História O filho da empregada...(Jikook,Namjin e Taeyoonseok) - Capítulo 62


Escrita por: ~ e ~Morceguinea

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bambam, Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 485
Palavras 1.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooooiiie pequeninos ❤️❤️

Capítulo novitio para vocês.

Desculpa qualquer erro e me avisem se quiserem que eu mude.

Bjsss.

LEIAM AS NOTAS FINAIS.

~ Boa Leitura ~

Capítulo 62 - Capítulo 58


Fanfic / Fanfiction O filho da empregada...(Jikook,Namjin e Taeyoonseok) - Capítulo 62 - Capítulo 58

Capítulo 58 - [...] - Você vem sempre aqui...


P.O.V Jungkook

A vida está corrida ultimamente, pois meus professores resolveram passar os um monte de trabalhos, tarefas, tudo em cima da hora. Mal estou tendo tempo para eu, imagina para Jimin, ou meus amigos. Férias agora cairia muito bem.

Onde eu queria estar agora? Junto com o Jimin. E onde eu não estou agora? Junto com Jimin. Porque agora ele está trabalhando, enquanto eu fico mofando em casa. Provavelmente mais tarde vou ir lá vê-lo, estou com muita saudade, por mais que eu tenha visto ele ontem.

Sou tirado dos meus devaneios pelo meus celular tocando. Era o Namjoon, ele deve tá ligando pra saber como nós estamos.

~ Ligação com Namjoon Monster On ~

Oii fiote de coelho.

Oi destruidor, que você quer?

Só avisar vocês. Eu e o Jin estamos voltando para a Coreia amanhã.

Oxe, não tão gostando da viajem?

Não é isso, é que o Jin quer voltar, ele disse que está com saudade das crias dele.

E depois reclama que nós chamamos ele de Omma Jin.

Poisé.

Amanhã provavelmente já estamos ai, vai com os meninos nos buscar, aí nós vamos comer alguma coisa.

Ok então, vou falar com os meninos sobre o negócio de ir comer alguma coisa, pois não sei se todos vão conseguir ir, mas eu vou buscar vocês sim no aeroporto. Tchau destruidor, eu tenho que ir agora.

Tchau fiote de coelho.

~ Ligação com Namjoon Monster Off ~

Após a ligação, levanto da minha cama, onde eu estava deitado, e vou para a cozinha, ver se a Neide me prepara alguma coisa para comer. Desço as escadas e vou em direção a cozinha, entrando na mesma e encontrando Neide limpando o fogão.

- Neidezinha. - Chamo a atenção dela, que me olha desconfiada.

- Que qui você quer menino? - Pergunta terminando de limpar o fogão.

- Eu tô com fome. - Digo colocando uma das minhas mãos em minha barriga.

- Vai arrumar o que comer então. - Diz Neide.

- Nona, faz alguma coisa pro Kook comer. - Falo num tom manhoso.

- Eu sabia que tinha alguma coisa. - Fala Neide e revira os olhos.

- Então, você vai fazer? - Falo com um sorriso esperançoso.

- Não, você tem duas mãos, sabe muito bem fazer as coisas sozinho. - Fala Neide.

- Por favor nona. - Falo com a voz ainda mais manhosa.

- Se tu ficar me enchendo eu vou enfiar umas três cenoura na sua boca. - Fala Neide em um tom ameaçador.

- Credo Neide, eu estou sendo educado com você, pedindo com educação, não mandando com toda ignorância. - Falo fingindo está emburrado.

- Ok Jungkook, eu vou fazer alguma coisa para você comer. - Diz Neide.

- Obrigado, obrigado. - Digo dando um abraço nela.

- O que você quer comer? - Neide pergunta assim que eu cesso o abraço.

- Sanduíche. - Falo e Neide vai pegar as coisas na geladeira para preparar o que eu pedi.

Alguns minutos depois Neide termina de preparar meus sanduíches.

- Pronto, faça bom proveito. - Fala Neide colocando um prato com os sanduíches na mesa.

- Você quer? - Ofereço à ela.

- Quero não, obrigado. Eu vou lá terminar de arrumar as coisas, qualquer coisas me chama. -  Fala Neide, eu apenas concordo com a cabeça e então ela sai da cozinha.

