História O emo e o delinquente . - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Drama, Emo, Lemon, Naruto, Sobrenatural, Yaoi
Exibições 83
Palavras 3.549
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá gente , voltei !
Boa leitura meus amores !

Capítulo 8 - A novata


Dois dias haviam se passado desde que Sasuke foi atacado por um Agressor e aos poucos ia entendendo melhor aonde se enfiou . Naruto tinha lhe explicado tudo que sabia a respeito dos fantasmas e a pedido do próprio Sasuke ele agora iria lhe ensinar como curar ferimentos causados por esses seres sobrenaturais . Se existia uma palavra capaz de descrever o Uchiha aquela manhã sem dúvida seria : cansado . Fora ser capaz de sentir um peso invisível nas costas o moreno ainda tinha que lidar com o primeiro pedido do Uzumaki , que nada mais é do que a reforma completa do terraço do pequeno prédio de três andares onde o loiro e uma senhora de idade que mora em um apartamento no térreo vivem . Naruto havia lhe dito para não se preocupar pois o dono do prédio realmente desejava uma reforma e além do mais o terraço é de responsabilidade do Uzumaki já que faz parte de seu apartamento , desde então Sasuke tem dado uma de pintor , carpinteiro , decorador , eletricista , pedreiro e mais uma série de coisas que Naruto o obriga a ser . E como que para ver Sasuke enlouquecer Naruto lhe deu um teste de paciência terrível ! O moreno ( assim como lhe foi ordenado ) foi ao mercado comprar quantos quilos de feijão pudesse carregar , o dinheiro evaporou de sua carteira mais rápido do que imaginava , comprando apenas 5 quilos . Mas parece que era Deus agindo para que ele ficasse pobre depressa , porque o que Naruto mandou que fizesse fez o moreno quase ter um treco e entrar em coma . Naruto ordenou que contasse cada grão de feijão que ele tinha comprado para que assim pudesse fortalecer sua paciência e o ajudar a iniciar suas aulas de '' defesa pessoal '' contra Agressores , mas Sasuke tinha certeza que era por maldade já que o loiro dominava o poder e seu sobrenome era impaciência . Porém , como o bom manipulador que é , Naruto disse que só daria inicio as aulas depois que Sasuke tivesse concluído a tarefa e que saberia caso ele trapaceasse , como o loiro poderia descobrir o Uchiha não sabe . Mas contaria cada grãozinho de feijão que estivesse naqueles sacos só para depois esfregar nas fuças de Naruto de que ele jamais deixaria o loiro pisar em si ! 
E como que para deixar Sasuke ainda mais irritado sua mãe vive destruindo as linhas de sal na porta e na janela de seu quarto enquanto limpa , então para não ficar gastando seu precioso sal atoa o moreno pintou no vidro de sua janela um símbolo egípcio que dizia um livro da biblioteca , afastar espíritos . O simbolo funciona , no entanto sua mãe está começando a achar estranho seu comportamento assim como Itachi que vez ou outra o pega falando '' sozinho '' na rua . E embora o moreno ache tremendamente exaustivo seguir as ordens do Uzumaki , ainda era melhor do que ficar em casa seguindo as ordens de Fugaku .

- Ei viado ! - Saudou Kiba se aproximando de Sasuke no corredor da escola . 

- Oi . - Sasuke se virou para encara-lo e se permitiu dar um sorriso ao ver o amigo .

- Ficamos te esperando a noite toda na festa , por que não apareceu ?

- Não deu pra mim ir .

- Por quê ? O que tá acontecendo ? Você não sai com a gente faz tempo .

- Eu já disse que não deu pra mim ir .

- É melhor explicar direito . - Disse Shino vindo de encontro aos dois acompanhado de Juugo e Kei - Porque eu nunca te vi faltar em uma festa da Temari .

- Sasuke se estiver com problemas pode ficar tranquilo que nós te ajudamos .- Disse Kei .

