História O Enteado Do Meu Pai - Capítulo 5


Postado
Categorias Harry Styles, Justin Bieber, Maia Mitchell, One Direction
Personagens Harry Styles, Maia Mitchell, Personagens Originais
Tags Drama, Enteado, Harry Styles, Incesto, Maia Mitchell, One Direction, Proibido, Romance, Suspense
Visualizações 26
Palavras 413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amoreees! Aqui não é a tia T. Aqui é a Ysa, mais conhecida como ~Suga_Dark_Angel shshs❣Espero que gostem e você irão me ver aqui frequentemente🌷
Bjs de luz❣E boa leitura❣

Capítulo 5 - Tomara Que Ele Morra!


Fanfic / Fanfiction O Enteado Do Meu Pai - Capítulo 5 - Tomara Que Ele Morra!

          Carolina Point of view

 A quase meia hora Valerie dizia o quanto o ex-cacheado era um pedaço de mal caminho e tudo o que eu estava perdendo sendo desse "meu jeito".

 Eu tinha que admitir, mesmo sem querer, que ele era um homão maravilhoso.

 Virei meus calcanhares e comecei a andar escada  a baixo, a largando falando sozinha

 Peguei uma das garrafas de wuisk na qual eu não me importei em saber o nome e a abri.

 Peguei um dos baldes onde Lúcia deixava os champanhes quentes recém saídos do freezer e enfiei dentro da mesma, um limão partido .

 Subi recebendo olhares dos que estavam na sala e me direcionei ao meu quarto.

  - Caramba, você é uma vaca, sabia?! - Valerie retrucou seca

   - Não, você é uma piranha e eu não sou obrigada a ouvir suas piranhisses.

    - Pelo menos trouxe alguma coisa, aguentar até essa maldita festa não está nos meus planos.

 

  Soltei um risinho abafado pelo líquido amargo que descia pela minha garganta e assenti.

    

    - Pelo o que eu me lembre, você disse ainda hoje, que essa "bendita" festa, traria seu "finalmente" com aquela obra de arte escupida pelos deuses gregos. Ela virou maldita do nada, senhorita Collins?

              

 A loira falsicada ao meu lado riu falsamente e me estendeu o dedo.

    

    - Ela continua sendo maldita, porém bendita porque eu vou pegar aquele homem. E só.

  - Ok, senhorita. Quer limão? Temos que..

   Fui interrompida ao ver meu pai na porta

     - Já bebendo, garotas? - ele perguntou risonho fingindo nos reprovar


    Sorri maroto e assenti.

 

 - Claro tio, quer um pouco?

 - Não não.. quero lhes pedir um favor.

 Arqueei a sobrancelha e o encarei desconfiada

  - O que quer, pai?

  - Eu ouvi por alto que as mocinhas iriam numa festa.. Não querem levar o Harry?

  - Tá brincando né? Já não basta ter uma babá, agora quando eu saiu, tenho que levar ela?

   - Leve-o. Apenas isso filha. Não vai lhe custar nada.

  - Você disse que era um favor, e eu não vou fazer esse favor a você. - Falei decidida

   - Ele não vai te dar trabalho filha.

   - Pai.  - debati fazendo careta

   - Carolina.

   - Não.

 - Vai levá-lo e acabou. Chega de petulância.

    - Tomara que ele dê um PT e morra.

   

 Vi meu pai manear a cabeça e sorrir vitorioso.

 Não sabendo ele que aquilo era a mais pura verdade pra mim.

 Por mim ele morreria nessa festa.


Notas Finais


O que sera que vai rolar em? Shshhs ❣
Quero a opinião de vocês... bjs da tia Ysa❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...