Assim que termino meus lanches vou para meu quarto, adiantar umas tarefas e trabalhos que são para entregar semana que vem, eu estou me dedicando ao máximo para consegui me formar. Ainda mais se é em uma coisa que eu gosto. Vocês não sabe o quanto foi difícil eu conseguir entrar na faculdade de medicina veterinária, por que meu pai queria que eu fizesse contabilidade, e sinceramente, eu sou péssimo em contas. Ele queria que eu seguisse a "tradição da família" em todos ser formados em qualquer coisa que pudesse se  envolver na empresas Min Jeon's, e ser veterinário não mexeria com esse tipo de coisa. Ele leva tanto esse negócio de "tradição" a sério, que não é atoa que o Yoongi é formado em advocacia. Eu não sei porque ele queria que eu me formasse em contabilidade, eu nem vou administrar a empresa, vai ser o Yoongi, por que ele é o mais velho entre nós dois, e o mais velho que iria ocupar o cargo dele, quando ele falecer.

•×•

Já era mais de seis e meia, a essa hora Jimin já estaria saindo do trabalho, e eu como um ótimo namorado, vou lá buscar ele.

Vesti uma roupa descente, desci as escadas, fui para meu carro, liguei o mesmo e fui em direção ao trabalho do Jimin. Estaciono meu carro em frente a porta, e então vejo aquele homem, lindo, maravilhoso, descendo e vindo até eu.

- Olá moço bonito, você vem sempre aqui. - Falo assim que Jimin se aproxima do meu carro.

- Olá, venho sim, porque gato? - Fala Jimin com deboche.

- Nada não, eu só quero saber se você pode me passar seu número, pra nós trocar umas ideias e pá. - Falo fazendo Jimin dá uma risada.

- Não, sou difícil. - Diz Jimin entrando no carro.

- Eita moço difícil. - Falo assim que ele fecha a porta.

- Sou mesmo. - Fala Jimin e me dá um beijo.

- Vamos lá pra casa, assistir um filme ou série, comer muita besteira. Eai topa? - Pergunto assim que cessamos o beijo.

- Aham, vamos, estou precisado de um pouco de série, comida, e você. - Fala Jimin.

- Vamos passar no mercado, não tem mais nada de doce, refrigerante, salgadinhos. - Falo e Jimin concorda com a cabeça, então dou partida no carro, e vou em direção ao mercado. Demorou um pouco, pois eu tive que ir no posto, e Jimin escolheu ir no mercado mais longe, por que segundo ele, tinha o menor preço.

- Ah, eu esqueci de falar. O Jin e o Namjoon estão voltando, eles perguntaram se você e os meninos não querem ir comer alguma coisa com eles amanhã, quando eles chegarem. - Falo para Jimin.

- Eu vou sim, e você vai comigo. - Fala Jimin.

- Eu já ia, mesmo se você não fosse. - Falo e recebo um tapa de leve no braço. - Chegamos. - Falo assim que chegamos no mercado, e eu estaciono, descemos do carro e vamos para dentro do mercado. Começamos a pegar algumas coisas - Umas besteiras -. - Jimin, olha quem tá alí, vamos lá falar com ele? - Falo apontando para um dos lado do mercado onde estava a pessoa.

- Jungkook, por favor, não vai. - Diz Jimin tentando me impedir, mas ele falha, então eu me aproximo dele.

- Oi Taemin, quanto tempo. - Falo em um tom sarcástico.



LEIAM AS NOTAS FINAIS.


Notas Finais


PUTAMERDA, VAI DA MERDA.

Gente, desculpa, de coração, por não ter postado capítulo ontem. Sinto muito, mas não deu.

Espero que entendam.

Comentem o que acharam, é muito importante.

Tem gente deixando de comentar. Seis acha que eu não sei, o nome cada um de vocês que sempre comentam? Estão enganado. É, eu sei o nome de cada um.

Obrigada pelos mais de oitocentos favoritos. MANO SÃO OITOCENTOS FAVORITOS. EU TO MUITO​ FELIZ. EU AMO TODOS VOCÊS ❤️❤️❤️❤️❤️

Obrigada, de verdade.

Pergunta: O QUE VOCÊS QUEREM DE ESPECIAL?

NÃO ME DEIXEM NO VÁCUO.

Tchaus.

Kissus de luz ❤️❤️

Até amanhã ❤️❤️

Fiquem bem e saudáveis ❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...