- Não tem problema nenhum , fiquem tranquilos . Eu só não pude ir porque ...- Falou Sasuke pensativo buscando inventar um motivo , como explicaria aos amigos que não pode ir com eles a uma festa porque estava ocupado sendo escravo de Naruto ? .- Estava ocupado trabalhando em uma pintura nova .

- Certo . - Disse Shino não totalmente convencido .

O grupo seguiu corredor acima e entrou na sala de aula , o professor ainda não estava presente deixando assim os alunos a vontade para fazerem o que quisessem . Uns jogavam bolinhas de papel , outros mexiam no celular e alguns jogavam conversa fora . Sasuke e os amigos decidiram se sentar encima do biró da sala e conversar sobre como Kei havia fracassado em conquistar uma garota na festa da noite passada .
Sasuke circundou a sala com os olhos e percebeu haver um garoto de casaco preto com detalhes laranjas sentado em uma cadeira ao lado da janela ele estava quieto , era o único parado e calado na sala e estava de cabeça baixa observando um livro em sua banca . O moreno o fitou por alguns segundos , não sabia explicar mas toda vez que batia seus olhos nesse garoto sentia que tinha alguma coisa nele que prendia sua atenção , mas o que seria ? Como que percebendo a atenção que lhe era dirigida o garoto ergueu a cabeça fazendo Sasuke encarar seus olhos azuis , depois sorriu maldosamente levantando uma tabela de cores de tintas e indicou com o dedo um verde-água lindo que sem sombra de dúvida ficaria incrível em seu terraço . O Uchiha franziu o cenho irritado , por um momento tinha esquecido que queria esganar aquele emo loiro . 

- Muito bem todos sentados ! - Pediu o professor entrando na sala . O velho barrigudo expulsou Sasuke e os outros de sua mesa .

Sasuke sentou em sua banca ao lado de Naruto e ao observar o quadro da sala de aula não identificou a cabeleira ruiva que normalmente atrapalhava sua visão .

- Cadê seu amiguinho ? - Perguntou Sasuke para Naruto .

- Gaara viajou . - Respondeu o loiro olhando pela janela o pátio da escola que por causa do frio uma camada de neblina se formava no chão .

- Pensei que ele quisesse passar de ano , se viajou vai acabar perdendo os assuntos das provas .

- E porque você se preocupa ? - Disse o loiro volvendo o olhar para Sasuke .

- De quem você acha que eu colo nas provas ? - Falou Sasuke .

- Você é quem deveria repetir de ano .

- Não vem jogar praga em mim não , eu tenho coisas a fazer e me recuso a perder mais um ano da minha vida em uma escola .

- Coisas a fazer ? E desde quando você planeja um futuro Sasuke ? - Zombou .

- Pra sua informação emo eu tenho um sonho . Um sonho incrível que farei de tudo para realizar .

Naruto o olhou surpreso só para depois esboçar um sorriso maldoso .

- Não se preocupe , aposto que seu sonho vai se realizar . Você tem uma vocação admirável para ser catador de latinhas .- Falou o loiro , em seguida recebeu um belo dedo do meio de Sasuke .

- Turma atenção ! Nós temos aqui conosco uma nova aluna , por favor deim boas vindas a ... Como é seu nome mesmo filha ? - perguntou o professor gentilmente a uma linda garota de cabelos rosa e olhos cor de esmeralda que estava sentada na segunda cadeira da terceira fileira .

- Sakura Haruno , professor . - Respondeu ela .

- Ah sim Sakura , bem vinda . - Ela acentiu com a cabeça e ele continuou .- Paramos na página 321 , abram os livros !

