História O Estrangeiro - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Exibições 234
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu sei que eu demorei e o capítulo está deveras curto, mas é que os capítulos que já estavam prontos (ou encaminhados) acabaram e a partir daqui a demora que eu falei no capítulo passado vai se tornar uma realidade mais presente. Minhas sinceras desculpas... Mas eu prometo não abandonar a fanfic, ok?

Agora bora pro capítulo ~que eu gostaria de ter deixado maior, mas não deu T-T

Boa leitura e até as notas finais ;*

Capítulo 9 - Cinco horas e meia de conversa...


Fanfic / Fanfiction O Estrangeiro - Capítulo 9 - Cinco horas e meia de conversa...

~Jungkook on~

A conversa com a mãe do Jimin estava extremamente boa e fluindo maravilhosamente bem.

Começamos falando de como o ChimChim é na escola e suas dificuldades para aprender coreano, indo para como o inglês e o coreano são línguas completamente diferentes e aproveitando esse assunto a Sra. Park e o Jimin me contaram com detalhes como é morar nos EUA, com direito a fotografias da rua onde moravam e lista de prós e contras, passando então para a importância de se ter cup noodles* em todas as lojas de conveniência de um país e  até recebemos um discurso do Jimin de como o cup noodles é amado por ser a comida mais deliciosa, fácil e rápida de se fazer que existe, sendo discordado pela Sra. Park, que disse com toda a certeza do mundo que a comida mais deliciosa, fácil e rápida de se preparar é salsicha e ainda argumentou que salsicha enche bem mais a barriga.

E assim fomos pulando de assunto em assunto, e olha, eu juro que não estávamos nem na metade da conversa quando eu já não sabia mais como passamos de o comportamento do Jimin na escola para um discurso, protagonizado por mim, sobre como não dá para comparar EXO com Big Bang já que os dois são completamente distintos.

Foi a melhor conversa que eu tive desde que meu pai morreu. Foi divertida, aleatória, nem um pouco constrangedora... Quer dizer, tirando as horas que a Sra. Park resolveu "shippar" eu e o Jimin e perguntar coisas que são no mínimo delicadas como se estivesse perguntando minha cor preferida... Eu realmente acho que para a Sra. Park so perguntou minha sexualidade para poder nos shippar mais do que já shippa. Tirando tudo isso  não foi constrangedora....

Mas o melhor de tudo, não foi nem um pouco invasiva. A única pergunta pessoal que eu recebi foi sobre a minha sexualidade, sexualidade essa que eu não faço nenhuma questão de esconder mesmo.
Nenhuma menção a minha família, nenhuma menção a minha emancipação e nem a como eu me mantenho.

Eu me senti realmente acolhido e amado nessas horas de conversa e comilança.

Mas como tudo que é bom dura pouco (Ok, não durou pouco. Durou quase seis fodendo horas... Mas passou muito rápido então o ditado ainda vale.), quando o relógio na parede marcou exatamente uma e quarenta da manhã eu resolvi que era hora de ir para minha casa.

-Sra. Park, sua comida estava realmente deliciosa! Eu acho que comi por uma família de oito pessoas só em uma noite... Muito obrigado pela refeição e por essa conversa tão animada mas acho que já passou da minha hora.- Digo me levantado da mesa que agora só tem um vazo de flores artificiais em cima.

-Não precisa agradecer meu querido, eu e o ChimChim amamos ter você conosco para jantar! Mas por favor fique mais um pouco, ainda tem tantos assunto para conversar e a conversa está tão boa...-

Diz a Sra. Park também se levantando da mesa.

-Eu adoraria ficar mais, porém já são quase duas da manhã e eu não quero atrapalhar seus sonos.-

-Meu Deus como o tempo voou!- Diz preocupada enquanto olha no mesmo relógio que eu olhei instantes atrás -Mas é agora que eu não te deixo ir para casa mesmo. Duas da manhã não é horário de criança estar na rua, é extremamente perigoso.

Isso parece algo que minha mãe diria...

-Não se preocupe com isso Sra. Park. Eu sei me cuidar e meu apartamento é aqui pertinho...-

-Nada disso Jeon Jungkook! Você não vai sair a essa hora sozinho! Por favor durma aqui hoje e amanhã de manhã você vai para sua casa. Não vou conseguir dormir bem sabendo que você andou sozinho na rua essa hora, meu querido...-

-Senhora Park, eu não quero incomodar mais ainda. Já vim jantar aqui e agora dormir? Me parece abuso demais da sua hospitalidade...-

-Querido você só vai incomodar se me deixar ficar me sentindo preocupada e culpada por deixar uma criança sair sozinha a essa hora da madrugada.-

-Não sei não Sra. Park...-

-Jeon, você não me deixou subir uma rua as oito da noite alegando que era perigoso demais e você acha mesmo que eu vou te deixar sair na rua as duas da manhã? Agora chega de ser insuportável e vai pro' meu quarto procurar uma roupa confortável para você dormir antes que eu vá aí te buscar, menino chato!-

Grita Jimin da cozinha, lugar para o qual sua mãe o mandou para lavar toda a louça suja do jantar, e claro, sem me deixar ajudar usando como desculpa eu ser visita e o Jimin ter dois braços e duas pernas que funcionam perfeitamente bem.

Depois de dez minutos de debate e relutância da minha parte, finalmente fui convencido a dormir por ali mesmo.

Mas mesmo concordando em dormir fora e estando feliz com a minha escolha, eu estou com medo.

Medo de ele resolver aparecer...


Notas Finais


*cup noodles- aqueles miojo só que em copo.

Bom genteney, é isso... Espero que tenham gostado do capítulo.

Por favor comentem se gostaram, se querem melhor, onde eu posso melhorar, onde eu preciso melhorar, se estão gostando do desenrolar da fanfic, se tem alguma sugestão, crítica, dúvida, se tem algum erro... Ou pode comentar um "oi" também. Comenta qualquer coisa, mas comenta pq eu amo ler e responder todos, sem falar que eu fico muito feliz em interagir com vocês por aqui ou pelo twitter ~que é @Lu_UmaXicara caso queriam falar comigo por lá ; )~

Muito obrigada por acompanharem a fic e obrigada também por todos os favoritos e comentários <3

Até o próximo capítulo ~Que não vai demorar tanto quanto esse, juro~ XOXO ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...