sobre coisas aleatórias e depois dormir- Falou sentando-se na cama e batendo com a mão ao seu lado para que eu sentasse também.- Onde estão suas secretárias?- Perguntou enquanto eu sentava ao seu lado
-As minhas? Estão dormindo no quarto delas.- Falei normalmente e vi a expressão de surpresa no rosto de Dinah.- O quê foi? 
-As suas secretárias não dormem com você?
-Não, elas no quarto delas, as suas dormem com você?
-Claro, a de todas as meninas dormem com elas. As suas deveria estar aqui agora- Falou Dinah séria, sem tirar a expressão de surpresa de seu rosto.  
-As minhas não, eu pedi que elas não ficassem aqui comigo, nunca precisei de babá e não seria a primeira vez- Ao falar isso, senti os dedos nos meus pés e puxei o pé de uma vez, Lauren.
-O que foi? - Perguntou assustando-se com o "chute" que dei 
-Nasa, só impulso. 
-Nossa, você é estranha, Mila. 
-Estranha? Isso é bom? 
-Isso é estranhamente divertido- Falou Dinah rindo e eu chutei a minha chinela pra baixo da cama disfarçadamente e ouvi um gemido de Lauren. Antes que Dinah comentasse algo sobre ter ouvido eu falei- Ouviu minha barriga? Acho que ainda tô com fome. 
-Nossa, foi bem alto- Falou rindo- Por isso as meninas ficam no quarto, elas pegam comida para a gente, caso a gente sinta fome no meio da noite já que nós não podemos ficar andando pelo palácio assim, muito menos nesses horários.
-Aii- Gritei quando senti uma mordida na batata da minha perna- Mas que merda.- Xinguei colocando a mão em minha perna no local que Lauren tinha mordido.  
-O quê foi? Você tá bem?- Perguntou Dinah preocupada.  
-Nada, eu só estou com muita fome, vou chamar Ane para pegar algo para comer, espera aqui, já volto. Vish, cadê minha outra chinela?- Me fiz de desentendida
-Pode usar a minha, Mila. 
-Não precisa, chutei sem querer pra debaixo da cama. Per- Falei abaixando-me e Lauren tava com um sorriso enorme no rosto e com a chinela na mão para me entregar. - Você me paga, Jauregui.- Sussurrei e a mesma imediatamente colocou a mão na boca para abafar a risada 
-O quê?- Perguntou Dinah. 
-Nada, achei- Falei levantando rapidamente e indo até a porta para ir até Ane, precisa da ajuda dela pra tirar Lauren daqui. 
-Já vai- Gritou Ane assim que eu bati na porta
-Preciso de ajuda- Falei assim que Ani abriu a porta, sem nem dá a oportunidade pra ela falar 
-Ai meu Deus, o que aconteceu? Virão você duas juntas?
-Não, mas Dinah está lá no meu quarto
-O quê? Dinah? E a Lauren? 
-Está lá também. 
-Se eu soubesse que você curtia sexo à três, deveria ter me candidatado antes, que droga.  
-Não, idiota- Falei rindo. - Eu estava com a Lauren no quarto, nós estávamos conversando e rindo daí Dinah bateu lá na porta do quarto e mandei Lauren ir pra debaixo da cama e agora Dinah quer dormir lá no quarto porque teve um pesadelo e está com medo, então Lauren ainda está lá embaixo da cama e preciso que você me ajude a tirá-la de lá.- Falei sem nenhuma pausa e Ane ria muito- Para de rir, é sério
-Desculpa, Mila. É só que nunca imaginei Lauren Jauregui embaixo de uma cama escondida, a cena deve estar bem engraçada e ela deve estra bem brava também. 
-Sim, olha o que ela fez- Falei apontando pra marca dos dentes de Lauren que havia ficado na minha perna. 
-Minha nossa, isso foi a Lauren?
-Sim, isso foi aquela idiota.
-O que você fez pra receber uma mordida dessa?
-Nasa, apenas joguei a minha chinela nela embaixo da cama, mas ela que começou, tava fazendo cócegas nos meus pés. 
-Vocês tem quantos anos, em? 
-Nada disso, não vem. Só me ajuda, Ane. Veem
-Tá, tá, mas o que você quer que eu faça? 
-Eu disse que vinha te chamar porque estava com muita fome e você ia pegar comida. Vá com ela, chame ela pra ir te ajudar
-Ela vai mandar você ir já que eu estou à sua disposição e não à dela
-Eu digo que vou fazer xixi e você vão, me ajuda
-Tá, tá, vamos logo 
Saímos do corredor e quando entramos no quarto, Dinah ainda estava como antes, sentada na minha cama, agora esperando por mim.  
-Pronto, Dinah. Você ajuda a Ane a pegar coisas enquanto eu faço xixi, ok? 
-Ok- Concordou Dinah que logo saiu com a Ane enquanto eu fingia entrar no banheiro. 