Naruto e Sasuke estavam tão ocupados com sua discussãozinha que nem tinham notado a garota nova na sala , mas com certeza Kei notou pois estava babando em cima da menina que havia ficado com a cadeira a sua frente . Sasuke riu internamente de seu amigo '' Cuidado Kei , se olhar mais ela vai te dar um coice . '' pensou Sasuke . Naruto encarou as costas da garota , era estranho mas sentia uma energia enorme fluir dela parecia uma aura forte e acolhedora . Estreitou os olhos desconfiado e desviou o olhar ao ver que ela o encarava pelo canto dos olhos . A rosada observou o loiro e o moreno como se avaliasse peças de alta autenticidade '' São de fato , muito parecidas '' pensou ela '' A energia deles ... Incrível '' .
Sakura apoiou sua mochila no colo e abriu o ziper , Kei que não tirará os olhos dela se afastou assustado com o que viu na bolsa da garota perdeu o interesse nela naquele segundo . A mochila da Haruno estava lotada de livros de capa de couro que com certeza não era o material didático da escola , frascos com ervas , bonecos de pano e algumas velas . Sakura achou o estojo que estava procurando e ao guardar a bolsa viu Kei atrás de si disfarçando o susto que levou .

- Oi . - Cumprimentou Sakura .

- O ... Oi .- Disse Kei desconcertado .

 

A noite chegou tão rápido que Sasuke mal acreditava que tinha demorado tanto para rebocar a parede onde se encontrava a porta para o terraço , se deitou no chão exausto o suor pareceu água fria em sua testa quando o vento bateu de encontro a sua pele . Mesmo não sendo um profissional o moreno havia feito um trabalho excelente , tudo que faltava era pintar , colocar alguns móveis abaixo da pequena cobertura e as benditas lamparinas que Naruto insistia em pedir . '' Tudo isso para não gastar dinheiro , que emo mais mão de vaca ! '' pensou o Uchiha , deveria ter deixado os parafusos da cobertura frouxos para que ela caisse bem encima da cabeça do maldito Uzumaki .

- Tó vendo que deu duro . - Disse Naruto passando pela porta com uma bandeja .- Trouxe comida , você não come desde manhã .

- Se lembrou que tem que me alimentar , estou admirado .- Falou o moreno sentando no chão e pegando a bandeja .

- Pois é , também estou admirado com a minha bondade .

- O que é ? - Perguntou Sasuke já abrindo a tampa da bandeja .

- Suco de laranja e um misto , desculpe é só o que tenho na cozinha . - E era a mais pura verdade .

- Beleza .- Sasuke ia levar o copo a boca quando algo passou por sua cabeça .- Você cuspiu aqui dentro ?

- Não . - O moreno o olhou desconfiado .- É sério eu não cuspi .

O Uchiha tomou um gole de suco e não percebeu nada anormal , o loiro disse a verdade . O suco estava bom , mas quando Sasuke mordeu o pão com queijo e presunto sentiu vontade de vomitar , o pão estava duro e o presunto e o queijo a tempos passaram da validade .

- Isso tá horrível ! - Gritou Sasuke jogando o sanduíche do terraço .

- Foi mal , tava fora de validade ? 

- Obvio ! 

- Droga , eu não tenho nada pra te oferecer . Você vai ter que continuar seu trabalho de barriga vazia mesmo .

- O que ?! - O moreno tinha trabalhado a tarde toda estava exausto , com fome e Naruto ainda ia faze-lo continuar ? Mas nem pensar que ficaria ali igual a um condenado ! - Eu vou embora !

Sasuke se levantou , pegou seu casaco que estava jogado num canto e passou faiscando por Naruto .

- Pra onde você vai ?! Seu trabalho ainda não acabou ! - Dizia Naruto o seguindo pela casa .

- Acabou por hoje , estou cansado , com fome e agora depois dessa comida com ansia de vomito !

- Sasuke ! Volte aqui , você ainda não terminou seu trabalho ! Sasuke ! - O Uzumaki estava sendo completamente ignorado .- Sasuke , não me ignore !

O moreno chegou até a porta de entrada e a abriu , saindo do apartamento .

- Ei ! Por quê está me ignorando , Sasuke ?! Sasuke responda ! - Gritava o loiro pelos corredores do prédio , a zoada foi tanta que a idosa que mora no térreo abriu a porta para espiar e viu o moreno descendo as escadas seguido por um Naruto que o chamava a plenos pulmões .

