História O fanboy - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias VIXX
Personagens Hongbin, Hyuk, Ken, Leo, N, Ravi
Tags Aloucadowontaek, Hyukbin, N X Ken, Neo, Viciadanessecouple, Vixx, Wontaek
Exibições 49
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


FIREEEEEEEE auhsuahuas ó eu aqui travez!

Tudo bem gente? Eu consegui escrever mais e cá estou eu postando AEEEEEEEEEE o/

Vocês estão sentindo isso?
Cheirinho de treta uuuuu

Boa leitura~

Capítulo 4 - Passo 1: Tente descobrir do que ele gosta e se interessa;


Fanfic / Fanfiction O fanboy - Capítulo 4 - Passo 1: Tente descobrir do que ele gosta e se interessa;

ALÔ ALÔ JELLYFISH ENTERTAINMENT!!!

 

Finalmente eu estava na empresa, quase não dormi de tanta ansiedade. Hongbin falava o nome do Hyuk a toda hora, o sonho deveria estar sendo muito bom. Acho que eu deveria dar uma ajudinha para os pombinhos, meu segundo otp da vida porque claro, Taekwoon e eu estamos em primeiro lugar.

Nosso grupo, segundo Hyuk, seria encaminhado para a sala de prática, pois Leo estaria cumprindo com alguns compromissos e só poderia encontrar-se conosco mais tarde. Os demais foram levados pelos sunbaes.

 

Quando o professor entrou na sala, logo pediu para que nos colocássemos enfileirados e que nos apresentássemos. Todos no meu grupo se conheciam, então somente o professor nos conheceria.

Apresentações feitas e sem mais enrolações partimos para a prática. As músicas em geral eram conhecidas e os passos também. A intenção inicial era de que o professor nos pré avaliasse, para assim iniciarmos nosso verdadeiro treinamento.

Depois de quase duas horas dançando, meus membros davam sérios indícios de que desgrudariam do tronco. Binnie já estava extremamente vermelho, respirava com muita dificuldade. Me preocupei com seu estado e estava quase pedindo para que o professor nos desse uma pausa quando, de relance, avistei o reflexo de Leo pelo espelho da sala. Ele me olhava e quando percebeu ser retribuído, desviou o olhar e bateu suavemente na porta.

O professor foi até o aparelho de som e pausou a música, Leo entrou vagarosamente passando por todos, que se curvavam em respeito, ele nos cumprimetou e em seguida, se dirigindo à mim, disse pra que eu ajudasse meu amigo. Ele não parecia estar bem.

 

Pausas à parte e com Hongbin recuperado iniciamos nosso bate-papo, onde Leo responderia algumas perguntas e se quisesse, faria algumas, estas que poderiam ser sobre várias coisas. E eu, que não sou bobo nem nada, já resolvi colocar o primeiro passo do tutorial em prática.

- Sunbae eu tenho uma pergunta. -levantei meu braço chamando sua atenção. Leo me olhou um instante e meneou a cabeça para que eu prosseguisse- Eu sou Kim Wonshik e gostaria de saber sua cor favorita.

Leo pareceu pensar um pouco e logo me respondeu. - Não tenho uma em particular, mas gosto bastante de preto, branco e azul. -sorri agradecendo sua resposta.

Mais algumas sobre seu profissional e outras sobre o pessoal, eu observava tudo e estava adorando conhecer mais de Taekwoon por sua própria boca. E lá vou eu de novo.

- Sunbae, você possui irmãos ou irmãs?

- Sim, eu tenho três irmãs mais velhas.-o bebê da casa, completei mentalmente.

Hongbin que até o momento estava fazendo perguntas sobre seu profissional, resolveu me ajudar com as pessoais.

- Sunbae, o que fazia antes de querer se tornar um idol? -AEEEEE BINNIE ~insira um coraçãozinho de agradecimento aqui~

- Eu sempre pratiquei esportes, estive no time juvenil nacional da Coréia do Sul de 2004 à 2007, sou nível 4 no taekwondo e também algumas competições de boxe e natação.

- Uau sunbae, você é ótimo. -Hongbin ergueu os polegares e o elogiou, com um sorriso tímido ele cobriu o rosto com as mãos TÃO FOFINHOOOO~

Um homem adentrou a sala e cochichou algo em seu ouvido, sua expressão mudara e isso me incomodou. Taekwoon respirou fundo e se levantou.

- Desculpem-me por parar nosso momento agora, mas eu preciso ir. Amanhã nos veremos novamente, e obrigada por virem. Até mais. -e saiu da sala apressado.

 

Eu fiquei intrigado e logo pedi para ir ao banheiro, o professor me indicou sua localidade e eu saí ventando da sala. Andei por dois corredores e logo ouvi gritos.

- EU JÁ DISSE QUE NÃO QUERO VOCÊ PERTO DESSES SEUS AMIGUINHOS, É DIFÍCIL?

- Por favor, fale mais baixo, alguém pode nos ouvir. -era a voz de Leo, quem esse cara pensa que é pra gritar assim com ele?

- NÃO QUERO SABER, E VOCÊ FIQUE SABENDO QUE EU VOU FICAR NA SUA COLA, VOCÊ ME PERTENCE JUNG TAEKWOON, TÁ OUVINDO? -que palhaçada é essa?

Ouvi passos vindo em minha direção e tratei de correr pra porta mais próxima, quando já não ouvia-os mais, saí da sala e virando o corredor, dou de cara com Taekwoon.

Seus olhos estavam avermelhados e meu coração se apertava em olhá-lo. Dei um passo em sua direção e ele se afastou na mesma hora.

Leo abaixou a cabeça e se retirou. E eu sentia uma furia me consumir.

 

 

Voltei pra sala cuspindo fogo, somente meu grupo estava na sala, fui até Hongbin que me olhava preocupado, ele me conhece bem demais.

- O que aconteceu Wonshik?

- Eu preciso matar alguém, nem que eu venda a alma, eu vou descobrir quem é ele, e ele vai se arrepender de falar daquele jeito com o Taekwoon! -as palavras saíam de forma rude e eu nem mesmo percebia que apertava raivosamente a barra da minha camiseta.

Hongbin me analisou e me puxou para o canto da sala.

-Shik, eu vou ajudar você ok? Se acalma porque não quero você mal. A gente vai ajudar seu príncipe. -puxei Hongbin para um abraço, sempre me sentia melhor assim, Binnie era meu porto seguro desde que eu estava longe de minha família.

Como fomos dispensados pelo restante do dia, Hyuk veio nos buscar e almoçamos na lanchonete da empresa mesmo. Chegando no dormitório eu só queria tomar um banho e dormir, minha raiva havia apenas desaparecido parcialmente, eu não iria relevar isso, Taekwoon é doce demais para passar por isso.

 

Não sei quando apaguei, mas fui acordado pelo falatório que vinha da sala. Levantei cambaleante e me dirigi para o cômodo barulhento. Quando avistei o motivo daquilo tudo e o pior, haviam malas perto de si, quis não ter levantado da cama.

- Até que enfim veio me ver meu amor. -isso não pode ser verdade.

- Se afasta! Não me toque senão eu te bato. -fiz minha cara mais feia e me afastava lentamente da sala.

- Shiiik! Amooor! Vem cá, vem, não está feliz em me ver?

- Não! -virei às costas e corri para o quarto, tranquei a porta rapidamente, não podia ser verdade.

 

 

O que o Ken está fazendo aqui?


Notas Finais


Pode deixar Shik, a gente te ajuda a esganar quem está maltratando seu príncipe RUN u.u

Espero que tenham gostado *^*
Até mais pessoal, xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...