-Sai daí rápido, Jauregui.- Falei voltando para perto da cama   
-Calma aí-Falou Lauren saindo debaixo da cama e segurando meu braço
-Sai daqui. Olha o que você fez na minha perna, Lauren- Falei pra ela, mostrando a marca dos dentes dela na minha perna  
-Só pra marcar território- Falou piscando o olho pra mim e assim que aproximou-se para me beijar eu desviei e corri até a porta para que ela pudesse sair logo dali- Deixa disso, Camz. Todos tem que saber que você tem alguém agora- Falou ficando há centímetros do meu rosto e aproximando-se cada vez mais do meu pescoço.
-Um cachorro? Só se for. Porque olha a marca que você deixou na minha perna 
-Não era aí que eu queria marcar, mas como sua amiga estava no quarto- Falou contra minha pele, fazendo a mesma arrepiar-se inteira. 
-Lauren, para- Falei, mas mais pareceu um gemido do quê qualquer outra coisa
-Você não quer que eu pare, Camz. Admita!- Falou mordiscando o lóbulo da minha orelha direita, deixando-me completamente arrepiada- Quer, baby?- Perguntou de novo, mas nem minha voz conseguia sair, acho que esqueci como se fala. Lauren olhou em meus olhos e ali foi meu ponto fraco, seus olhos. Seus olhos eram de uma profundida surreal, me deixava inquieta, nervosa, interessada, queimava-me por dentro. Lauren passou sua língua por meus lábios entreabertos e colocou sua mão direita em minha cintura, trazendo-me para mais perto dela, fazendo com que nossos corpos colassem.
-Lau...-Antes que eu pudesse continuar Lauren colou nossos lábios em um beijo que começou lento como os outros dois, mas estava esquentando, esquentando muito. Minha nossa, eu não conseguia parar, mas eu tinha que parar. E se Ane chegasse com Dinah ali agora? Já fazia quanto tempo que elas tinham ido? Meu Deus, Lauren para. Eu falava pra mim mesma, meu cérebro não era louco de deixar eu pronunciar essas palavras. Lauren tirou seus lábios dos meus passando agora pelo meu queixo e indo em direção ao meu pescoço beijando cada parte por onde passava, minhas mãos estavam em seus cabelos incentivando-a à continuar. Com minha outra mão livre, apertei sua cintura com força puxando seu cabelo para trás o que parecia encorajá-la à continuar. Perdi as forças quando Lauren chupou meu pescoço e levou sua mão que não estava em minha cintura para o meu seio e o apertou levemente, fazendo-me arfar e puxar ainda mais os seus cabelos enquanto Lauren não parecia ter pena alguma do meu pescoço e eu estava adorando isso. Inverti a situação colocando Lauren na parede e comecei a distribuir beijos pelo seu busto, coloquei minha mão por baixo de sua blusa arranhando levemente a área de sua barriga, deixei minha mão ir conhecendo cada parte dali e então levei meus lábios aos seus, beijei-a com vontade, com muita vontade, Lauren colocou sua mão em minha bunda e apertou com força fazendo com que eu mordesse seu lábio com mais força que o necessário fazendo a mesma murmurar algo, não sabia se era excitação ou dor ou até mesmo os dois juntos, só sei que estava gostando, antes que pudesse continuar, Lauren tirou minha mão de dentro de sua blusa e separou meus lábios do seu. 
-Chega, Camz. As meninas já estão vindo, tenho que ir.- Falou dando-me um selinho e saindo do quarto sem esperar eu fala nada, joguei-me na cama para esperar as meninas chegarem e fiquei com os meus pensamentos atordoados, minha mente estava atordoada, um turbilhão de pensamentos ao mesmo tempo. Que droga, queria transar com aquela mulher, eu precisa daquilo. Céus, como eu precisava daquilo, meu corpo tá tenso, tenho certeza absoluta que minha calcinha está completamente encharcada. 
-Mila?-Falou Ane entrando batendo na porta
-Podem entrar- Gritei lá de dentro, Ane queria mais uma confirmação de quê Lauren não estava mais lá e logo entrou com Dinah  
-Desculpa a demora, mas é que Ane decidiu vim pelo caminho mais longo para cá e ainda nos perdemos, acredita?- Falou Dinah indignada e eu já sabia que Ane queria mesmo era ganhar tempo para que eu me despedisse de Lauren, olhei para ela e sorri em agradecimento.
-Venham, coloquem as comidas aqui- Falei apontando para a cama.- Fiquem aí enquanto eu tomo um banho, ok? 
-Banho? Nesse frio?- Perguntou Dinah
-Acho que o quarto estava bastante quente, Dinah- Falou Ane rindo, deixando Dinah sem entender, mas eu entendi bem o suficiente. Maliciosa. Dinah sentou na cama e logo Ane passou por mim e sussurrou- Acho bom você inventar um jeito de cobrir esse roxo no seu pescoço.- E então começou a rir. Vadia! 
 


Notas Finais


Bom, aí está mais um capítulo, amores. O quê acharam? Comentem, digam o quê acharam, estou aberta à críticas, sempre! Podem me chamar no BP aqui ou no twitter mesmo
Twitter: @CarolinaPonte18
Link de 'Perfect Attraction' (Camren): https://spiritfanfics.com/historia/perfect-attraction-camren-6699205
(Amanhã terá capítulo novo dela.
Bjo bjo e até o próximo, meus amores. :* <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...