Sasuke parou de andar e encarou Naruto com raiva '' Que cara mais barulhento , puta merda ! '' .

- É que você é tão chato , mais tão chato que se gritar em uma caverna nem o eco responde ! - Disse Sasuke indo embora deixando um loiro irritado para trás .
A senhora de idade soltou um pequeno risinho , mas foi o suficiente para Naruto lhe olhar feio e subir as escadas apressado .

O Uchiha estava um caco , mas acima de tudo estava com raiva . Raiva de Naruto e de si mesmo por ter pedido ajuda a ele , porém não dá para voltar atrás agora . Não queria ir pra casa e ter que ver a cara emburrada de seu pai . Nossa como odeia isso , sua vida já era ruim e agora com esse lance todo de fantasmas , demônios e um emo irritante na sua cola ficou tudo pior . Com certeza se não precisa-se se formar para seguir seu sonho já teria ido embora daquele lugar faz tempo .
Sasuke abriu a porta dos fundos de sua escola com certa violência , a trancou e jogou seu casaco no pequeno sofá que ali havia . Arregaçou as mangas de sua camisa , ligou o toca discos que ficava em cima de uma mesinha e ao som dos Beatles agarrou a paleta de cores e simplesmente sacudiu as tintas com um pincel em uma tela em branco . O moreno conseguia transmitir tudo que estava sentindo enquanto tingia a tela com pinceladas fortes de amarelo , vermelho , laranja e azul . E como em um passe de mágica a raiva desapareceu deixando apenas a inspiração para uma pintura .
Quando seu ataque repentino de impulsividade o deixará Sasuke se deitou no sofá suado e mais cansado que antes , a trilha sonora dos Beatles o acalmava então ele deu uma ultima olhada em sua obra e fechou os olhos deixando que a música entrasse suavemente pelo seus ouvidos . A tranquilidade não durou tanto quanto esperava por que quando abriu os olhos novamente para melhor se posicionar no estofado ele pode visualizar melhor o que pintou , a obra tinha tons fortes em seu centro enquanto ao redor as cores eram sombrias , um paletó vermelho com detalhes laranjas e pretos parecia flutuar na tela , algo parecido com cabelos loiros voavam acima de um desenho superficial de uma cabeça , tinha uma boca delicada que estampava um sorriso que beirava a luxúria e era travesso . Mas sem dúvida a coisa que mais chamou a atenção de Sasuke foram duas esferas azuis que se encontravam na pintura , eram olhos que brilhavam intensamente , as palpebras  semicerradas indicavam tentação e desejo . E a pintura ao todo parecia debochar de seu criador de um jeito lascivo .

Sasuke se ergueu do sofá assombrado com o que ele próprio tinha criado .

- Naruto ... Eu pintei o Naruto ?! - Agora o moreno estava assustado , o loiro o irritou tanto que Sasuke estava vendo ele até em pinturas abstratas ? Como era possível ?

Porém , a pintura não era abstrata . Era claramente Naruto ali , a obra só precisava ser aperfeiçoada . E até mesmo o moreno tinha que admitir que achou sua criação incrível .

 

Sakura corria de um lado pro outro em sua casa , se mudará a apenas um dia e tinha muito a arrumar . Sua mãe saiu de carro a alguns minutos para buscar o resto das coisas no caminhão de mudança que resolverá quebrar no meio do caminho e ela provavelmente iria demorar por que o transito estava um horror nas vias principais . A Haruno estava arrumando as panelas na cozinha de sua nova casa quando escutou a campainha tocar .

- Já vai ! - Gritou se encaminhando para porta de entrada , a abriu .- Oi , boa ...

O boa noite morreu na boca de Sakura quando viu quem estava tocando sua campainha e suas feições endureceram de raiva ao ver o moreno e o enorme buque de rosas com jasmim que ele segurava . '' Esse desgraçado acha que pode comprar meu perdão com flores ?! '' pensou a rosada e buscou fechar a porta na cara do homem quando ele em um movimento rápido segurou a maçaneta e sem pedir licença entrou na casa .

- Vai embora daqui , eu não quero falar com você ! - Disse a rosada .

- Eu trouxe flores , essa não é a atitude de um homem apaixonado ? - Falou ele .

- Um homem apaixonado não faz o que você fez ! Agora saia da minha casa antes que eu chame a polícia !

- Vai chamar a polícia ? - Disse ele em descrença .

- Vou ! E você será preso por invasão a domicilio , estou até imaginando a manchete do jornal amanhã .

Ele estendeu o buque para que Sakura pegasse , ela recusou .

- Ora por favor Sakura , eu já tentei de tudo ! Por quê continua fazendo cú doce ?

- Cú doce ?! Cú doce ?! - Disse ela incrédula e com muito mais raiva .- Doce vai ficar o seu quando eu pegar o açúcar na cozinha !

O moreno largou o buque o sofá e segurou Sakura pelos braços .

- Você está agindo igual a uma pirralha mimada ! Quando vai me deixar explicar o que aconteceu ?!

- Você não precisa explicar nada , eu vi com meus próprios olhos tá ! Agora me solta Madara ! - O moreno não estava a machucando , mas a dor que ele provocava em seu coração era o que a afligia .

Sakura havia se mudado do outro lado do país só para não ver a cara de Madara nunca mais e o infeliz aparece a sua porta um dia depois da mudança ?! Como ele descobriu seu endereço ?
Madara a soltou e ainda encarando a rosada suspirou .

- Cansei , cansei de tentar falar com você .- Disse Madara .- Vim até aqui só para te fazer entender o por que deu fazer aquilo e você não vai me dar nem a chance para explicar . Mas tudo bem , porque quando você ver o quanto está sendo manipulada por aquela mulher ... Você virá até mim e pedirá desculpas . 

- Vá embora Madara . - Pediu , seu peito doía só de olhar pra ele .

O olhar que o Uchiha lhe lançou foi de profunda tristeza , mas não iria mais ficar ali só para ser enxotado . Saiu da casa e foi andando até a rua .

- Madara ... - Chamou quando ele ainda estava próximo a sua casa , o moreno se virou para encara-la , seus longos cabelos negros voaram ao ressoar do vento e embora as feições de seu rosto estivessem sérias no seu olhar havia um brilho de esperança quando a ouviu chamar seu nome .- Nunca mais volte aqui .

Madara entrou em seu carro com pressa , passou as mãos pelo rosto quando sentiu os olhos queimarem . Não choraria de jeito nenhum ! Se Sakura queria desse jeito assim seria , não iria mais insistir ! Ligou o motor do carro e partiu .
O sinal ficou vermelho algumas ruas depois o fazendo parar o veiculo . O moreno olhou para os lados buscando focar em outra coisa que não fosse Sakura , mas foi em vão quando ele olhou para o meio fio e viu uma garota de cabelos coloridos atravessando a rua . As lembranças de como a conhecerá perturbaram-lhe a mente até que uma única lágrima solitária caísse de seus olhos . Sabe aquele ditado : O amor pode estar lá na esquina ? Bom funcionou para Madara , só que foi um pouco mais radical e o moreno poderia facilmente muda-lo para : O amor pode estar lá na esquina só esperando que você o atropele .

- Maldita pirralha .- Murmurou o Uchiha esfregando os olhos .

Em sua casa Sakura tentava a todo custo não chorar , mas estava difícil e a noite como que para tortura-la demorava a passar .

- Vai ser mais uma noite mal dormida , obrigada desgraçado .- Disse Sakura com os olhos marejados sentada em seu sofá encarando o buque de flores que ganhará .

 

 

 


Notas Finais


É isso gente espero que tenham gostado , e sim vai ter madasaku porque eu acho um casal bonitinho . Vai demorar um pouco até o próximo capítulo por eu vou ter semana de prova na escola .
POR FAVOR COMENTEM , ADORO SABER A OPINIÃO DE VOCÊS ! XOXO
E ATÉ O PRÓXIMO !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...